Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Anderson Rodrigues
Marcos Rosa
Marcel Midlej
Escopo
Introdução cliente-servidor
Endereço IP
Domínios
DNS
WWW
HTTP
Browsers e Servidores
Html
FTP
TFTP
Correi...
Cliente-servidor
Características dos clientes
Sempre inicia pedidos de servidores;
Espera por respostas;
Recebe respos...
Cliente-servidor
Características dos servidores
Sempre espera por um pedido de um
cliente;
Atende os pedidos e, em segu...
Cliente-servidor
Vantagens
Facilidade de manutenção;
Segurança;
Atualizações dos dados;
Economia.
Cliente-servidor
Desvantagens
Sobrecarga;
Falhas;
Comparação p2p.
Endereço IP
Exemplo (IPv4)
216.27.61.137
11011000.00011011.00111101.10001001
Endereço IP
Limite da tecnologia
232
= 4.294.967.296 ~= 4,3 bi
Endereço IP
IPv6
2128
= 3,4028236692093846346337460743177e+38
Domínios
Memória
64.233.169.147
www.google.com
Domínios
Descrição
http://www.globoesporte.globo.com/futebol/brasileirao
-serie-a/musa-do-brasileirao-2011/palmeiras.html...
Domínios
Domínios globais
DNS (Domain Name System -
Sistema de Nomes de Domínios)
DNS
Exemplo informal
“DNS, você sabe qual o endereço IP associado ao
nome www.blablabla.com.br?”
R1: Sim, o endereço de I...
DNS
Árvore DNS
DNS
Servidores raiz
DNS
Consultas básicas
Consulta iterativa
Consulta recursiva
DNS
Consulta iterativa
DNS
Consulta recursiva
DNS
Registros de recursos DNS (RRs - resource records)
WWW – World
Wide Web
O que é?
Do inglês “Rede de alcance mundial”;
Como surgiu?
No final dos anos 80, a internet cresc...
Usúarios da internet - 2011
Fonte : http://www.indexmundi.com
Usúarios da internet – Brasil
Fonte : http://www.indexmundi.com
WWW – World
Wide Web
O que é?
Consiste em uma rede de hipermídia conectadas, videos paginas,
texto...
Rapidamente o des...
WWW – World
Wide Web
Como funciona?
É um sistema de hipermídia interconectados;
Vídeos, páginas, musicas, imagens e out...
WWW – World
Wide Web
HTTP
Hipertext Transfer Protocol;
Protocolo da camada de aplicação utilizado na Web;
Modelo clien...
Esquema de http
WWW – World
Wide Web
Clientes (Browser)
Hipertext Transfer Protocol;
Protocolo da camada de aplicação utilizado na Web;...
Clientes HTTP
Servidores HTTP
Servidores Mundiais
Fonte : http://www.indexmundi.com
WWW – World
Wide Web
<HTML>
Hipertext Mark up language;
Codifica as informações através de tags do tipo <..>;
Possibil...
Documento HTML
PEQUENA DEMONSTRAÇÃO
FUNCIONAMENTO HTTP
FTP – File Transfer
Protocol
O que é?
Transfere arquivos de/para um host remoto;
 Modelo cliente/servidor;
 Cliente – ...
Esquema de FTP
TFTP - Trivial File Transfer
Protocol
O que é?
O FTP é muito complexo e de difícil implementação;
 Muitas aplicações nã...
TFTP - Trivial File Transfer
Protocol
Aguarda um ACK para cada bloco enviado;
Primeiro pacote enviado especifica nome do...
Correio Eletrônico
História
Existe há mais de 20 anos
Inicialmente utilizado principalmente no meio acadêmico
Durante ...
Correio Eletrônico
Arquitetura
Agentes do usuário: programas locais que fazem interface
com o sistema de correio eletrôn...
Correio Eletrônico
Arquitetura
Correio Eletrônico
 Arquitetura (as 5 funções básicas)
Composição: processo de criar mensagens e respostas, ex.:
respond...
Correio Eletrônico
Agente do Usuário
 > Leem endereços de destino no formato user@adress-dns
 > Algoritmo do AU:
1. whi...
Correio Eletrônico
Agente do Usuário
 Deve organizar as mensagens
Correio Eletrônico
Agente do Usuário
 Deve organizar as mensagens
Correio Eletrônico
Agente do Usuário
 Realizar suas operações de acordo com o cabeçalho
da mensagem
Correio Eletrônico
Agente do Usuário
 Inicialmente o sistema de correio eletrônico lidava
apenas com mensagens textos es...
