Regressao

1,707 views

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,707
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
79
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Regressao

  1. 1. Módulo 4PREVISÃO DE DEMANDA
  2. 2. Previsão de Demanda Conceitos Iniciais• Tempos de Previsão• Tipos de Previsão• Técnicas de Previsão Prever é a arte e a ciência de predizerQualitativa• Técnicas de Previsão eventos futuros, utilizando-se de dadosQuantitativa históricos e sua projeção para o futuro, de fatores subjetivos ou intuitivos, ou ambos combinados.
  3. 3. Previsão de Demanda Conceitos Iniciais Planejamento• Tempos de Previsão Estratégico• Tipos de Previsão• Técnicas de Previsão Estimar condições futuras ao longo deQualitativa• Técnicas de Previsão intervalos de tempo, normalmenteQuantitativa maiores do que um ano, são importantes para sustentar decisões estratégicas a respeito do planejamento de produtos, processos, tecnologias e instalações.
  4. 4. Previsão de Demanda Conceitos Iniciais Planejamento Operacional• Tempos de Previsão• Tipos de Previsão Estimar as condições futuras no• Técnicas de Previsão decorrer de intervalos de tempo queQualitativa variam de alguns dias a diversas•Técnicas de PrevisãoQuantitativa semanas. Essas previsões podem abranger períodos de tempo curtos sobre os quais ciclos, sazonalidade e padrões de tendências têm pouco efeito. O padrão de dados que mais afeta essas previsões é a flutuação aleatória. Planejamento Tático
  5. 5. Previsão de Demanda• Conceitos Iniciais Curto Prazo Tempos de Previsão• Tipos de Previsão (Operacional)• Técnicas de Previsão Compras eQualitativa Programação de• Técnicas de PrevisãoQuantitativa Produção Médio Prazo Longo Prazo (Tático) (Estratégico) Planejamento Planos Expansão Orçamentário e Investimentos Planos Diversificação Operacionais
  6. 6. Previsão de Demanda• Conceitos Iniciais Previsões• Tempos de Previsão Econômico-Financeiras Tipos de Previsão• Técnicas de Previsão Taxas de Inflação Taxas de InflaçãoQualitativa Câmbio Câmbio• Técnicas de PrevisãoQuantitativa Crescimento Crescimento Exportação Exportação Previsões Tecnológicas Previsões da Demanda Desenv.Tecnológico Desenv.Tecnológico Operação // Produção Operação Produção Produtos Novos Produtos Novos Marketing Marketing Novas Fábricas Novas Fábricas Finanças Finanças Novas Instalações Novas Instalações Recursos Humanos Recursos Humanos
  7. 7. Previsão de Demanda• Conceitos Iniciais• Tempos de Previsão• Tipos de Previsão Técnicas de Previsão As técnicas qualitativas privilegiamQualitativa• Técnicas de Previsão principalmente dados subjetivos. EstãoQuantitativa baseadas na opinião e no julgamento de pessoas chaves, especialistas nos produtos ou nos mercados onde atuam estes produtos.
  8. 8. Previsão de Demanda• Conceitos Iniciais• Tempos de Previsão• Tipos de Previsão Metodologia Técnicas de Previsão QualitativasQualitativa• Técnicas de PrevisãoQuantitativa Avaliação Pesquisas Subjetiva Exploratórias • Comitê Executivo • Método Delphi • Pesquisa de Vendas • Pesquisa de Mercado
  9. 9. Previsão de Demanda• Conceitos Iniciais• Tempos de Previsão• Tipos de Previsão• Técnicas de Previsão As técnicas quantitativas envolvemQualitativa Técnicas de Previsão a análise numérica dos dadosQuantitativa passados, isentando-se de opiniões pessoais ou palpites. Empregam-se modelos matemáticos para projetar a demanda futura.
