Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Capitalização de Empresas de Tecnologia via Fundos de Private Equity  e Venture Capital São Paulo, 15 junho 2011 Desafios ...
ABVCAP
Associação Brasileira de Private Equity e Venture Capital Quem Somos Nossa Missão Nossos Membros A Associação representati...
A indústria cresce e nós acompanhamos
Associação Brasileira de Private Equity e Venture Capital Nossos Membros
Nossos produtos   Representação Institucional, via:
Trabalhando pelo Fortalecimento da Indústria <ul><ul><li>Promovendo networking e  </li></ul></ul><ul><ul><li>aproximando e...
... e pela atração de maiores recursos para o Brasil
PARTICIPAÇÕES
Histórico da indústria no Brasil
Fundos de Participação (PE e VC) <ul><li>   Fundo de Participação é uma forma de investimento, onde a empresa “recebe” um...
Mais do que recursos... Estratégia Empresarial Rede de contatos Empresa Inovadora Gestão Profissional Executivos qualifica...
PE & VC – Conceitos Básicos <ul><li>Atividade geralmente feita por gestores independentes, que alocam recursos de investid...
PE & VC Conceito Básico - Brasil <ul><li>O investimento resulta em: </li></ul><ul><li>Participação relevante (20% a 60%) c...
PE & VC– Ciclo de Investimento ORIGINAÇÃO ANÁLISE VALUATION NEGOCIAÇÃO MONITOR. SAÍDA Até 1 ano 2 a 8 anos Até 1 ano 1- Or...
Ciclo Virtuoso Capital e Gestão Ações Investidores Fundos Empresas Investidas Capital Retorno Gestores PE&VC
PE & VC no Brasil – Panorama Nº DE EMPRESAS INVESTIDAS POR SETOR - 2009 SETOR INVESTIDO Nº. % <ul><ul><li>TI  e Eletrônico...
Fonte: FGV-CEPE
PE & VC no Brasil – Performance em Bolsa 2,5X Fonte: FGV-CEPE.
PERSPECTIVAS
Onde estão as oportunidades Congresso ABVCAP | 2011 Número de Empresas: Total  4,6 milhões  +11,5% +12,1% +6,4% +7,1% Font...
Onde estão as oportunidades <ul><li>Excluindo as filiais, considerando apenas sede </li></ul><ul><li>Empresas com 10 + fun...
Onde estão as oportunidades  <ul><li>Mercado latino americano deverá crescer a uma taxa de 7,2% ao ano até 2014, atingindo...
REGULAMENTAÇÃO DOS FUNDOS
<ul><li>Fundos Mútuo de Investimento em Empresas Emergentes (FMIEE): </li></ul><ul><li>Instrução CVM nº 209 </li></ul><ul>...
<ul><li>Fundos de Investimento em Participação (FIP): </li></ul><ul><li>Instrução CVM nº 391 </li></ul><ul><li>Deve invest...
INVESTIMENTO PRODUTIVO
Cases
<ul><ul><li>Aumento da presença de gestores  internacionais; </li></ul></ul><ul><ul><li>Aumento dos recursos sob gestão em...
Rumo a novos e importantes investimentos produtivos!
<ul><li>Associação Brasileira de Private Equity & </li></ul><ul><li>Venture Capital </li></ul><ul><li>Obrigada! </li></ul>...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Abvcap

