Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

JORNAL DO GONSA - MARÇO DE 2012

234 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

JORNAL DO GONSA - MARÇO DE 2012

  1. 1. PARÓQUIA SANTA CRUZ IGREJA NOSSA SENHORA APARECIDA RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA GRUPO DE O RAÇÃO N OSSA S ENHORA A PARECIDAJORNAL DO GONSA E DICÃO 4 MARÇO/2012 Liturgia Dominical 04/03/12 1ª leitura: - Gn 22, 1-2. 9a. 10-13. 15- 18; 2ª leitura: - Rm 8,31b-34; Evangelho: - Mc 9,2-10; _____________________ 11/03/12 1ª leitura: - Ex 20,1-17; 2ª leitura: - 1 Cor 1,22-25; Evangelho: - Jo 2,13-25 ; _____________________ 18/03/12 1ª leitura: - 2Cr 36,14-16. 19-23; 2ª leitura: - Ef 2, 4-10; Evangelho: - Jo 2,13-21; _____________________ 25/03/12 1ª leitura: - Jr 31,31-34; 2ª leitura: - Hb 5, 7-9; Evangelho: - Jo 12, 20-33 ;
  2. 2. P ÁGINA 2 JORNAL DO GONSA Q UE A S AÚ DE S E D IF U N D A SO B RE A TER R A ( C F . E CLO 38 ,8) va e concedeu-nos a graça de sermos filhos do Pai. Com sua morte transformou todas as realidades, criando um novo céu e uma nova terra. A quaresma é o caminho que nos leva ao encontro do Crucifica- do-ressuscitado. Caminho, porque processo existencial, mudança de vida, transformação da pessoa que recebeu a gra- ça de ser discípulo-missionário. A oração, o jejum e a esmola indicam o processo de abertura necessária para sermos tocados pela grandeza da vida nova que nasce da cruz e da ressurreição. Assim, atingidos por Ele e transformados nEle, percebemos que todas as realidades devem ser transformadas, para que todas as pessoas possam ter a vida plena do Reino. A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) promove a Campanha da Fraternidade, desde o ano de 1964, como itinerário evangelizador para viver intensamente o tempo da quaresma. A Igreja propõe como tema da Campa- nha deste ano: A fraternidade e a Saúde Pública, e com o lema: Que a saúde se difunda sobre a terra (cf. Eclo 38,8). Deseja assim, sensibilizar a todos sobre a dura realidade de irmãos e irmãs que não têm acesso à assistência de Saúde Pública condizen- te com suas necessidades e dignidade. É uma reali- dade que clama por ações transformadoras. A conversão pede que as estruturas de morte sejam transformadas. A Igreja, nessa quaresma, à luz da Palavra de Deus, deseja iluminar a dura reali- dade da Saúde Pública e levar os discípulos- missionários a serem consolo na doença, na dor, no sofrimento e na morte. E, ao mesmo tempo, exigir que os pobres tenham um atendimento digno em relação à saúde. Que ela se difunda sobre a terra, pois a salvação já nos foi alcançada pelo Crucifica- do. Às nossas Comunidades, grupos e famílias, uma abençoada caminhada quaresmal e celebremos a Jesus Cristo que fez novas todas as coisas. Dom Leonardo Ulrich Steiner Bispo Prelado de São Felix MT Secretário Geral da CNBB Pe. Luiz Carlos Dias Secretário "Converte-te e crê no Evangelho"! Executivo da Campanha da Fraternidade Ao recebermos a imposição das cinzas, no início daquaresma, somos convidados a viver o Evangelho, viverda Boa Nova. A Boa Nova que recebemos é Jesus Cris-to. Ele abriu um novo horizonte para todas as pessoasque nele creem. Crer no Evangelho é crer em JesusCristo que na doação amorosa da cruz deu-nos vida no-
  3. 3. E DICÃO 4 P ÁGINA 3 DEUS, A ÁGUIA E NÓS, O QUE HÁ EM COMUM? Olá queridos amigos leitores. A baixo que o anterior, ela nunca se que alguma coisa saia dos confor-Bíblia muitas vezes para nos falar contenta com a altura que atingiu, mes, que um ente querido se vá,numa linguagem mais inteligível à assim, o segundo voo é mais alto que alguém te frustre, que mudesnossa limitada razão, se utiliza de que o primeiro, o terceiro, mais de emprego… Medo? Faz parte!certos artifícios literários, por e- alto que o segundo… E você meu 6. E então chega o momento maisxemplo, para nos ajudar a compre- amigo? Como anda sua capacidade difícil para a mamãe águia, elaender um pouco Deus, algumas de voar? pega o filhote com o bico e joga-ovezes ela o descreve com caracte- 