91910 Folheto  Vila  F Xira
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

91910 Folheto Vila F Xira

on

  • 1,000 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,000
Views on SlideShare
998
Embed Views
2

Actions

Likes
0
Downloads
1
Comments
0

2 Embeds 2

http://www.linkedin.com 1
https://www.linkedin.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

91910 Folheto  Vila  F Xira 91910 Folheto Vila F Xira Document Transcript

  • AUTÁRQUICAS 2009 CONSTÂNCIO CARLA C ARLOS PATRÃ candidata à Asse mbleia Mu O candidato à Câmara Munic nicipal ipal MAIS BLOCO DE ESQUERDA ME NOS BLOCO S DE BETÃO BLOCO dos espaços públicos. A lógica de criar empresas para buição não pode submeter-se ao lucro que preside às REABILITAR É CRIAR substituir serviços municipais não pode sobrepor-se ao empresas privadas. interesse comum e muito menos transformar-se em No ensino, a prioridade municipal deve ser a infância, EMPREGO agência de colocação das clientelas partidárias. Os nomeadamente criando creches e jardins-de-infância serviços municipais devem ser transparentes: acesso fácil públicos, bem como centros escolares modernos e dev- Ao reduzir o investimento público, o PS agravou a re- a processos, concursos públicos para adjudicações, par- idamente equipados para o primeiro ciclo do ensino cessão. Agora, as grandes obras como o novo aeroporto ticipação cidadã no planeamento e ordenamento, con- básico. e o TGV tardarão muito a ter efeito na economia. O Bloco cursos de ideias, referendos locais. Devem ser criados gabinetes municipais que apoiem os de Esquerda defende mais investimento público, mas As autarquias não podem promover o trabalho precário. desempregados, as famílias sobreendividadas, os jovens com objectivos claros e imediatos: resolver o problema A quem lhes fornece serviços devem exigir respeito pelos e os idosos com dificuldades. Os municípios devem da habitação e da reabilitação urbana, criando emprego. direitos laborais e serem as próprias a integrar todos os participar na rede de centros de saúde para exigir qua- Em Portugal, há 500 mil casas desocupadas e degradadas, trabalhadores com funções efectivas. lidade na saúde pública. centros de vilas e cidades desertificados. Ao mesmo tempo, a especulação imobiliária e os juros bancários negam a muita gente o direito à habitação. VIVER PARTICIPAÇÃO, É urgente um plano extraordinário de apoio do Estado aos municípios na reabilitação das casas degradadas COM QUALIDADE A VOZ DA CIDADANIA que, depois de reabilitadas, são colocadas numa Bolsa de arrendamento a preços controlados, até o investimen- É prioridade do Bloco a resposta aos problemas sociais, É preciso trocar o ciclo do betão por um novo ciclo to ter sido recuperado. às dificuldades das pessoas, articulando os municípios autárquico em que as pessoas sejam a prioridade. O IMI deve ser aumentado para as casas desocupadas e e as redes sociais a fim de criar equipamentos e serviços É urgente uma nova política de solos e a regulamentação diminuído quando se trate de casas reabilitadas e man- adequados para intervir preventivamente seja sobre a das mais-valias resultantes da transformação do seu uso. tidas no mercado de arrendamento. pobreza, o abandono escolar, as exclusões, as Só assim se pode conter a desordenada expansão dos discriminações, a solidão ou a violência urbana. O Bloco subúrbios, os negócios especulativos e o tráfico de in- defende redes suburbanas tendencialmente gratuitas fluências. DEFENDER de transporte público, para mudar profundamente o O Bloco empenhar-se-á na criação de instrumentos e modo de deslocação. A aposta é na criação/modernização formas de participação activa dos munícipes na definição O ESPAÇO PÚBLICO dos transportes públicos, como opção fundamental para e execução das políticas públicas, como é o caso do uma circulação mais eficiente e com ganhos ambientais, Orçamento Participativo, para possibilitar a decisão das O Bloco de Esquerda bater-se-á sempre pela defesa do económicos, de segurança rodoviária e de mobilidade. populações sobre parte do investimento a realizar pelo interesse público, nomeadamente na gestão e valorização A água é um bem público, escasso e vital. A sua distri- município. BLOCO DE ESQUERDA SEDE DE CAMPANHA: RUA MIGUEL BOMBARDA, 137, 1º ANDAR - 2600 V. F. XIRA e-mail: vilafranca@bloco.org - blog: http://blocovfxira2009.blogspot.com/