744 views

Published on

Atuação dos fundos de investimentos em capital empreendedor

Published in: Business, Economy & Finance
  • Be the first to comment

Abvcap

  1. 1. Capitalização de Empresas de Tecnologia via Fundos de Private Equity e Venture Capital São Paulo, 15 junho 2011 Desafios e Oportunidades para os Sites de Compras Coletivas e Comércio Eletrônico
  2. 2. ABVCAP
  3. 3. Associação Brasileira de Private Equity e Venture Capital Quem Somos Nossa Missão Nossos Membros A Associação representativa da indústria brasileira de capital de investimento produtivo Promover e desenvolver os investimentos de longo prazo no Brasil Pluralidade 170 Membros, incluindo gestores de fundos, investidores e prestadores de serviços
  4. 4. A indústria cresce e nós acompanhamos
  5. 5. Associação Brasileira de Private Equity e Venture Capital Nossos Membros
  6. 6. Nossos produtos  Representação Institucional, via:
  7. 7. Trabalhando pelo Fortalecimento da Indústria <ul><ul><li>Promovendo networking e </li></ul></ul><ul><ul><li>aproximando empresas e gestores </li></ul></ul><ul><ul><li>Aprimoramento do marco regulatório </li></ul></ul><ul><ul><li>Colaboração com reguladores </li></ul></ul><ul><ul><li>Melhores práticas e PRI </li></ul></ul><ul><ul><li>Convênios com entidades e agências de fomento </li></ul></ul><ul><ul><li>Venture Forum </li></ul></ul><ul><ul><li>Congresso ABVCAP </li></ul></ul>
  8. 8. ... e pela atração de maiores recursos para o Brasil
  9. 9. PARTICIPAÇÕES
  10. 10. Histórico da indústria no Brasil
  11. 11. Fundos de Participação (PE e VC) <ul><li> Fundo de Participação é uma forma de investimento, onde a empresa “recebe” um sócio; </li></ul><ul><li>Este sócio quer participar do potencial de crescimento, adicionando valor a uma base já existente, na forma de capital relacionamento e governança corporativa, influenciando na gestão empresarial. </li></ul><ul><li>Em suma capital de investimento produtivo! </li></ul>
  12. 12. Mais do que recursos... Estratégia Empresarial Rede de contatos Empresa Inovadora Gestão Profissional Executivos qualificados Governança corporativa
  13. 13. PE & VC – Conceitos Básicos <ul><li>Atividade geralmente feita por gestores independentes, que alocam recursos de investidores. Produtos que possuem perfil de longo-prazo; </li></ul><ul><li>Tipos de aportes: aquisição de ações (ordinárias ou preferenciais; debêntures conversíveis, opções, bônus de subscrição); </li></ul><ul><li>Prazo estabelecido em regulamento para saída do investimento/liquidação do fundo (investimento + ganho retornam aos investidores); </li></ul><ul><li>Diferença entre Seed, VC e PE – estágio de desenvolvimento da empresa no momento em que recebe o investimento. </li></ul>
  14. 14. PE & VC Conceito Básico - Brasil <ul><li>O investimento resulta em: </li></ul><ul><li>Participação relevante (20% a 60%) com governança corporativa; </li></ul><ul><li>Adição de valor a uma base já existente, via gestão estratégica; </li></ul><ul><li>Alavancagem positiva da economia; </li></ul><ul><li>Geração de emprego, renda e tributos; </li></ul><ul><li>Fomento ao crescimento sustentável; </li></ul><ul><li>Irrigação do mercado de capitais, via capital produtivo; </li></ul><ul><li>Foco em empresas com alto potencial de crescimento; </li></ul><ul><li>Investimento de longo prazo </li></ul>
  15. 15. PE & VC– Ciclo de Investimento ORIGINAÇÃO ANÁLISE VALUATION NEGOCIAÇÃO MONITOR. SAÍDA Até 1 ano 2 a 8 anos Até 1 ano 1- Originação 2- Análise 3-Precificação 5- Análise do Comitê de Investimentos 6-Due Diligence 7- Auditoria Legal 8- Investimento e Documentação 9- Criação de Valor Gov. Corp. 10- Desinvestimento 4-Negociação
  16. 16. Ciclo Virtuoso Capital e Gestão Ações Investidores Fundos Empresas Investidas Capital Retorno Gestores PE&VC
  17. 17. PE & VC no Brasil – Panorama Nº DE EMPRESAS INVESTIDAS POR SETOR - 2009 SETOR INVESTIDO Nº. % <ul><ul><li>TI e Eletrônico </li></ul></ul>108 19,5 <ul><ul><li>Energia e Óleo </li></ul></ul>54 9,7 <ul><ul><li>Construção Civil </li></ul></ul>52 9,4 <ul><ul><li>Comunicação </li></ul></ul>34 6,1 <ul><ul><li>Varejo </li></ul></ul>28 5,1 <ul><ul><li>Agribusiness </li></ul></ul>25 4,5 <ul><ul><li>Alimentos e Bebidas </li></ul></ul>21 3,8 <ul><ul><li>Transporte e Logística </li></ul></ul>21 3,8 <ul><ul><li>Farmacêutico, Médico e Estética </li></ul></ul>20 3,6 <ul><ul><li>Seviços Financeiros </li></ul></ul>18 3,2 <ul><ul><li>Biotecnologia </li></ul></ul>15 2,7 <ul><ul><li>Infraestrutura </li></ul></ul>15 2,7 <ul><ul><li>Educação </li></ul></ul>13 2,3 <ul><ul><li>Turismo/Entretenimento </li></ul></ul>11 2,0 <ul><ul><li>Serviços (Outros) </li></ul></ul>11 2,0 <ul><ul><li>Real Estate </li></ul></ul>9 1,6 <ul><ul><li>Metalúrgico, Mecânico e Material Elétrico </li></ul></ul>7 1,3 <ul><ul><li>Indústrias Extrativistas </li></ul></ul>6 1,1 <ul><ul><li>Indústrias Químicas </li></ul></ul>3 0,5 <ul><ul><li>Outras Indústrias e Serviços </li></ul></ul><ul><ul><li>Outros Setores </li></ul></ul>51 32 9,2 5,8 TOTAL 554 100%