Correio Eletrônico
Agente do Usuário
Correio Eletrônico
Agente de Transferencia (SMTP: Simple Mail Transfer
Protocol)
A máquina de origem estabelece uma cone...
Correio Eletrônico
Agente de Transferencia (SMTP: Simple Mail Transfer
Protocol)
Correio Eletrônico
Agente de Transferência (Inconvenientes do SMTP)
Algumas implementações só suportam mensagens
tamanho...
Correio Eletrônico
Entrega Final (POP3: Post Office Protocol version 3)
O agente de transferência do usuário comunica-se...
Correio Eletrônico
Entrega Final (POP3)
Correio Eletrônico
Entrega Final (IMAP: Internet Message Access
Protocol )
Correio Eletrônico
Webmail
Agentes de transferência de mensagens escutam a porta 25 em
busca de conexões de SMTP de entr...
VoIP (Voz sobre IP)
Digitalizar a voz em pacotes de dados para que trafegue
pela rede IP e converter em voz novamente em ...
Referências
 http://www.das.ufsc.br/~emerson/academico/estagio/estagio07.html
 http://pt.wikipedia.org/wiki/World_Wide_W...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Apresentação de sd2

499 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Apresentação de sd2

  1. 1. Anderson Rodrigues Marcos Rosa Marcel Midlej
  2. 2. Escopo Introdução cliente-servidor Endereço IP Domínios DNS WWW HTTP Browsers e Servidores Html FTP TFTP Correio eletrônico SMTP POP3 VoIP
  3. 3. Cliente-servidor Características dos clientes Sempre inicia pedidos de servidores; Espera por respostas; Recebe respostas; Normalmente conecta-se a um pequeno número de servidores de uma só vez; Normalmente interage diretamente com os usuários finais através de qualquer interface com o usuário; Utiliza recursos da rede.
  4. 4. Cliente-servidor Características dos servidores Sempre espera por um pedido de um cliente; Atende os pedidos e, em seguida, responde aos clientes com os dados solicitados; Pode se comunicar com outros servidores para atender uma solicitação específica do cliente; Fornece recursos de rede.
  5. 5. Cliente-servidor Vantagens Facilidade de manutenção; Segurança; Atualizações dos dados; Economia.
  6. 6. Cliente-servidor Desvantagens Sobrecarga; Falhas; Comparação p2p.
  7. 7. Endereço IP Exemplo (IPv4) 216.27.61.137 11011000.00011011.00111101.10001001
  8. 8. Endereço IP Limite da tecnologia 232 = 4.294.967.296 ~= 4,3 bi
  9. 9. Endereço IP IPv6 2128 = 3,4028236692093846346337460743177e+38
  10. 10. Domínios Memória 64.233.169.147 www.google.com
  11. 11. Domínios Descrição http://www.globoesporte.globo.com/futebol/brasileirao -serie-a/musa-do-brasileirao-2011/palmeiras.html Protocolo de comunicação cliente-servidor Sistema de documentos em hipermídia Subdomínio Domínio Domínio global Arquivo solicitado
  12. 12. Domínios Domínios globais
  13. 13. DNS (Domain Name System - Sistema de Nomes de Domínios)
  14. 14. DNS Exemplo informal “DNS, você sabe qual o endereço IP associado ao nome www.blablabla.com.br?” R1: Sim, o endereço de IP é: 216.27.61.137 R2: Não, mas acho que o DNS fulano sabe. R3: Não sei, e não conheço ninguém que saiba.
  15. 15. DNS Árvore DNS
  16. 16. DNS Servidores raiz
  17. 17. DNS Consultas básicas Consulta iterativa Consulta recursiva
  18. 18. DNS Consulta iterativa
  19. 19. DNS Consulta recursiva
  20. 20. DNS Registros de recursos DNS (RRs - resource records)
  21. 21. WWW – World Wide Web O que é? Do inglês “Rede de alcance mundial”; Como surgiu? No final dos anos 80, a internet cresceu muito; Utilizada apenas por pesquisadores, cientista e estudantes universitários; Necessidade de Acesso pela população em geral; O Físico Tim Berners-Lee, do CERN – Centro Europeu de pesquisa nuclear teve a idéia .
