Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Racismo

53,701 views

Published on

  • Be the first to comment

Racismo

  1. 1. Delegação Regional do NorteCentro de Formação Profissional do Sector Terciário do Porto Núcleo gerador Saberes FundamentaisDomínio de referência DR3 - Controvérsia Pública Nome: Amélia SoaresFormador: Paulo FerreiraMediadora: Cláudia CastanhoAmeliaccsoares@hotmail.com<br />
  2. 2. RACISMO<br />
  3. 3. ÍNDICE<br />O que é o racismo<br />Tipos de racismo <br />Factores do racismo<br />Racismo nas escolas<br />Racismo no trabalho<br />Xenofobia<br />Chauvinismo<br />O racismo em Portugal<br />Meios jurídicos de combate ao racismo<br />Organizações de apoio à vitima<br />Conclusão<br />
  4. 4. O que é o Racismo<br />Racismo é o modo de pensar onde se dá grande importância à noção da existência de várias raças humanas distintas e superiores umas às outras. Onde existe a convicção de que alguns indivíduos devido as suas características físicas hereditárias, e determinados traços de carácter e inteligência ou manifestações culturais, são superiores a outros. <br />
  5. 5. O racismo não é uma teoria científica, mas um conjunto de opiniões que foram concebidas ao longo dos tempos onde a principal função é valorizar as diferenças biológicas entre os seres humanos, em que alguns acreditam ser superiores aos outros de acordo com sua matriz racial. A crença da existência de raças superiores e inferiores foi utilizada muitas vezes para justificar actos da humanidade ao longo da história como é o caso da escravidão, do domínio de determinados povos sobre outros, os genocídios que ocorreram durante toda a história da humanidade e o complexo de inferioridade que muitos povos sentem em relação a outros.<br />
  6. 6. Apesar de toda a modernidade vivida pelas sociedades actuais, infelizmente ainda é comum encontrarmos casos de preconceito e discriminação por causa de diferenças raciais.<br />
  7. 7. A ciência afirma que biologicamente as raças não existem! A biologia só identificou uma raça: a raça humana.Existem é etnias.<br />A palavra etnia é muitas vezes usada como um eufemismo para raça, ou como um sinónimo para grupo minoritário. Embora muitas vezes os dois conceitos estejam associados, a diferença entre ambos reside no facto de que etnia compreende os factores culturais, como a nacionalidade, a afiliação tribal, a Religião, a língua e as tradições, enquanto que raça compreende apenas os factores morfológicos, como cor de pele, constituição física, estatura ,etc.<br />
  8. 8. Tipos de Racismo <br />Racismo individual – Realça-se nos lugares mais estranhos, nas atitudes, nos comportamentos e até nos interesses pessoais que estão socializados entre várias raças.<br />   Racismo institucional – demonstrado em dados oficiais, por exemplo aqueles que são discriminados no nosso sistema de trabalho, na Justiça, na Economia, na Política e nas instituições.      <br />
  9. 9. Racismo cultural – Manifesta-se nos valores, nas crenças, na religião, na língua, na música, na filosofia, na estética, entre outros.<br /> Racismo primário – É um fenómeno emocional ou passional, sem qualquer elaboração ou justificações.<br />
  10. 10. Racismo comunitarista ou diferencialista – É um racismo contemporâneo que se apropriou dos pontos centrais do anti-racismo, ou seja que raça não é natureza.<br />Racismo ecológico ou ambiental – É a forma ou subespécie mais recente de discriminação, contra a “Mãe Terra”.<br />
  11. 11. Factores do racismo<br />Etenia<br />
  12. 12. RELEGIÃO<br />
  13. 13. RAÇAS HUMANAS<br />
  14. 14. PRECONCEITO<br />
  15. 15. DISCRIMINAÇÃO<br />
  16. 16. Racismo nas Escolas<br />
  17. 17. Infelizmente ainda hoje assistimos a casos de racismo nas escolas, principalmente no primeiro e no segundo ciclo. Pois as crianças e os adolescentes nestas idades ainda não têm opiniões próprias formadas, sendo bastante influenciados pelos pais e pelos educadores Além disso os pais dão muito mimo aos filhos e incentivando-os as pensar que são melhores que os colegas e influenciam-nos com as suas ideias racistas.<br />
  18. 18. Racismo no Trabalho<br />
  19. 19. As mulheres são o maior alvo de discriminação, embora não se fale muito sobre este assunto. Outros motivos para haver discriminação no trabalho é o aspecto físico as suas tendências politicas e religiosas e a sua cor de pele. Por exemplo as pessoas gordas Estas pessoas são postas de lado no seu local de trabalho e recebendo mesmo salários mais baixos.<br />
