Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Inovação, a escola do século XXI e o livro didático 
Dr. Alysson Ramos Artuso 
http://pt.slideshare.net/AlyssonRamosArtuso
Por que vim falar com vocês?
Por que vim falar com vocês?
Por que vim falar com vocês?
Por que vim falar com vocês? 
Pesquisas científicas nas áreas de: 
–Novas tecnologias 
–Ensino de Física 
–Livro didático ...
Estrutura do minicurso 
•O livro didático: onde vive, como nasce e o que se faz com ele? 
•O que professores e alunos quer...
O livro didático: onde vive 
•É a tecnologia mais presente em sala de aula 
•Universalização com o PNLD 
•Ele está de fato...
O livro didático: para quem é feito 
•Feito em ordem para: 
1.Editora 
2.Avaliador do MEC 
3.Professor 
4.Aluno 
•É parte ...
Mercado editorial 
•Faturamento total: R$ 5 bilhões/ano (2013) 
•Didáticos: R$ 2,4 bilhões/ano 
R$ 1.300 ; 33% 
R$ 1.170 ;...
As grandes editoras do mercado 
•Livros didáticos: 
–Abril (Ática e Scipione) 
–Saraiva 
–FTD 
–Moderna 
Juntos somam de 6...
Setores de uma editora
Etapas de um material (original) 
Autor 
Leitor crítico 
Autor 
Editor de conteúdo 
Autor 
Editor de texto 
Autor
Etapas de um material (edição) 
Autor 
Editor de Conteúdo 
Editor de texto 
Revisão 
Produção 
Tec. Educ.
Etapas de um material (produção) 
Analista 
Iconografia 
Cartografia 
Ilustração 
Diagramação 
Cotejo 
Analista 
Edição
Exemplo
Tempo de produção 
•Adequado (AAP): 
–Planejamento: 6 a 9 meses 
–Escrita: 9 a 12 meses 
–Edição e provas: 9 a 12 meses 
–...
Os erros 
•Há uma série de “erros” em materiais didáticos que ficaram famosos na mídia (e tiraram materiais, ou mesmo edit...
“Afinidade” de meninos e meninas
Os erros 
•http://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2013/10/livro-de-ciencias- diz-que-meninos-jogam-futebol-e-m...
Alguns comentários 
•Gustavo Josende-A editora tá mais que certa. Menina brica de boneca. Menino joga futebol. Todo mundo ...
Alguns comentários 
•GeisiTroian-Eu vi no face... Achei chocante inacreditável, o autor deveria ser processado, deveria se...
Os erros 
•Falácia do argumento de autoridade 
•Jornalista que sequer leu o texto 
•Retirada do contexto 
•Desconhecimento...
O problema da realidade 
•A carta de baralho, a placa do McDonald’s, a matéria do jornal, o livro didático... enxergamos ...
O que fazer? 
•Incentivo ao professor e realidade local (mas não acho que o caminho é abandonar o LD, o caminho é compleme...
Exemplo 
•[...] Daí, aliás, vem o nome 14 Bis: o aparelho mais pesadodo que o ar era anexo no [balão] nº14. Unindo as duas...
O que fazer? 
•Investir na formação do profissional (professor, editor, autor, leitor crítico... Vamos deixar nas mãos de ...
Mercado de trabalho para o físico
Não somos tantos assim 
Núcleo Regional de Educação 
Total de Pessoas 
Núcleo Regional de Educação 
Total de Pessoas 
01-A...
PNLD 
•Programa Nacional do Livro Didático 
•A cada ano um segmento de ensino: EF1, EF2, EM 
•Edital sai 3 meses antes da ...
Livros de Física PNLD 2012-14 
Título 
Editora 
Física –Aula por Aula (Barreto e Xavier) 
FTD 
Física: Ciência e Tecnologi...
Livros de Física PNLD 2015-17 
•4 autores desde 2000: 
–Pietrocolaet al, Menezes et al,Stefanovitz(Org.), Artuso e Wrublew...
A escolha do livro pelo MEC no PNLD 
•Equipe de acadêmicos responsáveis pela avaliação –cerca de 30 nomes 
•Critérios de a...
