Tomografia Computadorizada de Artérias Coronárias

20,950 views

Published on

0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
20,950
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
514
Actions
Shares
0
Downloads
283
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Tomografia Computadorizada de Artérias Coronárias

  1. 1. PROTOCOLO PARA EXAME DE ARTÉRIAS CORONÁRIAS Alex Eduardo Ribeiro – Tecnólogo em Radiologia Médica TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA
  2. 2. FISIOLOGIA E ANATOMIA <ul><li>As artérias coronárias, tem a função de nutrir o tecido cardíaco. </li></ul><ul><li>As coronárias direita e esquerda se iniciam na base da aorta </li></ul><ul><li>Coronária Dir.(ACD) irriga o átrio e ventrículo Dir. </li></ul><ul><li>Coronária Esq. (ACE) se divide perto de sua origem em ramo descendente anterior (ADA) e circunflexo (ACX) e irrigam principalmente o átrio e o ventrículo Esq. </li></ul>
  3. 3. ANATOMIA DAS CORONÁRIAS
  4. 4. ANATOMIA DAS CORONÁRIAS
  5. 5. CIRCULAÇÃO CORONARIANA <ul><li>Após sua passagem pelos leitos capilares cardíacos, a maior parte do sangue venoso retorna ao átrio direito pelo seio coronariano e uma menor parte pela veia anterior. </li></ul><ul><li>Há também comunicação vascular direita entre os vasos do miocárdio e as câmaras cardíacas. </li></ul>
  6. 6. ANATOMIA DAS CORONÁRIAS
  7. 7. DOENÇAS CORONARIANAS <ul><li>As doenças coronarianas afetam principalmente o ventrículo esquerdo pelo seu trabalho normal ser maior que o direito, já que tem que bombear sangue contra a pressão das artérias. </li></ul>
  8. 8. PRINCIPAL SINTOMA <ul><li>ANGINA PECTORIS, pode ser decorrente de uma obstrução de mais de 70% de uma das coronárias ou um espasmo das coronárias ou ainda das duas coisas associadas. </li></ul>
  9. 9. DOENÇAS CORONARIANAS <ul><li>Arteriosclerose, causa genética predominante das doenças coronarianas. </li></ul><ul><li>Depósito lento e gradativo de colesterol debaixo da intima das artérias, posteriormente essas áreas sofrem calcificação, PLACAS ATEROSCLETÓTICAS. </li></ul>
  10. 10. DOENÇAS CORONARIANAS <ul><li>ISQUEMIA MIOCÁRDICA CRÔNICA </li></ul><ul><li>ISQUEMIA MIOCÁRDICA AGUDA </li></ul>
  11. 11. ARTEROSCLEROSE CORONARIANA
  12. 12. ISQUEMIA MIOCÁRDICA AGUDA
  13. 13. FATORES DE RISCO <ul><li>HIPERTENSÃO ARTERIAL </li></ul><ul><li>OBESIDADE </li></ul><ul><li>TABAGISMO </li></ul><ul><li>DIABETE MELITO </li></ul><ul><li>HEREDITARIEDADE </li></ul>
  14. 14. TABAGISMO
  15. 15. SEDENTARISMO
  16. 16. OBESIDADE
  17. 17. TRATAMENTOS <ul><li>ANGIOPLASTIA CORONARIANA </li></ul><ul><li>É a destruição mecânica de uma placa de ateroma </li></ul><ul><li>STENTS </li></ul><ul><li>São estruturas metálicas liberadas por um cateter durante uma angioplastia </li></ul>
  18. 18. DESOBSTRUÇÃO MECÂNICA
  19. 19. DESOBSTRUÇÃO MECÂNICA
  20. 20. ANGIOPLASTIA com Stent O STENT evita a reestenose coronariana
  21. 21. STENT
  22. 22. PONTE DE SAFENA
  23. 23. OBJETIVO <ul><li>REESTABELECERER O FLUXO SANGUÍNEO À REGIÃO OCLUÍDA </li></ul>
  24. 24. REVASCULARIZAÇÃO VENOSA
  25. 25. PONTE DE SAFENA E MAMÁRIA
  26. 26. VENOSA E ARTERIAL
  27. 27. ARTÉRIOGRAFIA X TOMOGRAFIA DE CORONÁRIAS
  28. 28. ARTÉRIOGRAFIA <ul><li>Procedimento invasivo </li></ul><ul><li>Punção arterial (ILÍACAS) </li></ul><ul><li>Utilização de grande quantidade de contraste, de 5ml a 10 ml por aquisição. </li></ul><ul><li>Utilização de altas doses de radiação </li></ul><ul><li>Ambiente cirúrgico / Anestesia </li></ul>
