Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
O CAOS DA
CAMPANHA
Procurando um
porto seguro
CENTRAL DE PESQUISAS
Tadeu Comerlat t o
Poucas coisas são mais amargas para umPoucas coisas são mais amargas para um
candidato e sua equipe do que uma derrota.can...
Por difícil que pareça, sempre há esperançaPor difícil que pareça, sempre há esperança
ladeando os candidatos e suas equip...
E as perguntas se multiplicam...E as perguntas se multiplicam...
O que aconteceu?...O que aconteceu?...
Por que os eleitor...
““Quantos votos se perdem porQuantos votos se perdem por
não saber como funciona o cérebronão saber como funciona o cérebr...
Imagine-se dentro de um labirinto.Imagine-se dentro de um labirinto.
Caminhos que vão e que vêm, se cruzam,Caminhos que vã...
NECESSITAS DESESPERADAMENTE DENECESSITAS DESESPERADAMENTE DE
DUAS COISAS:DUAS COISAS:
.. Sinais que indiquem os caminhosSi...
Assim funciona o cérebro do eleitor.Assim funciona o cérebro do eleitor.
Como um labirinto escuro.Como um labirinto escuro...
Até que uma campanha instaleAté que uma campanha instale
e acenda, ali mesmo,e acenda, ali mesmo,
no escuro labirinto do s...
Porem... Como fazê-lo?Porem... Como fazê-lo?
Esqueça um pouco os caminhos tradicionais,Esqueça um pouco os caminhos tradic...
O CAOS DA
CAMPANHA
Procurando um
Porto Seguro
Tadeu Comerlat t o
CENTRAL DE PESQUISAS
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