3. As águias voam como projéteis para baixo para que ele voe! Orísticas humanas. Diz que Ele tem velocíssimos e em linha reta, nun- filhote poderia pensar: Mas quecoração, mãos, braços… a isso, os ca em círculos, nem em movimen- mãe cruel eu tenho! Mas não seestudiosos chamam de antropomor- tos sinuosos. Ela é determinada e assuste caro leitor, quando a águiafismo, ou seja, atribuir característi- certeira. Você é determinado na- percebe que seu filhote não vaicas humanas a Deus. E algumas quilo que busca? Na sua luta pela conseguir voar mesmo, numa velo-vezes também, neste mesmo intui- santidade? Ou voa em círculos e cidade extraordinária ela voa comoto, a Bíblia se utiliza de zoomorfís- não sai do lugar? um projétil, toma-o sob as asas esimos, ou seja, atribui característi- devolve- o à segurança do ninho!cas de animais a Deus, por exem- 4. A águia é uma mãe exemplar, É… Deus fez isso com você umplo: “Leão de Judá” para indicar a faz seus ninhos nas alturas do pe- montão de vezes, e você pensandoforça de Deus. Jesus, uma vez, no nhasco para que nenhum predador que Ele estava sendo cruel não é?Evangelho comparou seu amor a devore seus filhotes, e traz comida Deus nunca nos dá uma cruz queJerusalém com uma galinha que no tempo ideal e no bico, e ai se não possamos carregar, as cruzesquer reunir seus pintinhos sob as algum predador se aproximar de pesadíssimas, geralmente somosasas… (cf. Lc. 13, 34). Mas uma seus filhotes, coitado! Deus é as- nós que as inventamos! Mas não secomparação que talvez seja a mais sim com você, te ama tanto, que ai preocupe se diante de um grandelinda, é quando a Bíblia compara se o “encardido” quiser relar o de- problema Ele perceber que vocêDeus à Águia! Leia só: “Vistes o do em você, coitado dele! não terá forças, Ele, num voo ra-que fiz aos egípcios e como vos 5. A águia faz o seu ninho com sante te pegará em suas asas e televei sob asas de águia e vos trouxe espinhos, mas forra-o com algo levará para a segurança de seu ni-a mim” (Ex. 19, 4). E esta outra: macio para não incomodar os fi- nho e te dará aulas de voo nova-“Se estiveres abatido, Deus te le- lhotes. Porém, um dia chega um mente, sem nunca desistir! “Vosvantará, e novamente voarás como momento muito difícil para ela que levei sob asas de águia e vos trou-a águia.” (Dt. 32, 11). “ Como a é mãe, fazer com que seus filhos xe a mim” (Ex. 19, 4).águia desperta a sua ninhada e voe- entendam que têm de voar tam-ja sobre os seus filhotes, estende as 7. Última característica da águia bém, e que não podem ficar depen-suas asas, e, tomando-os, os leva que quero que você saiba: A águia dentes dela o resto da vida, poissobre elas…” (Dt. 32,11). é a única ave que enfrenta tempes- ela não é eterna. Então, sem exci- tades! E ela voa de frente, sem Perceba, caro leitor, que a Bí- tar, ela tira todo o forro do ninho vacilar, e se ela perceber que ablia não só compara Deus à Águia, para que os espinhos incomodem tempestade realmente está muitocomo também o ser humano, pois os filhotes. Os filhotes ainda não forte, ela redobra as forças e voaafinal de contas, somos filhos de sabem que têm asas, eles precisam acima das nuvens de tempestade,Deus, criados à sua imagem e se- “se tocar”, mas mesmo incomoda- na bonança! E você? Já passou pormelhança, “filho de peixe, peixinho dos, quando olham para o abismo tempestades meu irmão? Sobrevi-é”. Então há algumas coisas sobre a que está embaixo, não pulam! Pre- veu? Parabéns! Se ainda és muitoÁguia que você precisa saber para ferem os espinhos! Que coisa inte- jovem, irás passar, e quando pas-melhor compreender o que a Bíblia ressante, a capacidade de voar nas- sar, lembre-se: Deus te criou paraestá querendo dizer a você. ce justamente com o medo de vo- ar! Um dia você teve de sair do enfrentar tempestades!1. A águia voa alto! É a rainha das aconchegante ninho de sua casa Abraço carinhoso a todos!alturas. Você foi feito para voar para ir para sua escola, e de lá nãoalto, muito alto, e não pode se con- Pe. Wagner parou mais de ser tocado dos luga-tentar com voos rasteiros, se con- res onde estavas tão acostumado,tentar com o ponto onde já chegou! Fonte: Internet dentro dos esquemas! Deus faz2. Nunca um voo da Águia é mais assim com você quando permite
