Ri - Aula 7

465 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
465
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
6
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Ri - Aula 7

  1. 1. Relações Interpessoais Leopoldo Antonio de Oliveira Neto [email_address] Especialização em administração para graduados (CEAG-SP) Curso de Verão 2011/1 Aula 7
  2. 2. Relação intragrupal – gestão, poder, conflito, e resistências Autovaliação - Avaliação dos pares e do grupo Dinâmicas TEMAS DA AULA [email_address]
  3. 3. <ul><ul><li>A confiança é o que permite correr riscos nas relações humanas. </li></ul></ul><ul><ul><li>É o não-dito que une os associados em vez do explícito presente nos contratos. </li></ul></ul><ul><ul><li>É a conivência oposta ao controle meticuloso. </li></ul></ul><ul><ul><li>É o que permite a eficácia na comunicação humana. </li></ul></ul><ul><ul><li>Ela se constrói numa certa circularidade e reciprocidade porque temos mais tendência a confiar em quem confia em nós e aceitamos correr riscos com os que aceitam correr riscos conosco. </li></ul></ul><ul><ul><li>A confiança se constrói nas ações que necessitam interações fortes e através de desafios aceitos juntos . </li></ul></ul>Confiança Jean Bartoli [email_address]
  4. 4. Gerar confiança e o comprometimento Construir senso de justiça com a transparência e o respeito Elevar e sustentar a energia, a participação e a colaboração Valorizar a relação e o vínculo Construir o significado e as condições para sua sustentação Procurar sempre... Cultivar um alto padrão de ética pessoal e profissional <ul><li>Lembrar que: </li></ul><ul><ul><li>As relações éticas no mundo dos negócios devem estar fundamentadas na lealdade, justiça e confiança </li></ul></ul>[email_address]
  5. 5. Poder <ul><li>Poder legítimo: inerente à estrutura organizacional, como um cargo ou uma função predefinidos e compartilhados na cultura da empresa. </li></ul><ul><li>Poder de recompensa: reforço e reconhecimento de determinado comportamento ou meta atingida. </li></ul><ul><li>Poder coercitivo: relaciona-se com a autoridade que aplica punições visando eliminar, reduzir ou controlar comportamentos e atitudes indesejados em determinado contexto social. </li></ul>[email_address]
  6. 6. <ul><li>Micro-análise do poder - o que observar: </li></ul><ul><ul><li>Poder e influência estão no cerne do trabalho executivo </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Identificar Atores poderosos </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>- Posição, reputação e temas que os atraem (Quem manda?) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Identificar as bases de poder e as habilidades de uso de cada Ator </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>- Poder discricionário sobre recursos, centralidade e alcance na aplicação de recursos (Com qual modelo – gestão?) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Identificar como e para qual fim cada Ator usa seu poder </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>- Diagnóstico, controle emocional, escolha situacional da base de poder, flexibilidade no uso de recursos (Com que intenção – motivação – valores?) </li></ul></ul></ul>
  7. 7. <ul><li>Macro-análise do poder – o que observar: </li></ul><ul><ul><li>Perspectiva do gestor : estratégias políticas são necessárias para se atingir os objetivos organizacionais e defender ou avançar seus interesses (percepção da realidade – foco de sua atenção a partir de sua intenção e recursos) </li></ul></ul><ul><ul><li>Perspectiva do cidadão : poder das organizações deve ser reconhecido, compreendido e canalizado para objetivos da sociedade (quais os sistemas e modelos de gestão que modelam os padrões da sociedade e através de quais mensagens?) </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Redes </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Formais </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Informais </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Ligações de redes </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Fluxo de informações </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Fluxo de recursos </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Patrocínio e alianças </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Vínculos ideológicos </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Acesso informal ao processo de decisões formais </li></ul></ul></ul></ul>
  8. 8. <ul><li>Para desenvolver a base de poder e as estratégias políticas: </li></ul><ul><ul><li>Compreender a si mesmo, ampliar o autoconhecimentos (feedbacks) </li></ul></ul><ul><ul><li>Compreender o cenário político mediante uma visão multidimensional do poder em suas várias instâncias </li></ul></ul><ul><ul><li>Identificar as fontes de poder </li></ul></ul><ul><ul><li>Trabalhar para alterar o cenário político, com a adoção de um sistema e modelo de gestão que possibilite a aquisição das informações e da capacitação relevantes aos objetivos a alcançar </li></ul></ul><ul><ul><li>Desenvolver networks, desenvolver credibilidade e ampliar rede de parceiros </li></ul></ul>
  9. 9. <ul><li>Para próxima aula (8ª) (conclusão do que não pode ser finalizado) </li></ul><ul><li>Tarefas: </li></ul><ul><li>1) Enviar para [email_address] , conforme modelo apresentado, a seguir: </li></ul><ul><ul><li>sua autovaliação , </li></ul></ul><ul><ul><li>a avaliação de seus pares </li></ul></ul><ul><ul><li>a avaliação de sua equipe como um todo </li></ul></ul>[email_address]
  10. 10. CEAG-RI-111 - janeiro 2011 Você deve avaliar a sua participação e a de seus colegas de grupo, na planilha, a seguir . Este material será tratado com toda confidencialidade. Encaminhe um e-mail para [email_address] anexando esta planilha. Seu nome: ________________     Apreciarei seus comentários e sugestões quanto a metodologia utilizada nesta disciplina. Agradeço sua colaboração. prof. Leopoldo Antonio de Oliveira Neto Comentários e sugestões: [email_address]

×