  10. 10. Previsão de Demanda• Conceitos Iniciais• Tempos de Previsão Metodologias• Tipos de Previsão Quantitativas• Técnicas de PrevisãoQualitativa Técnicas de PrevisãoQuantitativa Método Causal Séries Temporais • Método Causal ou Explicativo ou Projeções de • Séries Temporais Tendências Modelos Adaptáveis • Regressão • Suavização Exponencial Linear Simples Simples • Holt
  11. 11. Previsão de Demanda• Conceitos Iniciais Método Causal ou Explicativo• Tempos de Previsão• Tipos de Previsão• Técnicas de PrevisãoQualitativa Relações entre causas e efeitos. Técnicas de PrevisãoQuantitativa O comportamento de uma variável • Método Causal • Séries Temporais (chamada dependente) é explicado por uma, ou mais variáveis (chamadas independentes).
  12. 12. Previsão de Demanda• Conceitos Iniciais Método Causal ou Explicativo• Tempos de Previsão Regressão Linear Simples• Tipos de Previsão• Técnicas de PrevisãoQualitativa Y Variável dependente Técnicas de PrevisãoQuantitativa • Método Causal • Séries Temporais X Variável independente
  13. 13. Previsão de Demanda• Conceitos Iniciais Método Causal ou Explicativo• Tempos de Previsão Regressão Linear Simples• Tipos de Previsão• Técnicas de PrevisãoQualitativa Y Variável dependente Técnicas de PrevisãoQuantitativa • Método Causal • Séries Temporais X Variável independente
  14. 14. Previsão de Demanda• Conceitos Iniciais Método Causal ou Explicativo• Tempos de Previsão Regressão Linear Simples• Tipos de Previsão• Técnicas de PrevisãoQualitativa Y Equação de regressão: Variável dependente Técnicas de PrevisãoQuantitativa Y = a + bX + ε • Método Causal • Séries Temporais a > Intercepto. Valor de Y quando x=0 b > Coef. Angular (tg θ) X Variável independente
  15. 15. Previsão de Demanda• Conceitos Iniciais Método Causal ou Explicativo• Tempos de Previsão Regressão Linear Simples• Tipos de Previsão• Técnicas de PrevisãoQualitativa Y Equação de Variável dependente Técnicas de Previsão regressão:Quantitativa Y = a + bX + ε • Método Causal • Séries Temporais Valor real de Y Valor de X usado para estimar Y X Variável independente
  16. 16. Previsão de Demanda• Conceitos Iniciais Método Causal ou Explicativo• Tempos de Previsão Regressão Linear Simples• Tipos de Previsão• Técnicas de PrevisãoQualitativa Y Equação de Estimativa Variável dependente Técnicas de Previsão de Y a partir regressão:Quantitativa da equação Y = a + bX + ε de regressão • Método Causal • Séries Temporais Valor real de Y Valor de X usado para estimar Y X Variável independente
  17. 17. Previsão de Demanda• Conceitos Iniciais Método Causal ou Explicativo• Tempos de Previsão Regressão Linear Simples• Tipos de Previsão• Técnicas de Previsão Equação de Desvio, regressão:Qualitativa Y ou erro Estimativa Y = a + bX + ε Técnicas de Previsão Variável dependente de Y a partirQuantitativa da equação • Método Causal de regressão • Séries Temporais { Valor real de Y Valor de X usado para estimar Y X Variável independente
  18. 18. Previsão de Demanda• Conceitos Iniciais Método Causal ou Explicativo• Tempos de Previsão Regressão Linear Simples• Tipos de Previsão• Técnicas de Previsão Método dos Mínimos QuadradosQualitativa ΣXY - nXY Técnicas de Previsão a = Y - bX b=Quantitativa ΣX 2 - nX 2 • Método Causal • Séries Temporais Viagens Carga Transp. Ano (x 103) (R$ x 103) 1 264 2,5 No Excel 2 116 1,3Ferramentas > Análise de 3 165 1,4Dados 4 101 1,0 5 209 2,0Se não estiver disponível:Ferramentas > Suplementos >Ferramentas de Análise
