Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Cidade alegria cr

368 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Cidade alegria cr

  1. 1. Cidade Alegria Trabalho de Sociologia Colégio Resende Anglo Grupo: Áila Spangenberg Gabriella Nunes
  2. 2.  Cidade Alegria é um Bairro do Município de Resende, Estado do Rio de Janeiro, Brasil. É o maior e mais populoso bairro, da cidade. Foi inaugurado em março de 1983. Destaca-se boa qualidade da construção no geral, meio-feio, calçadas, tubulações, hidrantes e eletrificação, poucas vezes vistas no Brasil. O bairro é planejado de casas e apartamentos ao estilo de vila militar ou operários, contando com cinco mil residências. Hoje em dia, com o comércio de rua liberado no bairro os centros comerciais sucumbiram, pois perderam preferência para o comércio das avenidas, refletindo o descaso com zoneamento e planejamento no Brasil e identidade do bairro. Contudo, é um bairro localizado em Resende (RJ), e que, no entanto está se desenvolvendo cada vez mais com comércios, projetos, e com a população de forma geral e econômica.
  3. 3.   Os problemas sofridos no bairro da Cidade Alegria são vários, como em qualquer outro bairro que não se dispunha de tanta infraestrutura. Os problemas mais comuns são: Tráfico de drogas, saúde, assaltos, gravidez precoce, violência, segurança, investimento urbano. Cidade Alegria é um bairro que se dispõe de muitos moradores, mas que, no entanto, é um bairro precário. Com essas condições, e também com esses problemas, é um bairro pequeno, mas que precisa urgentemente de mudanças e ajustes para que assim consiga se desenvolver ainda mais na política, como num todo.
  4. 4.  O tráfico de drogas tem sido um constante problema do bairro, onde levam moradores a utilizar drogas e também a vendê-las. O que torna um bairro propriamente perigoso, por suas condições, e também preocupante. Pois a maioria da população do bairro tem algum envolvimento com drogas. E adquirindo esse problema, adquirem-se outros também. Por exemplo, o jovem que fornece droga, ou um jovem que usa a droga tem um risco gigante de se viciar. Viciando, ele fica pressuposto a não se desenvolver na vida financeira e familiar. Pois ficando viciado, o jovem é capaz de tudo para conseguir utilizar a droga novamente. Então, como muitas vezes acontece, esse jovem agride seus familiares, vendem os móveis da própria casa em busca de droga, e acabam morando nas ruas (onde é o fluxo mais amplo das drogas). Logo, esse jovem fica perdido em um mundo cego e escuro, e com o passar do tempo vê que não construiu nada em sua vida. Os assaltos também é outro aspecto, pois o bairro fica menos protegido e mais perigoso.
  5. 5.  A gravidez precoce é um problema agravante, muitas adolescentes engravidam na faixa dos 12 aos 18 anos, o que torna um problema grave para essas jovens. Pois, por serem muito novas, muita das vezes os pais não a sustentam, ou então o pai da criança não a assume. Gerando assim, frustração para aquela jovem, ocasionando dificuldades financeiras e pessoais.
  6. 6.  Por ser um bairro populoso, as ruas são esburacadas, tendo complicações no investimento urbano da Cidade Alegria. As calçadas não têm um espaço propício para que a população caminhe sem complicações, elas são muito estreitas e fechadas. Tornando um perigo para os moradores, pois aumenta a chance de acidentes de pedestres e de veículos.
  7. 7.  A saúde não é respeitada na Cidade Alegria, pois por mais que tenha um ponto de atendimento24 horas, não é o suficiente. A população precisa de mais qualidade no atendimento e na saúde, precisa de mais médicos especializados. Pois a população é humilde, e precisa de bons serviços que atendam a todos com qualidade especializada, para que o índice de mortalidade e de doenças não seja grave.
  8. 8.  A segurança é outro foco, pois embora tenha uma DP, o policiamento não é intensivo e forte. Tornando assim, um bairro com mais riscos a violência, assaltos, mortes.

×