Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Tibete, a sua cultura              Trabalho realizado por:              Carlos Costa              Carlos Araújo           ...
IntroduçãoO Tibete é uma região de planalto daÁsia, um território situado a norte dacordilheira do Himalaia. Localiza-se a...
Tradições espirituaisA religião original do Tibete é o Bon.Com a introdução do budismo noséculo VII, iniciou-se uma longa ...
Budismo•   Ao contrário do pensamento    comum, o budismo não é uma    religião, pois não existe um deus    criador;•   O ...
Budismo, simbologia•   O precioso guarda sol                    •   Os Peixes dourados•   A frescura da sua sombra simboli...
•   O Vaso                                 •   O Lótus•   O vaso de tesouros sem fim possui a    •   Um simbolo de pureza,...
•   A Concha                  •   O Nó Eterno•   Proclama a verdade dos    •   Não tem inicio nem fim,    ensinamentos do ...
•   Estandarte da vitória               •   A Roda•   É um emblema da iluminação de       •   Representa continuidade e mu...
RITUAIS FÚNEBRES TIBETANOSNo Tibet tradicional, antes da invasãochinesa, os cultos fúnebres eram bemdiferenciados: apenas ...
Os corpos das pessoas comuns eramoferecidos aos abutres comoalimento, não como falta de respeito,mas como um derradeiro ge...
Culinária tibetanaThukpa, é uma sopa de macarrão,normalmente servida com carne. Épopular no Tibete, Butão, Nepal, etambem ...
•   Balep korkun é um tipo de pão que é    consumido principalmente na região    central do Tibete. É redondo,    achatado...
Tibete, a invasão•   O regime comunista chinês liderado por Mao Tse Tung invade o Tibete em 1950, sob o pretexto    de "li...
A revolta de 1959•   Entre 1956-1957, bandos armados    tibetanos emboscaram os comboios do    Exército Popular de Liberta...
http://bongarudabr.wordpress.com/cate    gory/cultura-tibetana/http://casadaculturadotibete.org/hintro    .htmlhttp://casa...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Tibete, a sua cultura

