Your SlideShare is downloading. ×
Plano de contas elaboração
Plano de contas elaboração
Plano de contas elaboração
Plano de contas elaboração
Plano de contas elaboração
Plano de contas elaboração
Plano de contas elaboração
Plano de contas elaboração
Plano de contas elaboração
Plano de contas elaboração
Plano de contas elaboração
Plano de contas elaboração
Plano de contas elaboração
Plano de contas elaboração
Plano de contas elaboração
Plano de contas elaboração
Plano de contas elaboração
Plano de contas elaboração
Plano de contas elaboração
Plano de contas elaboração
Plano de contas elaboração
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Plano de contas elaboração

3,881

Published on

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
3,881
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
110
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. PLANO DE CONTAS Critérios Para Elaboração Sumário • 1. Considerações Iniciais • 2. Codificação • 3. Abertura de Contas Novas • 4. Manual de Contas • 5. Estrutura e Classificação Das Contas Patrimoniais • 6. Modelo de Plano de Contas • 6.1 - Elenco de Contas Proposto Para a Empresa Comercial • 6.2 - Elenco de Contas Proposto Para Empresa Industrial • 6.3 - Elenco de Contas Proposto Para a Empresa Construtora e Imobiliária 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS Basicamente, a montagem adequada de um Plano de Contas deve levar sempre em consideração a necessidade de atendimento aos usuários da informação contábil. O Plano de Contas deve ser elaborado por um profissional especializado na área contábil, através de um estudo prévio, considerando-se os seguintes aspectos: a) conhecimento adequado do tipo do negócio da empresa; b) porte da empresa, volume e tipo de transações; c) recursos materiais disponíveis na empresa ou da parte de quem vai processar o sistema contábil; d) necessidade de informação dos usuários, internos ou externos, especialmente quanto ao grau de detalhamento e saldos das transações mais relevantes para a gerência dos negócios. Não se pode perder de vista que o plano a ser elaborado precisa conter os detalhes mínimos exigidos para efeito da legislação do Imposto de Renda, para os seus acionistas ou para terceiros. Mas, prioritariamente, o Plano de Contas deve atender às necessidades de informação da administração da empresa. 2. CODIFICAÇÃO A codificação deve ser feita de acordo com a estrutura do Plano de Contas e que permita que se identifique, sem permeio, as contas patrimonial e de resultado. A atribuição de códigos às contas deve levar em conta o tamanho da empresa e o tipo de equipamento utilizado para a contabilização. Desta forma, as grandes empresas costumam ter até 18 dígitos para cada conta. Para as pequenas empresas, por sua vez, 4 digítos são suficientes para a elaboração de um bom plano. Quando da codificação das contas, a estrutura adotada deve deixar condições - espaço - para inúmeros acréscimos, levando-se em consideração a possibilidade futura de inserção de novas contas. 3. ABERTURA DE CONTAS NOVAS