A escolha do livro pelo professor 
•Rápida 
•Sumário, atividades 
•Inovador, se não vende, não se perpetua É mercado
O líder de mercado 
•“Ramalho” é uma marca 
•Surgiu com os vestibulares da década de 1970 
•ENEM Condições mudaram Livro...
O que se faz com ele –professores 
Nunca (0%) 
Sempre(100%) 
Preparar aula LA (68%) 
22 
35 
76 
105 
115 
Com alunos (59%...
O que se faz com ele –alunos 
Nunca (0%) 
Sempre(100%) 
Sala (55%) 
58 
46 
42 
71 
47 
88 
Casa (53%) 
53 
48 
60 
67 
62...
O que se faz com ele –professores 
Nãocopiarem 
Outrasatividades 
Acompanharem 
Lerem 
Seguirsequência 
Passartarefa 
Exer...
O que se faz com ele –alunos 
0 
20 
40 
60 
80 
100 
120 
140 
160 
Nunca (0%) 
Sempre (100%) 
Com que frequência o livro...
O que se faz com ele –alunos 
0 
20 
40 
60 
80 
100 
120 
140 
160 
180 
Nunca (0%) 
Sempre(100%) 
Com que freq. você uti...
95% 
84% 
84% 
81% 
80% 
79% 
78% 
77% 
77% 
76% 
72% 
71% 
70% 
69% 
68% 
67% 
66% 
66% 
60% 
59% 
59% 
49% 
46% 
Não ter...
Qualidades do LD –alunos 
86,4% 
79,4% 
74,8% 
73,0% 
70,9% 
69,6% 
69,4% 
69,2% 
68,0% 
65,4% 
60,5% 
55,4% 
48,9% 
48,2%...
89% 
85% 
85% 
83% 
81% 
80% 
79% 
79% 
77% 
74% 
74% 
73% 
73% 
73% 
73% 
71% 
70% 
68% 
65% 
64% 
64% 
63% 
59% 
59% 
57...
Temas e foco –alunos 
58,3% 
54,5% 
54,4% 
52,6% 
52,4% 
52,2% 
51,8% 
50,7% 
48,0% 
47,6% 
35,7% 
Links 
Artistic works 
...
Fim do 1º dia 
•O que vimos: 
–O mercado de LD/PNLD 
–Como o LD é produzido 
–Importância de ser crítico, mas não irrespon...
A escola do século XXI e inovações 
•É preciso se colocar as perguntas: o que ensinar, como ensinar e por que ensinar? 
–C...
Contexto 
“Ninguém” leva a tecnologia a sério
Até que não dê mais para ignorá-la
2011 
•2 bilhões online 
•5,3 bilhões com celulares
5,2 bilhões de fotos 
7 500 uploads/dia 
2011 
500 milhões –dedicando 1,3 milhões de anos por mês 
1 bilhão de contas –600...
180 livros para Kindlepara cada edição de capa dura 
2011 
230 milhões de contas em 
190 países
Mercado de dispositivos móveis cresce 8x mais rápido do que o de PC 
2011
O que é a Internet? 
•Twitter, Facebook, YouTube... 
•Google 
•G1, Terra, UOL... 
Eles querem ser a Internet
Informação 
não é 
PODER
CRITÉRIOé.
O professor não precisa mais transmitir informação. 
Ela é abundante, disponívele acessível. 
Mais até, os alunos sabem on...
O que falta? 
Critério e conexão. 
Não é diferente de Piaget e Vygotsky 
Não é diferente da forma com que aprendemos a usa...
Conectivismo(George Siemens e Stephen Downes) 
(a) aprendizagem e conhecimento apoiam-se na diversidade de opiniões e posi...
•Escola, família e trabalho sempre foram redes sociais. 
•As mídias sociais, a comunicação colaborativa e a escola do sécu...
•De quem vai (e de quem deve) partir o amadurecimento dessa inovação? 
Professores? 
Mercado? 
Escolas? 
Academia? 
•E par...
Conhecimentos na escola (Perrenoud) 
•História 
•Geografia 
•Psicologia 
•Sociologia 
•Demografia 
•Economia 
•Ciênciaspol...
Livros digitais 
•Edebe 
http://escuelavirtual.edebe.com 
•Portal Futurum 
www.portalfuturum.com.br 
•Positivo 
http://www...
