Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Sombras de figuras planas

2,158 views

Published on

  • Be the first to comment

Sombras de figuras planas

  1. 1. Geometria Descritiva 2010/2011
  2. 2.  Os corpos opacos produzem sombras quando expostos a uma fonte luminosa Fonte luminosa  A posição da fonte luminosa pode ser qualquer ponto do espaço  A fonte luminosa pode ser:  uma fonte de raios divergentes  Situada a uma distância finita  uma fonte de raios paralelos  Situada a uma distância infinita
  3. 3.  Fonte luminosa convencional  Situada a uma distância infinita  Fonte de raios paralelos  Direcção convencional dos raios luminosos:  Paralela à diagonal de um cubo com duas faces horizontais e duas faces frontais, orientada da esquerda para a direita, de cima para baixo e do primeiro para o terceiro diedro 45º  A sua projecção horizontal faz um ângulo X de 45º com o eixo X com abertura para a 45º esquerda  A sua projecção frontal faz um ângulo de 45º com o eixo X com abertura para a esquerda
  4. 4.  A sombra pode ser:  Sombra própria  Sombra dos sólidos sobre si próprios (zonas não iluminadas dos sólidos)  Sombra projectada  Sombra dos sólidos sobre outras superfícies
  5. 5.  Sombra real de um ponto corresponde ao traço (frontal ou horizontal) do raio luminoso que passa pelo ponto, no plano de projecção que encontrar em P2 primeiro lugar X Sombra virtual de um ponto corresponde ao traço do raio Ps1 Pv2 luminoso que passa pelo ponto, no plano de projecção que encontrar P1 em segundo lugar  Corresponde à sombra do ponto se o primeiro plano de projecção fosse retirado
  6. 6.  Determinar a sombra do segmento AB  A sombra real do ponto A está no plano horizontal de projecção B2  A sombra real do ponto B está no plano frontal de projecção A2 Bv1 Bs2  Como as sombras reais de A e B estão em planos de projecção diferentes é necessário mais um ponto que X Q determine a direcção das sombras em ambos os planos de projecção As1  Determina-se a sombra virtual, por exemplo do B1 ponto B (ou do ponto A), que determina sobre o eixo X um ponto a que se chama ponto de quebra A1 (Q)  É neste ponto que a sombra flecte do plano horizontal de projecção para o plano frontal de projecção
  7. 7.  Determinar a sombra do B2 polígono ABCD A2 Bs2 D2  As sombras reais dos pontos A, B e D As2 C2 estão no plano frontal de projecção  A sombra real do ponto C está no plano X Ds2 horizontal de projecção Cs1 Cv2  Como as sombras reais de dos pontos que A1 B1 D1 definem os segmentos BC e CD estão em C1 planos de projecção diferentes é necessário determinar os pontos de quebra sobre o eixo X

×