Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Febre amarela e hepres

4,671 views

Published on

Febre amarela e hepres

Published in: Education

Febre amarela e hepres

  1. 1. Febre Amarela e <br />Herpes<br />Alunos: Eduardo, Mariane, Patrick, Junior<br />
  2. 2. Febre Amarela<br /> A febre amarela é uma doença infecciosa transmitida por mosquitos contaminados por um flavivirus e ocorre na América Central, na América do Sul e na África.<br />Países infectados<br />
  3. 3. AEDES AEGYPTI<br /> O AEDES AEGYPTI transmite o vírus da febre amarela de 9 a 12 dias após ter picado uma pessoa infectada. Em áreas de fronteiras agrícolas, existe a possibilidade de adaptação do transmissor silvestre para o novo habitat.<br />AEDES AEGYPTI<br />
  4. 4. Epidemiologia<br /> Existe endemicamente na África, Ásia tropical, Caraíbas e América do Sul.<br /> A enfermidade não se transmite diretamente de uma pessoa para outra. Em área silvestre, a transmissão da febre amarela é feita por intermédio de mosquitos do gênero Haemagogus em geral.<br />
  5. 5. Sintomas<br /> Os principais sintomas da febre amarela são febre alta, mal-estar, dor de cabeça, dor muscular muito forte, cansaço, calafrios, vômito e diarréia aparecem, em geral, de três a seis dias após a picada (período de incubação). <br />Pessoa com os sintomas<br />
  6. 6. Diagnóstico<br /> O diagnóstico é PCR, inserção de soro sanguíneo em culturas celulares; ou pela sorologia.<br />Diagnóstico do vírus<br />
  7. 7. Tratamento<br /> A febre amarela é tratada sintomaticamente, ou seja, são administrados líquidos e transfusões de sangue ou apenas plaquetas caso sejam necessárias. A hemodiálise poderá ser necessária caso haja insuficiência renal.<br />Tratamento<br />
  8. 8. Combate ao Mosquito<br />Substituir a água dos vasos de plantas por terra e manter seco o prato coletor. <br />Utilizar água tratada com cloro (40 gotas de água sanitária a 2,5% para cada litro) para regar plantas. <br />
  9. 9. Vacinação<br /> Pessoas que residem ou viajam para zonas endêmicas de febre amarela devem ser vacinadas. A vacina, com 95% de eficácia, tem validade de 10 anos. <br />Remédio usado para a vacinação<br />
  10. 10. Curiosidades<br />Uma grande epidemia de febre amarela matou mais de 3% da população da cidade brasileira de Campinas no verão do ano de 1889.<br />A febre amarela chegou ao Brasil no século XVII, trazida por embarcações vindas das Antilhas. A primeira epidemia aconteceu em Pernambuco, em 1685.<br />Entre 1850 e 1902, haviam sido registradas 58.063 mortes por febre amarela no Rio de Janeiro.<br />
  11. 11. Herpes<br /> É uma doença viral muito contagiosa, e geralmente benigna. Afeta principalmente a mucosa da boca ou região genital, podendo causar graves complicações neurológicas. <br />Pessoa com Herpes na boca<br />
  12. 12. Herpes vírus Simplex 1 e 2 <br /> O HSV 1 e 2 Podem destruir as células epiteliais e não se manifestam nos neurônios, donde soa reativados em alturas de fragilidade do individuo.<br /> A produção de proteínas virais tem três fases:<br />Herpes Simplex<br />
  13. 13. Herpes Oral e Labial<br /> A infecção por HSV 1 normalmente oral, pode ocorrer da pessoa ter o vírus e apenas eclodir dias, meses ou ate anos depois. O vírus age nos neurônios dos nervos sensitivos.<br />Herpes Labial<br />
  14. 14. Herpes Genital<br /> A infecção com o HSV 2 causa infecção da mucosa genital, no homem e da mulher com sensibilidade dolorosa. Também pode ocorrer no ânus.<br />Herpes genital masculina e feminina<br />
  15. 15. Transmissão<br /> Ocorre através do contado direto entre uma pessoa infectada e uma que não tenha lesão ativa. A infecção através de objetos é menos comum. Os primeiros sintomas começam a aparecer em torno de duas semanas.<br />Por uma relação sexual<br />
  16. 16. Sintomas<br /> Alguns sintomas da herpes são o formigamento, desconforto, coceira e dor.<br /> Estes sintomas podem surgir em várias horas até 2 a 3 dias antes do surgimento das bolhas próprias da manifestação do vírus da herpes.<br />Coceira<br />
  17. 17. Tratamento<br /> Não há vacina nem tratamento definitivo, apesar de alguns remédios especialmente poderem reduzir os sintomas e o perigo de complicações como encefalite. <br />
  18. 18. Curiosidades<br />A infecção dos dedos em profissionais de saúde é dolorosa e adquirida pelo manuseio sem luvas das áreas infectadas de doentes.<br />A Herpes do Gladiador é uma infecção disseminada na pele (adquirida por vezes na luta corpo a corpo daí o nome).<br />E é uma doença que traz muitos incômodos e não tem cura. Apenas remédios para diminuir os sintomas.<br />

×