Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

BLOCO II - RPA - CMS

26,883 views

Published on

REGULAMENTAÇÃO DA PROFISSÃO DO AERONAUTA
SISTEMA DE AVIAÇÃO CIVIL -SEGURANÇA DE VOO
REGULAMENTAÇÃO DA AVIAÇÃO CIVIL

Published in: Education

BLOCO II - RPA - CMS

  1. 1. GRUPO II - RPA REGULAMENTAÇÃO DA PROFISSÃO DO AERONAUTA SISTEMA DE AVIAÇÃO CIVIL – SEGURANÇA DE VÔO REGULAMENTAÇÃO DA AVIAÇÃO CIVIL
  2. 2. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 1 O contrato individual de trabalho pode ser:  A) Somente tácito  B) Somente verbal  C) Somente por escrito  D) Tácito, verbal ou por escrito
  3. 3. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 1 O contrato individual de trabalho pode ser:  A) Somente tácito  B) Somente verbal  C) Somente por escrito  D) Tácito, verbal ou por escrito blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br
  4. 4. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 2 Pode ser empregado:  A) Apenas pessoa física  B) Apenas pessoa jurídica  C) Apenas maiores de 18 anos  D) Pessoa física ou jurídica blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br
  5. 5. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 2 Pode ser empregado:  A) Apenas pessoa física  B) Apenas pessoa jurídica  C) Apenas maiores de 18 anos  D) Pessoa física ou jurídica blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br
  6. 6. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 3 A obrigação do empresário em transportar passageiros, bagagens, cargas, e encomendas ou malas postais, por meio de aeronaves e mediante pagamento, encontra-se especificada no(a):  A) Regulamentação da profissão do aeronauta  B) Registro Aéreo Brasileiro (RAB)  C) Contrato de transporte aéreo  D) Anexos da OACI blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br
  7. 7. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 3 A obrigação do empresário em transportar passageiros, bagagens, cargas, e encomendas ou malas postais, por meio de aeronaves e mediante pagamento, encontra-se especificada no(a):  A) Regulamentação da profissão do aeronauta  B) Registro Aéreo Brasileiro (RAB)  C) Contrato de transporte aéreo  D) Anexos da OACI blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br
  8. 8. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 4 Toda aeronave proveniente do Exterior, fará respectivamente o primeiro pouso e a última decolagem em:  A) Qualquer aeródromo  B) Somente em aeroportos dotados de facilidades  C) Somente em aeródromos públicos  D) Somente em aeroporto internacional blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br
  9. 9. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 4 Toda aeronave proveniente do Exterior, fará respectivamente o primeiro pouso e a última decolagem em:  A) Qualquer aeródromo  B) Somente em aeroportos dotados de facilidades  C) Somente em aeródromos públicos  D) Somente em aeroporto internacional blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br
  10. 10. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 5 Uma aeronave realizou um pouso forçado em uma fazenda em Xique Xique, e não foram dadas as garantias de reparação dos danos causados a propriedade, neste caso, o Código Brasileiro de Aeronáutica, prevê:  A) Multa ao proprietário da aeronave  B) Cassação dos certificados do piloto em comando  C) Sequestro e retenção da aeronave até a completa reparação dos danos  D) Pagamento de indenização não superior a 1000 vezes um valor de referência estabelecido blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br
  11. 11. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 5 Uma aeronave realizou um pouso forçado em uma fazenda em Xique Xique, e não foram dadas as garantias de reparação dos danos causados a propriedade, neste caso, o Código Brasileiro de Aeronáutica, prevê:  A) Multa ao proprietário da aeronave  B) Cassação dos certificados do piloto em comando  C) Sequestro e retenção da aeronave até a completa reparação dos danos  D) Pagamento de indenização não superior a 1000 vezes um valor de referência estabelecido blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br
  12. 12. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 6 Os aeródromos destinados exclusivamente para a operação de helicópteros:  A) Campo de pouso  B) Aeroporto  C) Heliponto  D) Heliporto
  13. 13. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 6 Os aeródromos destinados exclusivamente para a operação de helicópteros:  A) Campo de pouso  B) Aeroporto  C) Heliponto  D) Heliporto blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br
  14. 14. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 7 Trabalho realizado pelo tripulante, contado desde a saída de sua base até o regresso a mesma, falamos de:  A) Reserva  B) Sobreaviso  C) Escala de voo  D) Viagem blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br
  15. 15. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 7 Trabalho realizado pelo tripulante, contado desde a saída de sua base até o regresso a mesma, falamos de:  A) Reserva  B) Sobreaviso  C) Escala de voo  D) Viagem blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br
  16. 16. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 8 Uma tripulação simples teve inicio de jornada às 18:00 horas, poderá trabalhar:  A) 11 horas  B) 12 horas  C) 10 horas  D) 09 horas blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br
  17. 17. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 8 Uma tripulação simples teve inicio de jornada às 18:00 horas, poderá trabalhar:  A) 11 horas  B) 12 horas  C) 10 horas  D) 09 horas blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br
  18. 18. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 9 Localidade onde o aeronauta está obrigado a prestar serviços e no qual deverá ter domicílio, falamos de:  A) Cidade natal  B) DO  C) Escritório central de operações e despacho de tripulantes  D) Base blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br
  19. 19. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 9 Localidade onde o aeronauta está obrigado a prestar serviços e no qual deverá ter domicílio, falamos de:  A) Cidade natal  B) DO  C) Escritório central de operações e despacho de tripulantes  D) Base blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br
  20. 20. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 10 A duração da jornada de trabalho para uma TM, TS, TC e TR, respectivamente será de:  A) 11 horas / 12 horas / 14 horas / 20 horas  B) 14 horas / 11 horas / 20 horas / 20 horas  C) 11 horas / 11 horas / 14 horas / 20 horas  D) 11 horas / 11 horas / 20 horas / 14 horas blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br
  21. 21. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 10 A duração da jornada de trabalho para uma TM, TS, TC e TR, respectivamente será de:  A) 11 horas / 12 horas / 14 horas / 20 horas  B) 14 horas / 11 horas / 20 horas / 20 horas  C) 11 horas / 11 horas / 14 horas / 20 horas  D) 11 horas / 11 horas / 20 horas / 14 horas blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br
  22. 22. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 11 Na transferência permanente, o aeronauta é deslocado de sua base por um período:  A) Superior a 120 dias com mudança de domicílio  B) Superior a 120 dias sem mudança de domicílio  C) Superior a 02 anos com mudança de domicílio  D) Superior a 090 dias sem mudança de domicílio
  23. 23. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 11 Na transferência permanente, o aeronauta é deslocado de sua base por um período:  A) Superior a 120 dias com mudança de domicílio  B) Superior a 120 dias sem mudança de domicílio  C) Superior a 02 anos com mudança de domicílio  D) Superior a 090 dias sem mudança de domicílio
  24. 24. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 12 Os limites de voo e pousos para uma TR será de:  A) 12 horas e 06 pousos  B) 20 horas e 06 pousos  C) 15 horas e 05 pousos  D) 15 horas e 04 pousos
  25. 25. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 12 Os limites de voo e pousos para uma TR será de:  A) 12 horas e 06 pousos  B) 20 horas e 06 pousos  C) 15 horas e 05 pousos  D) 15 horas e 04 pousos
  26. 26. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 13 Quantas horas de jornada deve cumprir uma TS que regresse entre 23:00h e 06:00h para não voar no espaço de tempo no período noturno subsequente:  A) Pelo menos 1 horas  B) Pelo menos 2 horas  C) Pelo menos 3 horas  D) Pelo menos 4 horas
  27. 27. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 13 Quantas horas de jornada deve cumprir uma TS que regresse entre 23:00h e 06:00h para não voar no espaço de tempo no período noturno subsequente:  A) Pelo menos 1 horas  B) Pelo menos 2 horas  C) Pelo menos 3 horas  D) Pelo menos 4 horas
  28. 28. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 14 Uma TS é constituída basicamente de:  A) Comandante e comissários  B) Tripulação mínima, acrescida, quando for o caso, dos comissários necessários à realização do voo  C) Aeronautas e aeroviários  D) Tripulação mínima e 25% dos comissários
  29. 29. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 14 Uma TS é constituída basicamente de:  A) Comandante e comissários  B) Tripulação mínima, acrescida, quando for o caso, dos comissários necessários à realização do voo  C) Aeronautas e aeroviários  D) Tripulação mínima e 25% dos comissários
  30. 30. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 15 Ao ser admitido numa empresa aérea, o comissário deve:  A) Iniciar a voar imediatamente acompanhado com um instrutor  B) Efetuar o curso de formação novamente para atualizá-lo, se o curso que fez tiver mais de 2 anos  C) Efetuar cursos dos equipamentos da Empresa  D) Efetuar o curso do equipamento que irá tripular e do serviço de bordo da empresa
  31. 31. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 15 Ao ser admitido numa empresa aérea, o comissário deve:  A) Iniciar a voar imediatamente acompanhado com um instrutor  B) Efetuar o curso de formação novamente para atualizá-lo, se o curso que fez tiver mais de 2 anos  C) Efetuar cursos dos equipamentos da Empresa  D) Efetuar o curso do equipamento que irá tripular e do serviço de bordo da empresa
  32. 32. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 16 Se um País não concorda com as normas estabelecidas na OACI, ele tem quanto tempo para se manifestar:  A) 30 dias  B) 60 dias  C) 90 dias  D) 120 dias
  33. 33. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 16 Se um País não concorda com as normas estabelecidas na OACI, ele tem quanto tempo para se manifestar:  A) 30 dias  B) 60 dias  C) 90 dias  D) 120 dias
  34. 34. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 17 Tem por finalidade, a consecução dos objetivos da política aeroespacial nacional, no setor da aviação civil:  A) GER  B) FAB  C) DECEA  D) ANAC
  35. 35. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 17 Tem por finalidade, a consecução dos objetivos da política aeroespacial nacional, no setor da aviação civil:  A) GER  B) FAB  C) DECEA  D) ANAC
  36. 36. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 18 O transporte aéreo comercial no Brasil apresenta os seguintes níveis de atuação:  A) Publico e especializado  B) Industrial e aerodesportivo  C) Doméstico e internacional  D) Desportivo, em beneficio do proprietário e do publico
  37. 37. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 18 O transporte aéreo comercial no Brasil apresenta os seguintes níveis de atuação:  A) Publico e especializado  B) Industrial e aerodesportivo  C) Doméstico e internacional  D) Desportivo, em beneficio do proprietário e do publico