  • 2. É importante que apenas uma pessoa da empresa (contador ou controller) tenha autorização para efetuar a abertura de contas novas no plano. Esse procedimento evita a inclusão em duplicidade de contas iguais em termos de conteúdo, mas com nomes e códigos distintos. 4. MANUAL DE CONTAS O Manual de Contas é o conjunto de instruções que detalham o uso de cada uma das contas do plano. Nele é especificado quais os lançamentos que cada conta deve receber, bem como a contrapartida que, normalmente, é feita com a movimentação dessa conta. No referido manual podem ser estabelecidos os critérios que a empresa adota em relação à avaliação de estoque e outros ativos, depreciação e amortização, ativação de bens, avaliação de contas do passivo, etc. 5. ESTRUTURA E CLASSIFICAÇÃO DAS CONTAS PATRIMONIAIS A estrutura básica das contas patrimoniais e de resultados deve ser a seguinte: 1. Ativo; 2. Passivo; 3. Receitas; 4. Despesas. De acordo com a Lei nº 6.404/76, as contas serão classificadas segundo os elementos do patrimônio que registrem, e agrupadas de modo a facilitar o conhecimento e a análise da situação financeira da companhia. No ativo, as contas serão dispostas em ordem decrescente do grau de liquidez dos elementos nelas registrados, nos seguintes grupos: 1.1. Ativo Circulante; 1.2. Ativo Realizável a Longo Prazo; 1.3. Ativo Permanente - Investimentos; 1.4. Ativo Permanente - Imobilizado; 1.5. Ativo Permanente - Diferido. No passivo, por sua vez, as contas serão dispostas em ordem decrescente de exigibilidade, apresentando o seguinte grupamento: 2.1. Passivo Circulante; 2.2. Passivo Exigível a Longo Prazo; 2.3. Resultado de Exercícios Futuros; 2.4. Patrimônio Líquido; 2.4.1 - Capital de Social; 2.4.2 - Reserva de Capital; 2.4.3 - Reserva de Reavaliação - Ativos Próprios; 2.4.4 - Reserva de Reavaliação - Empresas Ligadas; 2.4.5 - Reserva de Lucros; 2.4.6 - Lucros ou Prejuízos Acumulados. 6. MODELO DE PLANO DE CONTAS Este trabalho não tem a pretensão de apresentar um modelo padrão de Plano de Contas, uma vez que cada empresa tem a sua particularidade e, além disso, o elenco de contas proposto pode ser modificado em razão da atividade - indústria, comércio, agropecuária, construção civil, etc. No entanto, o elenco sugerido serve de contribuição para a elaboração de um Plano de Contas condizente com cada tipo de empresa desde que, é claro, sejam efetuadas as adaptações necessárias.
  • 3. Nossa sugestão, portanto, resume-se na estruturação de três planos de contas, um que pode ser aplicado a empresa comercial, a empresa industrial e outro a empresa que explora a atividade imobiliária, cabendo, pois, ao profissional da área contábil, proceder ao detalhamento ou exclusão e à codificação das contas com a finalidade de adaptá-lo às necessidades da empresa. 