  22. 22. Usúarios da internet - 2011 Fonte : http://www.indexmundi.com
  23. 23. Usúarios da internet – Brasil Fonte : http://www.indexmundi.com
  24. 24. WWW – World Wide Web O que é? Consiste em uma rede de hipermídia conectadas, videos paginas, texto... Rapidamente o desenvolvimento das aplicações WWW (browsers e servidores) chamou a atenção do público em geral;  As aplicações Web elevaram o nível da internet;
  25. 25. WWW – World Wide Web Como funciona? É um sistema de hipermídia interconectados; Vídeos, páginas, musicas, imagens e outros documentos; Protocolo utilizado HTTP, podendo variar em HTTPS; Dns resolve a url; Browser manda requisição http; Servidor responde;
  26. 26. WWW – World Wide Web HTTP Hipertext Transfer Protocol; Protocolo da camada de aplicação utilizado na Web; Modelo cliente/servidor; Cliente – browser que requisita, recebe, e mostra objetos Web; Servidor – servidor Web que envia objetos em resposta às requisições; Controle de fluxo “in band” Náo Persistente HTTP 1.0 persistente HTTP 1.1
  27. 27. Esquema de http
  28. 28. WWW – World Wide Web Clientes (Browser) Hipertext Transfer Protocol; Protocolo da camada de aplicação utilizado na Web; Modelo cliente/servidor; Cliente – browser que requisita, recebe, e mostra objetos Web; Servidor – servidor Web que envia objetos em resposta às requisições;
  29. 29. Clientes HTTP
  30. 30. Servidores HTTP
  31. 31. Servidores Mundiais Fonte : http://www.indexmundi.com
  32. 32. WWW – World Wide Web <HTML> Hipertext Mark up language; Codifica as informações através de tags do tipo <..>; Possibilita interpretações através de diversos tipos de dispositivos; HTML 1 [FRC 1866], HTML 2.0, HTML 3.0 HTML 4.01 E XHTML; Interage com , JAVA, javascript, Flash, AJAX CGI
  33. 33. Documento HTML
  34. 34. PEQUENA DEMONSTRAÇÃO FUNCIONAMENTO HTTP
  35. 35. FTP – File Transfer Protocol O que é? Transfere arquivos de/para um host remoto;  Modelo cliente/servidor;  Cliente – inicia a transferência (de ou para o servidor);  Servidor – host remoto;  FTP – RFC 959; 2 conexões TCP, 21,20; Out of band diferente do http; Controle de privilégios;
  36. 36. Esquema de FTP
  37. 37. TFTP - Trivial File Transfer Protocol O que é? O FTP é muito complexo e de difícil implementação;  Muitas aplicações não necessitam de todos os recursos oferecidos pelo FTP;  O TFTP não oferece autenticação, sendo portanto muito mais simples; O tamanho do código é muito menor; O TFTP não requer um serviço de transporte confiável, e portanto utiliza o UDP na porta 69; A transmissão do arquivo é feita em blocos de tamanho fixo de 512 bytes;
  38. 38. TFTP - Trivial File Transfer Protocol Aguarda um ACK para cada bloco enviado; Primeiro pacote enviado especifica nome do arquivo e direção de transferência;
  39. 39. Correio Eletrônico História Existe há mais de 20 anos Inicialmente utilizado principalmente no meio acadêmico Durante os anos 90 substituiu o correio convencional Consistiam em FTP onde a primeira linha do arquivo continha o endereço do destinatário (Incovenientes): Enviar mensagens a um grupo, sem estrutura interna, sem confirmação, interface mal integrada com o usuário, somente textos. Foram propostos sistemas mais elaborados (ex.: Um por alunos de Ciência da Computação baseado na RFC 822).
  40. 40. Correio Eletrônico Arquitetura Agentes do usuário: programas locais que fazem interface com o sistema de correio eletrônico (responsável por ler e enviar mensagens).  Agentes de transferência: processos executados em background (responsáveis por deslocar a mensagem da origem ao destino).