  38. 38. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 19 Para que se caracterize um acidente ou incidente aeronáutico, a ocorrência deverá estar relacionada a:  A) Intenção de voo  B) Serviço de manutenção  C) Presença de tripulantes  D) Ingestão de objetos pela turbina
  39. 39. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 19 Para que se caracterize um acidente ou incidente aeronáutico, a ocorrência deverá estar relacionada a:  A) Intenção de voo  B) Serviço de manutenção  C) Presença de tripulantes  D) Ingestão de objetos pela turbina
  40. 40. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 20 O documento que contém o relato de fatos considerados potencialmente perigosos à aviação e que permite a adoção de medidas corretivas pelas autoridades aeronáuticas, é denominado:  A) Relatório de prevenção  B) Relatório de incidente  C) Relatório de preliminar  D) Formulário de notificação
  41. 41. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 20 O documento que contém o relato de fatos considerados potencialmente perigosos à aviação e que permite a adoção de medidas corretivas pelas autoridades aeronáuticas, é denominado:  A) Relatório de prevenção  B) Relatório de incidente  C) Relatório de preliminar  D) Formulário de notificação
  42. 42. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 21 O benefício, atualmente vigente, relativo a indenização a ser paga ao trabalhador por tempo de serviço, será:  A) FGTS  B) Férias  C) Aviso prévio  D) Indenização final
  43. 43. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 21 O benefício, atualmente vigente, relativo a indenização a ser paga ao trabalhador por tempo de serviço, será:  A) FGTS  B) Férias  C) Aviso prévio  D) Indenização final
  44. 44. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 22 A cada semana é assegurado ao empregado um repouso de quantas horas consecutivas (CLT):  A) 12 horas  B) 11 horas  C) 24 horas  D) 10 horas
  45. 45. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 22 A cada semana é assegurado ao empregado um repouso de quantas horas consecutivas (CLT):  A) 12 horas  B) 11 horas  C) 24 horas  D) 10 horas
  46. 46. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 23 Sem prejuízo da responsabilidade civil, todas as despesas decorrentes da interrupção ou atraso de viagem, inclusive transporte de qualquer espécie, correrão por conta do:  A) Administrador do aeroporto  B) Explorador de serviços aéreos  C) Proprietário ou arrendatário  D) Transportador contratual
  47. 47. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 23 Sem prejuízo da responsabilidade civil, todas as despesas decorrentes da interrupção ou atraso de viagem, inclusive transporte de qualquer espécie, correrão por conta do:  A) Administrador do aeroporto  B) Explorador de serviços aéreos  C) Proprietário ou arrendatário  D) Transportador contratual
  48. 48. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 24 Se for comprovado em processo administrativo ou em exame de saúde, que o titular de uma licença não possui idoneidade profissional ou não está capacitado para a função especificada, a autoridade aeronáutica poderá:  A) Cassar a respectiva licença  B) Suspender as prerrogativas da licença por até 180 dias  C) Recolher os certificados até que cesse sua validade  D) Cassar qualquer dos certificados
  49. 49. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 24 Se for comprovado em processo administrativo ou em exame de saúde, que o titular de uma licença não possui idoneidade profissional ou não está capacitado para a função especificada, a autoridade aeronáutica poderá:  A) Cassar a respectiva licença  B) Suspender as prerrogativas da licença por até 180 dias  C) Recolher os certificados até que cesse sua validade  D) Cassar qualquer dos certificados
  50. 50. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 25 Poderão ter natureza comercial, quando autorizadas para fins lucrativos, as aeronaves:  A) Públicas  B) Particulares  C) Privadas  D) Militares
  51. 51. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 25 Poderão ter natureza comercial, quando autorizadas para fins lucrativos, as aeronaves:  A) Públicas  B) Particulares  C) Privadas  D) Militares
  52. 52. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 26 A revalidação do exame médico (CMA), é de responsabilidade do:  A) Empresa aérea  B) Serviço médico da empresa contratante  C) Departamento de operações  D) Comissário
  53. 53. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 26 A revalidação do exame médico (CMA), é de responsabilidade do:  A) Empresa aérea  B) Serviço médico da empresa contratante  C) Departamento de operações  D) Comissário
  54. 54. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 27 Os limites de voos e pousos para uma TM ou TS, será de:  A) 09 horas e 30 minutos/05 pousos  B) 09 horas e 35 minutos/05 pousos  C) 15 horas e 06 pousos  D) 12 horas e 06 pousos
  55. 55. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 27 Os limites de voos e pousos para uma TM ou TS, será de:  A) 09 horas e 30 minutos/05 pousos  B) 09 horas e 35 minutos/05 pousos  C) 15 horas e 06 pousos  D) 12 horas e 06 pousos
  56. 56. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 28 Quando o tripulante for designado para curso fora da base, a empresa deverá assegurar, no seu regresso, uma licença remunerada de:  A) 01 dia para cada 15 dias fora da base  B) 02 dias para cada 15 dias fora da base  C) 01 dia para cada 30 dia fora da base  D) 02 dias para cada 45 dias fora da base
  57. 57. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 28 Quando o tripulante for designado para curso fora da base, a empresa deverá assegurar, no seu regresso, uma licença remunerada de:  A) 01 dia para cada 15 dias fora da base  B) 02 dias para cada 15 dias fora da base  C) 01 dia para cada 30 dia fora da base  D) 02 dias para cada 45 dias fora da base
  58. 58. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 29 A duração do trabalho do aeronauta, computados os tempos de voo de serviços em terra, durante a viagem de reserva e de 1/3 do sobreaviso, assim como o tempo de deslocamento como tripulante extra para assumir voo ou retornar a base após o voo, não excederá a... semanais e... mensais:  A) 85/176  B) 176/60  C) 60/176  D) 85/270
  59. 59. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 29 A duração do trabalho do aeronauta, computados os tempos de voo de serviços em terra, durante a viagem de reserva e de 1/3 do sobreaviso, assim como o tempo de deslocamento como tripulante extra para assumir voo ou retornar a base após o voo, não excederá a... semanais e... mensais:  A) 85/176  B) 176/60  C) 60/176  D) 85/270
  60. 60. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 30 A documentação do menor desacompanhado fica em poder do:  A) Comissário  B) Comandante  C) Parente  D) Despachante
  61. 61. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 30 A documentação do menor desacompanhado fica em poder do:  A) Comissário  B) Comandante  C) Parente  D) Despachante
  62. 62. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 31 Uma TM é constituída de um comandante mais:  A) Copiloto e comissários para realizar o voo  B) Mecânico de voo e comissários para realizar o voo  C) Copiloto e mecânico de voo, quando o equipamento assim o exigir  D) Mecânico de voo, copiloto e mais 25% do número de comissários
  63. 63. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 31 Uma TM é constituída de um comandante mais:  A) Copiloto e comissários para realizar o voo  B) Mecânico de voo e comissários para realizar o voo  C) Copiloto e mecânico de voo, quando o equipamento assim o exigir  D) Mecânico de voo, copiloto e mais 25% do número de comissários
  64. 64. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 32 A tripulação que pode ser utilizada em voos locais de instrução, de experiência, de vistoria e de traslado, é chamada de:  A) TS  B) TC  C) TR  D) TM
  65. 65. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 32 A tripulação que pode ser utilizada em voos locais de instrução, de experiência, de vistoria e de traslado, é chamada de:  A) TS  B) TC  C) TR  D) TM
  66. 66. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 33 Na condição de reserva, o tripulante permanece:  A) Em local determinado pelo empregador por 06 horas no mínimo  B) Em local determinado pelo empregador por 05 horas no máximo  C) Em local de sua escolha por até 06 horas no máximo  D) Em local determinado pelo empregador por 06 horas no máximo
  67. 67. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 33 Na condição de reserva, o tripulante permanece:  A) Em local determinado pelo empregador por 06 horas no mínimo  B) Em local determinado pelo empregador por 05 horas no máximo  C) Em local de sua escolha por até 06 horas no máximo  D) Em local determinado pelo empregador por 06 horas no máximo
  68. 68. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 34 De acordo com a Lei 7.183 de 05 de abril de 1984, a apresentação no aeroporto não poderá ser inferior a:  A) 20 minutos da hora prevista para o inicio do voo  B) 60 minutos da hora prevista para o inicio do voo  C) 30 minutos após a hora prevista de decolagem  D) 30 minutos da hora prevista para o inicio do voo
  69. 69. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 34 De acordo com a Lei 7.183 de 05 de abril de 1984, a apresentação no aeroporto não poderá ser inferior a:  A) 20 minutos da hora prevista para o inicio do voo  B) 60 minutos da hora prevista para o inicio do voo  C) 30 minutos após a hora prevista de decolagem  D) 30 minutos da hora prevista para o inicio do voo
  70. 70. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 35 Como serão calculados os limites de tempo de voo para aeronautas de empresa de transporte aéreo regular, que tenham trabalhado num período inferior a 30 dias:  A) Serão proporcionais ao limite mensal  B) Serão proporcionais ao limite mensal + 10 horas  C) Serão proporcionais ao limite mensal - 10 horas  D) Serão proporcionais ao limite anual + 10 horas
  71. 71. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 35 Como serão calculados os limites de tempo de voo para aeronautas de empresa de transporte aéreo regular, que tenham trabalhado num período inferior a 30 dias:  A) Serão proporcionais ao limite mensal  B) Serão proporcionais ao limite mensal + 10 horas  C) Serão proporcionais ao limite mensal - 10 horas  D) Serão proporcionais ao limite anual + 10 horas
  72. 72. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 36 No que se refere a segurança de voo no Brasil, o órgão de caráter diretivo responsável pela proteção ao voo, é o:  A) Instituto de Proteção ao Voo  B) Serviço Regional de Proteção ao Voo  C) Agência Nacional de Aviação Civil  D) Departamento de Controle do Espaço Aéreo
  73. 73. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 36 No que se refere a segurança de voo no Brasil, o órgão de caráter diretivo responsável pela proteção ao voo, é o:  A) Instituto de Proteção ao Voo  B) Serviço Regional de Proteção ao Voo  C) Agência Nacional de Aviação Civil  D) Departamento de Controle do Espaço Aéreo
  74. 74. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 37 A organização que administra direta ou indiretamente as empresas aéreas em termos de concordância entre elas e que foi criada para atender internacionalmente o interesse dessas empresas, é a:  A) ANAC  B) IATA  C) OACI  D) SAC
  75. 75. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 37 A organização que administra direta ou indiretamente as empresas aéreas em termos de concordância entre elas e que foi criada para atender internacionalmente o interesse dessas empresas, é a:  A) ANAC  B) IATA  C) OACI  D) SAC