  19. 19. Previsão de Demanda• Conceitos Iniciais Método Causal ou Explicativo• Tempos de Previsão Regressão Linear Simples• Tipos de Previsão• Técnicas de PrevisãoQualitativa Técnicas de Previsão ΣXY - nXYQuantitativa a = Y - bX b= • Método Causal ΣX 2 - nX 2 • Séries Temporais Viagens Carga Transp. Ano (x 103) (R$ x 103) XY X2 Y2 1 264 2,5 660,0 6,25 69,696 2 116 1,3 150,8 1,69 13,456 3 165 1,4 231,0 1,96 27,225 4 101 1,0 101,0 1,00 10,201 5 209 2,0 418,0 4,00 43,681
  20. 20. Previsão de Demanda• Conceitos Iniciais Método Causal ou Explicativo• Tempos de Previsão Regressão Linear Simples• Tipos de Previsão• Técnicas de PrevisãoQualitativa ΣXY - nXY Técnicas de Previsão a = Y - bX b=Quantitativa ΣX 2 - nX 2 • Método Causal • Séries Temporais Viagens Carga Transp. Ano (x 103) (R$ x 103) XY X2 Y2 1 264 2,5 660,0 6,25 69,696 2 116 1,3 150,8 1,69 13,456 3 165 1,4 231,0 1,96 27,225 4 101 1,0 101,0 1,00 10,201 5 209 2,0 418,0 4,00 43,681 Totais 855 8,2 1560,80 14,90 164,259 Y = 171 X = 1,64
  21. 21. Previsão de Demanda• Conceitos Iniciais Método Causal ou Explicativo• Tempos de Previsão Regressão Linear Simples• Tipos de Previsão• Técnicas de PrevisãoQualitativa ΣXY - nXY a = Y - bX b= Técnicas de Previsão ΣX 2 - nX 2Quantitativa • Método Causal 1.560,8 - 5(1,64)(171) • Séries Temporais b= = 109,23 14,90 - 5(1,64)2 a = 171 - 109,230(1,64) = - 8,137 Y = - 8,137 + 109,230 X
  22. 22. Previsão de Demanda• Conceitos Iniciais Método Causal ou Explicativo• Tempos de Previsão Regressão Linear Simples• Tipos de Previsão• Técnicas de Previsão nΣXY - ΣX ΣYQualitativa r= Técnicas de Previsão [nΣX 2 -(ΣX) 2][nΣY 2 - (ΣY) 2]Quantitativa • Método Causal r = 0,980 – Coeficiente de Correlação de • Séries Temporais Pearson Indica o grau em que uma equação linear descreve a relação entre duas variáveis. Varia entre -1 a 1, e assume valor negativo quando X e Y são inversamente proporcionais e positivo quando diretamente proporcionais. Assume valor zero quando não há relação entre as duas variáveis.
  23. 23. Previsão de Demanda• Conceitos Iniciais Método Causal ou Explicativo• Tempos de Previsão Regressão Linear Simples• Tipos de Previsão• Técnicas de PrevisãoQualitativa Técnicas de PrevisãoQuantitativa • Método Causal Coeficiente de Correlação de Pearson • Séries Temporais Fonte: Nakano, David – Administração de Materiais
  24. 24. Previsão de Demanda• Conceitos Iniciais Método Causal ou Explicativo• Tempos de Previsão Regressão Linear Simples• Tipos de Previsão• Técnicas de PrevisãoQualitativa Técnicas de Previsão r 2 = 0,960 - Coeficiente de DeterminaçãoQuantitativa • Método Causal Resumindo: • Séries Temporais O coeficiente de determinação indica o quanto a reta de regressão explica o ajuste da reta, enquanto que o coeficiente de correlação deve ser usado como uma medida de força da relação entre as variáveis.
  25. 25. Previsão de Demanda• Conceitos Iniciais Séries Temporais ou• Tempos de Previsão Projeções de Tendências• Tipos de Previsão• Técnicas de PrevisãoQualitativa Uma série temporal baseia-se numa Técnicas de Previsão seqüência de dados uniformementeQuantitativa espaçados(semana, mês,etc). A previsão • Método Causal • Séries Temporais de dados de séries temporais implica que os valores futuros sejam previstos somente a partir de valores passados e que outras variáveis, não importa o quanto sejam potencialmente valiosas, possam ser ignoradas.