  • OS BLOCOS DE BETÃO, MEN MA IS BLOCO DE ESQUERDA Porquê Bloco de Esquerda? Carlos Patrão Carla Constâncio, Joaquim Perdigoto Câmara Municipal Assembleia Municipal AF Póvoa de Stª. Iria 42 anos Engº Sistemas 33 anos Advogada 37 anos, Mot. de Serviços Públicos Pela transparência. Todas as medidas tomadas pelos órgãos autárquicos têm de ser conhecidas pelos cidadãos, assim como os seus fundamentos. Pela defesa da participação dos cidadãos nas decisões autárquicas. Luís Travessa AF Forte da Casa Maria do Carmo AF Alverca do Ribatejo Luís Costa AF Sobralinho Pela defesa do ambiente, e combate ao PDM 36 anos Técnico Logística 46 anos Professora 36 anos Técnico de Comunicação aprovado pelo PS que aumenta o perímetro urbano e diminui as reservas agrícolas e ecológicas. O BE candidata-se para governar Vila Franca de Xira, catalisar uma mudança nas políticas que têm vindo a ser implementadas. Romper com as políticas que Rui Perdigão AF Alhandra Fernando Matos AF Vila Franca de Xira conduziram o Concelho a ser um dormitório e uma 31 anos 47 anos Arquitecto Professor zona de armazenagem de Lisboa. Para mais informações consultar o programa em: http://blocovfxira2009.blogspot.com/ CINCO COMPROMISSOS PARA VILA FRANCA DE XIRA: O Bloco de Esquerda apresentou a sua algumas diferenças de opinião. Visa defender a travão na construção desenfreada, acabar com candidatura à Câmara Municipal e à Assembleia identidade do concelho, e obstar que este se os projectos megalómanos, tipo Nova Vila Franca Municipal de Vila Franca de Xira, e a seis das reduza a um dormitório e armazém da Grande ou Plataforma Logística da Castanheira, proceder onze freguesias do concelho, que são: Alhandra, Lisboa. à reconversão do território, da mobilidade e do Alverca, Forte da Casa, Póvoa de Santa Iria, ambiente, melhorar a segurança e o bem-estar Sobralinho e Vila Franca de Xira. Esta candidatura Propomo-nos também assumir as orientações dos cidadãos. pretende implementar uma mudança de e experiências das entidades que já concretizam paradigma no que têm sido as políticas as políticas da Agenda Local XXI, e as que Para concretizar as políticas que pretendemos dominantes no concelho e preconiza uma série constam da Carta de Aalborg. A realização de de medidas, que pressupõem os pontos uma Conferência Local da Agenda Local XXI pôr em prática, vamos propor uma série de seguintes: sobre políticas de solos e a análise das medidas concretas, de diversa natureza e conclusões obtidas permitir-nos-ão consolidar alcance, agrupadas em 8 áreas que • Transparência das decisões a tomar pelos políticas sociais e económicas e preparar uma consideramos estruturantes: órgãos autárquicos. Carta Ecológica Urbana. A criação de uma • Incremento da participação dos cidadãos Agência de Urbanismo e de uma Autoridade Políticas Sociais / II. Mobilidade / III. Ambiente e naquelas decisões. Organizadora do Transporte Urbana permitirá Urbanismo / IV. Saúde e Desporto / V. Educação, • Combate às discriminações de todo o tipo. criar instrumentos para a avaliação dos Cultura, Património e Lazer / VI. Participação • Defesa dos direitos dos trabalhadores. Diálogo desperdícios de tempo e de espaço e dos Cívica / VII. Desenvolvimento Económico / VIII. permanente com as empresas, instituições e aumentos das emissões de gases, e para a Segurança e Protecção Civil; colectividades do concelho. integração e coerência das políticas de No blogue VILA FRANCA DE XIRA 2009-2013 • Promoção de uma política de protecção do urbanismo, mobilidade e ambiente. PELO OLHAR DO BE, a que se pode ter acesso meio ambiente. Os objectivos estratégicos acima enumerados pelo endereço A nossa candidatura exclui a crítica pela crítica são essenciais para conseguir alterar as políticas http://blocovfxira2009.blogspot.com, está e os sectarismos partidários. Compromete-se a de ocupação e uso do solo no concelho de Vila colocado o nosso programa, que pode ser lido respeitar e analisar as propostas de outros Franca de Xira, e pôr fim à especulação em formatos pdf e html, e fazer os comentários sectores, mesmo daqueles com que tem imobiliária que o tem devastado. E para pôr que se julguem adequados. esquerda.net