  76. 76. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 38 A sigla INSPAC significa:  A) Inspetor de aeronave civil  B) Inspetor de aviação civil  C) Inspetor de aeronaves comerciais  D) Inspetor de departamento da aviação civil
  77. 77. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 38 A sigla INSPAC significa:  A) Inspetor de aeronave civil  B) Inspetor de aviação civil  C) Inspetor de aeronaves comerciais  D) Inspetor de departamento da aviação civil
  78. 78. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 39 Se não existir uma autoridade aeronáutica mais próxima do local do acidente, a comunicação deverá ser feita a uma autoridade:  A) Militar  B) Pública  C) Política  D) Médica
  79. 79. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 39 Se não existir uma autoridade aeronáutica mais próxima do local do acidente, a comunicação deverá ser feita a uma autoridade:  A) Militar  B) Pública  C) Política  D) Médica
  80. 80. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 40 A pessoa que tiver conhecimento de acidente aeronáutico ou da existência de destroços de aeronave, deverá comunicar a autoridade competente:  A) Via telefone  B) Através do radiograma  C) Pessoalmente  D) Pelo meio mais rápido
  81. 81. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 40 A pessoa que tiver conhecimento de acidente aeronáutico ou da existência de destroços de aeronave, deverá comunicar a autoridade competente:  A) Via telefone  B) Através do radiograma  C) Pessoalmente  D) Pelo meio mais rápido
  82. 82. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 41 Pode ser empregador:  A) Empresas  B) Pessoa física  C) Pessoa jurídica  D) Pessoa física e jurídica
  83. 83. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 41 Pode ser empregador:  A) Empresas  B) Pessoa física  C) Pessoa jurídica  D) Pessoa física e jurídica
  84. 84. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 42 Com base na CLT, em caso de acidente de trabalho, o empregado afastado receberá remuneração a contar do dia da ocorrência, paga pelo(a):  A) INSS  B) Empresa, até 15 dias  C) Previdência social  D) Auxilio desemprego
  85. 85. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 42 Com base na CLT, em caso de acidente de trabalho, o empregado afastado receberá remuneração a contar do dia da ocorrência, paga pelo(a):  A) INSS  B) Empresa, até 15 dias  C) Previdência social  D) Auxilio desemprego
  86. 86. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 43 O surgimento do Direito Aeronáutico ocorreu devido à necessidade de:  A) Permitir o uso de aeronaves nas viagens internacionais  B) Regulamentar o emprego do avião após ter sido considerado veículo de transporte aéreo  C) Normatizar o regulamento de tráfego aéreo  D) Coordenar as relações internacionais do transporte aéreo de cargas
  87. 87. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 43 O surgimento do Direito Aeronáutico ocorreu devido à necessidade de:  A) Permitir o uso de aeronaves nas viagens internacionais  B) Regulamentar o emprego do avião após ter sido considerado veículo de transporte aéreo  C) Normatizar o regulamento de tráfego aéreo  D) Coordenar as relações internacionais do transporte aéreo de cargas
  88. 88. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 44 Nenhuma aeronave poderá transportar, sem autorização de órgão competente:  A) Explosivos e munições  B) Substâncias perigosas  C) Equipamentos aerofotogramétricos  D) Todas as alternativas estão corretas
  89. 89. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 44 Nenhuma aeronave poderá transportar, sem autorização de órgão competente:  A) Explosivos e munições  B) Substâncias perigosas  C) Equipamentos aerofotogramétricos  D) Todas as alternativas estão corretas
  90. 90. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 45 As aeronaves de transporte aéreo regular, pertencentes à empresa de aviação civil, são consideradas aeronaves:  A) Civis  B) Militares  C) A serviço do Estado  D) Públicas
  91. 91. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 45 As aeronaves de transporte aéreo regular, pertencentes à empresa de aviação civil, são consideradas aeronaves:  A) Civis  B) Militares  C) A serviço do Estado  D) Públicas
  92. 92. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 46 Sempre que o voo se realize de acordo com as normas vigentes, ninguém poderá se opor em razão de propriedade na superfície, a(ao):  A) Decolagem  B) Arremetida  C) Pouso  D) Sobrevoo
  93. 93. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 46 Sempre que o voo se realize de acordo com as normas vigentes, ninguém poderá se opor em razão de propriedade na superfície, a(ao):  A) Decolagem  B) Arremetida  C) Pouso  D) Sobrevoo
  94. 94. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 47 O limite de pousos para TS/TM/TR/TC respectivamente, serão de:  A) 05 / 06 / 06 / 06  B) 05 / 05 / 06 / 02  C) 05 / 05 / 04 / 06  D) 05 / 06 / 06 / 04
  95. 95. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 47 O limite de pousos para TS/TM/TR/TC respectivamente, serão de:  A) 05 / 06 / 06 / 06  B) 05 / 05 / 06 / 02  C) 05 / 05 / 04 / 06  D) 05 / 06 / 06 / 04
  96. 96. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 48 O último período de folga deve terminar dentro do mês, ou seja, até a vigésima quarta hora do dia do respectivo mês, caso contrário, o aeronauta não completará o mínimo legal, portanto, para que isso não ocorra, o corte dos motores deverá ser às:  A) 12:00 horas do penúltimo dia do mês  B) 12:00 horas do último dia do mês  C) 11:30 horas do último dia do mês  D) 11:30 horas do penúltimo dia do mês
  97. 97. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 48 O último período de folga deve terminar dentro do mês, ou seja, até a vigésima quarta hora do dia do respectivo mês, caso contrário, o aeronauta não completará o mínimo legal, portanto, para que isso não ocorra, o corte dos motores deverá ser às:  A) 12:00 horas do penúltimo dia do mês  B) 12:00 horas do último dia do mês  C) 11:30 horas do último dia do mês  D) 11:30 horas do penúltimo dia do mês
  98. 98. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 49 Nas tripulações simples, o substituto eventual do Comandante, é o:  A) Copiloto  B) Chefe de equipe  C) Flight engineer  D) Proprietário da aeronave
  99. 99. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 49 Nas tripulações simples, o substituto eventual do Comandante, é o:  A) Copiloto  B) Chefe de equipe  C) Flight engineer  D) Proprietário da aeronave
  100. 100. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 50 Caso o operador da aeronave não providencie oportunamente a remoção da aeronave acidentada ou dos seus destroços:  A) Estará sujeito a pagamento de multa  B) Estará agindo de forma correta, pois tal remoção não é da sua competência  C) A administração do aeroporto se encarrega do serviço e será ressarcida pelo operador desde que não haja danos adicionais a aeronave  D) O serviço será feito pela administração do aeroporto, que não se responsabilizará pelos danos e terá direito a ressarcimento
  101. 101. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 50 Caso o operador da aeronave não providencie oportunamente a remoção da aeronave acidentada ou dos seus destroços:  A) Estará sujeito a pagamento de multa  B) Estará agindo de forma correta, pois tal remoção não é da sua competência  C) A administração do aeroporto se encarrega do serviço e será ressarcida pelo operador desde que não haja danos adicionais a aeronave  D) O serviço será feito pela administração do aeroporto, que não se responsabilizará pelos danos e terá direito a ressarcimento
  102. 102. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 51 O empregador pode exigir do tripulante uma complementação de voo por necessidade de serviço:  A) Sim, desde que o tripulante seja avisado com 03 horas de antecedência  B) Não, pois a escala não pode ser alterada em hipótese alguma  C) Sim, o empregador pode alterar qualquer programação  D) Sim, desde que não prejudique sua programação subsequente, respeitada as demais disposições da Lei que regulamenta a profissão
  103. 103. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 51 O empregador pode exigir do tripulante uma complementação de voo por necessidade de serviço:  A) Sim, desde que o tripulante seja avisado com 03 horas de antecedência  B) Não, pois a escala não pode ser alterada em hipótese alguma  C) Sim, o empregador pode alterar qualquer programação  D) Sim, desde que não prejudique sua programação subsequente, respeitada as demais disposições da Lei que regulamenta a profissão
  104. 104. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 52 No que se refere à composição, as tripulações poderão ser:  A) Técnicas e não técnicas  B) Simples, de revezamento e técnica  C) Técnicas, compostas e não técnicas  D) Mínima, simples, composta e revezamento
  105. 105. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 52 No que se refere à composição, as tripulações poderão ser:  A) Técnicas e não técnicas  B) Simples, de revezamento e técnica  C) Técnicas, compostas e não técnicas  D) Mínima, simples, composta e revezamento
  106. 106. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 53 Quando uma tripulação simples, a critério do empregador, tiver que realizar seis pousos:  A) Será transformada em composta  B) Será transformada em de revezamento  C) Terá uma hora a mais de repouso depois da jornada  D) Terá uma hora a mais no repouso que precede a jornada
  107. 107. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 53 Quando uma tripulação simples, a critério do empregador, tiver que realizar seis pousos:  A) Será transformada em composta  B) Será transformada em de revezamento  C) Terá uma hora a mais de repouso depois da jornada  D) Terá uma hora a mais no repouso que precede a jornada
  108. 108. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 54 Do que é constituída a Assembleia da OACI:  A) Membros Associados  B) Empresas Associadas  C) Estados Contratantes  D) Órgão Colegiados
  109. 109. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 54 Do que é constituída a Assembleia da OACI:  A) Membros Associados  B) Empresas Associadas  C) Estados Contratantes  D) Órgão Colegiados
  110. 110. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 55 Qual o significado da sigla IATA:  A) Associação Internacional de Tráfego Aéreo  B) Associação Internacional de Transporte Aéreo  C) Associação Internacional de Tarifas Aéreas  D) Associação Internacional de Aeródromos
  111. 111. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 55 Qual o significado da sigla IATA:  A) Associação Internacional de Tráfego Aéreo  B) Associação Internacional de Transporte Aéreo  C) Associação Internacional de Tarifas Aéreas  D) Associação Internacional de Aeródromos
  112. 112. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 56 A associação internacional, que tem como objetivo principal, assegurar transportes aéreos rápidos, cômodos, seguros e econômicos, tanto para as empresas aéreas como para o público, tem como sigla:  A) AIAC  B) IATA  C) OACI  D) OTAN
  113. 113. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 56 A associação internacional, que tem como objetivo principal, assegurar transportes aéreos rápidos, cômodos, seguros e econômicos, tanto para as empresas aéreas como para o público, tem como sigla:  A) AIAC  B) IATA  C) OACI  D) OTAN
  114. 114. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 57 A empresa que projeta e constrói aviões civis e militares no Brasil, considerada como uma das maiores no seu gênero, é a:  A) CELMA  B) AIRONS  C) EMBRAPER  D) EMBRAER
