Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO
COORDENAÇÃO REGIONAL DE ENSINO
ESCOLA CLASSE 102 DO RECANTO DAS EMAS

P...
GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO
COORDENAÇÃO REGIONAL DE ENSINO
ESCOLA CLASSE 102 DO RECANTO DAS EMAS

P...
Sumário

Apresentação....................................................................05
Introdução.......................
Diagnóstico.......................................................................13
Objetivo Geral..........................
Apresentação

O Projeto Político-Pedagógico da Escola Classe 102 do Recanto das
Emas, é fruto das discussões envolvendo to...
O Projeto Político-Pedagógico da Escola Classe 102 do Recanto das
Emas torna-se um instrumento de observância de princípio...
A organização dos tempos e espaços para a prática educacional na
Escola Classe 102 do Recanto das Emas deverá ser privileg...
Endereço completo

Quadra 102 Conjunto 3A lote 01

Telefone/ Fax/ e-mail

3901-3351

Localização

Zona Urbana

Data da cri...
Xadrez.
Outros Projetos e Programas:
Projeto UCA – Um Computador por Aluno.
Projeto Um Lugar Prazeroso para Estudar.
Proje...
Visão
Ser reconhecida em médio prazo pela excelência em qualidade de
educação desenvolvida na Cidade, no Distrito Federal ...
A criança é um ser social carente de base sólida para uma educação
efetiva e integral. Esta definição que surgiu nas discu...
em galpões pré-moldados montados para esse fim no terreno do Centro de
Ensino Fundamental 104 do Recanto das Emas. A distâ...
Diagnóstico

A Escola Classe 102 do Recanto das Emas oferece educação básica nos
anos iniciais com organização em ciclos s...
Democrática, pois procura envolver a todos os segmentos da Comunidade
Escolar através de reuniões ordinárias e extraordiná...
Objetivos Específicos

•

Desenvolver a criticidade e capacidade de aprendizagem, tendo em vista a
aquisição de conhecimen...
•

Proporcionar aos professores e demais profissionais da educação
envolvidos tempo e espaço de discussão e estudos para g...
que possam acompanhar e contribuir cotidianamente com o processo de ensino
aprendizagem de seus filhos.
A Escola, na persp...
necessário, são estendidas as famílias. Na persistência das dificuldades de
aprendizagem são feitas intervenções junto ao ...
Escola Classe 102
“Um lugar prazeroso para
estudar”
Princípios
Éticos

Amor ao próximo
Respeito
Honestidade
Responsabilida...
Organização Administrativa
A Escola Classe 102 é composta por 53 profissionais da educação entre
eles efetivos, terceiriza...
Edivania Ferreira Lima

Professor

Regente

Claudionor Noleto Oliveira Junior

Professor

Regente temp.

Estatutário
CLT

...
Organograma institucional:

Direção
Equipe
Especializada de
Apoio a
Aprendizagem

ViceDireção

Serviços
Gerais

Escola
Cla...
Organização Curricular

A organização curricular da Escola Classe 102 do Recanto das Emas é
norteada pelo Currículo Em Mov...
A interdisciplinaridade e a contextualização estarão presentes na
organização do plano de ensino. Nessa proposta, os proje...
Meta 1: Reduzir em até 50% o índice de repetência no 4° e 5º ano do Ensino Fundamental desta UPE
até 2014.
Ação

Responsáv...
Buscar ações
práticas

interventivos
visando corrigir
a distorção
idade/série.

contextualizada

bimestre de

Direção,

s ...
educando
aproveita as
oportunidades
que lhes são
oferecidas.
Logo, a

pedagógicas, no

Educação

extra-

histórica das

In...
Realizar
palestras,
seminários e
Capacitação e
aperfeiçoament

EAPE, UNB,

o dos

Escola, DRE,

professores do

dentre out...
Realização de
A leitura tornase significativa
quando
Prazer de ler
para atingir o
letramento.

Direção,
professores,
coord...
Realização de
A leitura tornase significativa
quando

Direção,
Prazer de ler

professores,

para atingir o

coordenadores
...
Preparar,
juntamente com
parceiros, o
terreno para
desenvolver o
projeto.
Adquirir
sementes,
insumos e
Nos espaços
disponí...
Pátria, do
ênfase nas

conhecimento

datas

da história de

comemorativas

seu País e do

e no resgate de

respeito aos

v...
atividades
recreativas,

torna plena à

socioculturais e

coordenadores

pedagógicas no

, direção e

contra turno

monito...
Diagnosticar
através de
questionário
elaborado para
esse fim, os
Promover

A Escola precisa

oficinas e

definir seu papel...
Dada a grande
diversidade
cultural que forma
o povo brasileiro
e, em especial, os
Realizar

Todos os

eventos

segmentos d...
Elaborar e

Equipe

Espaços

A indisciplina na

Após

desenvolver

Especializada

disponíveis da

sala de aula e o

diagnó...
de Gestão

Regimento

Democrática.

Interno.

Meta 5: Promover até 2014, a gestão dos recursos oriundos do PDAF e PDDE, me...
Ação

Responsável

Prazo

Local

Justificativa

Procedimento
Convocar os
segmentos da
Comunidade
Escolar para
reuniões de
...
apresentar
regularidade fiscal
antes de solicitar
os recursos do

executar os

PDAF e do PDDE,

recursos do

que represent...
Recursos Humanos

O presente Projeto Político-Pedagógico, elaborado de forma plural, é
fruto do desejo de todos os segment...
A avaliação ocorrerá de forma interna em momentos pré-determinados
no Calendário Escolar e destinados semestralmente à Ava...
SEDUC. VIEIRA Sofia Lerche e Vidal Eloisa Maia. A gestão pedagógica e o
desempenho escolar/Secretaria da Educação Básica d...
ANEXOS

43
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Proposta pedagógica ec 102, 2011

1,661 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Proposta pedagógica ec 102, 2011