O Caos da Campanha

9,971 views

Published on

Poucas coisas são mais amargas para um candidato e sua equipe do que um aderrota

Published in: Services
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

O Caos da Campanha

  1. 1. O CAOS DA CAMPANHA Procurando um porto seguro CENTRAL DE PESQUISAS Tadeu Comerlat t o
  2. 2. Poucas coisas são mais amargas para umPoucas coisas são mais amargas para um candidato e sua equipe do que uma derrota.candidato e sua equipe do que uma derrota. Você tem visto a desolação de umVocê tem visto a desolação de um Comitê Político na noite da derrota?Comitê Político na noite da derrota? O CAOS DA CAMPANHA Encontrando o Porto Seguro Tem observado osTem observado os momentos de silêncio?...momentos de silêncio?... Tem ouvido alguma voz, ouTem ouvido alguma voz, ou visto algum rosto?...visto algum rosto?... CENTRAL DE PESQUISAS
  3. 3. Por difícil que pareça, sempre há esperançaPor difícil que pareça, sempre há esperança ladeando os candidatos e suas equipes. Sempre.ladeando os candidatos e suas equipes. Sempre. Essa intuição de que no último momento osEssa intuição de que no último momento os eleitores vão manifestar seu apoio.eleitores vão manifestar seu apoio. Por isso, doi tanto a derrota.Por isso, doi tanto a derrota. Doe na alma.Doe na alma. Doe no corpo. Morde por dentro.Doe no corpo. Morde por dentro. O CAOS DA CAMPANHA Encontrando o Porto Seguro CENTRAL DE PESQUISAS
  4. 4. E as perguntas se multiplicam...E as perguntas se multiplicam... O que aconteceu?...O que aconteceu?... Por que os eleitores elegeram outro candidato?...Por que os eleitores elegeram outro candidato?... Como será que o eleitor decidiu votar assim?Como será que o eleitor decidiu votar assim? Que processo mental o influenciou?...Que processo mental o influenciou?... E uma dúvida sempre paira no ar:E uma dúvida sempre paira no ar: Era possível ter feito algo diferente naEra possível ter feito algo diferente na campanha?... Algo que pudesse provocar umacampanha?... Algo que pudesse provocar uma reação diferente no eleitorado?reação diferente no eleitorado? O CAOS DA CAMPANHA Encontrando o Porto Seguro CENTRAL DE PESQUISAS
  5. 5. ““Quantos votos se perdem porQuantos votos se perdem por não saber como funciona o cérebronão saber como funciona o cérebro do eleitor?...do eleitor?... O cérebro do eleitor é como umO cérebro do eleitor é como um labirinto escuro. Labirinto, sim...labirinto escuro. Labirinto, sim... Porém, escuro.”Porém, escuro.” O CAOS DA CAMPANHA Encontrando o Porto Seguro CENTRAL DE PESQUISAS
  6. 6. Imagine-se dentro de um labirinto.Imagine-se dentro de um labirinto. Caminhos que vão e que vêm, se cruzam,Caminhos que vão e que vêm, se cruzam, se cortam e parecem levar sempre ao nada.se cortam e parecem levar sempre ao nada. E se é difícil circular por um labirinto qualquer,E se é difícil circular por um labirinto qualquer, imagine se ele estiver escuro.imagine se ele estiver escuro. O que necessitas para encontrar a saída?...O que necessitas para encontrar a saída?... O CAOS DA CAMPANHA Encontrando o Porto Seguro CENTRAL DE PESQUISAS
  7. 7. NECESSITAS DESESPERADAMENTE DENECESSITAS DESESPERADAMENTE DE DUAS COISAS:DUAS COISAS: .. Sinais que indiquem os caminhosSinais que indiquem os caminhos .. Luzes para iluminar os sinais.Luzes para iluminar os sinais. Num labirinto escuro a gente vai tropeçandoNum labirinto escuro a gente vai tropeçando sem encontrar o rumo, sem saber onde está,sem encontrar o rumo, sem saber onde está, sem se dar conta se está avançando ousem se dar conta se está avançando ou retrocedendo... Perdido...retrocedendo... Perdido... Porém, se acenderem placas luminosas quePorém, se acenderem placas luminosas que indiquem o caminho, chega-se logo à saída.indiquem o caminho, chega-se logo à saída. O CAOS DA CAMPANHA Encontrando o Porto Seguro CENTRAL DE PESQUISAS
  8. 8. Assim funciona o cérebro do eleitor.Assim funciona o cérebro do eleitor. Como um labirinto escuro.Como um labirinto escuro. O eleitor vai e volta por passagensO eleitor vai e volta por passagens que se cruzam...que se cruzam... Fica perdido e sem saber o que fazer...Fica perdido e sem saber o que fazer... Vagando desconcertado.Vagando desconcertado. Agora... Depende da sua habilidade paraAgora... Depende da sua habilidade para mostrar a ele... qual é a melhor saída.mostrar a ele... qual é a melhor saída. O CAOS DA CAMPANHA Encontrando o Porto Seguro CENTRAL DE PESQUISAS
  9. 9. Até que uma campanha instaleAté que uma campanha instale e acenda, ali mesmo,e acenda, ali mesmo, no escuro labirinto do seu cérebro,no escuro labirinto do seu cérebro, os sinais luminosos que mostrem o caminho.os sinais luminosos que mostrem o caminho. Caminho que leve a um destino.Caminho que leve a um destino. Votar em determinado Candidato...Votar em determinado Candidato... EleEle será a luz que vai iluminar sua placa.será a luz que vai iluminar sua placa. O CAOS DA CAMPANHA Encontrando o Porto Seguro CENTRAL DE PESQUISAS
  10. 10. Porem... Como fazê-lo?Porem... Como fazê-lo? Esqueça um pouco os caminhos tradicionais,Esqueça um pouco os caminhos tradicionais, e planeje tua campanha a partir dae planeje tua campanha a partir da Psicologia Política.Psicologia Política. DESCURA COMO FUNCIONA ADESCURA COMO FUNCIONA A CABEÇA DO ELEITOR.CABEÇA DO ELEITOR. São caminhos seguros com sinais queSão caminhos seguros com sinais que indicam saídas, e com luzes queindicam saídas, e com luzes que iluminam todos os sinais.iluminam todos os sinais. O CAOS DA CAMPANHA Encontrando o Porto Seguro CENTRAL DE PESQUISAS
  11. 11. O CAOS DA CAMPANHA Procurando um Porto Seguro Tadeu Comerlat t o CENTRAL DE PESQUISAS

×