6.1 - Elenco de Contas Proposto Para a Empresa Comercial 1.1. ATIVO CIRCULANTE 1.1.1. Disponibilidades 1.1.1.1. Caixa 1.1.1.2. Bancos c/ Movimento 1.1.1.3. Numerário em Trânsito 1.1.1.4. Aplicações Financeiras FAF 1.1.1.5. Depósitos Bancários Vinculados 1.1.2. Clientes 1.1.2.1. Duplicatas a Receber 1.1.2.2. Duplicatas a Receber - Empresas Ligadas 1.1.2.3. (-) Venda p/ Entrega Futura 1.1.2.4. (-) Duplicatas Descontadas 1.1.2.5. (-) Créditos de Liquidação Duvidosa 1.1.3. Créditos Diversos 1.1.3.1. Títulos a Receber 1.1.3.2. Empréstimos a Receber 1.1.3.3. Cheques a Receber 1.1.3.4. Lucros e Dividendos a Receber 1.1.3.5. Bancos - Contas Vinculadas 1.1.3.6. (-) Créditos de Liquidação Duvidosa 1.1.4. Adiantamentos a Funcionários 1.1.4.1. Adiantamento p/ Viagens 1.1.4.2. Adiantamento p/ Despesas 1.1.4.3. Adiantamento de Salários 1.1.4.4. Adiantamento de 13º Salário 1.1.4.5. Adiantamento de Férias 1.1.5. Adiantamentos a Terceiros 1.1.5.1 - Adiantamento p/ Viagens 1.1.5.2 - Adiantamento p/ Despesas 1.1.5.3 - Adiantamento a Fornecedores 1.1.6. Impostos e Contribuições a Recuperar 1.1.6.1. ICMS a Recuperar 1.1.6.2. IRRF s/ Aplicações Financeiras a Recuperar 1.1.6.3. IRRF s/ Receitas de Serviços a Recuperar 1.1.6.4. Cofins a Recuperar 1.1.6.5. PIS a Recuperar 1.1.6.6. ISS a Recuperar 1.1.7. Aplicações Financeiras 1.1.7.1. Depósito a Prazo Fixo Pós-Fixado 1.1.7.2. Letras de Câmbio 1.1.7.3. Títulos de Estatais 1.1.7.4. Debêntures 1.1.7.5. Mercado de Ações 1.1.7.6. Aplicação em Ouro 1.1.7.7. Títulos e Valores Mobiliários 1.1.7.8. (-) Provisão p/ Ajuste ao Valor de Mercado 1.1.7.9. (-) Provisão p/ Perdas 1.1.8. Estoques 1.1.8.1. Mercadorias p/ Revenda 1.1.8.2. Almoxarifado 1.1.8.3. (-) Provisão p/ Ajuste ao Valor de Mercado 1.1.9. Despesas a Apropriar
  • 4. 1.1.9.1. Prêmios de Seguros 1.1.9.2. Encargos Financeiros 1.1.9.3. Assinaturas de Publicações 1.1.9.4. Aluguéis e Arrendamentos 1.2. ATIVO REALIZÁVEL A LONGO PRAZO 1.2.1. Títulos a Receber 1.2.1.1. Créditos c/ Acionistas e Quotistas 1.2.1.2. Créditos c/ Diretores 1.2.1.3. Créditos c/ Empresas Ligadas 1.2.1.4. Depósitos Bancários Vinculados 1.2.2. Aplicações Financeiras 1.2.2.1. Depósito a Prazo Fixo Pós-Fixado 1.2.2.2. Letras de Câmbio 1.2.2.3. Títulos de Estatais 1.2.2.4. Debêntures 1.2.2.5. Mercado de Ações 1.2.2.6. Aplicação em Ouro 1.2.2.7. Títulos e Valores Mobiliários 1.2.2.8. (-) Provisão p/ Ajuste ao Valor de Mercado 1.2.2.9. (-) Provisão p/ Perdas 1.2.3. Empréstimos Compulsórios 1.2.4. Impostos e Contribuições a Recuperar 1.2.5. Adiantamentos a Terceiros 1.2.6. Despesas a Apropriar 1.2.7. Depósitos por Incentivos Fiscais 1.2.7.1. Finor 1.2.7.2. Finam 1.2.7.3. Funres 1.2.7.4. (-) Provisão p/ Perdas 1.3. ATIVO PERMANENTE - INVESTIMENTOS 1.3.1. Participações Societárias 1.3.1.1. Empresas Controladas 1.3.1.2. Empresas Coligadas 1.3.1.3. Ágio na Aquisição de Investimentos 1.3.1.4. (-) Amortização Acumulada do Ágio 1.3.1.5. (-) Deságio na Aquisição de Investimentos 1.3.1.6. Amortização Acumulada do Deságio 1.3.1.7. (-) Provisão p/ Perdas c/ Investimentos 