  1. 1. GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO REGIONAL DE ENSINO ESCOLA CLASSE 102 DO RECANTO DAS EMAS PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO DIRETOR: EURÍPEDES BATISTA SANTOS. VICE-DIRETORA: MÔNICA PINHEIRO TRINDADE. 2013
  2. 2. GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO REGIONAL DE ENSINO ESCOLA CLASSE 102 DO RECANTO DAS EMAS PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO UM LUGAR PRAZEROSO PARA ESTUDAR DIRETOR: EURÍPEDES BATISTA SANTOS. VICE-DIRETORA: MÔNICA PINHEIRO TRINDADE. 2013 2
  3. 3. Sumário Apresentação....................................................................05 Introdução.........................................................................06 Dados de Identificação....................................................07 Missão................................................................................0 9 Visão..................................................................................10 Crenças..............................................................................10 Valores.............................................................................. 10 Histórico da Instituição Educacional..............................11 3
  4. 4. Diagnóstico.......................................................................13 Objetivo Geral.................................................................14 Objetivos Específicos......................................................15 Princípios Norteadores....................................................16 Organização Administrativa............................................19 Organização Curricular....................................................22 Plano de Ação...................................................................24 Recursos Humanos..........................................................40 Recursos Materiais...........................................................40 Avaliação...........................................................................41 Bibliografia.......................................................................41 Anexos.............................................................................43 4
  5. 5. Apresentação O Projeto Político-Pedagógico da Escola Classe 102 do Recanto das Emas, é fruto das discussões envolvendo todos os segmentos da Comunidade Escolar, inspiradas no PPP Carlos Mota e fundamentadas em pesquisas realizadas pelos profissionais de educação e alunos. Vem apresentar caminhos que propiciem a educação com a qualidade almejada pelos atores envolvidos no processo ensino aprendizagem buscando contribuir para a formação plena de seus educandos. Acreditando nas ideias de Rubem Alves de que “não se ensina o voo aos pássaros, pois o voo já nasce dentro dos pássaros”, propõe-se uma práxis pedagógica voltada para o lúdico, pois a aprendizagem, observada por esse prisma, nada mais é que o despertar do caráter científico que o indivíduo possui, mas que precisa ser incentivado a desenvolver. Nesse contexto torna-se fundamental criar um ambiente agradável para as relações de trabalho e ensino aprendizagem, onde o aluno seja sujeito de sua própria história e a Escola um lugar prazeroso para estudar. Os profissionais de educação sintam-se partícipes de um processo de construção de uma nova sociedade e como tal aumente o nível de comprometimento com fazer pedagógico e com a prática de ações marcadas pela vontade coletiva expressa pela conduta democrática. 5
  6. 6. O Projeto Político-Pedagógico da Escola Classe 102 do Recanto das Emas torna-se um instrumento de observância de princípios democráticos, didático-pedagógicos, epistemológicos e respeito à diversidade. Onde a aprendizagem acontecerá sem qualquer trauma, pois a proposta é fazer da Escola Um Lugar Prazeroso para Estudar. “A revolução social deve buscar sua poesia no futuro”. Carlos Mota. Introdução A escola é o espaço de excelência onde as relações de ensino e aprendizagem acontecem e permitem a sistematização de conhecimentos adquiridos ou a produção de novos conhecimentos significativos. Esse conceito de escola que surgiu na discussão do coletivo da Escola Classe 102 do Recanto das Emas durante o movimento de releitura de seu Projeto PolíticoPedagógico, pois não partiu do zero, pelo contrário, toda a história da Instituição foi considerada: seus projetos, sucessos, insucessos e experiências, o que confirmou que por sua própria essência, a Escola visa contribuir para a formação plena do cidadão e, o aluno deixa de ser o personagem na ”trama educacional” para tornar-se sujeito de sua própria história, numa perspectiva de busca de meios que propiciem a orientação e construção de novas concepções no cotidiano escolar, conduzindo a uma Escola comprometida com a transformação social. A gestão democrática torna-se elemento fundamental na reelaboração de um contexto histórico educacional onde todos os segmentos da comunidade escolar devem estar envolvidos de maneira consciente e comprometida, buscando uma escola que prima pela qualidade e que visa aperfeiçoar suas relações e tomadas de decisões pela coletividade. 6
  7. 7. A organização dos tempos e espaços para a prática educacional na Escola Classe 102 do Recanto das Emas deverá ser privilegiado pelas relações agradáveis propiciando prazer para todos os sujeitos. A garantia de cidadania para os alunos da Escola, com reflexo positivo de transformação da comunidade e da sociedade passa pelos eixos de igualdade, liberdade e sustentabilidade humana, pois além do acesso devem ser propiciadas condições de aprendizagem que garantam a permanência eliminando definitivamente a evasão escolar das estatísticas escolares. O PPP da Escola Classe 102 será avaliado periodicamente pela Comunidade Escolar para sofrer os ajustes necessários para que atenda aos seus reais interesses respeitadas as diversidades e singularidades tendo em vista garantir o direito de aprender assegurados na Lei nº 9.346/96, Lei de Diretrizes e Bases da Educação. “Não há mudança sem sonho como não há sonho sem esperança... A compreensão da história como possibilidade e não determinismo seria ininteligível sem o sonho, assim como a concepção determinista se sente incompatível com ele e, por isso, o nega.” Paulo Freire Dados de identificação 1. Dados da Instituição Educacional Nome da Instituição Escola Classe 102 do Recanto das Emas Educacional 7
