DETERMINANTES  DO DESENVOLVIMENTO Abordagem interacionista  SILVIA MARINA ANARUMA UNESP – Campus de Rio Claro – SP fev/2009
<ul><li>HEREDITARIEDADE  </li></ul><ul><li>X </li></ul><ul><li>MEIO </li></ul>
COMO  NATUREZA  E  CRIAÇÃO  INTERAGEM ?
Abordagens  interacionistas
VULNERABILIDADE X RESISTÊNCIA <ul><li>Risco  – probabilidade de ocorrência de algum evento indesejável   </li></ul><ul><li...
Risco    probabilidade de ocorrência de algum evento indesejável
Vulnerabilidade    A umenta a probabilidade de um resultado negativo na presença de risco.  A maioria se desenvolve na inf...
Fatores de Risco    elementos com grande probabilidade de desencadear ou associar-se  ao desencadeamento de um evento inde...
Fatores de Proteção     recursos pessoais ou sociais que atenuam ou neutralizam o impacto dos riscos
VULNERABILIDADE FATORES  DE  PROTEÇÃO   M E I O
AMBIENTE  FACILITADOR + CRIANÇA  VULNERÁVEL + BAIXA  PROTEÇÃO BOM RESULTADO
AMBIENTE  FACILITADOR + CRIANÇA  VULNERÁVEL + ALTA  PROTEÇÃO BOM RESULTADO
AMBIENTE  DEFICITÁRIO + CRIANÇA  VULNERÁVEL + ALTA PROTEÇÃO MAL OU BOM RESULTADO
Percepção dos riscos Permite o controle preventivo dos riscos
RESILIÊNCIA
CONCEITO Na Psicologia – qualidade de resistência e de perseverança do ser humano Na Física - Capacidade rápida de recuper...
A capacidade de algumas crianças de se desenvolverem normalmente apesar de adversidades externas no ambiente (Lindstrom, s...
O DESENVOLVIMENTO DA RESILIÊNCIA 1. Pessoas positivas, focadas, flexíveis, organizadas e pró-ativas 2.   Com auto-estima p...
AMBIENTE  DEFICITÁRIO + CRIANÇA  INVULNERÁVEL + BAIXA  PROTEÇÃO BOM OU MAL RESULTADO RESILIENTE
RESILIÊNCIA É A CAPACIDADE DOS INDIVÍDUOS DE SUPERAREM OS  FATORES DE RISCO AOS QUAIS SÃO EXPOSTOS
BIBLIOGRAFIA CONSULTADA <ul><li>BUSSAB, V.S.R. Fatores hereditários e ambientais no desenvolvimento: a adoção de uma persp...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Determinantes Do Desenvolvimento

3,387 views

Published on

Relações entre o meio e a hereditariedade no desenvolvimento psicológico do indivíduo. Faores de risco x fatores de proteção. Resiliência.

Published in: Technology, Economy & Finance
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Determinantes Do Desenvolvimento

  1. 1. DETERMINANTES DO DESENVOLVIMENTO Abordagem interacionista SILVIA MARINA ANARUMA UNESP – Campus de Rio Claro – SP fev/2009
  2. 2. <ul><li>HEREDITARIEDADE </li></ul><ul><li>X </li></ul><ul><li>MEIO </li></ul>
  3. 3. COMO NATUREZA E CRIAÇÃO INTERAGEM ?
  4. 4. Abordagens interacionistas
  5. 5. VULNERABILIDADE X RESISTÊNCIA <ul><li>Risco – probabilidade de ocorrência de algum evento indesejável </li></ul><ul><li>Vulnerabilidade – aumenta a probabilidade de um resultado negativo na presença de risco. A maioria se desenvolve na infância, mas também pode ser adquirido na vida adulta </li></ul><ul><li>Fatores de Risco – elementos com grande probabilidade de desencadear - ou associar-se ao desencadeamento de um evento indesejável (não necessariamente evento causal) </li></ul><ul><li>Fatores de Proteção – recursos pessoais ou sociais que atenuam ou neutralizam o impacto dos riscos </li></ul>
  6. 6. Risco probabilidade de ocorrência de algum evento indesejável
  7. 7. Vulnerabilidade A umenta a probabilidade de um resultado negativo na presença de risco. A maioria se desenvolve na infância, mas também pode ser adquirido na vida adulta
  8. 8. Fatores de Risco elementos com grande probabilidade de desencadear ou associar-se ao desencadeamento de um evento indesejável (não necessariamente evento causal )
  9. 9. Fatores de Proteção recursos pessoais ou sociais que atenuam ou neutralizam o impacto dos riscos
  10. 10. VULNERABILIDADE FATORES DE PROTEÇÃO M E I O
  11. 11. AMBIENTE FACILITADOR + CRIANÇA VULNERÁVEL + BAIXA PROTEÇÃO BOM RESULTADO
  12. 12. AMBIENTE FACILITADOR + CRIANÇA VULNERÁVEL + ALTA PROTEÇÃO BOM RESULTADO
  13. 13. AMBIENTE DEFICITÁRIO + CRIANÇA VULNERÁVEL + ALTA PROTEÇÃO MAL OU BOM RESULTADO
  14. 14. Percepção dos riscos Permite o controle preventivo dos riscos
  15. 15. RESILIÊNCIA
  16. 16. CONCEITO Na Psicologia – qualidade de resistência e de perseverança do ser humano Na Física - Capacidade rápida de recuperação Na Medicina – capacidade de recuperação É a capacidade de recuperar-se diante das adversidades, violência e catástrofe na vida
  17. 17. A capacidade de algumas crianças de se desenvolverem normalmente apesar de adversidades externas no ambiente (Lindstrom, s/d ) Crianças invulneráveis – bonecas de aço A chave para a resiliência desenvolve-se precocemente na infância RESILIÊNCIA – KIT DE PROTEÇÃO
  18. 18. O DESENVOLVIMENTO DA RESILIÊNCIA 1. Pessoas positivas, focadas, flexíveis, organizadas e pró-ativas 2. Com auto-estima positiva 3. Habilidade de dar e receber na relação com o outro 4. Disciplina pessoal e responsabilidade
  19. 19. AMBIENTE DEFICITÁRIO + CRIANÇA INVULNERÁVEL + BAIXA PROTEÇÃO BOM OU MAL RESULTADO RESILIENTE
  20. 20. RESILIÊNCIA É A CAPACIDADE DOS INDIVÍDUOS DE SUPERAREM OS FATORES DE RISCO AOS QUAIS SÃO EXPOSTOS
  21. 21. BIBLIOGRAFIA CONSULTADA <ul><li>BUSSAB, V.S.R. Fatores hereditários e ambientais no desenvolvimento: a adoção de uma perspectiva interacionista. Psicologia: Reflexão e crítica. Porto Alegre, v. 13, nº 2, 2000. </li></ul><ul><li>GAIL, B.S. Conceitos atuais, aplicações práticas e resiliência do novo milênio. Adolescência Latinoamericana. 1414-7130/1-173-176. </li></ul><ul><li>GARCIA, I. Vulnerabilidade e Resiliência. Adolescência Latinoamericana. 1414-7130/2-128-130. </li></ul><ul><li>LINDSTROM, B. O significado da resiliência. Adolescência Latinoamericana. 1414-7130/2-133-137. </li></ul>

×