1.3.2. Participações Societárias em Outras Empresas 1.3.3. Participações por Incentivos Fiscais 1.3.3.1. Finor 1.3.3.2. Finam 1.3.3.3. Funres 1.3.3.4. Reflorestamento 1.3.3.5. (-) Provisão p/ Perdas 1.3.4. Aplicações em Outros Investimentos 1.3.4.1. Imóveis e Construções 1.3.4.2. (-) Depreciação Acumulada 1.4. ATIVO IMOBILIZADO 1.4.1. Imóveis 1.4.1.1. Terrenos 1.4.1.2. Edifícios - Administração 1.4.1.3. Edifícios - Vendas 1.4.2. Móveis e Utensílios 1.4.2.1. Móveis e Utensílios - Escritório 1.4.2.2. Móveis e Utensílios - Vendas 1.4.3. Veículos 1.4.3.1. Caminhões 1.4.3.2. Automóveis 1.4.3.3. Tratores
  • 5. 1.4.4. Máquinas e Equipamentos 1.4.4.1. Máquinas e Equipamentos - Escritório 1.4.4.2. Máquinas e Equipamentos - Vendas 1.4.5. Recursos Naturais 1.4.5.1. Florestas 1.4.6. Marcas, Direitos e Patentes 1.4.6.1. Direito de Uso de Telefone 1.4.7. Imobilizado em Andamento 1.4.7.1. Importação em Andamento 1.4.8. (-) Depreciação, Amortização e Exaustão acumuladas 1.4.8.1. (-) Depreciação Acumulada de Móveis e utensílios 1.4.8.2. ... 1.4.8.3. ... 1.5. ATIVO DIFERIDO 1.5.1. Gastos Pré-Operacionais 1.5.1.1. Gastos de Organização 1.5.1.2. Gastos de Reorganização 1.5.2. (-) Amortização Acumulada 1.5.2.1. ... 1.5.2.2. ... 2.1. PASSIVO CIRCULANTE 2.1.1. Empréstimos e Financiamentos 2.1.1.1. Empréstimos Bancários 2.1.1.2. Empréstimos do Exterior 2.1.1.3. Financiamentos Bancários 2.1.1.4. Financiamentos do Exterior 2.1.1.5. Títulos a Pagar 2.1.1.6. Adiantamento s/ Contrato de Câmbio 2.1.2. Fornecedores 2.1.2.1. Fornecedores Nacionais 2.1.2.2. Fornecedores do Exterior 2.1.3. Impostos e Contribuições a Recolher 2.1.3.1. ICMS 2.1.3.2. IRPJ 2.1.3.3. Contribuição Social s/ Lucro Líquido 2.1.3.4. PIS 2.1.3.5. Cofins 2.1.3.6. IRRF 2.1.3.7. ISS 2.1.3.8. INSS 2.1.3.9. FGTS 2.1.3.10. Contribuição Sindical 2.1.4. Contas a Pagar 2.1.4.1. Salários 2.1.4.2. Honorários 2.1.4.3. Fretes e Carretos 2.1.4.4. Gratificações 2.1.4.5. Aluguéis 2.1.4.6. Energia Elétrica 2.1.4.7. Telefone 2.1.4.8. Água e Esgoto 2.1.4.9. Comissões 2.1.4.10. Seguros 2.1.5. Obrigações c/ Terceiros 2.1.5.1. Adiantamento de Clientes 2.1.5.2. Arrendamento Mercantil a Pagar 2.1.6. Dividendos e Lucros a Pagar 2.1.7. Provisões p/ Tributos e Contribuições 2.1.7.1. Provisão p/ Imposto de Renda 2.1.7.2. Provisão p/ Contribuição Social s/ Lucro Líquido
  • 6. 2.1.8. Outras Provisões 2.1.8.1. Provisão p/ Férias 2.1.8.2. Provisão p/ 13º Salário 2.2. PASSIVO EXIGÍVEL A LONGO PRAZO 2.2.1. Empréstimos e Financiamentos 2.2.1.1. Empréstimos Bancários 2.2.1.2. Empréstimos do Exterior 2.2.1.3. Financiamentos Bancários 2.2.1.4. Financiamentos do Exterior 2.2.1.5. Adiantamento s/ Contrato de Câmbio 2.2.2. Obrigações com Terceiros 2.2.2.1. Arrendamento Mercantil a Pagar 2.2.2.2. Créditos de Acionistas e Quotistas 2.2.2.3. Créditos de Empresas Ligadas 2.3. RESULTADO DE EXERCÍCIOS FUTUROS 2.3.1. Receitas de Exercícios Futuros 2.3.2. (-) Custos de Exercícios Futuros 2.4. PATRIMÔNIO LÍQUIDO 