Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Apresentação quadrinhos e a língua parauara

841 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Apresentação quadrinhos e a língua parauara

  1. 1. E.E.E.M.MAGALHÃES BARATA TÍTULO DO PROJETO QUADRINHOS E A LÍNGUA PARAUARA: UMA ESTRATÉGIA PARA A PRÁTICA DE LEITURA E ESCRITA.
  2. 2. PROBLEMÁTICA De acordo com o diagnóstico realizado pelos professores do projeto anterior “A língua popular parauara e sua influência no processo de formação Língua Portuguesa e sua importância no falar dos paraenses como parte da cultura”, a maioria dos alunos envolvidos no projeto, demonstraram dificuldades na leitura, interpretação e produção textual. Diagnóstico esse que possibilitou aos professores uma reflexão sobre o problema, levando-os à hipótese de que a razão das dificuldades de leitura e produção escrita estaria no pouco acesso dos alunos aos diversos gêneros textual. Partindo desse contexto,damos continuidade ao projeto, através de um diálogo com os alunos sobre o surgimento e valorização das Histórias em quadrinhos, no qual buscaremos dinamizar o processo da leitura e da escrita dando ênfase a inserção da língua parauara como expressão da cultura e identidade regional da cidade de Belém-Pa.
  3. 3. JUSTIFICATIVA A leitura e a escrita são hoje um dos maiores desafios das escolas, visto que, quando estimulada de forma criativa, possibilita a redescoberta do prazer de ler, a utilização da escrita em contextos sociais e a inserção do aluno no mundo letrado. Pensando nesse contexto, o Projeto “Quadrinhos e a Língua Parauara: uma estratégia para a prática de leitura e escrita”, torna- se necessário e viável, pois pretende fomentar a leitura, a interpretação e a produção por meio da criação de Histórias em quadrinhos. Acreditamos que é possível trabalhar a língua parauara como fator de identidade para os alunos, com o uso das diferentes palavras presentes na referida língua, ao mesmo tempo refletir sobre a importância do domínio da norma culta ou padrão para promover sua ascensão social, porém sem desprezar sua,ou de seus antepassados, linguagem e cultura.
  4. 4. OBJETIVOS DO PROJETO . – Objetivo geral: • Pesquisar sobre a língua paraense analisando-a como parte da cultura, e ao mesmo tempo, oportunizando aos discentes um olhar com carinho e admiração para a sua própria história, oferecendo situações de aprendizagens significativas para os alunos através do uso das histórias em quadrinhos, de modo a despertar o gosto e o prazer pela leitura, oportunizando aos alunos a construção de competências e habilidades que possibilitem a interação e a cumplicidade com a prática da leitura e da escrita. - Objetivosespecíficos: • Conhecer o surgimento das Histórias em quadrinhos no Brasil; • Valorizar os gibis como eficaz ferramenta pedagógica; • Tornar as aulas lúdicas, construtivas e mais divertidas; • Identificar os tipos de balão das Histórias em quadrinhos e seus significados; • Identificar as etapas para se confeccionar um gibi; • Orientar na produção textual através da construção de textos com coerência e coesão; • Utilizar o glossário parauara pesquisado e já catalogado pelos alunos para a elaboração de trabalhos que ponham em prática a produção baseada na língua parauara: histórias em quadrinhos; • Organizar uma exposição dos trabalhos – os quadrinhos produzidos e as pesquisas visuais.
  5. 5. METODOLOGIA Levantamento prévio, conversa informal sobre o Projeto: - O que são histórias em quadrinhos? Para que servem? - Como elas surgiram? Onde? Quando? Quem as inventou? - Sempre foram como são hoje? - Leitura do texto informativo sobre a origem das histórias em quadrinhos (retro projetor) e apresentação dos personagens mais conhecidos das histórias em quadrinhos; Turma do Açaí destacando o seu criador Rosinaldo Pinheiro. - Listagem dos personagens principais da Turma do Açaí, e suas características físicas e psicológicas. - Solicitar uma oficina para aprender usar o HagáQuê ao NTE. - Fazer pesquisa na internet sobre a origem da HQ. - Produzir, em sala de aula, histórias em quadrinhos utilizando como base a língua parauara pesquisado e o já catalogado pelos alunos. - Produzir na sala de aula e na sala de informática, a montagem da referida história.
  6. 6. METAS Produção de Histórias em Quadrinhos periódicas, utilizando a língua parauara como base. CONTEÚDO Língua Portuguesa: Diferentes tipos de linguagem: Verbal e não-verbal , Tipos e Gêneros Textuais . Informática: Computador (Editor de textos, internet, Editor de histórias em quadrinhos (HagáQuê), Programa de animação (Flash) e voz, diferentes tipos de ferramentas tecnológicas. DISCIPLINAS ENVOLVIDAS Língua portuguesa e Informática
  7. 7. RECURSOS A SEREM UTILIZADOS Papel, lápis, borracha,caneta, dicionários, computador, impressora, tinta, cd, pen driver, data Show. AVALIAÇÃO E RESULTADOS ESPERADOS Participação ativa e continua dos alunos na elaboração periódica das Histórias e o repasse para a construção no computador, além da divulgação nas mídias. DIVULGAÇÃO E SOCIALIZAÇÃO DO PROJETO REALIZADO Através do Jornal MB News, do Blog da escola e do EducaRede.

×