Web1.0 
Web2.0 
Web 
Informacional 
Colaborativa 
Foco 
Instrucional 
Construçãocoletiva 
Conteúdo 
Navegação 
Geradoporqu...
Life onEarth E. O. Wilson 
IBooksAuthor 
Inkling
Mudanças possíveis 
•Uso (de fato) de tecnologias digitais: smartphone, tablet, computador 
•Nova linguagem: menos texto c...
Como o livro didático pode ser usado na escola do século XXI 
•Livro define a forma de ensinar? 
•Ou forma de ensinar defi...
O futuro do ensino e do livro 
•Formação do professor para a educação –Courserae afins 
•Coursera, EdX, Venture-Lab/NovoEd...
O futuro do ensino e do livro 
•Designinga New Learning Environment– Stanford University–Paul Kim 
–Como podemos melhorar ...
Tendências 
•Integração de redes sociais e educação
Tendências 
•Métodos estatísticos integrados
Tendências 
Eye-tracking 
•Pontos de entrada 
•O que chama a atenção 
•Como se lê 
•Quanto tempo em cada
Tendências 
Gamification 
•PBL 
•Loopingsde engajamento e progresso 
•Desafio 
•Diversão
Obrigado 
alysson.artuso@gmail.com 
http://pt.slideshare.net/AlyssonRamosArtuso 
http://www.researchgate.net/profile/Alyss...
2014 - Minicurso ministrado na UFTM - Inovação, a escola do século xxi e o livro didático
2014 - Minicurso ministrado na UFTM - Inovação, a escola do século xxi e o livro didático
2014 - Minicurso ministrado na UFTM - Inovação, a escola do século xxi e o livro didático
2014 - Minicurso ministrado na UFTM - Inovação, a escola do século xxi e o livro didático
2014 - Minicurso ministrado na UFTM - Inovação, a escola do século xxi e o livro didático
2014 - Minicurso ministrado na UFTM - Inovação, a escola do século xxi e o livro didático
2014 - Minicurso ministrado na UFTM - Inovação, a escola do século xxi e o livro didático
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

2014 - Minicurso ministrado na UFTM - Inovação, a escola do século xxi e o livro didático

397 views

Published on

Inovação, a escola do século XXI e o livro didático
Minicurso ministrado na UFTM/Uberaba em outubro de 2014

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

2014 - Minicurso ministrado na UFTM - Inovação, a escola do século xxi e o livro didático

  1. 1. Inovação, a escola do século XXI e o livro didático Dr. Alysson Ramos Artuso http://pt.slideshare.net/AlyssonRamosArtuso
  2. 2. Por que vim falar com vocês?
  3. 3. Por que vim falar com vocês?
  4. 4. Por que vim falar com vocês?
  5. 5. Por que vim falar com vocês? Pesquisas científicas nas áreas de: –Novas tecnologias –Ensino de Física –Livro didático de Física {
  6. 6. Estrutura do minicurso •O livro didático: onde vive, como nasce e o que se faz com ele? •O que professores e alunos querem do livro didático •A escola do século XXI e inovações •Como o livro didático pode ser usado na escola do século XXI •O livro didático digital •O futuro do ensino e do livro didático
  7. 7. O livro didático: onde vive •É a tecnologia mais presente em sala de aula •Universalização com o PNLD •Ele está de fato na sala de aula? (Ou só na mochila? Ou só em casa?) •Assume muitas responsabilidades (quais são realmente dele?) –Texto autoexplicativo –Banco de questões –Experimentos –Sugestão de avaliação –Formação do professor –Voltado para a realidade local –Deve ser atualizado e relevante no presente (fuso Geografia) –Deve suprir carências da escola, dos professores, dos pais e dos alunos
  8. 8. O livro didático: para quem é feito •Feito em ordem para: 1.Editora 2.Avaliador do MEC 3.Professor 4.Aluno •É parte da cultura escolar •É também uma mercadoria (possui valor)
  9. 9. Mercado editorial •Faturamento total: R$ 5 bilhões/ano (2013) •Didáticos: R$ 2,4 bilhões/ano R$ 1.300 ; 33% R$ 1.170 ; 30% R$ 975 ; 25% R$ 458 ; 12% Mercado privado (em milhões) Didáticos Obras gerais CTP Religioso R$1.100,00 ; 84% R$216,00 ; 16% Governo (em milhões) Didáticos Não-didáticos
  10. 10. As grandes editoras do mercado •Livros didáticos: –Abril (Ática e Scipione) –Saraiva –FTD –Moderna Juntos somam de 64% do mercado privado e 90% do PNLD •Sistemas de Ensino: –Positivo –Anglo –Objetivo –Pitágoras –COC Juntos somam de 45% do mercado
  11. 11. Setores de uma editora
  12. 12. Etapas de um material (original) Autor Leitor crítico Autor Editor de conteúdo Autor Editor de texto Autor
  13. 13. Etapas de um material (edição) Autor Editor de Conteúdo Editor de texto Revisão Produção Tec. Educ.