2.4.1. Capital Social 2.4.1.1. Capital Social Subscrito 2.4.1.2. (-) Capital Social a Integralizar 2.4.1.3. (-) Ações em Tesouraria e/ou Quotas Liberadas 2.4.2. Reservas de Capital 2.4.2.1. Ágio na Emissão de Ações 2.4.2.2. Incentivos Fiscais 2.4.3. Reservas de Reavaliação - Ativos Próprios 2.4.3.1. Reavaliação de Imóveis 2.4.3.2. Reavaliação de Edifícios 2.4.3.3. Reavaliação de Máquinas e Equipamentos 2.4.4. Reservas de Reavaliação - Empresas Ligadas 2.4.4.1. Reavaliação de Imóveis 2.4.4.2. Reavaliação de Edifícios 2.4.4.3. Reavaliação de Máquinas e Equipamentos 2.4.5. Reserva de Lucros 2.4.5.1. Reserva Legal 2.4.5.2. Reserva Estatutária 2.4.5.3. Reserva p/ Contingências 2.4.5.4. Reserva de Lucros a Realizar 2.4.5.5. Reserva de Lucros p/ Expansão 2.4.6. Lucros ou Prejuízos Acumulados 2.4.6.1. Lucros Acumulados 2.4.6.2. (-) Prejuízos Acumulados 2.4.6.3. Ajustes Credores de Exercícios Anteriores 2.4.6.4. Ajustes Devedores de Exercícios Anteriores 3. RECEITAS 3.1. Receita Bruta de Vendas 3.1.1. Vendas de Mercadorias 3.1.1.1. Mercado Nacional 3.1.1.2. Exportação 3.1.2. Vendas de Serviços 3.1.2.1. Mercado Nacional 3.1.2.2. Exterior 3.2. Deduções da Receita Bruta 3.2.1. Vendas Canceladas 3.2.1.1. Devolução de Produtos 3.2.1.2. Devolução de Mercadorias 3.2.2. Abatimentos 3.2.2.1. Abatimentos s/ Vendas de Mercadorias 3.2.3. Impostos e Contribuições s/ Vendas 3.2.3.1. ICMS
  • 7. 3.2.3.2. ISS 3.2.3.3. Cofins 3.2.3.4. PIS 3.3. Receitas Financeiras 3.3.1. Variações Monetárias Ativas 3.3.1.1. Depósitos a Prazo Fixo 3.3.1.2. Letras de Câmbio 3.3.1.3. Títulos de Estatais 3.3.1.4. Aplicações Financeiras 3.3.1.5. Impostos e Contribuições 3.3.1.6. Empréstimos 3.3.1.7. Depósitos Judiciais 3.3.1.8. Empréstimos Compulsórios 3.3.2. Variações Cambiais Ativas 3.3.2.1. Empréstimos 3.3.3. Outras Receitas Financeiras 3.3.3.1. Juros de Aplicações Financeiras 3.3.3.2. Juros de Depósitos Judiciais 3.3.3.3. Juros de Empréstimos 3.3.3.4. Juros s/ Duplicatas a Receber 3.3.3.5. Juros s/ Empréstimos Compulsórios 3.3.3.6. Descontos Obtidos 3.3.3.7. Receita c/ Renegociação de Créditos 3.4. Receitas c/ Investimentos 3.4.1. Receita de Equivalência Patrimonial 3.4.1.1. Empresas Controladas 3.4.1.2. Empresas Coligadas 3.4.2. Receita de Dividendos e Lucros 3.4.2.1. Dividendos e Lucros de Empresas Controladas 3.4.2.2. Dividendos e Lucros de Empresas Coligadas 3.4.2.3. Dividendos e Lucros de Outras Empresas 3.5. Outras Receitas 3.5.1. Receitas Operacionais Diversas 3.5.1.1. Amortização de Deságio 3.5.1.2. Aluguéis e Arrendamentos 3.6. Reversões 3.6.1. Reversão de Provisões 3.6.1.1. Reversão de Provisão p/ Férias 3.6.1.2. Reversão de Provisão p/ Imposto de Renda 3.6.1.3. Provisão p/ Perdas 3.6.1.4. Provisão p/ Ajuste ao Valor de Mercado 3.7. Receitas Não Operacionais 3.7.1. Ganhos de Capital 3.7.1.1. Ganhos de Capital c/ Investimentos 3.7.1.2. Ganhos de Capital c/ Imobilizado 3.8. Contas de Apuração 3.8.1. Apuração do Resultado 3.8.1.1. Lucro do Exercício 4. CUSTOS E DESPESAS 4.1. Custos 4.1.1. Custo das Mercadorias Vendidas 4.1.1.1. Mercado Interno 4.1.1.2. Mercado Externo 4.1.1.3. Estoque Inicial 4.1.1.4. Estoque Final 4.2. Despesas 4.2.1. Despesas de Pessoal c/ Vendas 4.2.1.1. Honorários de Diretores 4.2.1.2. Ordenados, Salários e Comissões 4.2.1.3. Prêmios e Gratificações