  29. 29. ARTÉRIOGRAFIA <ul><li>Possibilidade de tratamento no momento do procedimento. </li></ul><ul><li>Visualização de imagens dinâmicas </li></ul>
  30. 30. ARTÉRIOGRAFIA
  31. 31. TC CORONÁRIAS <ul><li>INDICAÇÕES </li></ul><ul><li>Detecção precoce de dores torácicas </li></ul><ul><li>Teste de esforço não conclusivo </li></ul><ul><li>Pacientes assintomáticos com risco de doenças coronarianas </li></ul><ul><li>Acompanhamento pós revascularização e pós angioplastia com e sem stent </li></ul>
  32. 32. TC CORONÁRIAS <ul><li>FATORES PREJUDICIAIS </li></ul><ul><li>Pacientes muito obesos </li></ul><ul><li>Calcificações extensas nas coronárias </li></ul><ul><li>Rítimo cardíaco irregular, acima de 70 batimentos por minuto. </li></ul>
  33. 33. TC ARTÉRIAS CORONÁRIAS <ul><li>Método não invasivo </li></ul><ul><li>Utilização de punção venosa periférica </li></ul><ul><li>Sala de exame normal </li></ul><ul><li>Utilização de 90 a 120 ml de contraste por exame </li></ul><ul><li>Tempo de exame médio 5 minutos </li></ul>
  34. 34. TC ARTÉRIAS CORONÁRIAS <ul><li>Utilização de TC mult-slice </li></ul><ul><li>Monitoração cardíaca </li></ul><ul><li>Controle da pressão arterial </li></ul><ul><li>Contraste em bolus com bomba de injeção </li></ul><ul><li>Acesso venoso ótimo para 5ml/segundos de fluxo da injeção </li></ul><ul><li>No MSD </li></ul>
  35. 35. PARÂMETROS TÉCNICOS <ul><li>Aquisição volumétrica </li></ul><ul><li>Espessura de corte mínima </li></ul><ul><li>Espessura de 0,6mm x 0,3mm espaço </li></ul><ul><li>MA suficiente para boa qualidade de imagem </li></ul><ul><li>Tempo de aquisição curto para evitar movimento </li></ul><ul><li>Reconstrução nas fases do ECG </li></ul>
  36. 36. PROTOCOLOS DE EXAME <ul><li>Score de cálcio </li></ul><ul><li>Angio Coronária </li></ul><ul><li>Angio Coronária pós Revascularização cardíaca </li></ul><ul><li>Angio Coronária com Stent </li></ul>
  37. 37. SCORE DE CÁLCIO <ul><li>Score de cálcio é o exame tomográfico das artérias coronárias para quantificação de placas de cálcio na luz das artérias coronárias. </li></ul>
  38. 38. SCORE DE CÁLCIO
  39. 39. SCORE DE CÁLCIO
  40. 40. SCORE DE CÁLCIO
  41. 41. ANGIO CORONÁRIA ROTINA <ul><li>Exame para estudo das artérias coronárias com contrastação dos vasos </li></ul>
  42. 42. Angio Coronariana rotina
  43. 43. Angio Coronariana rotina
  44. 44. Angio Coronariana rotina
  45. 45. Angio Coronariana
  46. 46. Angio Coronariana
  47. 47. Angio Coronariana
  48. 48. Angio Coronariana
  49. 49. Angio Coronariana
  50. 50. Angio Coronariana
  51. 51. REVASCULARIZAÇÃO <ul><li>Controle pós Revascularização cardíaca </li></ul><ul><li>Ponte de Safena e/ou Mamária </li></ul>
  52. 52. Angio Coronária Revascularizada
  53. 53. Angio Coronária Revascularizada
  54. 54. ESTENOSE
  55. 55. ESTENOSE
  56. 56. STENT <ul><li>Controle pós Desobstrução coronária com colocação de STENT </li></ul>
  57. 57. CORONARIA STENT
  58. 58. COLOCAÇÃO DE STENT
  59. 59. CORONARIA STENT
  60. 60. ARTERIAL e VENOSA
  61. 61. CONCLUSÃO <ul><li>A ANGIO TC CORONÁRIA, NÃO SUBSTITUI O CATETERISMO (ARTERIOGRAFIA), MAS PROPCIA UM MÉTODO NÃO INVASIVO DE ESTUDO DAS CORONÁRIAS, PRINCIPALMENTE PARA CONTROLE PÓS CIRÚRGICO E PACIENTES ASSINTOMÁTICOS </li></ul>

×