  8. 8. Endereço completo Quadra 102 Conjunto 3A lote 01 Telefone/ Fax/ e-mail 3901-3351 Localização Zona Urbana Data da criação da Escola 07/10/97 – Processo 082 017473/93 Turno de funcionamento Matutino e vespertino Nível de ensino ofertado Educação Básica Ensino Fundamental: Etapas, ciclos, fases e modalidades de II Ciclo ensino/ específicos programas da e Educação projetos BIA – Bloco Inicial de Alfabetização. Básica Bloco II – 4º e 5º anos. propostos pela Escola. Programa Educação Integral: Iniciação Esportiva. Canto e Coral. Teatro. Inclusão Digital. Horta e Jardinagem. 8
  9. 9. Xadrez. Outros Projetos e Programas: Projeto UCA – Um Computador por Aluno. Projeto Um Lugar Prazeroso para Estudar. Projeto Prazer de Ler. Projeto Interventivo no II Ciclo: Plantão Pedagógico. Reagrupamento nos Blocos. Reforço escolar. Projeto de Apoio à Aprendizagem. Serviço de Orientação Educacional. Missão Oferecer condições didático-metodológicas, democráticas e pedagógicas que possibilite o desenvolvimento integral de seus alunos, observados os aspectos da formação do indivíduo crítico, criativo, capaz de exercer sua cidadania através do resgate de valores essenciais como: respeito, dignidade, responsabilidade, humildade e honestidade, dentre outros, autoconstrução da identidade pautada por princípios morais e éticos. 9 para a
  10. 10. Visão Ser reconhecida em médio prazo pela excelência em qualidade de educação desenvolvida na Cidade, no Distrito Federal e no Brasil, propiciando a transformação da sociedade segundo os eixos de igualdade, solidariedade e sustentabilidade humana. Crenças Por acreditar na escola que oferece um ambiente agradável, pautado pelas relações harmônicas e democráticas e que a aprendizagem efetiva e sem traumas acontece na interação entre sujeito e objeto de ensino, que a Escola Classe 102 do Recanto das Emas promove uma educação focada no estímulo, nas relações lúdicas e na interação, buscando construir cotidianamente um lugar prazeroso para estudar. “Só aprende quem tem fome e por isso é preciso despertar a fome de saber.” Rubem Alves. Valores 10
  11. 11. A criança é um ser social carente de base sólida para uma educação efetiva e integral. Esta definição que surgiu nas discussões “a escola que temos e a escola que queremos” levou a Escola a se preocupar em cultivar e preservar um ambiente propício para desenvolver valores como: compartilhar, socializar e respeitar, pressupostos que conduzem ao convívio social com liberdade, autonomia e responsabilidade. Histórico da Instituição Educacional A Escola Classe 102 do Recanto das Emas é reconhecida por meio do parecer 253/94, publicado no DODF 195, página 23 de 07/10/97 referente ao processo 082.017473/93 e Resolução 4352-SEDF, de 16/12/93. Está localizada à Quadra 102 Conjunto 3A Lote 01, Fone: 3901-3351. Sua inauguração foi no dia 02 de agosto de 1993, em estrutura de zinco e, em 1996, foi demolida e reconstruída em estrutura de alvenaria, sendo reinaugurada em julho 1998. Foi a primeira Escola do Recanto das Emas. Criada para atender a clientela de séries iniciais, devido à demanda, atendeu por alguns anos à Educação Infantil, quando deixou de atender ao “famigerado turno da fome”, pois no primeiro ano chegou a funcionar em quatro turnos diurnos, a demanda era bem superior a oferta. A professora Margareth Nasser Khouri, convidada para assumir o desafio de dirigir a Instituição apesar de todas as dificuldades que encontraria, convidou o professor Eurípedes Batista Santos para acompanhá-la como apoio pedagógico-administrativo. Assim os dois tornaram-se pioneiros na educação do Recanto das Emas. Em 1996, enquanto era reconstruída, a Escola Classe Recanto das Emas, foi esse o primeiro nome que recebeu, funcionou em caráter provisório 11
  12. 12. em galpões pré-moldados montados para esse fim no terreno do Centro de Ensino Fundamental 104 do Recanto das Emas. A distância considerável que ficou para a maioria dos alunos, serviu para alimentar o sonho de “voltar para casa”. Em 1997, o Centro de Ensino Fundamental 101 do Recanto das Emas foi inaugurado, mas como não tinha equipe gestora nem docente, funcionou como sede da Escola Classe 102 até julho do ano seguinte, a partir do segundo semestre de 1998 a “saga 102” chegava ao fim, estava em casa. A Escola sempre participou dos eventos promovidos pela Regional de Ensino, dentre esses a participação em desfiles estudantis em comemoração ao aniversário da Cidade trazia uma motivação maior, pois a proximidade entre o aniversário da Escola e do Recanto das Emas levou a elaboração de memoráveis desfiles com temas como: “Recanto Amado Recanto a E C 102 Debuta Com Você”, ao completar quinze anos e “EC 102 e Recanto Declaram Maioridade”, ao completar dezoito, além de apresentar ao longo de sua história diversos temas com a marca de seu Projeto Polítco-Pedagógico, ou com enfoque histórico ou político. Em 2007, a Escola sugeriu ao NUDEIC, núcleo responsável pela organização dos eventos esportivos, a incorporação de uma nova categoria aos Jogos Estudantis do Recanto das Emas, JEREM, a categoria mirim, que possibilitaria a participação das escolas classes nos jogos. Como a sugestão foi acatada a Escola Classe 102 participou e sagrou-se campeã geral da categoria no mesmo ano, repetindo o feito em 2008, 2009, 2010, 2011 e 2012. Em 2010, a Escola que conseguira seu primeiro computador participando de uma campanha de reciclagem e preservação ambiental denominada “Vá Catar Latas”, em seu terceiro ano de existência, recebeu o Projeto UCA, Um Computador por Aluno, do Ministério da Educação, o que representa um novo marco em sua trajetória. Sua política de integração escola-comunidade reflete-se positivamente na realização de festas comemorativas alusivas à família e no sucesso que se tornou sua já tradicional Festa Junina. 12