  115. 115. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 57 A empresa que projeta e constrói aviões civis e militares no Brasil, considerada como uma das maiores no seu gênero, é a:  A) CELMA  B) AIRONS  C) EMBRAPER  D) EMBRAER
  116. 116. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 58 O elemento militar com curso de segurança de voo realizado no CENIPA, será identificado pela sigla:  A) ASV  B) EC  C) OSV  D) ESV
  117. 117. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 58 O elemento militar com curso de segurança de voo realizado no CENIPA, será identificado pela sigla:  A) ASV  B) EC  C) OSV  D) ESV
  118. 118. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 59 Após um acidente, todo tripulante terá um dos documentos suspenso, indique qual:  A) CHT  B) CMA  C) Licença de voo  D) Carteira de trabalho
  119. 119. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 59 Após um acidente, todo tripulante terá um dos documentos suspenso, indique qual:  A) CHT  B) CMA  C) Licença de voo  D) Carteira de trabalho
  120. 120. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 60 Qual é o limite máximo de horas extras que poderão ser solicitadas pelo empregador, por dia de trabalho:  A) 02 horas podendo ser prorrogada por igual período em caso de imperiosa necessidade da empresa  B) Somente 02 horas  C) 02 horas podendo ser ultrapassado em caso de força maior ou imperiosa necessidade da empresa  D) Mínimo de 02 horas e máximo de 04 horas
  121. 121. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 60 Qual é o limite máximo de horas extras que poderão ser solicitadas pelo empregador, por dia de trabalho:  A) 02 horas podendo ser prorrogada por igual período em caso de imperiosa necessidade da empresa  B) Somente 02 horas  C) 02 horas podendo ser ultrapassado em caso de força maior ou imperiosa necessidade da empresa  D) Mínimo de 02 horas e máximo de 04 horas
  122. 122. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 61 Qualquer pessoa acima de quantos anos pode ser segurada da previdência social:  A) Não há limite de idade, podendo se inscrever no momento que começa a desenvolver uma atividade remunerada  B) 25 anos  C) 12 anos  D) 14 anos
  123. 123. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 61 Qualquer pessoa acima de quantos anos pode ser segurada da previdência social:  A) Não há limite de idade, podendo se inscrever no momento que começa a desenvolver uma atividade remunerada  B) 25 anos  C) 12 anos  D) 14 anos
  124. 124. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 63 Transportar carga, material perigoso ou proibido sem autorização, poderá implicar em:  A) Multa e cassação da licença do tripulante  B) Multa e interdição da aeronave  C) Cassação do certificado e detenção da aeronave  D) Suspensão dos documentos da aeronave
  125. 125. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 63 Transportar carga, material perigoso ou proibido sem autorização, poderá implicar em:  A) Multa e cassação da licença do tripulante  B) Multa e interdição da aeronave  C) Cassação do certificado e detenção da aeronave  D) Suspensão dos documentos da aeronave
  126. 126. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 63 As aeronaves destinadas aos serviços de órgãos do governo são denominadas:  A) Públicas  B) Privadas  C) Estaduais  D) Governamentais
  127. 127. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 63 As aeronaves destinadas aos serviços de órgãos do governo são denominadas:  A) Públicas  B) Privadas  C) Estaduais  D) Governamentais
  128. 128. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 64 A aeronave é considerada do Estado que foi:  A) Construída  B) Matriculada  C) Homologada  D) Acidentada
  129. 129. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 64 A aeronave é considerada do Estado que foi:  A) Construída  B) Matriculada  C) Homologada  D) Acidentada
  130. 130. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 65 Uma pessoa civil da empresa de transporte aéreo, que poderá chefiar o setor de prevenção de acidente aeronáutico da companhia:  A) EC-CTA  B) OSV  C) EC-PREV  D) EC-MN
  131. 131. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 65 Uma pessoa civil da empresa de transporte aéreo, que poderá chefiar o setor de prevenção de acidente aeronáutico da companhia:  A) EC-CTA  B) OSV  C) EC-PREV  D) EC-MN
  132. 132. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 66 O número de folgas não será inferior a... períodos de... horas por mês:  A) 08 / 12  B) 24 / 08  C) 08 / 24  D) 24 / 16
  133. 133. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 66 O número de folgas não será inferior a... períodos de... horas por mês:  A) 08 / 12  B) 24 / 08  C) 08 / 24  D) 24 / 16
  134. 134. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 67 O número máximo de períodos consecutivos que um aeronauta poderá efetuar, sem acarretar danos na sua regulamentação, é de:  A) 4 períodos  B) 5 períodos  C) 6 períodos  D) 7 períodos
  135. 135. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 67 O número máximo de períodos consecutivos que um aeronauta poderá efetuar, sem acarretar danos na sua regulamentação, é de:  A) 4 períodos  B) 5 períodos  C) 6 períodos  D) 7 períodos
  136. 136. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 68 Considera-se voo noturno, aquele realizado entre:  A) 18:00 horas e 24:00 horas  B) 17:00 horas e 06:00 horas  C) Nascer e o pôr do sol  D) Pôr e o nascer do sol
  137. 137. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 68 Considera-se voo noturno, aquele realizado entre:  A) 18:00 horas e 24:00 horas  B) 17:00 horas e 06:00 horas  C) Nascer e o pôr do sol  D) Pôr e o nascer do sol
  138. 138. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 69 Ao passar por sua base em um voo, o aeronauta:  A) É abrigado a interromper o seu voo  B) Deverá desembarcar, pois está na sua base  C) Pode escolher em que voo irá continuar a sua jornada  D) Pode continuar o voo, desde que esteja em escala ou lhe seja solicitado pela empresa, e que não altere sua programação subsequente
  139. 139. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 69 Ao passar por sua base em um voo, o aeronauta:  A) É abrigado a interromper o seu voo  B) Deverá desembarcar, pois está na sua base  C) Pode escolher em que voo irá continuar a sua jornada  D) Pode continuar o voo, desde que esteja em escala ou lhe seja solicitado pela empresa, e que não altere sua programação subsequente
  140. 140. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 70 A empresa tem necessidade que um comissário, que já concorra à escala de quatro equipamentos diferentes, comece a tripular uma nova aeronave, para tal, torna-se mister que:  A) Haja consenso entre o comissário e a empresa com relação ao qual equipamento será mantido  B) O comissário pode voar um novo equipamento sem restrições desde que a empresa comunique a ANAC  B) Basta que o comissário registre na ANAC que vai voar um novo equipamento  D) Seja eliminado um dos equipamentos registrados no CHT do comissário para dar lugar ao novo equipamento
  141. 141. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 70 A empresa tem necessidade que um comissário, que já concorra à escala de quatro equipamentos diferentes, comece a tripular uma nova aeronave, para tal, torna-se mister que:  A) Haja consenso entre o comissário e a empresa com relação ao qual equipamento será mantido  B) O comissário pode voar um novo equipamento sem restrições desde que a empresa comunique a ANAC  B) Basta que o comissário registre na ANAC que vai voar um novo equipamento  D) Seja eliminado um dos equipamentos registrados no CHT do comissário para dar lugar ao novo equipamento
  142. 142. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 71 Constitui justa causa para rescisão de contrato de trabalho pelo empregador, se o empregado:  A) Mudar de endereço sem comunicar a empresa  B) 5 faltas não justificadas  C) Em serviço, ofender fisicamente outrem, sem que consiga provar legítima defesa  D) Em serviço, ofender fisicamente outrem, provando a legítima defesa
  143. 143. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 71 Constitui justa causa para rescisão de contrato de trabalho pelo empregador, se o empregado:  A) Mudar de endereço sem comunicar a empresa  B) 5 faltas não justificadas  C) Em serviço, ofender fisicamente outrem, sem que consiga provar legítima defesa  D) Em serviço, ofender fisicamente outrem, provando a legítima defesa
  144. 144. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 72 O profissional habilitado, que exerce função a bordo de aeronave civil nacional, mediante contrato de trabalho, denomina-se:  A) Aeronauta  B) Tripulante  C) Tripulante extra  D) Aeronavegante
  145. 145. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 72 O profissional habilitado, que exerce função a bordo de aeronave civil nacional, mediante contrato de trabalho, denomina-se:  A) Aeronauta  B) Tripulante  C) Tripulante extra  D) Aeronavegante
  146. 146. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 73 Jornada é a duração do trabalho do aeronauta desde:  A) Sua apresentação no local de trabalho até meia hora após o corte dos motores  B) Sua apresentação no local de trabalho até o corte total dos motores  C) A saída do aeroporto até o corte dos motores  D) A saída de sua base até o regresso a mesma
  147. 147. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 73 Jornada é a duração do trabalho do aeronauta desde:  A) Sua apresentação no local de trabalho até meia hora após o corte dos motores  B) Sua apresentação no local de trabalho até o corte total dos motores  C) A saída do aeroporto até o corte dos motores  D) A saída de sua base até o regresso a mesma
  148. 148. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 74 Pessoa civil que concluiu o curso de segurança de voo em apenas um módulo é um:  A) ASV  B) OSV  C) EC  D) CIAA
  149. 149. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 74 Pessoa civil que concluiu o curso de segurança de voo em apenas um módulo é um:  A) ASV  B) OSV  C) EC  D) CIAA
  150. 150. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 75 As autoridades aeronáuticas da América do Sul, Central e Caribe, dispõem de uma organização adequada para tratar de assuntos relativos à aviação civil Latino-Americana, denominada:  A) IATA  B) CLAC  C) ICAL  D) AITAL
  151. 151. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 75 As autoridades aeronáuticas da América do Sul, Central e Caribe, dispõem de uma organização adequada para tratar de assuntos relativos à aviação civil Latino-Americana, denominada:  A) IATA  B) CLAC  C) ICAL  D) AITAL
  152. 152. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 76 Na constituição da infraestrutura aeroportuária brasileira, o Serviço de Busca e Salvamento pertence ao Sistema de:  A) Proteção ao Voo  B) Segurança de Voo  C) Coordenação da Infraestrutura Aeronáutica  D) Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos
  153. 153. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 76 Na constituição da infraestrutura aeroportuária brasileira, o Serviço de Busca e Salvamento pertence ao Sistema de:  A) Proteção ao Voo  B) Segurança de Voo  C) Coordenação da Infraestrutura Aeronáutica  D) Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos
  154. 154. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 77 Grupo designado para realizar investigações de acidente aeronáutico específico, denomina-se:  A) DIPAA  B) CNPAA  C) CIAA  D) CI
