ApresentaçãO PúBlica  Siresp 15 07 2008
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

ApresentaçãO PúBlica Siresp 15 07 2008

on

  • 4,001 views

O Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal tem vindo a cumprir as metas programadas tendo concluído em Junho a Fase C com a instalação das infra-estruturas previstas nos ...

O Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal tem vindo a cumprir as metas programadas tendo concluído em Junho a Fase C com a instalação das infra-estruturas previstas nos distritos de Viseu, Évora e Beja, bem como no Metropolitano de Lisboa.
Neste momento o SIRESP cobre além daqueles os distritos de Lisboa, Santarém, Coimbra, Leiria e Portalegre o que corresponde a uma taxa de cobertura superior a 50% do território nacional.

Statistics

Views

Total Views
4,001
Views on SlideShare
3,412
Embed Views
589

Actions

Likes
1
Downloads
20
Comments
0

10 Embeds 589

http://opiniao.mai-gov.info 543
http://mpmendespt.blogspot.pt 26
http://mpmendespt.blogspot.com 10
http://translate.googleusercontent.com 3
http://209.85.229.132 2
http://www.slideshare.net 1
http://209.85.135.132 1
http://www.linkedin.com 1
http://mpmendespt.blogspot.nl 1
https://www.linkedin.com 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

ApresentaçãO PúBlica  Siresp 15 07 2008 ApresentaçãO PúBlica Siresp 15 07 2008 Presentation Transcript