  4. 4. PROGRAMAÇÃO PARA O Palavra Do servo MÊS DE MARÇO Queridos irmãos em Cristo, estamos lançando o quarto jornal do GON--Domingo: Santa Missa, às 18:30hs. SA (Grupo de Orações Nossa Senhora Aparecida) e grande foi minha ale- gria ao saber outro dia em um retiro para servos que este pequeno jornal de-Terça-Feira: Hora da Misericórdia, às apenas duas folhas de papel A4, já foi visto circulando em outros bairros15:00hs. inclusive nos bairros da nossa querida ilha ou seja já atravessou o mar. Pa- rece pouco para alguns mais é inexplicável a felicidade que senti, todos os- Quarta-Feira: Terço às 19:30hs e Louvor meses eu não sei o que vou colocar no exemplar, mais ponho nas mão dee Pregação às 20:00hs. Deus e deixo que ele e o Espírito Santo conduzam e sempre houve e sempre haverá algo para compartilhar com vocês.- Sexta-Feira: Atendimento de Oração com Tudo que fazemos no Grupo de Oração é com a aprovação dos servos ehorário marcado nas Quartas - Feiras. principalmente da Coordenadora, e foi numa noite de vigília as pés do San- tíssimo Sacramento em que viárias sugestões surgiram para o Grupo atra-Obs.: Não perca durante Nove Quartas- vés do Espírito Santo, e foi ai que eu tive a idéia de criar este jornal para ofeiras o Seminário de Vida no Espírito Grupo e também a lembrança que no passado em que eu participava deSanto. uma terapia em grupo, eu tive a idéia de imprimir textos de auto ajuda que Todos os Eventos acontecem em nossa Igreja encontrava na internet e que falasse alguma coisa sobre a doença ou proble-Nossa Senhora Aparecida no Lot Luar, Serraria, ma que alguém daquele grupo estivesse passando. Todas as quintas-feiras São José, SC. eu levava alguma coisa impressa debaixo do braço, o nosso médico que co- mandava a terapia queria que eu criasse um jornal, mais nunca tive cora- gem. Alguns meses depois eu comecei a perceber que tinha pessoas que dei- Siga-nos nas redes sociais xavam o impresso sobre as cadeiras ou seja não levavam para casa e eu me entristeci com esta atitude e resolvi para de levar os exemplares, fato este Facebook: gonsa rcc notado e cobrado algumas semanas depois por uma pessoa do grupo que me Twitter: @gonsarcc questionou o porque de não estar mais trazendo tais textos, pois até a sua Orkut: grupo oração nsa rcc sogra reclamava quando ele chegava em casa sem os exemplares. Uns cinco ou mais anos depois de eu deixar o grupo de terapia um colega de trabalho http://bornhofen.blogspot.com/ pertencente a outra religião me comunico que estava tirando xerox de uns e-mail para sugestões e criticas: daqueles exemplares para distribuir na sua igreja, eu me alegrei ao perce- gruponsarcc@gmail.com ber que aqueles simples textos ainda estavam vivos circulando por lugares que eu nunca tinha imaginado e eu Louvo a Deus por isso. Gostaria que a- contecesse o mesmo com este Jornal que você querido Irmão e querida Irmã Rádio Católica leve este exemplar para sua casa, compartilhe com a sua família, que passe para o seu vizinho, que leve para os hospitais, presídios, etc. ele foi feito pa- ra circular, então use também as suas mãos para evangelizar. Oremos: Pai Santo, Pai Querido, Pai Amado eu te peço que abençoes os lugares e as mão pelos quais passarem este jornal, que ele seja um canal de evangelização. Amém. Todos os meses um Servo irá escrever algo neste espaço este foi o meu testemunho. Agostinho Bornhofen - Servo de Deus AV IS O PARA AS CR I A NÇ A S Olá Criançada, todas as Quar- tas-feiras venham Louvar a Deus. Na nossa Igreja temos um lugar feito especialmente para vocês chamado Grupo de Oração Infan- til, totalmente preparado para vo- cês. Enquanto o papai e a mamãe estão rezando, vocês vão aprender também um pouco mais sobre este Deus maravilhoso através de ativi- dades totalmente voltadas para as Crianças. Deus espera por Vocês!

×