  155. 155. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 77 Grupo designado para realizar investigações de acidente aeronáutico específico, denomina-se:  A) DIPAA  B) CNPAA  C) CIAA  D) CI
  156. 156. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 78 O registro preliminar referente aos acidentes ocorridos com aeronaves civis, tem em princípio, caráter:  A) Ostensivo  B) Reservado  C) Secreto  D) Normal
  157. 157. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 78 O registro preliminar referente aos acidentes ocorridos com aeronaves civis, tem em princípio, caráter:  A) Ostensivo  B) Reservado  C) Secreto  D) Normal
  158. 158. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 79 Os direitos do contrato de trabalho subsistirão:  A) Somente em caso de falência  B) Em caso de falência ou concordata  C) Somente em caso de dissolução da empresa  D) Em caso de falência, concordata e dissolução da empresa
  159. 159. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 79 Os direitos do contrato de trabalho subsistirão:  A) Somente em caso de falência  B) Em caso de falência ou concordata  C) Somente em caso de dissolução da empresa  D) Em caso de falência, concordata e dissolução da empresa
  160. 160. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 80 Podem ser dependentes do segurado, sem que seja necessário comprovar a dependência econômica:  A) Marido ou mulher, casados no religioso  B) Companheira (o), filho menor de 18 anos ou inválido e marido e mulher, desde que casado no civil  C) Marido ou mulher, casados no civil, companheira (o) e filho menor de 21 anos ou inválido  D) Somente filhos ou dependentes indiretos, desde que comprovados no cartório de registros da previdência social
  161. 161. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 80 Podem ser dependentes do segurado, sem que seja necessário comprovar a dependência econômica:  A) Marido ou mulher, casados no religioso  B) Companheira (o), filho menor de 18 anos ou inválido e marido e mulher, desde que casado no civil  C) Marido ou mulher, casados no civil, companheira (o) e filho menor de 21 anos ou inválido  D) Somente filhos ou dependentes indiretos, desde que comprovados no cartório de registros da previdência social
  162. 162. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 81 A soberania que o Brasil exerce sobre o espaço aéreo acima de seu território e mar territorial é:  A) Completa e restritiva  B) Incompleta e exclusiva  C) Completa e exclusiva  D) Incompleta e irrestritiva
  163. 163. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 81 A soberania que o Brasil exerce sobre o espaço aéreo acima de seu território e mar territorial é:  A) Completa e restritiva  B) Incompleta e exclusiva  C) Completa e exclusiva  D) Incompleta e irrestritiva
  164. 164. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 82 As aeronaves civis compreendem as aeronaves:  A) Nacionais e internacionais  B) Nacionais e privadas  C) Públicas e privadas  D) Privadas e internacionais
  165. 165. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 82 As aeronaves civis compreendem as aeronaves:  A) Nacionais e internacionais  B) Nacionais e privadas  C) Públicas e privadas  D) Privadas e internacionais
  166. 166. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 83 As empresas que operam com serviços internacionais e/ou domésticos são consideradas para a IATA respectivamente membros:  A) ativos, operadores  B) Operadores, associados  C) Ativos, associados  D) Associados, ativos
  167. 167. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 83 As empresas que operam com serviços internacionais e/ou domésticos são consideradas para a IATA respectivamente membros:  A) ativos, operadores  B) Operadores, associados  C) Ativos, associados  D) Associados, ativos
  168. 168. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 84 As Aeronaves, em serviço aéreo público de outros estados, para entrar no espaço aéreo brasileiro:  A) Não dependem de autorização por se tratar de serviço aéreo público  B) Não dependem de autorização se existir acordo bilateral  C) Dependem de autorização, ainda que previsto acordo bilateral  D) Não dependem de autorização, pois, o espaço brasileiro é livre
  169. 169. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 84 As Aeronaves, em serviço aéreo público de outros estados, para entrar no espaço aéreo brasileiro:  A) Não dependem de autorização por se tratar de serviço aéreo público  B) Não dependem de autorização se existir acordo bilateral  C) Dependem de autorização, ainda que previsto acordo bilateral  D) Não dependem de autorização, pois, o espaço brasileiro é livre
  170. 170. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 85 O acidente sofrido nos períodos destinados a refeição ou descanso é considerado:  A) No local de trabalho  B) Fora do local e horário de trabalho  C) Acidente de descanso  D) Acidente de trabalho
  171. 171. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 85 O acidente sofrido nos períodos destinados a refeição ou descanso é considerado:  A) No local de trabalho  B) Fora do local e horário de trabalho  C) Acidente de descanso  D) Acidente de trabalho
  172. 172. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 86 Uma TC é constituída basicamente de:  A) TM, mais um piloto qualificado para comando, um mecânico de voo, quando o equipamento assim o exigir, e o mínimo de 25% do número de comissários  B) TM + TS  C) TS, mais um piloto qualificado para comando, um mecânico de voo, quando o equipamento assim o exigir, e o mínimo de 25% do número de comissários  D) Comandante, copiloto e comissários
  173. 173. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 86 Uma TC é constituída basicamente de:  A) TM, mais um piloto qualificado para comando, um mecânico de voo, quando o equipamento assim o exigir, e o mínimo de 25% do número de comissários  B) TM + TS  C) TS, mais um piloto qualificado para comando, um mecânico de voo, quando o equipamento assim o exigir, e o mínimo de 25% do número de comissários  D) Comandante, copiloto e comissários
  174. 174. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 87 Uma tripulação de revezamento é constituída basicamente de uma... acrescida de... um... um... quando o equipamento assim o exigir, e de... do número de CMS.  A) TS, copiloto qualificado para comando, comandante, navegador, 25%  B) TS, piloto qualificado para comando, copiloto, mecânico de voo, 25%  C) TS, piloto qualificado para comando, copiloto, mecânico de voo, 50%  D) TC, piloto qualificado para comando, copiloto, mecânico de voo, 50%
  175. 175. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 87 Uma tripulação de revezamento é constituída basicamente de uma... acrescida de... um... um... quando o equipamento assim o exigir, e de... do número de CMS.  A) TS, copiloto qualificado para comando, comandante, navegador, 25%  B) TS, piloto qualificado para comando, copiloto, mecânico de voo, 25%  C) TS, piloto qualificado para comando, copiloto, mecânico de voo, 50%  D) TC, piloto qualificado para comando, copiloto, mecânico de voo, 50%
  176. 176. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 88 As atividades dos tripulantes a bordo, estão classificadas em:  A) Técnica e simples  B) Técnica e composta  C) Técnica e não técnica  D) Composta e revezamento
  177. 177. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 88 As atividades dos tripulantes a bordo, estão classificadas em:  A) Técnica e simples  B) Técnica e composta  C) Técnica e não técnica  D) Composta e revezamento
  178. 178. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 89 A alimentação assegurada ao tripulante, quando em terra, deverá ter a duração de, no mínimo:  A) 30 minutos e no máximo 60 minutos  B) 45 minutos e no máximo 90 minutos  C) 60 minutos e no máximo 90 minutos  D) 45 minutos e no máximo 60 minutos
  179. 179. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 89 A alimentação assegurada ao tripulante, quando em terra, deverá ter a duração de, no mínimo:  A) 30 minutos e no máximo 60 minutos  B) 45 minutos e no máximo 90 minutos  C) 60 minutos e no máximo 90 minutos  D) 45 minutos e no máximo 60 minutos
  180. 180. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 90 Calço-a-calço é o mesmo que:  A) Jornada  B) Tempo de voo  C) Viagem  D) Etapa
  181. 181. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 90 Calço-a-calço é o mesmo que:  A) Jornada  B) Tempo de voo  C) Viagem  D) Etapa
  182. 182. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 91 Quando, a critério do comandante, houver ampliação dos limites das horas de trabalho, este, deverá comunicar o fato ao empregador, após a viagem, no máximo até:  A) 06h  B) 12h  C) 18h  D) 24h
  183. 183. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 91 Quando, a critério do comandante, houver ampliação dos limites das horas de trabalho, este, deverá comunicar o fato ao empregador, após a viagem, no máximo até:  A) 06h  B) 12h  C) 18h  D) 24h
  184. 184. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 92 Um tripulante chegou em BSB na segunda-feira às 23:00horas e efetuou 02 horas de jornada. A que horas poderá este tripulante trabalhar:  A) Na terça-feira, após o seu repouso e até às 23:00 horas  B) Na terça-feira e não poderá ser escalado no período de 23:00 às 06:00 horas  C) Na terça-feira, após o seu repouso, inclusive trabalhando entre 23:00 e 06:00 horas  D) Na quarta-feira após às 23:00 horas
  185. 185. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 92 Um tripulante chegou em BSB na segunda-feira às 23:00horas e efetuou 02 horas de jornada. A que horas poderá este tripulante trabalhar:  A) Na terça-feira, após o seu repouso e até às 23:00 horas  B) Na terça-feira e não poderá ser escalado no período de 23:00 às 06:00 horas  C) Na terça-feira, após o seu repouso, inclusive trabalhando entre 23:00 e 06:00 horas  D) Na quarta-feira após às 23:00 horas
  186. 186. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 93 A diretoria de engenharia da aeronáutica é uma organização integrante do SAC, que:  A) Emite normas para a implantação da infraestrutura aeroportuária  B) Participa da implantação de projetos de aeroportos e os fiscaliza no que se refere a segurança durante a construção  C) Administra a infraestrutura aeroportuária, realiza a cobrança de tarifas aeroportuárias e cuida de concessão de áreas em aeroportos  D) Trata de assuntos específicos relacionados com tarifas aeroportuárias, bem como implanta terminais de cargas (tecas) em aeroportos
  187. 187. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 93 A diretoria de engenharia da aeronáutica é uma organização integrante do SAC, que:  A) Emite normas para a implantação da infraestrutura aeroportuária  B) Participa da implantação de projetos de aeroportos e os fiscaliza no que se refere a segurança durante a construção  C) Administra a infraestrutura aeroportuária, realiza a cobrança de tarifas aeroportuárias e cuida de concessão de áreas em aeroportos  D) Trata de assuntos específicos relacionados com tarifas aeroportuárias, bem como implanta terminais de cargas (tecas) em aeroportos
  188. 188. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 94 A Convenção que substituiu a Convenção de Paris foi à de:  A) Haia  B) Havana  C) Chicago  D) Varsóvia
  189. 189. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 94 A Convenção que substituiu a Convenção de Paris foi à de:  A) Haia  B) Havana  C) Chicago  D) Varsóvia
  190. 190. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 95 A Organização da Aviação Civil Internacional (OACI), foi instituída através da convenção de:  A) Genebra  B) Chicago  C) Varsóvia  D) Versalhes