  41. 41. Correio Eletrônico Arquitetura
  42. 42. Correio Eletrônico  Arquitetura (as 5 funções básicas) Composição: processo de criar mensagens e respostas, ex.: responder mensagens (AU) Transferência: o sistema faz automaticamente (AT) Geração de Relatórios: informar o remetente sobre o que aconteceu com a mensagens enviada (AU e AT)  Exibição das mensagens recebidas: permitir ao usuário a leitura das mensagens(AU)  Disposição: o que o destinatário faz com a msg ? joga fora, grava.(AU)  Pode ter outras funções mais avançadas (enviar msg a lista de pessoas)
  43. 43. Correio Eletrônico Agente do Usuário  > Leem endereços de destino no formato user@adress-dns  > Algoritmo do AU: 1. while (usuario ON && at ON && servicosInternet ON) 2. do { 3. buscar_msgs_recebidas_na_caixa_do_correio_do_usuario() 4. exibir_organizadamente_msgs(void) 5. auxiliar_usuario_no_envio(vários parametros)}
  44. 44. Correio Eletrônico Agente do Usuário  Deve organizar as mensagens
  45. 45. Correio Eletrônico Agente do Usuário  Deve organizar as mensagens
  46. 46. Correio Eletrônico Agente do Usuário  Realizar suas operações de acordo com o cabeçalho da mensagem
  47. 47. Correio Eletrônico Agente do Usuário  Inicialmente o sistema de correio eletrônico lidava apenas com mensagens textos escritas em linguagem comum e expressa em ASCII, inconvenientes: Mensagens em: alfabetos não latinos, idiomas sem alfabetos, áudio ou imagens. Para sanar este problema foi proposto o MIME (Multipurpose Internet Mail Extensions)
  48. 48. Correio Eletrônico Agente do Usuário
  49. 49. Correio Eletrônico Agente de Transferencia (SMTP: Simple Mail Transfer Protocol) A máquina de origem estabelece uma conexão TCP com a porta 25 da máquina de destino  Um daemon de correio eletrônico escuta os eventos e copia as mensagens recebidas pela conexão para a caixa de correio
  50. 50. Correio Eletrônico Agente de Transferencia (SMTP: Simple Mail Transfer Protocol)
  51. 51. Correio Eletrônico Agente de Transferência (Inconvenientes do SMTP) Algumas implementações só suportam mensagens tamanhos considerados muito pequenos. Se o cliente e o servidor tiverem diferentes timeouts, um pode desistir enquanto o outro ainda estiver ocupado, encerrando a conexão, dentre outros problemas.
  52. 52. Correio Eletrônico Entrega Final (POP3: Post Office Protocol version 3) O agente de transferência do usuário comunica-se com o de transferência de mensagens (no ISP), através da porta 110 e permite que as mensagens sejam copiados do ISP para o usuário.
  53. 53. Correio Eletrônico Entrega Final (POP3)
  54. 54. Correio Eletrônico Entrega Final (IMAP: Internet Message Access Protocol )
  55. 55. Correio Eletrônico Webmail Agentes de transferência de mensagens escutam a porta 25 em busca de conexões de SMTP de entrada; Estabelecer a conexão TCP, onde os comandos SMTP podem ser enviados;  Após a autorização (login e senha digitados pelo usuário)  pelo servidor, se validado, o servidor encontrará a caixa de correio do usuário e exibirá as mensagens formatada como uma página em HTML; Exemplos: hotmail e gmail.
  56. 56. VoIP (Voz sobre IP) Digitalizar a voz em pacotes de dados para que trafegue pela rede IP e converter em voz novamente em seu destino. O Skype. Telefonia convencional vs VoIP.
  57. 57. Referências  http://www.das.ufsc.br/~emerson/academico/estagio/estagio07.html  http://pt.wikipedia.org/wiki/World_Wide_Web  http://wiki.locaweb.com.br/pt-br/Entradas_dispon %C3%ADveis_no_Gerenciador_de_DNS  http://pt.wikipedia.org/wiki/Domain_Name_System#Hierarquia  http://pt.scribd.com/doc/7230930/Aplicacoes-TCPIP-Apresentacao  http://pt.wikipedia.org/wiki/Endere%C3%A7o_IP  http://www.juliobattisti.com.br/artigos/windows/tcpip_p8.asp  http://pt.wikipedia.org/wiki/Cliente-servidor#Vantagens  http://technet.microsoft.com/pt-br/library/cc737203(WS.10).aspx  http://pt.wikipedia.org/wiki/Servidor_Raiz  http://www.icann.org.br/correspondence/roberts-testimony-14feb01.htm  http://www.portaltecnologia.net/downloads/artigos/Tipos_de_Consulta_ DNS.pdf  http://www.iana.org/assignments/dns-parameters

×