  13. 13. Diagnóstico A Escola Classe 102 do Recanto das Emas oferece educação básica nos anos iniciais com organização em ciclos sendo em 2013 seis turmas do BIA, Bloco Inicial de Alfabetização e dez do Bloco II, quartos e quintos anos. Trabalha com educação inclusiva, razão pela qual algumas turmas são reduzidas e outras se caracterizam por integração inversa. A estratégia de matricula foi atingida para este ano letivo, o que garantiu um número de alunos compatível com a proposta da Rede Pública por sala de aula. A percepção empírica de que a Escola atende a uma comunidade carente conduziu os profissionais de ensino e estudantes da Instituição a realização de uma pesquisa com amostragem bastante significativa, pois foram aplicados questionários para quase metade da Comunidade Escolar e os resultados obtidos foram surpreendentes: A comunidade atendida pela Escola, até então entendida como carente, evidenciou que metade das famílias não paga aluguel, metade possui pelo menos um veículo automotivo, a maioria das famílias são constituídas por até quatro pessoas, a maioria das famílias tem pelo menos dois provedores com emprego fixo, em dois terços das famílias o responsável tem no mínimo o ensino médio completo, pelo menos dois terços tem acesso à internet, dos quais noventa por cento acessa de casa, menos de um terço das famílias possui algum benefício do Estado. A carência existente, portanto, vai além dos aspectos econômicos, o que aumenta a responsabilidade da Escola com relação à qualidade dos serviços ao cumprir seu papel social. A equipe gestora eleita para um mandato de um ano e meio, que se encerra ao final de 2013, desenvolve uma gestão próxima do ideal de Gestão 13
  14. 14. Democrática, pois procura envolver a todos os segmentos da Comunidade Escolar através de reuniões ordinárias e extraordinárias do Conselho Escolar ou nas Assembleias Gerais ou por segmento, no intuito de dar transparência a seus atos. A estrutura física do prédio escolar está conservada, apesar da falta de espaço que dificulta a implementação de projetos como da Educação Integral, de Reforço Escolar, de Apoio a Aprendizagem, de Iniciação Esportiva, dentre outros. Existe consenso entre os representantes do Conselho Escolar de que a Cobertura da Quadra de Esportes poderá representar um importante passo para a minimização da maioria dos problemas detectados. Apesar da latente falta de espaço, o comprometimento do Corpo Docente, da Equipe de Apoio a Aprendizagem, do Serviço de Orientação Educacional, da Coordenação Pedagógica e dos demais profissionais envolvidos tem buscado sempre soluções criativas para as demandas educacionais, pois segundo Paulo Freire “ensinar é um ato de amor”. Objetivo Geral Promover ensino público de qualidade que garanta o acesso e permanência do aluno favorecendo a socialização para, priorizar a formação e o desenvolvimento das potencialidades e habilidades, necessárias para o exercício consciente da cidadania. 14
  15. 15. Objetivos Específicos • Desenvolver a criticidade e capacidade de aprendizagem, tendo em vista a aquisição de conhecimento, habilidades e a formação de hábitos e valores . • Estimular a criatividade e a autoconfiança do educando na realização de atividades em busca de seus talentos. • Oportunizar a participação de todos os segmentos da escola nos eventos culturais propostos e desenvolvidos pela Unidade de Ensino com o intuito de fortalecer o relacionamento entre os segmentos da Comunidade Escolar. • Incentivar o gosto e hábito pela leitura a partir do vivenciar textos literários e experiências cotidianas. • Implementar a Gestão Democrática, com ênfase nas relações com o Conselho Escolar, para garantir participação de todos os segmentos nas decisões garantindo transparência nos atos e na aplicação dos recursos públicos. • Oferecer atividades lúdicas e recreativas com o intuito de tornar agradáveis/prazerosos os momentos de escolarização. • Oportunizar atividades diversificadas no contra turno para viabilizar a Educação Integral. • Desenvolver postura ecológica de respeito e preservação ao meio ambiente visando melhor qualidade de vida. • Propiciar a inclusão dos alunos com necessidades especiais garantindo o acesso e a permanência num ambiente lúdico e acolhedor. 15
  16. 16. • Proporcionar aos professores e demais profissionais da educação envolvidos tempo e espaço de discussão e estudos para garantir o processo de formação continuada. Princípios Norteadores Epistemológicos O Projeto Político-Pedagógico da Escola Classe 102 do Recanto das Emas está baseado nos princípios norteadores de igualdade, qualidade, gestão democrática, liberdade, participação da família e valorização do magistério. (SEDUC 2005, Apud Veiga, 1995). Segundo a Constituição Federal (1988) no Art. 5º: “Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza”. Entendendo a igualdade, o acesso e a permanência do aluno na escola, como um direito a educação para todos (LDB 9394/96). A Escola Classe 102 é Inclusiva e Integral que segundo o PPP/SEEDF, fundamenta-sena multidimensionalidade do ser na sua “integralidade afetiva, cognitiva, física, social, histórica, ética, estética, considerando sempre a perspectiva das relações humanas” (p.49 e 500). Para Ropoli (2010), A educação inclusiva concebe a como um espaço de todos, no qual os alunos constroem o conhecimento segundo suas capacidades, expressam suas ideias livremente, participam ativamente das tarefas de ensino e se desenvolvem como cidadãos, nas suas diferenças. Faz-se necessário ainda promover a utilização de tecnologias modernas: televisão, DVD, computador/internet, para contribuir pedagogicamente no sucesso escolar. Também, divulgar e incentivar a participação das famílias nas rotinas, atividades e projetos desenvolvidas pela equipe e gestão escolar para 16