  191. 191. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 95 A Organização da Aviação Civil Internacional (OACI), foi instituída através da convenção de:  A) Genebra  B) Chicago  C) Varsóvia  D) Versalhes
  192. 192. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 96 A investigação tem como finalidade principal:  A) Prevenção  B) Administração  C) Estatística  D) Pesquisar culpas
  193. 193. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 96 A investigação tem como finalidade principal:  A) Prevenção  B) Administração  C) Estatística  D) Pesquisar culpas
  194. 194. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 97 Aeronauta disponível em local de sua escolha e aeronauta disponível em local determinado pelo empregador, falamos respectivamente de:  A) Sobreaviso e reserva  B) Reserva e sobreaviso  C) Reserva e stand by  D) Sobreaviso e viagem
  195. 195. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 97 Aeronauta disponível em local de sua escolha e aeronauta disponível em local determinado pelo empregador, falamos respectivamente de:  A) Sobreaviso e reserva  B) Reserva e sobreaviso  C) Reserva e stand by  D) Sobreaviso e viagem
  196. 196. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 98 A remuneração das férias deve ser paga no máximo... dias antes do início da mesma:  A) 01 dia  B) 02 dias  C) 05 dias  D) 10 dias
  197. 197. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 98 A remuneração das férias deve ser paga no máximo... dias antes do início da mesma:  A) 01 dia  B) 02 dias  C) 05 dias  D) 10 dias
  198. 198. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 99 O tempo de mandato da CIPA será de:  A) 01 ano  B) 02 anos  C) 03 anos  D) 04 anos
  199. 199. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 99 O tempo de mandato da CIPA será de:  A) 01 ano  B) 02 anos  C) 03 anos  D) 04 anos
  200. 200. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 100 A nacionalidade de uma aeronave:  A) Será do Estado que estiver operando  B) Depende de acordo bilateral  C) É do Estado em que estiver matriculada  D) Será a mesma de seu proprietário
  201. 201. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 100 A nacionalidade de uma aeronave:  A) Será do Estado que estiver operando  B) Depende de acordo bilateral  C) É do Estado em que estiver matriculada  D) Será a mesma de seu proprietário
  202. 202. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 101 Aeródromo, cujas condições de segurança determinam a suspensão das operações de pousos e decolagens, estará:  A) Interditado  B) Impraticável  C) Fechado  D) Proibido
  203. 203. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 101 Aeródromo, cujas condições de segurança determinam a suspensão das operações de pousos e decolagens, estará:  A) Interditado  B) Impraticável  C) Fechado  D) Proibido
  204. 204. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 102 Quando ocorrer um abalroamento com aeronaves brasileiras em país estrangeiro, serão aplicadas as leis:  A) Brasileiras  B) Do país onde ocorreu  C) Dos dois países  D) Internacionais
  205. 205. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 102 Quando ocorrer um abalroamento com aeronaves brasileiras em país estrangeiro, serão aplicadas as leis:  A) Brasileiras  B) Do país onde ocorreu  C) Dos dois países  D) Internacionais
  206. 206. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 103 Define-se como aeronauta:  A) Profissional habilitado pelo Ministério do Trabalho, que exerce função a bordo de aeronave civil nacional mediante contrato de trabalho  B) Profissional habilitado pelo Comando da Aeronáutica, que exerce função a bordo de aeronave civil nacional, mediante os acordos internacionais firmados pela categoria  C) Profissional habilitado pelo Comando da Aeronáutica, que exerce função a bordo de aeronave civil nacional, mediante contrato de trabalho  D) Profissional que trabalha em aeronaves estrangeiras
  207. 207. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 103 Define-se como aeronauta:  A) Profissional habilitado pelo Ministério do Trabalho, que exerce função a bordo de aeronave civil nacional mediante contrato de trabalho  B) Profissional habilitado pelo Comando da Aeronáutica, que exerce função a bordo de aeronave civil nacional, mediante os acordos internacionais firmados pela categoria  C) Profissional habilitado pelo Comando da Aeronáutica, que exerce função a bordo de aeronave civil nacional, mediante contrato de trabalho  D) Profissional que trabalha em aeronaves estrangeiras
  208. 208. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 104 O interstício entre transferências permanentes será de:  A) 02 anos  B) 03 anos  C) 01 ano  D) 05 anos
  209. 209. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 104 O interstício entre transferências permanentes será de:  A) 02 anos  B) 03 anos  C) 01 ano  D) 05 anos
  210. 210. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 105 Na transferência provisória, o aeronauta permanece fora de sua base por um período de:  A) 30 dias no mínimo e 090 dias no máximo  B) 60 dias no mínimo e 120 dias no máximo  C) 30 dias no mínimo e 120 dias no máximo  D) 60 dias no mínimo e 180 dias no máximo
  211. 211. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 105 Na transferência provisória, o aeronauta permanece fora de sua base por um período de:  A) 30 dias no mínimo e 090 dias no máximo  B) 60 dias no mínimo e 120 dias no máximo  C) 30 dias no mínimo e 120 dias no máximo  D) 60 dias no mínimo e 180 dias no máximo
  212. 212. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 106 Os limites das horas de voo para helicópteros, por mês, trimestre ou ano, não poderá exceder respectivamente a:  A) 85h - 230h - 850h  B) 90h - 260h - 960h  C) 100h - 255h - 935h  D) 100h - 270h - 1000h
  213. 213. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 106 Os limites das horas de voo para helicópteros, por mês, trimestre ou ano, não poderá exceder respectivamente a:  A) 85h - 230h - 850h  B) 90h - 260h - 960h  C) 100h - 255h - 935h  D) 100h - 270h - 1000h
  214. 214. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 107 A TC e TR só poderão ser empregadas em voos internacionais e nas seguintes hipóteses:  A) Mediante programação, para atender atrasos e quando o ANAC desejar  B) Mediante autorização do controle de trafego aéreo da região  C) Mediante programação, para atender atrasos de manutenção ou meteorológicos e em casos excepcionais  D) Não podem ser empregadas em voos internacionais
  215. 215. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 107 A TC e TR só poderão ser empregadas em voos internacionais e nas seguintes hipóteses:  A) Mediante programação, para atender atrasos e quando o ANAC desejar  B) Mediante autorização do controle de trafego aéreo da região  C) Mediante programação, para atender atrasos de manutenção ou meteorológicos e em casos excepcionais  D) Não podem ser empregadas em voos internacionais
  216. 216. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 108 Qual o limite de horas de voo, que um tripulante poderá efetuar se trabalhasse apenas 18 dias e voasse aviões a jato:  A) 51 horas  B) 61 horas  C) 41 horas  D) 85 horas
  217. 217. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 108 Qual o limite de horas de voo, que um tripulante poderá efetuar se trabalhasse apenas 18 dias e voasse aviões a jato:  A) 51 horas  B) 61 horas  C) 41 horas  D) 85 horas
  218. 218. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 109 Qualquer ampliação dos limites das horas de trabalho deverá ser comunicada pelo comandante ao empregador em quanto tempo:  A) 24 horas após a viagem  B) 48 horas após a viagem  C) 10 dias  D) 15 dias
  219. 219. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 109 Qualquer ampliação dos limites das horas de trabalho deverá ser comunicada pelo comandante ao empregador em quanto tempo:  A) 24 horas após a viagem  B) 48 horas após a viagem  C) 10 dias  D) 15 dias
  220. 220. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 110 Uma tripulação de revezamento realizou uma jornada superior a 15 horas, quantas horas de repouso terá direito esta tripulação:  A) 12 horas  B) 16 horas  C) 18 horas  D) 24 horas
  221. 221. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 110 Uma tripulação de revezamento realizou uma jornada superior a 15 horas, quantas horas de repouso terá direito esta tripulação:  A) 12 horas  B) 16 horas  C) 18 horas  D) 24 horas
  222. 222. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 111 Na ICAO, fazem-se representar inúmeros países, inclusive o Brasil, através dos (as):  A) Sindicatos  B) Governos  C) Empresas Aéreas  D) Embaixadas
  223. 223. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 111 Na ICAO, fazem-se representar inúmeros países, inclusive o Brasil, através dos (as):  A) Sindicatos  B) Governos  C) Empresas Aéreas  D) Embaixadas
  224. 224. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 112 As empresas de manutenção, a indústria aeronáutica e as empresas de transporte aéreo, em relação ao Sistema de Aviação Civil, são:  A) Órgão legislativo  B) Unidades normativas  C) Elos executivos  D) Órgãos fiscalizadores
  225. 225. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 112 As empresas de manutenção, a indústria aeronáutica e as empresas de transporte aéreo, em relação ao Sistema de Aviação Civil, são:  A) Órgão legislativo  B) Unidades normativas  C) Elos executivos  D) Órgãos fiscalizadores
  226. 226. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 113 Estabelecer normas uniformes, relativas a responsabilidade dos transportadores aéreos, foi uma das finalidades da convenção realizada em:  A) Chicago  B) Montreal  C) Haia  D) Varsóvia
  227. 227. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 113 Estabelecer normas uniformes, relativas a responsabilidade dos transportadores aéreos, foi uma das finalidades da convenção realizada em:  A) Chicago  B) Montreal  C) Haia  D) Varsóvia
  228. 228. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 114 No início, o SIPAER tinha funções basicamente:  A) Científica  B) Estatísticas  C) Administrativas  D) Médicas
  229. 229. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 114 No início, o SIPAER tinha funções basicamente:  A) Científica  B) Estatísticas  C) Administrativas  D) Médicas
  230. 230. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 115 A coordenação e a orientação normativa, para o funcionamento do Sistema de Aviação Civil é responsabilidade do (a):  A) ANAC  B) GER  C) DEPV  D) COMAR
  231. 231. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 115 A coordenação e a orientação normativa, para o funcionamento do Sistema de Aviação Civil é responsabilidade do (a):  A) ANAC  B) GER  C) DEPV  D) COMAR
  232. 232. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 116 A Organização da Aviação Civil Internacional (OACI), é uma entidade filiada a:  A) FAA  B) FAO  C) ONU  D) IATA
  233. 233. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 116 A Organização da Aviação Civil Internacional (OACI), é uma entidade filiada a:  A) FAA  B) FAO  C) ONU  D) IATA
  234. 234. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 117 Os chamados “atos inseguros” podem ser caracterizados por:  A) Furacões, demissão voluntária ou produção atrasada  B) Furacões, demissão por justa causa ou produção atrasada  C) Imprudência, imperícia ou negligência  D) Imprudência, falta de acordos com o empregador
  235. 235. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 117 Os chamados “atos inseguros” podem ser caracterizados por:  A) Furacões, demissão voluntária ou produção atrasada  B) Furacões, demissão por justa causa ou produção atrasada  C) Imprudência, imperícia ou negligência  D) Imprudência, falta de acordos com o empregador
