Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Diário de leitura e Resenha Sobre o Conto Missa do Galo de Machado de Assis

224 views

Published on

Diário de leitura e Resenha Sobre o Conto Missa do Galo de Machado de Assis

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Diário de leitura e Resenha Sobre o Conto Missa do Galo de Machado de Assis

  1. 1. Diário de leitura sobre o Conto Missa do Galo de Machado de Assis Ana Carolina Ribeiro Graduanda em Letras pela UNEB campus IV
  2. 2. O presente trabalho foi solicitado pela Professora Igara Oliveira tendo o objetivo: da prática na feitura de diários, não só no decorrer da vivência acadêmica mas também como auxílio de registro de estudo para toda a vida.
  3. 3. QUEM SOU EU.... Olá, meu nome é Ana Carolina Ribeiro, sou estudante de Letras Língua Inglesa e suas Literaturas pela Universidade Estadual da Bahia - Campus IV, feminista , adoro política e gosto de assistir documentários históricos com relevância s político – sociais.
  4. 4. A experiência com conto tem sido algo novo para mim e por isso é gratificante cada descoberta
  5. 5. Ao ler “Missa do Galo” pela primeira vez imaginei uma cena típica das tradições religiosas,centralizei a atenção apenas na missa, deixando de lado O FOCO do conto.
  6. 6. Pensar no seting remeteu as novelas de época, pessoas bem vestidas e muita censura
  7. 7. O Conto escrito pelo prestigiado escritor Joaquim Maria Machado de Assis, um dos idealizadores da criação da Academia Brasileira de Letras e autor de livros famosos como Dom Casurro (1899) e Quincas Borba (1891) conta a história Conceição que convive em uma casa nobre e de velhos costumes com sua mãe, Dona Inácia, seu esposo Meneses, a quem ela chama de Chiquinho e duas escravas. A história é contata por um narrador – personagem, um jovem personagem de 17 ano de idade, o Sr. Nogueira. Em uma noite de Natal, noite da Missa do Galo, o esposo de Conceição sai de casa e a deixa só, o que é curioso, por se tratar de uma noite em que as famílias comemoram unidas, mas ele preferiu passar a noite com sua amante, como fazia de costume uma vez por semana, Conceição parecia já está acostumada com aquela situação: “Boa Conceição! Chamavam-lhe "a santa", e fazia jus ao título, tão facilmente suportava os esquecimentos do marido.”
  8. 8. Contando como quem escreve uma carta de lembranças, o Sr. Nogueira descreve àquela noite. Ele, jovem, aguardava o horário da Missa lendo um romance na sala de estar, eis que chega Conceição e sutilmente o provoca de várias formas: ela foi sentar-se na cadeira que ficava de fronte de mim, perto do canapé (...) Em seguida, vi-a endireitar a cabeça, cruzar os dedos e sobre eles pousar o queixo, tendo os cotovelos nos braços da cadeira, tudo sem desviar de mim os grandes olhos espertos.
  9. 9. O plot é centralizado no Jovem e na Dona Conceição – Dona? Sim, ela já era considera uma senhora para aquela época – confesso que esperei o momento em que o rapaz se envolvesse com ela, mas isso não aconteceu, acredito que nem mesmo o Nogueira quis acreditar que isso não acontecera: NUNCA PUDE entender a conversação que tive com uma senhora, há muitos anos Talvez se fosse ele estivesse na fase adulta o desfecho seria diferente
  10. 10. Enfim, do que fala a literatura? A literatura fala da vida real, claro, com uma linguagem muito mais rebuscada. A literatura está presente nos livros, nos contos e afins, e fala da nossa vida, da vida do nosso vizinho, da vida da nossa família. O conto “Missa do Galo” conta sobre TRAIÇÃO e o sentimento de uma mulher oprimida que quer vingar-se na mesma moeda.

×