  14. 14. Etapas de um material (produção) Analista Iconografia Cartografia Ilustração Diagramação Cotejo Analista Edição
  15. 15. Exemplo
  16. 16. Tempo de produção •Adequado (AAP): –Planejamento: 6 a 9 meses –Escrita: 9 a 12 meses –Edição e provas: 9 a 12 meses –Errata após impressão: 2 a 6 meses •Tempo total: 26 a 39 meses (24 a 33 meses sem errata) •Tempo típico: –Planejamento: 1 mês –Escrita: 3 meses –Edição e provas: 5 meses •Tempo total: 9 meses •Tempo total PNLD: 3 meses (6 meses?)
  17. 17. Os erros •Há uma série de “erros” em materiais didáticos que ficaram famosos na mídia (e tiraram materiais, ou mesmo editoras, do mercado): –Paraguai na Bolívia, Uruguai no Paraguai (2009) –“Nós pega o peixe” (2011) –As bonecas de Fernanda (2013) –“Afinidade” de meninos e meninas (2013)
  18. 18. “Afinidade” de meninos e meninas
  19. 19. Os erros •http://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2013/10/livro-de-ciencias- diz-que-meninos-jogam-futebol-e-meninas-lavam-louca.html •http://educacao.uol.com.br/noticias/2013/10/24/exercicio-didatico-gera- polemica-ao-dividir-afinidades-de-meninos-e-meninas.htm •http://www.mundopositivo.com.br/noticias/educacaoecarreira/20197951- escola_defende_ensino_diferente_para_meninos_e_meninas.html •http://otriunfense.com.br/livro-gera-polemica-sobre-o-que-meninas-e-meninos- podem-fazer/ •http://www.revistaforum.com.br/blog/2013/10/livro-didatico-infantil-sugere-que- meninas-tem-afinidade-com-lavar-louca/ •http://noticias.terra.com.br/educacao/exercicio-sobre-afinidades-de-meninos-e- meninas-causa-polemica,96e2fa9b7ebe1410VgnVCM20000099cceb0aRCRD.html
  20. 20. Alguns comentários •Gustavo Josende-A editora tá mais que certa. Menina brica de boneca. Menino joga futebol. Todo mundo até hoje foi educado assim... até a bruxa do turbante ali... ninguém morreu. •Daniel-PARABENS para editora, todos os livros escolares deveria ter esse tipo de ensinamentos, se bem que naoadiantaria muito quando a criança chega tem as novelas da GLOBO que ensina tudo o que naopresta por isso estamos decaindo minha filha brinca de boneca e ponto e os ensinamentos que dou uma familiae composta de um homem e uma mulher, existe uma formula para mudarmos o rumo das coisas naoprecisamos nem sai de casa PAREM DE ASSISTIR NOVELAS VAO LER UM LIVRO, a GLOBO esta apodrecendo a mente da populaçao •Mauro Ferreira-querem inverter os valores de qualquer jeito. Deviam criar escolas especiais para os pais que querem que os filhos homes brinquem de boneca e que as filhas usem botas militares. Assim nos livrariamosdeste tipo de gente no nosso dia a dia
  21. 21. Alguns comentários •GeisiTroian-Eu vi no face... Achei chocante inacreditável, o autor deveria ser processado, deveria ser contra lei livros de educação infantil irem as bancas sem uma inspeção prévia... decepcionada com nosso país!!! •Maria Mota-Manda os editores lavar louças, mulheres tem o direito de jogar futebol, estudar ate brincar de carrinho se quiser, já passou o tempo de mulher ser ligada a uma lavanderia !! •LiviaAgaonçalves-q livro idiota e ultrapassado! •Max Lucio-Sexismoem pleno século 21? Mas que atraso! Quer dizer agora que menina não pode jogar bola? Lugar de mulher é na cozinha? Se fosse um livro de 1832 eu até entenderia! Mas em pleno 2013 não da pra engolir.
