Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Diatase

1,370 views

Published on

TRABALHO DE ESTÉTICA CORPORAL

Published in: Education
  • Be the first to comment

Diatase

  1. 1. EQUIPE: ADRYCIALEITE; ANDREZZAAUDRIA; DANISEVIVIANE; IRANEIDEMARTINS; PAMELASANTOS. Prof.ª.ESP.SHAYENNETELES ESTÉTICACORPORAL
  2. 2. Mas o que é exatamente a diástase? É um afastamento da linha média dos músculos reto do abdômen (músculo da parte frontal da barriga). Palpável de mais de 2,5 cm Qualquer abaulamento visível durante esforço é considerado como uma diástase
  3. 3. A diástase reto abdominal pode ocorrer em diferentes graus durante a gravidez; Pode não resolver-se espontaneamente no período pós-parto.
  4. 4. O que provoca a diástase abdominal? • Crescimento uterino durante a gravidez; • Ganho de peso na região abdominal; • Utilização dos músculos abdominais de forma incorreta ao se praticar esportes.
  5. 5. SINTOMAS QUE CAUSA: Estabilidade corporal; Mobilidade; Contribui para aparecimento de dor nas costas; Compromete a postura; Hérnias; Problemas estéticos; Últimas pesquisas relatam incontinência urinária.
  6. 6. Como identificar?
  7. 7. Aprenda a como se sentar e ficar de pé nas posturas corretas para prevenir a diástase do reto abdominal COMO PREVINIR? Cuidado com a má postura Fortaleça e aumente a flexibilidade dos seus músculos com exercícios.
  8. 8. TRATAMENTO
  9. 9. TRATAMENTO
  10. 10. TRATAMENTO
  11. 11. BIBLIOGRAFIA http://pt.wikihow.com/Prevenir-Di%C3%A1stase-do-Reto-Abdominal- Durante-a-Gravidez http://focanabalanca.com.br/2013/08/12/diastase-abdominal-pos- gestacao-eu-tenho/ http://nantuconsultoria.com.br/diastase-o-que-e-e-como-tratar/ http://www.minhavida.com.br/beleza/materias/18932-diastase-do- musculo-da-barriga-e-um-problema-comum-apos-a-gravidez http://www.novamae.com.br/diastase-abdominal-entendendo-a- condicao/ ROBINSON, A. J. & SNYDER-MACKLER, L. 2001. Eletrofisiologia Clínica - Eletroterapia e teste eletrofisiológico - Ed. Artmed - 2ª Ed. - Porto Alegre - pp. 68; 105-108;115;126;137;147.

×