  17. 17. que possam acompanhar e contribuir cotidianamente com o processo de ensino aprendizagem de seus filhos. A Escola, na perspectiva de construção da cidadania, assume a valorização da pluralidade cultural em sua própria comunidade, vencendo limitações e proporcionando aos alunos pertencentes aos diferentes grupos sociais, o acesso ao saber. Didático-pedagógicos A prática pedagógica é baseada na utilização dos diversos métodos de ensino (piagetiano, humanista, sociointeracionista) onde o aluno torna-se construtor do seu próprio aprendizado, sendo ele o centro do processo. O professor cria situações favoráveis e significativas de aprendizagem, tornandose mediador e mantendo uma relação interativa entre o aluno e os conhecimentos piagetianos (ser ativo, pensamento concreto, respeito ao interesse infantil, autonomia, moral) que compreende a inteligência infantil diferente do adulto, erro como expressão e oportunidade de aprendizagem, a interação pertencente ao processo de desenvolvimento das relações interpessoais e da cooperação e escola como ponte entre os conhecimentos sistematizados e experimentados. Para a diagnose, acompanhamento e intervenção são utilizados os testes da psicogênese da leitura e escrita individual dos alunos da Unidade de Ensino, baseada na orientação construtivista de alfabetização de Emília Ferreiro. As intervenções são feitas coletivamente e individualmente. Coletivamente as orientações e intervenções realizadas pelo SOE (Serviço de Orientação Educacional) e EEAA (Equipe Especializada de Apoio a Aprendizagem) são direcionadas ao corpo docente que implementa, se 17
  18. 18. necessário, são estendidas as famílias. Na persistência das dificuldades de aprendizagem são feitas intervenções junto ao aluno e se necessário os encaminhamentos complementares. Individualmente, são realizadas ações como plantão pedagógico – atendimento individual trabalhando as dificuldades pedagógicas do aluno,os reagrupamentos intra e interclasses, e interventivo, ser uma escola organizada em ciclos. A Escola prioriza a gestão verdadeiramente democrática e comprometida com a educação de qualidade. Entende que o espaço escolar deve propiciar o prazer de aprender, fundamentada nas ideias de Rubem Alves que diz: “precisamos de dois tipos de ferramentas: dos conhecimentos necessários à sobrevivência, que aprendemos para chegar a algum lugar, e dos conhecimentos que apenas nos dão prazer, como armar quebra-cabeças ou jogar xadrez, que não existem para levar a coisa alguma e que aprendemos por puro prazer”. Desta forma, torna-se necessário que no processo ensino aprendizagem sejam desenvolvidas capacidades de ordem cognitiva, física, afetiva, de relação interpessoal e inserção social, ética e estética, mediante ao objetivo de contribuir para a formação plena do indivíduo, capacitando-o ao exercício da cidadania. “Só aprende quem tem fome e por isso é preciso despertar a fome de saber. Ensinar o voo não é tarefa que se possa fazer. Porque o voo já nasce dentro dos pássaros. O voo não pode ser ensinado. Só encorajado”. (Rubem Alves) 18
  19. 19. Escola Classe 102 “Um lugar prazeroso para estudar” Princípios Éticos Amor ao próximo Respeito Honestidade Responsabilidade Princípios Epistemológicos Princípios Pedagógicos O aluno como sujeito da aprendizagem Aluno construtor do conhecimento Professor mediador Conhecimento contextual e significativo Pilares da Educação: Aprender a aprender, aprender a fazer, aprender a conviver, aprender a ser. 19 Princípios Estéticos Ação Pedagógica Interdisciplinar Ambiente agradável de aprendizagem Expressão da criatividade
  20. 20. Organização Administrativa A Escola Classe 102 é composta por 53 profissionais da educação entre eles efetivos, terceirizados e contratados. Assim compostos: Servidor Função Atribuições Regime de trabalho Eurípedes Batista Santos Professor Diretor Estatutário Mônica Pinheiro Trindade Professor Vice-diretor Estatutário Lucilene de Oliveira Professor Sup. Pedag. Estatutário Analice Oliveira de Jesus Professor Coord. Local EF. Estatutário Edivânia Ferreira Lima Coord. ED. Int. Estatutário Mª Cristina Sant’ana Cardoso Professor Professor Apoio a direção Estatutário Terezinha Lino de Jesus Inácio Professor Sala de leitura Estatutário Rosemarie Brito do Nascimento Professor Regente Estatutário Renata Faria Lamas Professor Regente Estatutário Lucilene de Oliveira Professor Regente Estatutário Maria Helena Andrade Leal Regente Temp. Lilian Karla R. Nascimento Professor Professor Regente Estatutário Maria Dolores S. do Matosinho Professor Regente Estatutário Gercina Almeida dos Santos Professor Regente Estatutário Sheila Ribeiro de Lima Professor Regente Temp. CLT Sâmara Maria dos Santos Professor Regente Temp. CLT Francisca Maria Nunes Martins Regente Estatutário Marlucy Rosa Bernardes Professor Professor Regente Estatutário Analice Oliveira de Jesus Professor Regente Estatutário Maria do Bonfin C. do Amaral Regente Estatutário Jocineide da Silva C. Xavier Professor Professor Regente Estatutário Ana Maria de Lima Professor Regente temp. Waldirene de Oliveira Cruz Silva Professor Regente 20 CLT CLT Estatutário
  21. 21. Edivania Ferreira Lima Professor Regente Claudionor Noleto Oliveira Junior Professor Regente temp. Estatutário CLT Àquila Cristina Camacho Pereira Professora Psicóloga EEAA Estatutário Edneide Mª de Oliveira Nogueira Professora Pedagoga EEA Estatutário Heliana Dias Oliveira Esp. de E.B. Orientadora Educ. Estatutário Miraneide de Deus Costa Gestor Adm Serviços gerais Estatutário Maria de Fátima Gomes Monteiro Gestor Adm. Chefe de Secretária Estatutário Mª Suely Oliveira Silva Gestor Adm. Secretária Estatutário Jacioneide Rodrigues de Souza Gestor Adm Apoio a secretaria Estatutário Rosineide Assis de S. Rocha Gestor Adm. Apoio a Direção Estatutário Eduardo Silva do Rosário Gestor Adm Portaria Estatutário Sônia Costa de Lima da Silva Gestor Adm. Portaria Estatutário Jane de Sousa Vieira Gestor Adm Sala de Leitura Estatutário José Pereira Caixeta Gestor Adm. Vigia Estatutário Gilmário Valentim Martins Gestor Adm Vigia Estatutário Juarez Lima de Oliveira Gestor Adm. Vigia Estatutário Roseval Pereira da Costa Gestor Adm Vigia Estatutário Francisca das Chagas dos Santos Gestor Adm. Vigia Estatutário Pedro Antonio Veloso Neto Gestor Adm Vigia Estatutário Vera Lúcia M. Nogueira cozinheira Cantineira Terceirizado Maria Ribeiro de Souza cozinheira Cantineira Terceirizado Kelle Pereira Marques cozinheira Cantineira Terceirizado Marilene Marcelino Ferreira Limpeza Aux. Serv. gerias Terceirizado Maria Elivoneide R. Carvalho Limpeza Aux. Serv. gerais Terceirizado José Humberto R. Cordeiro Limpeza Aux. Serv. gerais Terceirizado Benedita Rodrigues de Oliveira Limpeza Aux. Serv. gerais Terceirizado Servino Ferreira Vaz Aux de limp. 21 Vigia Belacap