  22. 22. Os erros •Falácia do argumento de autoridade •Jornalista que sequer leu o texto •Retirada do contexto •Desconhecimento do processo editorial •Desconhecimento da área educacional •Comentários que invertem quem defende e quem acusa
  23. 23. O problema da realidade •A carta de baralho, a placa do McDonald’s, a matéria do jornal, o livro didático... enxergamos o que queremos enxergar, não o que está lá a realidade é construída pela gente (individual e socialmente)
  24. 24. O que fazer? •Incentivo ao professor e realidade local (mas não acho que o caminho é abandonar o LD, o caminho é complementar o LD) •Mas não é fácil –Exemplo Nelson Studard(SBF, RBEF, coordenador PNLD, pós-doc, 3 meses para fazer 2 páginas, 3 meses para editar):
  25. 25. Exemplo •[...] Daí, aliás, vem o nome 14 Bis: o aparelho mais pesadodo que o ar era anexo no [balão] nº14. Unindo as duas invenções, Santos-Dumont conseguiu que a forçaque o balão fazia para cima diminuísse o peso do conjunto [...] (STUDART FILHO, 2006, p. 16) •O autor afirma (e o editor ratifica) que o 14-Bis é mais pesado que ar, que o balão exerce uma força para cima e que seu peso diminui. •São erros conceituais grosseiros –em 2010, só eles, seriam suficientes para reprovar um livro •Conclusão: é difícil!
  26. 26. O que fazer? •Investir na formação do profissional (professor, editor, autor, leitor crítico... Vamos deixar nas mãos de quem fazer isso? Do mercado? Para atender quais interesses primeiro? Pedagógicos ou econômicos?)
  27. 27. Mercado de trabalho para o físico
  28. 28. Não somos tantos assim Núcleo Regional de Educação Total de Pessoas Núcleo Regional de Educação Total de Pessoas 01-APUCARANA 91 17-JACAREZINHO 60 02-AREA METROP.NORTE 170 18-LONDRINA 161 03-AREA METROP.SUL 159 19-MARINGA 157 04-ASSIS CHATEAUBRIAN 30 20-LOANDA 34 05-CAMPO MOURAO 82 21-PARANAGUA 72 06-CASCAVEL 129 22-PARANAVAI 65 07-CIANORTE 46 23-PATO BRANCO 83 08-CORNELIO PROCOPIO 70 24-PITANGA 34 09-CURITIBA 338 25-PONTA GROSSA 118 10-DOIS VIZINHOS 25 26-TELEMACO BORBA 55 11-FOZ DO IGUACU 82 27-TOLEDO 89 12-FRANCISCO BELTRAO 75 28-UMUARAMA 84 13-GOIOERE 33 29-UNIAO DA VITORIA 74 14-GUARAPUAVA 74 30-WENCESLAU BRAZ 40 15-IRATI 65 31-LARANJEIRAS DO SUL 73 16-IVAIPORA 71 32-IBAITI 32 Total do Estado 2771
  29. 29. PNLD •Programa Nacional do Livro Didático •A cada ano um segmento de ensino: EF1, EF2, EM •Edital sai 3 meses antes da entrega (6 meses?) •Livro digital no EF2 em 2014, no EM em2015 •Tiragem média: 55 mil exemplares de cada obra •Preço médio: R$7,63
  30. 30. Livros de Física PNLD 2012-14 Título Editora Física –Aula por Aula (Barreto e Xavier) FTD Física: Ciência e Tecnologia (Torres, Nicolau e Toledo) Moderna Física para o Ensino Médio (Fuke e Kazuhito) Saraiva Física (Gualter, Helou e Newton) Saraiva Curso de Física (Máximo e Alvarenga) Scipione Física em Contextos (Pietrocolaet al) FTD Compreendendo a Física (Gaspar) Ática Quanta Física (Menezes et al) Pearson Física e Realidade (Gonçalves e Toscano) Scipione Conexões com a Física (Sant’Anna et al) Moderna
  31. 31. Livros de Física PNLD 2015-17 •4 autores desde 2000: –Pietrocolaet al, Menezes et al,Stefanovitz(Org.), Artuso e Wrublewski Título Editora Física (Osvaldo, Piqueirae Carron) Ática Física (Bonjornos, Ramos, Prado, Casemiro) FTD Física (Artuso e Wrublewski) Positivo Ser Protagonista –Física (Stefanovitz(Org.)) SM Saiu: Física e Realidade (Gonçalves e Toscano) Scipione