  • Login to see the comments

Tibete, a sua cultura

  1. 1. Tibete, a sua cultura Trabalho realizado por: Carlos Costa Carlos Araújo Constantino Dias
  2. 2. IntroduçãoO Tibete é uma região de planalto daÁsia, um território situado a norte dacordilheira do Himalaia. Localiza-se aSudoeste da China, Índia, Nepal,Butão.Relativamente à sua história, iniciou-se há cerca de 2 100 anos, quando foiprimeiramente ocupado pela China.A história tibetana está focadaprincipalmente na história dobudismo no Tibete.Durante a apresentação vão serreferenciados vários símbolos eemblemas correspondentes a estareligião.
  3. 3. Tradições espirituaisA religião original do Tibete é o Bon.Com a introdução do budismo noséculo VII, iniciou-se uma longa disputapela supremacia religiosa, disputa qeacabou ganha pelo budismo, massofrendo muita influência do Bon. Aprática da consulta de oráculos, porexemplo, seguida até pelos DalaiLamas, é um dos exemplos deinfluência Bon.
  4. 4. Budismo• Ao contrário do pensamento comum, o budismo não é uma religião, pois não existe um deus criador;• O Budismo não tem uma definição, tendo aquela que qualquer praticante lhe queira atribuir, contudo poderemos denominá-la de caminho de crescimento de espiritual, através dos ensinamentos dos Buddhas;• Todos os seres sencientes têm o A imagem de Buda é símbolo de amor, paz e felicidade. Entre mesmo desejo primordial - seres as várias imagens de Buda, felizes e livrarem-se do sofrimento. existe uma que é conhecida Até mesmo recém-nascidos, como Buda da riqueza, aquele que está sempre sorrindo. Este animais, e insectos têm esse desejo. Buda deve ser colodado num pires com moedas ou arroz. Irá atrair sorte, fortuna e alegria.
  5. 5. Budismo, simbologia• O precioso guarda sol • Os Peixes dourados• A frescura da sua sombra simboliza a • Simbolizam a felicidade dos seres protecção de doenças, forças sem medo, sem o sofrimento do negativas, obstáculos e todo o tipo de Samsara, pois os peixes têm sofrimento. liberdade completa na água. Representam a fertilidade e a abundância, já que se multiplicam rapidamente.
  6. 6. • O Vaso • O Lótus• O vaso de tesouros sem fim possui a • Um simbolo de pureza, renúncia e qualidade das manifestações divinidade. espontâneas: por mais que se esvazie Purificação das negatividades do o vaso, este mantêm-se sempre corpo, da fala e da mente cheio. Simboliza uma vida longa, riqueza e prosperidade e todos os beneficios deste mundo e da libertação.
  7. 7. • A Concha • O Nó Eterno• Proclama a verdade dos • Não tem inicio nem fim, ensinamentos do Dharma. simbolizando a eterna sabedoria e compaixão de Buda.
  8. 8. • Estandarte da vitória • A Roda• É um emblema da iluminação de • Representa continuidade e mudança, Buda que venceu as forças hostis. num movimento circular eterno. Adoptada pelo budismo como o símbolo dos ensinamentos de Buda. O movimento da roda simboliza a rápida transformação espiritual revelados nos ensinamentos de Buda, o ultrapassar de todos os obstáculos e ilusões.
  9. 9. RITUAIS FÚNEBRES TIBETANOSNo Tibet tradicional, antes da invasãochinesa, os cultos fúnebres eram bemdiferenciados: apenas os corpos dosgrandes lamas eram cremados econsagrados em pequenos santuáriosdenominados chörten;
  10. 10. Os corpos das pessoas comuns eramoferecidos aos abutres comoalimento, não como falta de respeito,mas como um derradeiro gesto degenerosidade dos falecidos bastantedesapegados das coisas materiais, ostibetanos não viam muita utilidadeem guardar cadáveres
  11. 11. Culinária tibetanaThukpa, é uma sopa de macarrão,normalmente servida com carne. Épopular no Tibete, Butão, Nepal, etambem nos estados de Sikkim,Ladakh, Arunachal Pradesh e algumasoutras partes da Índia. A comida estáamplamente disponível nosrestaurantes nessas regiões.
  12. 12. • Balep korkun é um tipo de pão que é consumido principalmente na região central do Tibete. É redondo, achatado e fácil de fazer. Os ingredientes são tsampa (farinha de cevada), água e fermento em pó. É cozido numa frigideira.
  13. 13. Tibete, a invasão• O regime comunista chinês liderado por Mao Tse Tung invade o Tibete em 1950, sob o pretexto de "libertar o país do imperialismo inglês", quarenta mil soldados chineses entraram em Outubro do mesmo ano em Lhassa, e em 1951 o país ficou sob controle total da China,• este ataque marcou o início da campanha de Pequim para integrar o Tibete na República Popular da China, num acordo de 17 pontos sobre a Libertação Pacífica do Tibete, foi assinado pelos representantes do XIV Dalai Lama, Tenzin Gyatso e o Governo da República Popular da China;
  14. 14. A revolta de 1959• Entre 1956-1957, bandos armados tibetanos emboscaram os comboios do Exército Popular de Libertação chinês. A revolta recebeu ampla ajuda da CIA, incluindo a formação militar;• a 17 de Março de 1959, temendo a captura do Dalai Lama, os tibetanos desarmados cercaram sua residência;• o Dalai Lama, com a ajuda e apoio da CIA , decide fugir para o Himalaia para chegar a Índia, acompanhado por membros do governo tibetano, onde chega em 31 de Março a partir daí, o 14 º Dalai Lama vive em Dharamsala, na Índia, formando o Governo tibetano no exílio desde 1959.
  15. 15. http://bongarudabr.wordpress.com/cate gory/cultura-tibetana/http://casadaculturadotibete.org/hintro .htmlhttp://casadaculturadotibete.org/hlend aarq.htmlhttp://casadaculturadotibete.org/tibete 05.htmlhttp://casadaculturadotibete.org/simbo logia.htmlhttp://www.youtube.com/watch?v=LwPf3q n5vsw

×