  22. 22. Organograma institucional: Direção Equipe Especializada de Apoio a Aprendizagem ViceDireção Serviços Gerais Escola Classe 102 Secretaria Corpo Discente Supervisão Pedagógica Supervisão Administrativa Orientação Educacional Corpo Docente 22
  23. 23. Organização Curricular A organização curricular da Escola Classe 102 do Recanto das Emas é norteada pelo Currículo Em Movimento da Educação Básica do DF, PCN’s e pela LDB, partindo do princípio do respeito ao educando, e ressaltando o protagonismo do mesmo como partícipe do processo de ensino e aprendizagem. Sendo um ser ativo, construtor de seu presente e futuro, na perspectiva do desenvolvimento integral de suas potencialidades e no exercício de sua cidadania. É fundamentado teoricamente nas concepções pedagógicas pós-estruturalistas (Silva, 2010), visando a superação dos modelos de ensino tradicionais e tecnicistas. Em 2013, a Escola ampliou sua organização em cíclica, pois além do BIA, Bloco Inicial de Alfabetização, que já estava funcionando há alguns anos, aderiu à proposta de organização dos anos iniciais em ciclos, os quartos e quintos anos agora estão reunidos no II Bloco do II Ciclo. Contudo, para o sucesso da aplicação do currículo garantindo ensino de qualidade torna-se essencial a participação da comunidade no processo educacional. Essa interação com as famílias realimenta a função social, pois por meio desta descobre-se novas parcerias, ideias, projetos e conceitos. Para que de fato a interação comunidade/escola ocorra. 23
  24. 24. A interdisciplinaridade e a contextualização estarão presentes na organização do plano de ensino. Nessa proposta, os projetos interdisciplinares visarão à formação plena do ser humano, sendo desenvolvidos temas como resgate de valores morais e cívicos, autoestima, conhecimento do próprio corpo, hábito de leitura, relaxamento, sexualidade, dentre outros. O currículo deve contemplar a inclusão em diversos aspectos, dar voz às minorias. Ser multicultural tendo em vista a superação de preconceitos. Portanto deve ter caráter maleável, dadas as especificidades de seu tempo, pautando sua compatibilidade com a revolução tecnológica. Ser instrumento acessível e passivo de crítica e modificação por parte da comunidade escolar a que pertence, por isso denomina-se currículo em movimento. Os alunos com maiores dificuldades para realizar as atividades propostas serão atendidos com trabalhos diversificados em sala de aula e no contra turno em momentos de reforço escolar, plantões pedagógicos, projetos interventivos e reagrupamentos. Além de atendimento especializado com a equipe de apoio a aprendizagem O conselho de classe é realizado bimestralmente com a participação da direção, professores e coordenadores. Visando reorientar o planejamento da ação docente e encaminhar providências para garantir o êxito da ação educativa, de forma que a responsabilidade e compromisso de todos fiquem assegurados. Neste contexto, a temática UM LUGAR PRAZEROSO PARA ESTUDAR, que norteia este PPP, possibilitará o resgate do prazer de estudar, o respeito pela instituição educacional através de atividades lúdicas criativas e inovadoras, possibilitando ao educando construir seu conhecimento com autonomia, onde o educador exerce o papel de mediador no processo. Plano de Ação 24
  25. 25. Meta 1: Reduzir em até 50% o índice de repetência no 4° e 5º ano do Ensino Fundamental desta UPE até 2014. Ação Responsável Prazo Local Justificativa Procedimento Realização de projetos Visando interventivos melhorar o como o plantão índice de pedagógico dentre outros Professores, voltados para a coordenador. Durante o biênio 2013/2014 Espaços disponíveis. recuperação da aproveitamento através de projetos contextualizado aprendizagem se ao longo do significativos. processo. Elaborar/desen volver/coordena r projetos e subprojetos capazes de atender as necessidades do educando na busca do conhecimento. Realizar Capacitação e palestras, aperfeiçoament seminários e o de Qualificar o professores do EAPE, UNB, 4° e 5° ano, Escola, CRE, através de dentre outros. Espaços disponíveis. . cursos, professor para e média melhorar o duração a partir desempenho das pedagógico. Durante o biênio 2013/2014 cursos de curta necessidades palestras e detectadas ao seminários. longo do processo. 25
  26. 26. Buscar ações práticas interventivos visando corrigir a distorção idade/série. contextualizada bimestre de Direção, s e prazerosas 2013, o nível de professores, para reduzir, no aprendizagem biênio para promover e equipes de 2013/2014, as a intervenção apoio. distorções necessária que caracterizadas evitará a defasagem idade/série. projetos primeiro no tocante à Elaboração de Avaliar, após o futura. coordenadores Maio de 2013. Escola. Realização de A leitura tornase significativa quando Direção, Prazer de ler professores, para atingir o coordenadores letramento. , equipe de Durante o biênio 2013/2014 Sala de aula, realizada por Sala de Leitura prazer. O seu e outros hábito conduz à espaços. descoberta e . apoio. construção de novos conhecimentos. atividades como a “hora do conto”, produção teatral, rotina diária de leitura envolvendo todos os segmentos da escola pelo menos uma vez por semana. Desenvolver Professores, atividades coordenadores recreativas, , direção e socioculturais e Espaços monitores. acadêmica se desenvolver torna plena à atividades no comunidade. 26 Elaborar e escola e da . A formação diversos da Biênio 2013/2014 medida que o contraturno que
  27. 27. educando aproveita as oportunidades que lhes são oferecidas. Logo, a pedagógicas, no Educação extra- histórica das Integral. competências correção Educação habilidades e paliativo para a Programa de aprendizado de como um os alunos no possibilitem o Integral surge contraturno para curriculares. carências de oportunidades nas comunidades menos favorecidas. Meta 2: Propiciar qualidade no ensino dos anos iniciais, garantindo a até 80% dos alunos matriculados na UPE a aquisição de habilidades e competências compatíveis com a etapa de estudo, até 2014. Ação Responsável Prazo Local Justificativa Procedimento Para que sejam elaboradas to do nível de Professores, evolução da coordenadores a novembro escrita dos . 2014 Sala de aula. alunos da IE. da Psicogênese necessárias ao para todos os bom andamento alunos da IE, do processo Março de 2013 Aplicar o Teste ações Acompanhamen mensalmente. ensinoaprendizagem 27