  18. 18. Fonte: FGV-CEPE
  19. 19. PE & VC no Brasil – Performance em Bolsa 2,5X Fonte: FGV-CEPE.
  20. 20. PERSPECTIVAS
  21. 21. Onde estão as oportunidades Congresso ABVCAP | 2011 Número de Empresas: Total 4,6 milhões +11,5% +12,1% +6,4% +7,1% Fonte: IBGE. Elaboração Própria. +5,0%
  22. 22. Onde estão as oportunidades <ul><li>Excluindo as filiais, considerando apenas sede </li></ul><ul><li>Empresas com 10 + funcionários, com crescimento do número de funcionários superior a 20% durante 3 anos </li></ul><ul><li>Empresas nascentes e emergentes (incubadoras e parques tecnológicos), incluindo mais nova do que 3 anos </li></ul>Fonte: IBGE, ABVCAP (Pesquisa com 38 incubadoras e parques tecnológicos). Elaboração Própria. Número total de empresas no Brasil ~ 4,0 milhões (1) Empresas de Alto Crescimento (2) ~ 30,9 mil Empresas Emergentes (3) ~ 8,9 mil Empresas “Investíveis” ~ 39,8 mil
  23. 23. Onde estão as oportunidades <ul><li>Mercado latino americano deverá crescer a uma taxa de 7,2% ao ano até 2014, atingindo USD 1,4 bilhão; </li></ul><ul><li>O mercado brasileiro representa 50% do mercado da América Latina e é destaque em termos mundiais: a brasileira Totvs ( nascida da fusão de 2 empresas investidas por fundos de participações ) é a 6ª maior produtora de ERP mundial (e a única das maiores que conseguiu crescer durante a crise, SAP e Oracle diminuíram em 9%); </li></ul><ul><li>Grande potencial de penetração de ERPs em médias e pequenas empresas; </li></ul><ul><li>Oportunidades no mercado: SPED (curto e longo prazo); PAC2, Copa do Mundo 2014 e Olimpíadas de 2016. </li></ul>
  24. 24. REGULAMENTAÇÃO DOS FUNDOS
  25. 25. <ul><li>Fundos Mútuo de Investimento em Empresas Emergentes (FMIEE): </li></ul><ul><li>Instrução CVM nº 209 </li></ul><ul><li>Investimento em empresas com faturamento inferior a R$ 150,0 milhões </li></ul><ul><li>e Patrimônio Líquido menor do que R$ 300,0 milhões; </li></ul><ul><li>Prazo de Duração Máximo de 10 anos, prorrogável por mais 5 anos; </li></ul><ul><li>Condomínio Fechado; </li></ul><ul><li>Fundo deve manter no mínimo 75% de suas aplicações em ações, debêntures conversíveis em ação ou bônus de subscrição de ações de empresas emergentes. </li></ul>
  26. 26. <ul><li>Fundos de Investimento em Participação (FIP): </li></ul><ul><li>Instrução CVM nº 391 </li></ul><ul><li>Deve investir em ações, debêntures ou bônus de subscrição ou outros </li></ul><ul><li>títulos e valores mobiliários conversíveis ou permutáveis em ações de </li></ul><ul><li>emissão de companhias abertas ou fechadas; </li></ul><ul><li>Prazo de Duração é definido conforme o regulamento; </li></ul><ul><li>Condomínio Fechado; </li></ul><ul><li>Investidor deve participar do processo decisório das companhias </li></ul><ul><li>investidas (preferencialmente através de Conselho de Administração). </li></ul>
  27. 27. INVESTIMENTO PRODUTIVO
  28. 28. Cases
  29. 29. <ul><ul><li>Aumento da presença de gestores internacionais; </li></ul></ul><ul><ul><li>Aumento dos recursos sob gestão em todos os segmentos; </li></ul></ul><ul><ul><li>Continuidade da vigorosa alocação de recursos por estrangeiros; </li></ul></ul><ul><ul><li>Maior penetração na carteira dos investidores institucionais brasileiros, incluindo pequenos e médios; </li></ul></ul><ul><ul><li>Queda da taxa de juros possibilitará alavancagem financeira positiva; </li></ul></ul><ul><ul><li>Continuidade do forte crescimento recente . </li></ul></ul>Pavimentando o caminho ...
  30. 30. Rumo a novos e importantes investimentos produtivos!
  31. 31. <ul><li>Associação Brasileira de Private Equity & </li></ul><ul><li>Venture Capital </li></ul><ul><li>Obrigada! </li></ul><ul><li>Avenida Rio Branco, 123, sl. 1505 </li></ul><ul><li>20040-005 </li></ul><ul><li>Rio de Janeiro - RJ </li></ul><ul><li>21 3970 2432 </li></ul><ul><li>[email_address] </li></ul><ul><li>www.abvcap.com.br </li></ul>

×