Slides Minayo

23,857 views

Published on

0 Comments
6 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
23,857
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
164
Actions
Shares
0
Downloads
352
Comments
0
Likes
6
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Slides Minayo

  1. 1. Ciência, Técnica e Arte: o desafio da pesquisa social . Minayo, M.C.S. <ul><li>1. Ciência e cientificidade </li></ul><ul><li>Conhecimento da realidade: mitos, religiões e filosofias. Poesia e arte. Ciência. Sociedade ocidental: prevalência da ciência. </li></ul><ul><li>Razões: responder às necessidades do desenvolvimento industrial e estabelecer linguagem própria. </li></ul>
  2. 2. Ciência e cientificidade <ul><li>Campo científico: marcado por conflitos e contradições. Ciências naturais e ciências sociais. </li></ul><ul><li>Pesquisa social: relação sujeito/objeto. </li></ul><ul><li>Pesquisa social: objetividade/subjetividade. </li></ul><ul><li>Questões que se apresentam às ciências sociais. </li></ul>
  3. 3. Ciência e cientificidade <ul><li>Labor científico: elabora teorias, métodos, princípios e estabelece resultados ao mesmo tempo em que inventa, ratifica...Conhecimento é aproximado e construído.Idéia de devir no conceito de cientificidade. </li></ul><ul><li>Ciências sociais: objeto é histórico. </li></ul><ul><li>Ciências sociais: objeto qualitativo. </li></ul>
  4. 4. O conceito de metodologia de pesquisa <ul><li>Metodologia: caminho do pensamento e prática exercida na abordagem da realidade. </li></ul><ul><li>Metodologia inclui: concepções teóricas, conjunto de técnicas e criatividade. </li></ul><ul><li>Pesquisa: vincula pensamento e ação. </li></ul><ul><li>Investigação: ponto de partida: problema. </li></ul>
  5. 5. O conceito de metodologia de pesquisa <ul><li>Teorias: explicações parciais da realidade. </li></ul><ul><li>Teoria: conhecimento de que nos servimos no processo de investigação como um conjunto de proposições que orientam a obtenção e a análise de dados e de conceitos , que veiculam seu sentido. </li></ul><ul><li>Funções dos conceitos: cognitivas, pragmáticas e comunicativas. </li></ul>
  6. 6. A pesquisa qualitativa <ul><li>Diferença qualitativo-quantitativo: quantitativo: cientistas sociais que trabalham com estatística apreendem dos fenômenos apenas a região “visível, ecológica, morfológica e concreta”. </li></ul><ul><li>qualitativo: aprofunda-se no mundo dos significados das ações e relações humanas. </li></ul>
  7. 7. A pesquisa qualitativa <ul><li>Dados quantitativos e qualitativos não se excluem, se complementam. </li></ul><ul><li>O ciclo da pesquisa </li></ul><ul><li>Pesquisa: labor artesanal que se realiza por uma linguagem fundada em conceitos, proposições, métodos e técnicas, a qual constrói um ritmo próprio: o ciclo da pesquisa. </li></ul>
  8. 8. O ciclo da pesquisa <ul><li>Ciclo da pesquisa: processo de um trabalho em espiral que começa com um problema e termina com um produto provisório capaz de dar origem a novas investigações. </li></ul><ul><li>Fase exploratória da pesquisa: foco: construção do projeto de investigação. </li></ul><ul><li>Trabalho de campo: combina entrevistas, observações... </li></ul>
  9. 9. O ciclo da pesquisa <ul><li>Tratamento do material: </li></ul><ul><li>ordenação; </li></ul><ul><li>classificação; </li></ul><ul><li>análise propriamente dita. </li></ul><ul><li>O tratamento do material nos conduz à teorização sobre os dados: confronto entre a abordagem teórica anterior e o que a investigação de campo aporta de singular como contribuição. </li></ul>
  10. 10. O ciclo da pesquisa <ul><li>Ciclo nunca se fecha: toda pesquisa produz conhecimentos afirmativos e provoca mais questões para aprofundamento posterior. </li></ul><ul><li>Delimitação do trabalho no tempo: cronograma. </li></ul>

×