  26. 26. Previsão de Demanda• Conceitos Iniciais Séries Temporais ou• Tempos de Previsão Projeções de Tendências• Tipos de Previsão• Técnicas de Previsão QuantidadeQualitativa B Técnicas de PrevisãoQuantitativa • Método Causal A • Séries Temporais Tempo A - Horizontal: os dados se agrupam em torno de uma linha horizontal. B - Tendência: os dados aumentam ou diminuem consistentemente.
  27. 27. Previsão de Demanda• Conceitos Iniciais Séries Temporais ou• Tempos de Previsão Projeções de Tendências• Tipos de Previsão• Técnicas de Previsão QuantidadeQualitativa Ano 1 Técnicas de PrevisãoQuantitativa • Método Causal • Séries Temporais Ano 2 | | | | | | | | | | | | J F M A M J J A S O N D Meses Sazonal: os dados exibem picos e vales consistentemente
  28. 28. Previsão de Demanda• Conceitos Iniciais Séries Temporais ou• Tempos de Previsão Projeções de Tendências• Tipos de Previsão• Técnicas de Previsão QuantidadeQualitativa Técnicas de PrevisãoQuantitativa • Método Causal • Séries Temporais | | | | | | 1 2 3 4 5 6 Anos Cíclico: os dados revelam aumentos e diminuições graduais ao longo de períodos extensos.
  29. 29. Previsão de Demanda• Conceitos Iniciais Séries Temporais ou Projeções• Tempos de Previsão de Tendências• Tipos de Previsão• Técnicas de PrevisãoQualitativa Demanda Observada (O) Técnicas de PrevisãoQuantitativa = • Método Causal • Séries Temporais Previsão do Estimativa do Componente Componente Sistemático (S) + Aleatório (A)
  30. 30. Previsão de Demanda• Conceitos Iniciais Séries Temporais ou Projeções• Tempos de Previsão de Tendências• Tipos de Previsão• Técnicas de Previsão Componente Sistemático (S) >> Mede o valorQualitativa esperado. Podem-se utilizar os dados históricos. Técnicas de Previsão Divide-se em:Quantitativa Nível: demanda atual sem as sazonalidades. • Método Causal Tendência: taxa de crescimento ou declínio da • Séries Temporais demanda para o próximo período. Sazonalidade: flutuações sazonais previsíveis na demanda. Componente Aleatório (A) >> Não pode ser previsto. Pode-se prever a dimensão e a variabilidade, determinando-se uma medida de erro de previsão (mede o desvio entre a previsão da demanda e a demanda real).
  31. 31. Previsão de Demanda• Conceitos Iniciais Séries Temporais ou Projeções• Tempos de Previsão de Tendências• Tipos de Previsão• Técnicas de PrevisãoQualitativa Modelos Adaptáveis: Utilizam-se os cálculos Técnicas de PrevisãoQuantitativa com médias móveis, suavização exponencial • Método Causal simples e suavização exponencial de séries • Séries Temporais com tendências e com variações de estado. Obs.: atualizam-se as estimativas das diversas partes do componente sistemático (S) da demanda após cada observação da demanda.
  32. 32. Previsão de Demanda Exercício Calcular a previsão de demanda para os próximos quatro períodos pelo método de Regressão Linear Simples – Mínimos Quadrados Ano Trimestre Período ( t) Demanda Medida (x103) 1998 2 1 8000 1998 3 2 13000 1998 4 3 23000 1999 1 4 34000 1999 2 5 10000 1999 3 6 18000 1999 4 7 23000 2000 1 8 38000 2000 2 9 12000 2000 3 10 13000 2000 4 11 32000 2001 1 12 41000
  33. 33. Previsão de Demanda ) Demanda (x1000 cm3) 45000 40000 35000 30000 25000 20000 15000 10000 5000 0 2 3 4 1 2 3 4 1 2 3 4 1 / / / / / / / / / / / / 98 98 98 99 99 99 99 00 00 00 00 01 19 19 19 19 19 19 19 20 20 20 20 20 Ano/Trimestre Resposta: Y = 12015,15 + 1548,95 X

×