  28. 28. Realizar palestras, seminários e Capacitação e aperfeiçoament EAPE, UNB, o dos Escola, DRE, professores do dentre outros. Durante o biênio 2013/2014 Espaços disponíveis oferecidos pela . SEE/DF BIA. Qualificar o cursos de curta professor para e média melhorar o duração a partir desempenho das pedagógico. necessidades detectadas ao longo do processo. Nos encontros de coordenação O projeto necessidades Professores, acadêmicas dos coordenação Bloco do II Ciclo. reflexão para elaborar ações práticas e educando. III do BIA e II momentos de adequação do alunos da Etapa realizarão perfeita Escola. defasagem de propiciando a maio de 2014. coordenadores aprendizagem Maio de 2013 e EEAA/SOE e correção da corrigir as direção, antecipar a interventivo para professores, buscará projeto coletiva, interventivo Elaboração de capazes de intervir nas dificuldades de aprendizagem. 28
  29. 29. Realização de A leitura tornase significativa quando Prazer de ler para atingir o letramento. Direção, professores, coordenadores . Sala de aula, Durante o biênio 2013/2014 realizada por Sala de Leitura prazer e seu e outros hábito conduz à espaços. descoberta e construção de novos conhecimentos. atividades como a “hora do conto”, produção teatral, rotina diária de leitura envolvendo todos os segmentos da escola pelo menos uma vez por semana. Meta 3: Garantir a 100% dos ..... alunos da UPE, matriculados em 2013, “um lugar prazeroso para estudar.” Ação Responsável Prazo Local Justificativa Procedimento Aquisição de jogos e brinquedos Propiciar Direção, Recreio professores, monitorado. coordenadores e alunos. momentos de Durante o biênio 2013/2014 Pátio interno e área de lazer. . entretenimento e resgate de valores sócioculturais. pedagógicos para adequação dos espaços de lazer garantindo melhor interação social e afetiva entre os educandos. 29
  30. 30. Realização de A leitura tornase significativa quando Direção, Prazer de ler professores, para atingir o coordenadores letramento. , equipe de Durante o biênio 2013/2014 Sala de aula, realizada por Sala de Leitura prazer e seu e outros hábito conduz à espaços. descoberta e . apoio. construção de novos conhecimentos. atividades como a “hora do conto”, produção teatral, rotina diária de leitura envolvendo todos os segmentos da escola pelo menos uma vez por semana. Apropriação As aulas interdisciplinares tornam-se Planejamento significativas de aulas quando se tem interdisciplinare s contextualizada se Professores, coordenadores e supervisor pedagógico. Durante o Sala de biênio Coordenação. 2013/2014 recursos materiais para que o conhecimento significativas. ocorra como descoberta e não apenas transmissão. dos recursos materiais disponíveis na IE, bem como buscar outros para elaborar aulas contextualizadas e significativas que contribuam para transformá-la em “um lugar prazeroso para estudar”. 30
  31. 31. Preparar, juntamente com parceiros, o terreno para desenvolver o projeto. Adquirir sementes, insumos e Nos espaços disponíveis no Cultivar significa necessários. interior do renovar a vida, Promover estabeleciment preservar o palestras de o e no ambiente e sensibilização perímetro garantir vida quanto à externo ao saudável. necessidade de Professores, Desenvolver monitores, projeto de horta direção, e jardim. coordenadores ferramentas Durante o biênio 2013/2014 e alunos. muro. preservação ambiental e da importância de alimentação saudável, bem como elaborar e desenvolver aulas práticas de hortaliças e jardinagem. Realizar horas Direção, cívicas coordenadores periódicas, com e professores. Pátio interno. 31 Planejamento antecipado das do amor à . Cidadania se constrói a partir Biênio 2013/2014 ações a serem
  32. 32. Pátria, do ênfase nas conhecimento datas da história de comemorativas seu País e do e no resgate de respeito aos valores. valores éticos e morais. desenvolvidas em cada hora cívica, envolvendo todos os segmentos. Apropriação dos recursos tecnológicos Na sociedade moderna, o Professores, (lap tops educacionais) indivíduo que se disponibilizados coordenadores apropria dos para a IE pelo , e o Núcleo de recursos Programa l Um Propiciar a Tecnologias tecnológicos e Computador inclusão digital Educacionais Sala de aula e os coloca como por Aluno – para todos os da laboratório de ferramenta para UCA e educandos. Coordenação informática. produzir laboratório Regional de conhecimentos disponibilizado Ensino do novos, pelo PROINFO- Recanto das acompanha a MEC, bem Emas. velocidade dos como a acontecimentos utilização dos históricos. acessórios e Durante o biênio 2013/2014 . planejamentos inerentes ao Programa. A formação Desenvolver Professores, Espaços Biênio 32 acadêmica se Elaborar e
  33. 33. atividades recreativas, torna plena à socioculturais e coordenadores pedagógicas no , direção e contra turno monitores. para os alunos . diversos da 2013/2014 escola e da . comunidade. medida que o educando aproveita as oportunidades no Programa de que lhes são Educação oferecidas. Integral. desenvolver atividades no contraturno que possibilitem o aprendizado de habilidades e competências extracurricular. Meta 4: Promover até 2014, ações que viabilizem a integração e efetiva participação de pelo menos 70% da Comunidade nos eventos e planejamento da Escola, conforme propõe a Lei de Gestão Democrática. Ação Responsável Prazo Local 33 Justificativa Procedimento
  34. 34. Diagnosticar através de questionário elaborado para esse fim, os Promover A Escola precisa oficinas e definir seu papel encontros que atendam aos interesses da Comunidade Professores, coordenadores , EEAA/SOE e Espaços No biênio disponíveis. 2013/2014. direção. de formadora e transformadora da realidade no contexto social. Escolar. reais interesses e necessidades da comunidade no intuito de elaborar palestras e oficinas. Identificar recursos humanos voluntários para desenvolver a ação proposta. 34