  32. 32. A escolha do livro pelo MEC no PNLD •Equipe de acadêmicos responsáveis pela avaliação –cerca de 30 nomes •Critérios de avaliação: (legislação, questões pedagógicas, questões conceituais, manual do professor, projeto editorial) •Tempo total de avaliação: 12 meses
  33. 33. A escolha do livro pelo professor •Rápida •Sumário, atividades •Inovador, se não vende, não se perpetua É mercado
  34. 34. O líder de mercado •“Ramalho” é uma marca •Surgiu com os vestibulares da década de 1970 •ENEM Condições mudaram Livro está mudando •Exemplo de mudança (apresentação do meu livro –exemplos do próprio Ramalho) •Colcha de retalhos x novo
  35. 35. O que se faz com ele –professores Nunca (0%) Sempre(100%) Preparar aula LA (68%) 22 35 76 105 115 Com alunos (59%) 37 55 94 80 87 Própria aprend. (58%) 49 63 76 57 108 Preparar aula MP (42%) 90 88 70 51 54 0 20 40 60 80 100 120 140 Frequência de uso do livro de Física
  36. 36. O que se faz com ele –alunos Nunca (0%) Sempre(100%) Sala (55%) 58 46 42 71 47 88 Casa (53%) 53 48 60 67 62 62 0 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 Frequência de uso do livro em
  37. 37. O que se faz com ele –professores Nãocopiarem Outrasatividades Acompanharem Lerem Seguirsequência Passartarefa Exercíciosem sala Frequência 35% 45% 50% 56% 62% 64% 68% 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80% Com que frequência o livro é utilizado para
  38. 38. O que se faz com ele –alunos 0 20 40 60 80 100 120 140 160 Nunca (0%) Sempre (100%) Com que frequência o livro é utilizado para Exercícios em sala (61%) Ensinar na sequência (60%) Tarefa de casa (53%) Acompanharem (46%) Alunos lerem (41%) Não copiarem (35%) Outras atividades (32%)
  39. 39. O que se faz com ele –alunos 0 20 40 60 80 100 120 140 160 180 Nunca (0%) Sempre(100%) Com que freq. você utiliza o livro em casa para Estudar para provas (73%) Ler enunciados para a tarefade casa (59%) Se aprofundar no conteúdo(48%) Ler um texto pedido (46%) Ler o conteúdo além dopedido (37%) Fazer mais exerc. além dopedido (37%) Ler um boxe não pedido(36%)
  40. 40. 95% 84% 84% 81% 80% 79% 78% 77% 77% 76% 72% 71% 70% 69% 68% 67% 66% 66% 60% 59% 59% 49% 46% Não ter erros em conceitos Contextualizações Texto atrativo Discussões sobre CTSA Experimentos Interdisciplinaridade Muitos exercícios conceituais História da Ciência Sugestões de leitura para alunos e professores Muitos exemplos para os conceitos Trabalho com conceitos prévios Boxes ou textos de apoio Conteúdo multimídia digital Projeto gráfico Muitas imagens (fotos, ilustrações...) Propostas de debates e trabalhos em grupo Orientações relevantes ao professores Gabarito e resolução dos exercícios Resumos e esquemas Muitos exercícios numéricos Manual do professor Aulas estruturadas para o professor Não ser pesado Qualidades do LD –professores
  41. 41. Qualidades do LD –alunos 86,4% 79,4% 74,8% 73,0% 70,9% 69,6% 69,4% 69,2% 68,0% 65,4% 60,5% 55,4% 48,9% 48,2% Without misconceptions Abstracts and diagrams Interesting themes/examples Many examples for the concepts Short texts focused on content Many conceptual exercises Enjoyable text Advanced content Many numerical exercises Supporting text/boxes Many images Digital multimedia content Grup discussions and tasks Not heavy Qualities of a physics textbook