  20. 20. Xenofobia<br />
  21. 21. A xenofobia é normalmente associada à aversão a outras raças e culturas. Mas também à fobia em relação a pessoas ou grupos diferentes, com os quais o indivíduo habitualmente não entra em contacto e evita. Existem dois tipos de xenófobos: os mais extremistas, que defendem que todos os que possuem cultura e/ou etnia diferentes devem ser exterminados, e os xenófobos moderados, que defendem que os povos com culturas diferentes, não devem imigrar para as terras do seu povo, visando preservar a sua cultura e garantir que aquilo que seu povo construiu seja apenas do seu povo. Por esta razão a xenofobia tende normalmente a ser vista como a causa de preconceitos.  <br />
  22. 22. Xenofobia é também um distúrbio psiquiátrico ao medo excessivo e descontrolado ao desconhecido ou diferente As pessoas que apresentam este medo persistente, irracional e excessivo tendem a evitar o contacto com estranhos, pois esta situação provoca-lhes uma extrema angústia, ansiedade, aumento da tensão arterial e da frequência cardíaca. Nos casos mais graves interfere significativamente com as rotinas normais da pessoa, funcionamento ocupacional, relacionamentos e actividades sociais desenvolvidas. <br />
  23. 23. Chauvinismo<br />
  24. 24. O termo chauvinismo teve origem em França, devido a Nicolas Chauvin, um soldado de Napoleão que se tornou um patriota fanático.<br />O chauvinismo significa um patriotismo exagerado, um amor exaltado à pátria, um sentimento de nacionalismo exacerbado, entusiasmo excessivo pelo que é nacional e menosprezo sistemático por tudo que é estrangeiro. <br />
  25. 25. O racismo em Portugal<br />
  26. 26. Em Portugal, o racismo é considerado crime pelo código penal, sendo uma circunstância de afronta importante como móbil de um crime. <br />No entanto, poucos são os relatórios e as estatísticas acerca da situação em Portugal no que diz respeito à discriminação racial, apesar de haver registo de casos de violência. Desde a década de 1980 que Portugal passou a ser um destino importante para os imigrantes. <br />
  27. 27. Os africanos chegaram a Portugal em grande número, em busca de melhores condições de vida e para fugirem das permanentes situações de guerra em África. É certo que o tempo da colonização e do colonialismo já vão longe mas ainda subsiste no povo português uma certa aversão às minorias, em particular em relação às comunidades africanas e ciganas que residem em Portugal.  <br />
  28. 28. Não podemos, dizer que Portugal é um país racista. Podemos sim afirmar que ainda existe algum preconceito face às minorias étnicas na mente de muitos portugueses<br />
  29. 29. MEIOS JURIDICOS DE COMBATE AO RACISMO <br />A legislação que proíbe as descriminações no exercício de direitos, por motivos baseados na raça, cor nacionalidade ou origem étnica: é a Lei nº 134/99, de 28 de Agosto; Decreto-Lei nº 111/2000, de 4 de Julho.<br />
  30. 30. Organizações de apoio às vitimas de racismo<br /><ul><li>SOS RACISMO foi criado em 10 de Dezembro de 1990
  31. 31. A AI foi criada pelo advogado britânico Peter Benenson em 1961</li></li></ul><li><ul><li>A Organização das Nações Unidas nasceu oficialmente a 24 de Outubro de 1945.</li></li></ul><li>
  32. 32. Conclusão<br />
  33. 33. Com este trabalho elaborei uma análise mais aprofundada sobre o tema do racismo e todos os factores que, directa ou indirectamente, estão relacionados e nos afecta a todos .É desalentar que é um tema sobre o qual há muita informação, talvez por ser um tema que sempre foi divulgado ao longo da história da humanidade.<br />Depois de ter terminado, fiquei ciente que o racismo e a xenofobia e o chauvinismo dependem única e exclusivamente da mente de cada um. Começou porque o permitimos, continua porque assim o queremos e acabará quando todos nos mentalizarmos que este tipo de preconceito só degrada a relação com “o outro”.Por muitas organizações que haja, a luta contra o racismo e a xenofobia e o chauvinismo é uma luta interior de cada um.<br />
  34. 34. Netgrafia:<br />http://pt.wikipedia.org/wiki/Racismo_em_Portugal<br />http://www.notapositiva.com/trab_estudantes<br />http://www.google.pt/images?<br />http://www.youtube.com/<br />http://www.g-sat.net/filosofia<br />

×