Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Amor imbativel amor palestra espirita ceha

81 views

Published on

Palestra Espírita CEHA

Published in: Spiritual
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Amor imbativel amor palestra espirita ceha

  1. 1. (S. MATEUS, 7:3 a 5.)
  2. 2. Com que amor DEUS nos criou?Com que amor DEUS nos criou?
  3. 3. Evangelho: O que DEUS juntou, o homem não separa.FasesdoAmor INFANTIL (Possessivo) JUVENIL (Insegurança) MADURO (Pacificador) Busca do prazer real.
  4. 4. Em que momento devemos iniciar a implantação desse amor maduro no espírito? - Na vida intrauterina!
  5. 5. - Relação entre Homem e Mulher (casamento, companheirismo)
  6. 6. É a conquista da monogamia, mediante grandes lutas, o instinto vem sendo superado pela inteligência e pela razão !
  7. 7. Sinceridade?
  8. 8. Como cultivar no espírito este amor imbatível? Na vida intrauterina: • Aceitação do espírito que está chegando; • Emoções • Estar atento na maneira de como estamos vivendo
  9. 9. Infância • LE- 383: Qual é, para o espírito a utilidade de passar pela infância? • R: Durante a infância o espírito é mais acessível aos conselhos recebidos.
  10. 10. O velho pai disse a seu filho, que veio a ele com raiva de um amigo que lhe havia feito uma injustiça:
  11. 11. “Deixe-me contar-lhe uma história. Eu mesmo, algumas vezes, senti grande ódio àqueles que ‘aprontaram’ tanto, sem qualquer arrependimento daquilo que fizeram.
  12. 12. “Todavia, o ódio corrói você, mas não fere seu inimigo. É o mesmo que tomar veneno, desejando que seu inimigo morra. Lutei muitas vezes contra este sentimento”.
  13. 13. E ele continuou: “é como se existissem dois lobos dentro de mim.
  14. 14. Um deles é bom e não magoa. Ele vive em harmonia com todos ao redor dele e não se ofende quando não se teve intenção de ofender. Ele só lutará quando for certo fazer isto, e da maneira correta.
  15. 15. “Mas, o outro lobo, ah!, este é cheio de raiva. Mesmo as pequeninas coisas o lançam num ataque de ira! Ele briga com todos, o tempo todo, sem qualquer motivo. Ele não pode pensar porque sua raiva e seu ódio são muito grandes.
  16. 16. É uma raiva inútil, pois sua raiva não irá mudar coisa alguma! Algumas vezes é difícil de conviver com estes dois lobos dentro de mim, pois ambos tentam dominar meu espírito”.
  17. 17. O filho olhou intensamente nos olhos De seu pai e perguntou: “Qual deles vence, papai?”
  18. 18. O pai sorriu e respondeu baixinho:
  19. 19. “Aquele que eu alimento mais frequentemente dentro de mim”.
  20. 20. Que amor me foi passado? Que amor eu estou passando?
  21. 21. Feridas e cicatrizes da infância Doençasdaalma Insegurança Culpas Ausência de autoestima Incessantes Arrependimentos Medo de amar Tristezas Incertezas Medos Ciumes Ansiedades
  22. 22. Reprogramação da mente Autoaceitação Necessidade de Objetivo Respeitar a vida – Amando-a Fomentar o progresso – trabalhando Construir a felicidade – perseverando Fazer ao outro que quer que lhe façam Eliminam a possibilidade da consciência de culpa, de conflito
  23. 23. Evangelho: Jesus: NÃO VIM TRAZER A PAZ, VIM TRAZER A ESPADA. A PAZ: Quando aceito o sofrimento, não como uma cruz, masoquista, mas como asas de libertação do cárcere material para a conquista da plenitude do ser.
  24. 24. Amorterapia é o processo mediante o qual se pode contribuir conscientemente em favor de uma sociedade mais saudável, logo, mais justa e nobre.
  25. 25. AUTO-AMOR Estima por si mesmo, descobrindo o seu lugar de importância sob o sol da vida.
  26. 26. Ato de gentileza em que a pessoa se dispensa, não permitindo desequilibrar- se com seus atos doentios.
  27. 27. Francisco Candido Xavier: O amor não prende, liberta! Ame porque isso faz bem a você, não por esperar algo em troca. Criar expectativas demais pode gerar decepções. Quem ama de verdade, sem apego, sem cobranças, conquista o carinho verdadeiro das pessoas.
  28. 28. Inato no ser humano, porque procedente do Excelso Amor, pode ser considerado como razão da vida, na qual se desenvolvem as aptidões elevadas do Espírito, assinalado para a vitória sobre as paixões. A síntese proposta por Jesus em torno do amor, é das mais belas psicoterapias que se conhece: Amar a Deus acima de todas as coisas e ao próximo como a si mesmo, em uma trilogia harmônica.
  29. 29. Quando se ama, se é livre. Quando se ama, se é saudável. Quando se ama, se desperta para a plenitude.
  30. 30. Diante, portanto, de qualquer situação, é necessário amar. Desamado, se deve amar. Perseguido, é preciso amar. Odiado, torna-se indispensável amar.
  31. 31. O amor é bênção que luariza as dores morais. O amor proporciona paz. O amor é estímulo permanente. Desse modo, através do Amor, Imbatível Amor, o ser se espiritualiza e avança na direção do infinito, plenamente realizado, totalmente saudável, portanto feliz!
  32. 32. Video japonês superação

×