  • SIRESP Ponto de situação do projecto e apresentação das Estações Móveis Sistema Integrado das Redes de Emergência e Segurança de Portugal 15 de Julho de 2008
  • Entidade Gestora Engº Carlos Machado Sub-Director Geral da DGIE
  • Sumário
    • Enquadramento
      • Definição do projecto
      • Dados técnicos
      • Entidade Gestora (DGIE)
    • Ponto de situação do projecto
      • Execução técnica
  • Enquadramento Definição do projecto
    • SIRESP – Sistema Integrado das Redes de Emergência e Segurança de Portugal
    • Rede nacional baseada na tecnologia de comunicações trunking digital TETRA
    • Parceria Público Privada (PPP)
    • Contrato SIRESP
      • Objecto Concepção, projecto, fornecimento, montagem, construção, gestão e manutenção de um sistema integrado de tecnologia trunking digital para a rede de emergência e segurança de Portugal
      • Data de assinatura 4 de Julho de 2006
      • Duração 15 anos
      • Entrada em serviço Junho de 2007 (distritos de Lisboa e Santarém)
      • Janeiro de 2010 (todo o Continente e Madeira)
    Entidade Gestora (MAI/DGIE) Entidade Operadora (SIRESP, S.A.) PPP
  • Enquadramento Dados técnicos
    • Rede com cobertura nacional (continente e ilhas)
      • 532 Estações Base (antenas de radio-comunicações)
      • 4 comutadores no continente, um comutador em cada região autónoma e um comutador de testes
      • 66 centros de despacho
      • 53500 utilizadores
      • 2 Estações Móveis
    • Níveis de serviço (SLA – Service Level Agreement)
  • Enquadramento Entidade Gestora (DGIE)
    • Funções
      • Acompanhamento da Implementação do Projecto
      • Gestão do contrato entre o ex-GEPI e a Siresp S.A.
      • Fiscalização das actividades da Operadora
      • Gestão de protocolos com outras entidades de acordo com RCM
      • Avaliação de novas necessidades do Projecto
    • Centro de Supervisão
      • Help-Desk
      • Activações/Configurações
      • Gestão do Serviço
      • Gravação de Voz
      • Reclamações/Participações
      • Definição dos processos
  • Ponto de situação do projecto Execução técnica (1) Açores Madeira Metro Porto Legenda : C D D D D D G Em operação Maio 2007 Dezembro 2007 Junho 2008 =
    • Sucesso total na entrega da Fase C (mais de 50% do território nacional)
    Metro Lisboa 252 estações Faro Beja Setúbal Évora Portalegre Santarém Lisboa Leiria Castelo Branco Coimbra Guarda Viseu Aveiro Porto Bragança Vila Real Braga Viana do Castelo A A B B B C C E E E E E F F F C
  • Ponto de situação do projecto Execução técnica (2) 4 despachos 2 NM locais Sistema de Referência 4 Estações Base 1 EB teste 1 NM local Açores 1 EB teste 1 NM local 119 Estações Base 15 Viana do Castelo 19 Braga 19 Vila Real 28 Bragança 29 Porto 9 Porto Metro Porto 19 despachos 6 locais 1 EB teste 1 NM local 153 Estações Base 17 Aveiro 30 Viseu 23 Guarda 28 Coimbra 22 Castelo Branco 19 Leiria 14 Portalegre Coimbra 1 EB teste 1 NM local 149 Estações Base 29 Lisboa 31 Lisboa Metro 33 Santarém 23 Setúbal 31 Évora 2 Estações Móveis Lisboa 1 EB teste 1 NM local 72 Estações Base 37 Beja 35 Faro Faro 16 despachos 7 locais 1 EB teste 1 NM, 1 DC locais Madeira Aveiro 7 despachos 3 locais Leiria 7 despachos 3 locais 18 despachos 7 locais GNR Lx. Açores Madeira 2 SRCPM Em Operação Legenda: 17 despachos 6 locais PSPLx. 24 despachos 10 locais Braga 8 despachos 3 locais 30 Estações .. Base 11 (+18) Estações .. Base 23 despachos 8 locais Estações Móveis 2 Estações RN Z1r Z2r RN Z1a RN Z4 Z5 RN Z6 Z7 RN Z1 Z2 RN Z3 CEB Z1m RN RN RN 4 NMT’s (Gestora) 6 NMT’s (Operadora) Faro Beja Setúbal Évora Portalegre Santarém Lisboa Leiria Castelo Branco Coimbra Guarda Viseu Aveiro Porto Bragança Vila Real Braga Viana do Castelo RN RN MBTS VSAT
  • Entidade Operadora Prof. Pedro Vitor Presidente do Conselho de Administração da SIRESP, S.A.
  • Sumário
    • Enquadramento
      • Entidade Operadora e fornecedores principais
    • Ensaios de cobertura
      • Distritos de Lisboa e Santarém
    • Evolução do projecto
      • Próximas fases
    • Estações Móveis
      • Características técnicas
      • Cenários de operação
    • Conclusões
  • Enquadramento Entidade Operadora e fornecedores principais
    • SIRESP, Gestão de Redes Digitais de Segurança e Emergência S.A.
    • Accionistas
    • Fornecedores principais
    MOTOROLA Infra-estrutura rádio (tecnologia TETRA) PT/TMN Links de comunicações, operação e supervisão DATACOMP Sistema de Informação
  • Ensaios de cobertura Distritos de Lisboa e Santarém
    • Ensaios de cobertura outdoor relativos à Fase A (Lisboa e Santarém)
    • Percentagem de cobertura
    • Medido Requerido
      • Zonas urbanas 99,85% >95%
      • Zonas rurais 99,89% >90%
      • Edifícios zonas urbanas 97,53% >80%
      • Edifícios zonas rurais 95,07% >50%
  • Evolução do projecto Próximas fases Açores Madeira Metro Porto Legenda : C D D D D D G Em operação Em construção (FASE D) Metro Lisboa A implementar Faro Beja Setúbal Évora Portalegre Santarém Lisboa Leiria Castelo Branco Coimbra Guarda Viseu Aveiro Porto Bragança Vila Real Braga Viana do Castelo A A B B B C C E E E E E F F F C Fase Distrito Nº Estações Base A Lisboa Santarém 60 33 B Leiria Coimbra Portalegre 19 28 14 C Viseu Évora Beja 30 31 37 D Porto Aveiro Setúbal R.A. Madeira 38 17 23 11 E V. Castelo 1 Braga Guarda Castelo Branco Faro 4 19 23 22 35 F V. Castelo 2 Vila Real Bragança 11 19 28 G R.A. Açores 30 TOTAL 532
  • Estações Móveis Características técnicas
    • Duas viaturas equipadas com tecnologia TETRA
    • Mastro telescópico com antena de 15m
    • Ligação ao comutador através de comunicação via satélite (VSAT)
    • Ar condicionado, grupo gerador e UPS
    Estação Móvel Antena TETRA Rede SIRESP Antena VSAT Satélite VSAT Utilizadores MBTS (Estação Base) Estação VSAT Comutador TETRA UPS Gerador Estação Base Estação Base
  • Estações Móveis Cenários de utilização
    • Expansão da rede em situações de catástrofe
    • Acréscimo da capacidade da rede em acções envolvendo grande número de meios operacionais
    • Serviço temporário de comunicações em zonas de cobertura limitada
    • Substituição de uma estação base inoperacional
    • Aumento temporário da cobertura interior de edifícios
    • Cobertura temporária em túneis
  • Conclusões
    • Cumprimento do calendário e dos orçamentos previstos
    • Conclusão da Fase C do projecto em Junho de 2008
    • Mais de 50% de cobertura do território nacional - 252 estações instaladas
    • Ensaios nos distritos de Lisboa e Santarém indicam que a cobertura supera largamente o requerido no Contrato
    • As Estações Móveis permitem o reforço de cobertura e capacidade da rede em situações críticas