  35. 35. Dada a grande diversidade cultural que forma o povo brasileiro e, em especial, os Realizar Todos os eventos segmentos da socioculturais. brasilienses, faz- comunidade. No biênio 2013/2014. Na escola. se necessário a realização de encontros periódicos para resgatar as raízes culturais das diversas regiões brasileiras. 35 Planejar e realizar, pelo menos uma vez por semestre, eventos socioculturais que promovam a integração e participação de todos os segmentos da Comunidade Escolar.
  36. 36. Elaborar e Equipe Espaços A indisciplina na Após desenvolver Especializada disponíveis da sala de aula e o diagnóstico da projeto de Apoio Escola. lidar com realidade, psicopedagó- Aprendizagem dificuldades de promover gico para e Serviço de um modo geral entrevistas com administrar Orientação muitas vezes os pais no conflitos Educacional. deixam os intuito de professores formar grupos, impotentes. É bem como essencial saber a encontro com origem dos professores, conflitos, mas a além de tarefa de palestras e superação é de oficinas. Durante o biênio 2013/2014 escolares. responsabilidade da escola, da família e da comunidade como um todo. Realizar reuniões Direção da IE e ordinárias e Conselho extraordinárias do Escolar Conselho Escolar, bem como Assembleias por segmento. Nos espaços Durante o O fortalecimento Garantir disponíveis da do Conselho agenda de Escola. Escolar é reuniões do fundamental para Conselho a implantação de Escolar uma política real conforme o Biênio 2013/2014 36
  37. 37. de Gestão Regimento Democrática. Interno. Meta 5: Promover até 2014, a gestão dos recursos oriundos do PDAF e PDDE, melhorando em até 70% a eficiência na aplicação dos mesmos. 37
  38. 38. Ação Responsável Prazo Local Justificativa Procedimento Convocar os segmentos da Comunidade Escolar para reuniões de É necessário esclarecimento renovar a diretoria e sensibilização da Instituição, haja vista que o Democrática e, a mesma irá gerir os PDAF e PDDE. Instituição de Ensino/Comuni recursos do PDAF dade Escolar. Fevereiro de 2013 Escola beneficiar a Instituição de e do PDDE nos Ensino, bem como das instituições que vigor. oriundos do Direção da visam legislação em públicos das ações que moldes da recursos e execuções a Lei de Gestão para gerir os planejamentos gestora conforme Caixa Escolar cada um nos eleição da equipe diretoria do participação de encerra-se com a eleições da importância da mandato da atual Realizar quanto à colaboram com a gestão da Escola e realizar a eleição do Caixa escolar. Dotar a Unidade Direção da IE De janeiro a Escola A Uex precisa Registrar a Ata Executora de março de estar devidamente de Eleição da condições para 2013 registrada e diretoria do 38
  39. 39. apresentar regularidade fiscal antes de solicitar os recursos do executar os PDAF e do PDDE, recursos do que representam PDAF e do os recursos PDDE, segundo financeiros para a legislação em financiamento do vigor. desenvolvimento do Projeto Políticopedagógico. Caixa Escolar e seu Estatuto modificado conforme exigência da legislação. Providenciar as certidões negativas que comprovam a regularidade fiscal da Uex. A eficiência e eficácia desejadas para a aplicação Elaborar o plano de aplicação dos recursos do PDAF e PDDE. dos recursos Direção da IE e 1º semestre Conselho de 2013 e Escolar dependem de um 2014. Escola planejamento coletivo e centrado nas reais necessidades da Escola. 39 Elencar as necessidades. Definir as prioridades. Elaborar Plano de Aplicação.
  40. 40. Recursos Humanos O presente Projeto Político-Pedagógico, elaborado de forma plural, é fruto do desejo de todos os segmentos da comunidade e, portanto, requer a participação efetiva de todos os profissionais da Escola, além de outros voluntários. Recursos Materiais A Escola precisa adequar seus espaços para a realização de atividades recreativas normais e nos contra turnos, adquirir com recursos materiais esportivos, pedagógicos e equipamentos públicos, necessários ao desenvolvimento de cada ação/projeto elencados neste PPP, à medida que se fizerem necessários. Avaliação 40
  41. 41. A avaliação ocorrerá de forma interna em momentos pré-determinados no Calendário Escolar e destinados semestralmente à Avaliação Institucional, reunindo todos os segmentos da Comunidade Escolar, que poderá utilizar os instrumentos externos que buscam aferir os índices de aproveitamento como o IDEB, a Prova Brasil e o pdeinterativo, que estabelecem parâmetros comparativos de desempenho a níveis de Escola, Município, Estado e Brasil, além dos registros e observações arquivados na Instituição e dos questionários elaborados e aplicados para esse fim. A avaliação do Projeto Político-pedagógico da Escola Classe 102 do Recanto das Emas, subsidiará as alterações que se fizerem necessárias, pois o Projeto é passível de emendas quando verificada a necessidade. Bibliografia BRASIL, Lei de Diretrizes e Bases n.º 9.394/96. , Ministério da Educação. Secretaria de Educação. Currículo da Educação Básica das Escolas Públicas do DF, Ensino Fundamental 1ª a 4ª série, 2000. Ministério da Educação e do Desporto. Parâmetros Curriculares Nacionais, v. 2, 3,4,5,6,8 e 9, 2001. Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal. Orientações Escolares - fazendo a diferença 2010. ROPOLI, Edilene Aparecida. A Educação Especial na Perspectiva da Educação Escolar: a escola como inclusiva/Edilene Aparecida Ropoli... [ET.ali]. - Brasília: Ministério da Educação Especial; [Fortaleza]: Universidade Federal do Ceará, 2010. 41
  42. 42. SEDUC. VIEIRA Sofia Lerche e Vidal Eloisa Maia. A gestão pedagógica e o desempenho escolar/Secretaria da Educação Básica do Ceará. A gestão pedagógica e o desempenho escolar (Coleção Gestão Escolar) Fortaleza, 2005. HTTP://portal.mec.gov.br/arquivos/pdf/Idb.pdf (Acessado em 17/04/2013) HTTP://www.se.df.gov.br/wp-content/uploads/ppp.PDF (Acessado em 24/ 04/2013) HTTP://www.planalto.gov.br/ccivil 03/constituição/constituição.htm (Acessado em 17/04/2013) HTTP://www.padreovidio.com.br/cpo/leitura/maio/oprazerdeaprender.pdf (Acessado em 24/04/2013) SILVA, Tomaz Tadeu da (org) Alienígenas na sala de aula, 7 ed. – Petrópolis, RJ: Vozes, 2008 SILVA, Tomaz Tadeu da (org) O Currículo como Fetiche: A poética e a política do texto curricular 1 ed. – Belo Horizonte, MG: Autêntica, 2010. VILLAS BOAS, Benigna M. de F. Portfólio, avaliação e trabalho pedagógico, 2ª edição, Campinas, SP: Papirus, 2004. 42
  43. 43. ANEXOS 43

×