  42. 42. 89% 85% 85% 83% 81% 80% 79% 79% 77% 74% 74% 73% 73% 73% 73% 71% 70% 68% 65% 64% 64% 63% 59% 59% 57% 50% Tecnologia (geladeira, micro-ondas, máquina fotográfica...) Discussões CTSA Cotidiano Natureza e o meio ambiente Evolução dos conceitos científicos Exercícios mais conceituais Relações com o contexto histórico Experimentos fáceis de serem feitos Relações com a sociedade e questões de cidadania Relações com o corpo humano e a saúde Conteúdo digital na Internet associado ao livro Sugestões de links Tabelas e gráficos Exercícios de vestibular Exercício do ENEM Uso de matérias de jornal e revista Pesquisas e debates Relações com esportes Atividades em grupo Slides de aulas para o professor Uso de obras artísticas (letras de música, poemas, quadros,… Uso de charges e tirinhas Enfoque matemático Biografias Demonstrações de fórmulas Abordagem tradicional dos conceitos Temas e focos –professores
  43. 43. Temas e foco –alunos 58,3% 54,5% 54,4% 52,6% 52,4% 52,2% 51,8% 50,7% 48,0% 47,6% 35,7% Links Artistic works Conceptual exercises Society and citizenship issues Mathematical focus Researches and debates Sports Group assignments Historical context Newspaper and magazine… Biographies 78,6% 72,9% 70,6% 69,0% 66,5% 64,0% 63,0% 61,0% 60,3% 59,8% 59,5% 59,5% Admission test exercises ENEM exercises Easy experiments Technological products Demonstrations STS Nature and environment Human body and health Daily situations Progress of scientific… Cartoons and comics Digital content on the…
  44. 44. Fim do 1º dia •O que vimos: –O mercado de LD/PNLD –Como o LD é produzido –Importância de ser crítico, mas não irresponsável com o LD –Formas com que o LD é utilizado em sala de aula –Preferências de professores e alunos •Questionamento: Que tipo de professor você é(será)? O que você espera de um livro didático? Qual se adequa melhor para você em sala de aula? •Amanhã: A escola do século XXI e inovações
  45. 45. A escola do século XXI e inovações •É preciso se colocar as perguntas: o que ensinar, como ensinar e por que ensinar? –Contexto/Tecnologia –Conectivismo(teorias de aprendizagem) –Conhecimentos na escola –Mudanças possíveis –Tendências
  46. 46. Contexto “Ninguém” leva a tecnologia a sério
  47. 47. Até que não dê mais para ignorá-la
  48. 48. 2011 •2 bilhões online •5,3 bilhões com celulares
  49. 49. 5,2 bilhões de fotos 7 500 uploads/dia 2011 500 milhões –dedicando 1,3 milhões de anos por mês 1 bilhão de contas –600 anos de conteúdo –crescimento de 35h/min
  50. 50. 180 livros para Kindlepara cada edição de capa dura 2011 230 milhões de contas em 190 países
  51. 51. Mercado de dispositivos móveis cresce 8x mais rápido do que o de PC 2011
  52. 52. O que é a Internet? •Twitter, Facebook, YouTube... •Google •G1, Terra, UOL... Eles querem ser a Internet
  53. 53. Informação não é PODER
  54. 54. CRITÉRIOé.
  55. 55. O professor não precisa mais transmitir informação. Ela é abundante, disponívele acessível. Mais até, os alunos sabem onde procurara informação.
  56. 56. O que falta? Critério e conexão. Não é diferente de Piaget e Vygotsky Não é diferente da forma com que aprendemos a usar games,aparelhos, dispositivos móveis e serviços web
  57. 57. Conectivismo(George Siemens e Stephen Downes) (a) aprendizagem e conhecimento apoiam-se na diversidade de opiniões e posições; (b) aprendizagem é a capacidade de conectar nós específicos ou fontes de informações; (c) a aprendizagem pode residir em dispositivos não humanos; (d) a capacidade de investir no saber mais é muito mais importante do que o conhecimento que o indivíduo já possui; (e) é necessário cultivar e manter conexões para facilitar a aprendizagem contínua; (f) a habilidade de perceber conexões entre áreas, ideias, conceitos é fundamental; [...] (h) tomar decisão é processo de aprendizagem; (i) as decisões tidas como corretas hoje, podem estar erradas amanhã devido às rápidas mudanças que afetam a realidade social (SIEMENS, 2004).