  236. 236. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 118 No período de tempo previsto na legislação, o comandante exerce autoridade a bordo da aeronave sobre:  A) Somente tripulação  B) Somente tripulação técnica  C) Todas as pessoas que se apresentam no check-in  D) Todas as pessoas e coisas a bordo da aeronave
  237. 237. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 118 No período de tempo previsto na legislação, o comandante exerce autoridade a bordo da aeronave sobre:  A) Somente tripulação  B) Somente tripulação técnica  C) Todas as pessoas que se apresentam no check-in  D) Todas as pessoas e coisas a bordo da aeronave
  238. 238. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 119 O CBAER, ao tratar da responsabilidade civil, estabelece que para garantir eventual indenização de riscos futuros em relação a tripulantes, passageiros, carga, entre outros, todo explorador é obrigado a:  A) Contratar seguro  B) Estabelecer os valores dos bens para eventual indenização  C) Depositar em juízo, quantia em espécie, relativa ao valor dos bens transportados  D) Pedir autorização a ANAC para o transporte
  239. 239. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 119 O CBAER, ao tratar da responsabilidade civil, estabelece que para garantir eventual indenização de riscos futuros em relação a tripulantes, passageiros, carga, entre outros, todo explorador é obrigado a:  A) Contratar seguro  B) Estabelecer os valores dos bens para eventual indenização  C) Depositar em juízo, quantia em espécie, relativa ao valor dos bens transportados  D) Pedir autorização a ANAC para o transporte
  240. 240. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 120 Os documentos que habilitam os tripulantes ao exercício das respectivas funções são:  A) Licença - seguro - habilitação técnica  B) Licença - seguro - capacidade física  C) Habilitação técnica - capacidade física - cédula de identidade  D) Licença - habilitação técnica - capacidade física
  241. 241. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 120 Os documentos que habilitam os tripulantes ao exercício das respectivas funções são:  A) Licença - seguro - habilitação técnica  B) Licença - seguro - capacidade física  C) Habilitação técnica - capacidade física - cédula de identidade  D) Licença - habilitação técnica - capacidade física
  242. 242. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 121 O transporte aéreo doméstico é regido:  A) Pelas recomendações da ANAC  B) Pelo Código Brasileiro de Aeronáutica  C) Pelas publicações da OACI  D) Pelas instruções do Governo da União
  243. 243. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 121 O transporte aéreo doméstico é regido:  A) Pelas recomendações da ANAC  B) Pelo Código Brasileiro de Aeronáutica  C) Pelas publicações da OACI  D) Pelas instruções do Governo da União
  244. 244. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 122 Se um tripulante (que voa aviões a jato) efetuou 85 horas de voo em janeiro, 85 horas em fevereiro, pergunta-se: quantas horas de voo este tripulante poderá efetuar em março:  A) 60 h  B) 70 h  C) 85 h  D) 90 h
  245. 245. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 122 Se um tripulante (que voa aviões a jato) efetuou 85 horas de voo em janeiro, 85 horas em fevereiro, pergunta-se: quantas horas de voo este tripulante poderá efetuar em março:  A) 60 h  B) 70 h  C) 85 h  D) 90 h
  246. 246. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 123 Numa tripulação com dois comandantes, um deles assume a responsabilidade do voo e é denominado de:  A) Master ou mor  B) Comandante chefe  C) Comandante superior  D) Commandant number one
  247. 247. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 123 Numa tripulação com dois comandantes, um deles assume a responsabilidade do voo e é denominado de:  A) Master ou mor  B) Comandante chefe  C) Comandante superior  D) Commandant number one
  248. 248. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 124 É proibida ao aeronauta o uso de bebidas alcoólicas durante o voo. Também deverá abster-se antes de um voo por um período de pelo menos:  A) 8 horas  B) 10 horas  C) 12 horas  D) 15 horas
  249. 249. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 124 É proibida ao aeronauta o uso de bebidas alcoólicas durante o voo. Também deverá abster-se antes de um voo por um período de pelo menos:  A) 8 horas  B) 10 horas  C) 12 horas  D) 15 horas
  250. 250. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 125 De acordo com a Portaria Interministerial, o início da jornada para o tripulante na condição de reserva, não poderá ser inferior a:  A) 45 minutos do inicio da reserva  B) 30 minutos do inicio da reserva  C) 25 minutos do inicio da reserva  D) Não há restrições para inicio de jornada na condição de reserva
  251. 251. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 125 De acordo com a Portaria Interministerial, o início da jornada para o tripulante na condição de reserva, não poderá ser inferior a:  A) 45 minutos do inicio da reserva  B) 30 minutos do inicio da reserva  C) 25 minutos do inicio da reserva  D) Não há restrições para inicio de jornada na condição de reserva
  252. 252. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 126 No caso de transferência, o empregado receberá, entre outras vantagens, o adicional de:  A) 30% a mais do salário que recebia na base onde estava  B) 25% a mais do salário que recebia na base onde estava  C) 50% de indenização pela mudança de base  D) Não receberá nada a mais no seu salário, fazendo jus apenas a uma gratificação de 50% do salário mínimo
  253. 253. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 126 No caso de transferência, o empregado receberá, entre outras vantagens, o adicional de:  A) 30% a mais do salário que recebia na base onde estava  B) 25% a mais do salário que recebia na base onde estava  C) 50% de indenização pela mudança de base  D) Não receberá nada a mais no seu salário, fazendo jus apenas a uma gratificação de 50% do salário mínimo
  254. 254. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 127 Os limites da jornada de trabalho poderão ser ampliados em quantos minutos:  A) 60 no mínimo  B) 90 no máximo  C) 60 no máximo  D) 90 no mínimo
  255. 255. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 127 Os limites da jornada de trabalho poderão ser ampliados em quantos minutos:  A) 60 no mínimo  B) 90 no máximo  C) 60 no máximo  D) 90 no mínimo
  256. 256. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 128 As aeronaves públicas são as destinadas ao serviço:  A) Do poder público, inclusive as requisitadas na forma da lei  B) Do público em geral  C) Das companhias de táxi aéreo, quando assim necessitarem  D) De controle de tráfego aéreo e de salvamento (SAR)
  257. 257. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 128 As aeronaves públicas são as destinadas ao serviço:  A) Do poder público, inclusive as requisitadas na forma da lei  B) Do público em geral  C) Das companhias de táxi aéreo, quando assim necessitarem  D) De controle de tráfego aéreo e de salvamento (SAR)
  258. 258. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 129 Nas situações em que o comandante precisa aumentar em 60 minutos o limite de uma jornada de sua tripulação, após ter sido entregue a empresa o seu relatório, esta, deverá encaminhá-lo para a ANAC, no prazo de:  A) 24 horas  B) 24 dias  C) 30 dias  D) 15 dias
  259. 259. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 129 Nas situações em que o comandante precisa aumentar em 60 minutos o limite de uma jornada de sua tripulação, após ter sido entregue a empresa o seu relatório, esta, deverá encaminhá-lo para a ANAC, no prazo de:  A) 24 horas  B) 24 dias  C) 30 dias  D) 15 dias
  260. 260. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 130 O comandante exerce autoridade inerente a sua função, desde o(a):  A) Decolagem até o pouso da aeronave  B) Sua apresentação até a entrega da aeronave  C) Partida até o corte dos motores  D) Seu embarque na aeronave até o corte dos motores
  261. 261. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 130 O comandante exerce autoridade inerente a sua função, desde o(a):  A) Decolagem até o pouso da aeronave  B) Sua apresentação até a entrega da aeronave  C) Partida até o corte dos motores  D) Seu embarque na aeronave até o corte dos motores
  262. 262. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 131 O órgão da Comando da Aeronáutica responsável pela confecção de cartas, treinamento de pessoal para controle de tráfego aéreo e proteção ao voo, é:  A) DEP  B) SPVA  C) DECEA  D) TASA
  263. 263. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 131 O órgão da Comando da Aeronáutica responsável pela confecção de cartas, treinamento de pessoal para controle de tráfego aéreo e proteção ao voo, é:  A) DEP  B) SPVA  C) DECEA  D) TASA
  264. 264. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 132 Criar os meios necessários para a colaboração entre empresas de transporte aéreo internacional, é um dos objetivos do (a):  A) ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil)  B) OIT (Organização Internacional do Trabalho)  C) OACI (Organização de Aviação Civil Internacional)  D) IATA (Associação Internacional de Transporte Aéreo)
  265. 265. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 132 Criar os meios necessários para a colaboração entre empresas de transporte aéreo internacional, é um dos objetivos do (a):  A) ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil)  B) OIT (Organização Internacional do Trabalho)  C) OACI (Organização de Aviação Civil Internacional)  D) IATA (Associação Internacional de Transporte Aéreo)
  266. 266. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 133 A IATA, através de seus diversos setores, desenvolve, dentre outras, as seguintes atividades:  A) Mantém contatos a nível governamental sempre que necessário para comunicar normas adotadas pela associação  B) Propicia os meios que possibilitem a concorrência entre os transportadores aéreos  C) Promove um constante intercâmbio de informações, padronizações e disciplina de atuação, como por exemplo: publicação de manuais, documentos de transporte de passageiros e carga, etc.  D) Acerto de contas relativas ao transporte aéreo, através da câmara de compensação (clearing house), anualmente, com as empresas associadas
  267. 267. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 133 A IATA, através de seus diversos setores, desenvolve, dentre outras, as seguintes atividades:  A) Mantém contatos a nível governamental sempre que necessário para comunicar normas adotadas pela associação  B) Propicia os meios que possibilitem a concorrência entre os transportadores aéreos  C) Promove um constante intercâmbio de informações, padronizações e disciplina de atuação, como por exemplo: publicação de manuais, documentos de transporte de passageiros e carga, etc.  D) Acerto de contas relativas ao transporte aéreo, através da câmara de compensação (clearing house), anualmente, com as empresas associadas
  268. 268. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 134 A responsabilidade pela investigação de incidente aeronáutico, envolvendo aeronave civil brasileira é do:  A) Proprietário da aeronave  B) ASV do operador da aeronave  C) Serviço de busca e salvamento  D) OSV do comando aéreo regional
  269. 269. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 134 A responsabilidade pela investigação de incidente aeronáutico, envolvendo aeronave civil brasileira é do:  A) Proprietário da aeronave  B) ASV do operador da aeronave  C) Serviço de busca e salvamento  D) OSV do comando aéreo regional