  58. 58. •Escola, família e trabalho sempre foram redes sociais. •As mídias sociais, a comunicação colaborativa e a escola do século XXI ainda estão engatinhando E ninguém duvida que elas irão longe
  59. 59. •De quem vai (e de quem deve) partir o amadurecimento dessa inovação? Professores? Mercado? Escolas? Academia? •E para atender quais interesses? {
  60. 60. Conhecimentos na escola (Perrenoud) •História •Geografia •Psicologia •Sociologia •Demografia •Economia •Ciênciaspolíticas •Antropologia •Comunicaçãoemídia •Urbanismo •Tecnologia •Biologia •Medicina •Química •Física •Matemática •Filosofia •Ética
  61. 61. Livros digitais •Edebe http://escuelavirtual.edebe.com •Portal Futurum www.portalfuturum.com.br •Positivo http://www.portalpositivo.com.br/
  62. 62. Web1.0 Web2.0 Web Informacional Colaborativa Foco Instrucional Construçãocoletiva Conteúdo Navegação Geradoporqualquerusuário Acesso Leitura Publicaçãocompartilhada Recursos Navegadores Aplicaçõesweb Exemplos Enciclopédias Wikis,blogs,LMS... Recursos HTML,portais(taxonomy) XML,RSS,API(folksonomy) Características Formulários,diretórios, hipertexto Espaçosabertosparare- ediçãoeremixagem Usuários Leitorespassivos Co-autorescolaborativos Deficiências Interação,escalabilidade, contexto Personalização, portabilidadeeinteroperabilidade Tecnologias Informaçãoecomunicação Conhecimentocoletivoeredessociais Fonte:OKADA(2011,p.5)
  63. 63. Life onEarth E. O. Wilson IBooksAuthor Inkling
  64. 64. Mudanças possíveis •Uso (de fato) de tecnologias digitais: smartphone, tablet, computador •Nova linguagem: menos texto corrido, mais imagens quadrinhos, vídeo, twitter •Nova base de conhecimentos •FlipclassInversão da ordem •“Tempo das gerações” ninguém ensina o que não sabe (experimentos, contextualização, Web 1.0, Web 2.0)
  65. 65. Como o livro didático pode ser usado na escola do século XXI •Livro define a forma de ensinar? •Ou forma de ensinar define o livro? •Forma de ensinar A x livro B •Exemplo –movimento
  66. 66. O futuro do ensino e do livro •Formação do professor para a educação –Courserae afins •Coursera, EdX, Venture-Lab/NovoEd, Udacity, Veduca... –E-learningandDigital Cultures, CriticalThinking(Edinburgh) –Tecnologías de información y comunicación en la educación, Pensamiento Científico (México) –FoundationsofVirtual Instruction(California, Irvine) –FoundationsofTeachingfor Learning (CommonwealthEducationTrust) –VideoGames andLearning (Wisconsin–Madison) –Big Data in Education(Columbia) –The Science ofEverydayThinking(Utah) –Gamification(Pennsylvania) –Game Theory, Human-Computer Interaction, MachineLearning, Design ThinkingActionLab, Numbersfor Life, DNLE (Stanford)
  67. 67. O futuro do ensino e do livro •Designinga New Learning Environment– Stanford University–Paul Kim –Como podemos melhorar a educação no mundo? Livro didático digital –Coordenador de um grupo de 21 pessoas (de alunos a doutores)
  68. 68. Tendências •Integração de redes sociais e educação
  69. 69. Tendências •Métodos estatísticos integrados
  70. 70. Tendências Eye-tracking •Pontos de entrada •O que chama a atenção •Como se lê •Quanto tempo em cada
  71. 71. Tendências Gamification •PBL •Loopingsde engajamento e progresso •Desafio •Diversão
  72. 72. Obrigado alysson.artuso@gmail.com http://pt.slideshare.net/AlyssonRamosArtuso http://www.researchgate.net/profile/Alysson_Artuso https://independent.academia.edu/AlyssonArtuso

×