  270. 270. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 135 No caso da impossibilidade para comparecer para efetuar um voo, o tripulante deverá:  A) Comunicar a empresa com a maior antecedência possível  B) Providenciar a substituição com outro tripulante que esteja disponível  C) Pedir ao comandante do voo que solicite a sua substituição junto à escala de voo  D) Comparecer ao setor médico da empresa e este setor encarrega-se de comunicar a chefia de operação
  271. 271. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 135 No caso da impossibilidade para comparecer para efetuar um voo, o tripulante deverá:  A) Comunicar a empresa com a maior antecedência possível  B) Providenciar a substituição com outro tripulante que esteja disponível  C) Pedir ao comandante do voo que solicite a sua substituição junto à escala de voo  D) Comparecer ao setor médico da empresa e este setor encarrega-se de comunicar a chefia de operação
  272. 272. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 136 Ato jurídico que torna válido o pagamento e o recebimento das parcelas referentes à rescisão do contrato de trabalho, é chamado de:  A) Homologação  B) Rescisão contratual definitiva  C) Comprovação  D) Registro de desligamento
  273. 273. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 136 Ato jurídico que torna válido o pagamento e o recebimento das parcelas referentes à rescisão do contrato de trabalho, é chamado de:  A) Homologação  B) Rescisão contratual definitiva  C) Comprovação  D) Registro de desligamento
  274. 274. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 137 A profissão de aeronauta é privativa de brasileiros:  A) Não, o estrangeiro que exerce função a bordo de aeronave civil nacional também é considerado aeronauta  B) Sim, mediante contrato de trabalho  C) Sim, ressalvados os casos previstos no Código Brasileiro da Aeronáutica  D) Não, em hipótese nenhuma
  275. 275. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 137 A profissão de aeronauta é privativa de brasileiros:  A) Não, o estrangeiro que exerce função a bordo de aeronave civil nacional também é considerado aeronauta  B) Sim, mediante contrato de trabalho  C) Sim, ressalvados os casos previstos no Código Brasileiro da Aeronáutica  D) Não, em hipótese nenhuma
  276. 276. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 138 Entende-se por período misto:  A) As horas de trabalho e horas de voo  B) O período de trabalho do aeronauta  C) Os períodos de sobreaviso e reserva  D) Abrange períodos noturnos e diurnos de trabalho
  277. 277. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 138 Entende-se por período misto:  A) As horas de trabalho e horas de voo  B) O período de trabalho do aeronauta  C) Os períodos de sobreaviso e reserva  D) Abrange períodos noturnos e diurnos de trabalho
  278. 278. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 139 Sempre que o titular de uma licença apresentar indício comprometedor de sua aptidão técnica ou condições físicas, poderá ser submetido a novos exames técnicos ou físicos:  A) Mesmo que ainda estejam válidos os seus certificados  B) Somente após o vencimento dos seus certificados  C) Desde que não haja interrupção da atividade aérea  D) Após competente inquérito administrativo
  279. 279. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 139 Sempre que o titular de uma licença apresentar indício comprometedor de sua aptidão técnica ou condições físicas, poderá ser submetido a novos exames técnicos ou físicos:  A) Mesmo que ainda estejam válidos os seus certificados  B) Somente após o vencimento dos seus certificados  C) Desde que não haja interrupção da atividade aérea  D) Após competente inquérito administrativo
  280. 280. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 140 A prática de contrabando acarretará ao infrator a pena de:  A) Suspensão do certificado  B) Multa  C) Cassação do certificado  D) Cassação da licença
  281. 281. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 140 A prática de contrabando acarretará ao infrator a pena de:  A) Suspensão do certificado  B) Multa  C) Cassação do certificado  D) Cassação da licença
  282. 282. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 141 As empresas de transporte aéreo latino-americanas e caribenhas, criaram em 1980 uma associação privada para tratar dos problemas de transporte aéreo, tarifas e etc, dentro de sua área de atuação é denominada:  A) CLAC  B) IATA  C) ALTA  D) CERNAI
  283. 283. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 141 As empresas de transporte aéreo latino-americanas e caribenhas, criaram em 1980 uma associação privada para tratar dos problemas de transporte aéreo, tarifas e etc, dentro de sua área de atuação é denominada:  A) CLAC  B) IATA  C) ALTA  D) CERNAI
  284. 284. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 142 Em um voo internacional de longa distância, o número máximo de períodos trabalhados pode ser estendido a 7, em casos de:  A) Doença de passageiro  B) Necessidade de escala  C) Necessidade do comandante  D) Pane ou aeroportos fechados
  285. 285. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 142 Em um voo internacional de longa distância, o número máximo de períodos trabalhados pode ser estendido a 7, em casos de:  A) Doença de passageiro  B) Necessidade de escala  C) Necessidade do comandante  D) Pane ou aeroportos fechados
  286. 286. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 143 São considerados tripulantes:  A) Somente os comissários  B) Comandante e copiloto  C) Comandante, copiloto, mecânico de voo, comissários, navegador, rádio operador de voo e operadores de equipamentos especiais, de aeronaves de serviços aéreos especializados e o INSPAC (Inspetor de Aviação Civil)  D) Os despachantes operacionais de voo
  287. 287. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 143 São considerados tripulantes:  A) Somente os comissários  B) Comandante e copiloto  C) Comandante, copiloto, mecânico de voo, comissários, navegador, rádio operador de voo e operadores de equipamentos especiais, de aeronaves de serviços aéreos especializados e o INSPAC (Inspetor de Aviação Civil)  D) Os despachantes operacionais de voo
  288. 288. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 144 O SIPAER atualmente funciona na forma de:  A) Serviço  B) Sistema  C) Comitê  D) Comissão
  289. 289. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 144 O SIPAER atualmente funciona na forma de:  A) Serviço  B) Sistema  C) Comitê  D) Comissão
  290. 290. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 145 Se um tripulante realizou uma jornada de 20 horas, seu repouso será de:  A) 12 horas  B) 20 horas  C) 16 horas  D) 24 horas
  291. 291. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 145 Se um tripulante realizou uma jornada de 20 horas, seu repouso será de:  A) 12 horas  B) 20 horas  C) 16 horas  D) 24 horas
  292. 292. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 146 É de responsabilidade do aeronauta manter em dia:  A) CMA  B) CHT  C) Licença de voo  D) CMA e CHT
  293. 293. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 146 É de responsabilidade do aeronauta manter em dia:  A) CMA  B) CHT  C) Licença de voo  D) CMA e CHT
  294. 294. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 147 Apos o embarque, a documentação de um pax deportado permanece com o:  A) Comissário  B) Comandante  C) Despachante  D) Próprio passageiro
  295. 295. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 147 Apos o embarque, a documentação de um pax deportado permanece com o:  A) Comissário  B) Comandante  C) Despachante  D) Próprio passageiro
  296. 296. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 148 Em um voo São Paulo (SAO) - Miami (MIA) com 12 comissários, pode haver o seguinte número de comissários estrangeiros a bordo:  A) 03  B) 06  C) 04  D) 02
  297. 297. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 148 Em um voo São Paulo (SAO) - Miami (MIA) com 12 comissários, pode haver o seguinte número de comissários estrangeiros a bordo:  A) 03  B) 06  C) 04  D) 02
  298. 298. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 149 A profissão de aeronauta está regulamentada por/pelo:  A) Uma portaria da ANAC  B) Código Brasileiro do Ar  C) Lei e portaria interministerial  D) Um boletim do diretor presidente do COMAER
  299. 299. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 149 A profissão de aeronauta está regulamentada por/pelo:  A) Uma portaria da ANAC  B) Código Brasileiro do Ar  C) Lei e portaria interministerial  D) Um boletim do diretor presidente do COMAER
  300. 300. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 150 O órgão que apoia a delegação Brasileira na OACI, chama-se:  A) COMAR  B) CERNAI  C) GER  D) DIRENG
  301. 301. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 150 O órgão que apoia a delegação Brasileira na OACI, chama-se:  A) COMAR  B) CERNAI  C) GER  D) DIRENG
  302. 302. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 151 As elaborações de regras e procedimentos de tráfego aéreo, entre outras, são atribuições do/a:  A) DIRENG  B) COMAR  C) DECEA  D) TASA
  303. 303. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 151 As elaborações de regras e procedimentos de tráfego aéreo, entre outras, são atribuições do/a:  A) DIRENG  B) COMAR  C) DECEA  D) TASA
  304. 304. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 152 O estabelecimento de regras e procedimentos de tráfego aéreo cabe a(ao):  A) Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA)  B) Sistema de Proteção ao Voo (SPV)  C) Instituto de Proteção ao Voo (IPV)  D) Serviço Regional de Proteção ao Voo (SRPV)
  305. 305. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 152 O estabelecimento de regras e procedimentos de tráfego aéreo cabe a(ao):  A) Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA)  B) Sistema de Proteção ao Voo (SPV)  C) Instituto de Proteção ao Voo (IPV)  D) Serviço Regional de Proteção ao Voo (SRPV)
  306. 306. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 153 Pessoa civil, qualificada pelo CENIPA, designada pela empresa para exercer funções específicas de prevenção ou de investigação de acidentes ou de incidentes aeronáutico:  A) ASV  B) OSV  C) EC-CTA  D) EC-PU
  307. 307. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 153 Pessoa civil, qualificada pelo CENIPA, designada pela empresa para exercer funções específicas de prevenção ou de investigação de acidentes ou de incidentes aeronáutico:  A) ASV  B) OSV  C) EC-CTA  D) EC-PU
  308. 308. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 154 Se a ocorrência produz dano material, contudo, a avaria não exige a substituição imediata da peça danificada, logo, se considera:  A) Acidente leve  B) Incidente aeronáutico  C) Acidente médio  D) Acidente aeronáutico
  309. 309. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 154 Se a ocorrência produz dano material, contudo, a avaria não exige a substituição imediata da peça danificada, logo, se considera:  A) Acidente leve  B) Incidente aeronáutico  C) Acidente médio  D) Acidente aeronáutico
  310. 310. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 155 O que significa abono pecuniário:  A) Troca de férias com outro empregado  B) Venda de 20 dias de férias  C) Venda de férias  D) Gratificações da categoria
  311. 311. blogdacomissariadebordo.blogspot.com.br 155 O que significa abono pecuniário:  A) Troca de férias com outro empregado  B) Venda de 20 dias de férias  C) Venda de férias  D) Gratificações da categoria

×