  • 8. 4.2.1.4. Férias 4.2.1.5. 13º Salário 4.2.1.6. INSS 4.2.1.7. FGTS 4.2.1.8. Assistência Médica 4.2.1.9. Viagens e Representações 4.2.1.10. Transporte de Empregados 4.2.1.11. Programa de Alimentação do Trabalhador 4.2.1.12. (-) Recuperações 4.2.2. Despesas c/ Entrega 4.2.2.1. Combustíveis 4.2.2.2. Manutenção de Veículos 4.2.3. Propaganda e Publicidade 4.2.3.1. Propaganda 4.2.3.2. Publicidade 4.2.3.3. Amostra 4.2.3.4. Brindes 4.2.4. Outras Despesas c/ Vendas 4.2.4.1. Depreciações e Amortizações 4.2.4.2. Aluguéis 4.2.4.3. Manutenção e Reparos 4.2.4.4. Telefone 4.2.4.5. Despesa de Correio 4.2.4.6. Devolução de Vendas Exercício Anterior 4.2.4.7. Perdas c/ Devedores Duvidosos 4.2.5. Despesas Administrativas 4.2.5.1. Honorários de Diretores 4.2.5.2. Salários e Ordenados 4.2.5.3. Prêmios e Gratificações 4.2.5.4. Férias 4.2.5.5. 13º Salário 4.2.5.6. INSS 4.2.5.7. FGTS 4.2.5.8. Indenizações e Aviso Prévio 4.2.5.9. Assistência Médica 4.2.5.10.Transporte de Empregados 4.2.5.11. Aluguéis de Bens Imóveis 4.2.5.12. Aluguéis de Bens Móveis 4.2.5.13. Depreciações e Amortizações 4.2.5.14. Assinaturas de Jornais e Revistas 4.2.5.15. Despesas Legais e Judiciais 4.2.5.16. Despesas de Auditoria e Consultoria 4.2.5.17. Serviços de Terceiros 4.2.5.18. Programa de Alimentação do Trabalhador 4.2.5.19. (-) Recuperações 4.2.6. Despesas Tributárias 4.2.6.1. IPTU 4.2.6.2. IPVA 4.2.6.3. Contribuição Sindical 4.2.6.4. Tributos e Contribuições Federais 4.2.6.5. Tributos e Contribuições Estaduais 4.2.6.6. Tributos e Contribuições Municipais 4.2.6.7. Multas Fiscais 4.2.6.8. Juros s/ Tributos e Contribuições 4.2.6.9. Variações Monetárias s/ Tributos e contribuições 4.2.7. Utilidades e Serviços 4.2.7.1. Força e Luz 4.2.7.2. Água e Esgoto 4.2.7.3. Telefone 4.2.7.4. Seguros
  • 9. 4.2.8. Materiais e Suprimentos 4.2.8.1. Material de Escritório 4.2.8.2. Material de Higiene e Limpeza 4.2.8.3. Bens de Natureza Permanente 4.2.9. Despesas Financeiras 4.2.9.1. Variações Monetárias Passivas 4.2.9.2. Juros Passivos 4.2.9.3. Despesas Bancárias 4.2.9.4. Descontos Concedidos 4.2.9.5. Despesas c/ Desconto de Duplicatas 4.2.10. Despesas de Equivalência Patrimonial 4.2.10.1. Empresas Controladas 4.2.10.2. Empresas Coligadas 4.2.10.3. Amortização de Ágio 4.2.11. Provisões p/ Perdas e Ajustes de Ativos 4.2.11.1. Ajuste de Estoque ao Valor de Mercado 4.2.11.2. Perdas c/ Investimentos 4.2.12. Despesas Não Operacionais 4.2.12.1. Perdas de Capital c/ Investimentos 4.2.12.2. Perdas de Capital c/ Imobilizado 4.2.13. Imposto de Renda e Participações nos Lucros 4.2.13.1. Provisão p/ Contribuição Social s/ Lucro 4.2.13.2. Provisão p/ Imposto de Renda 4.2.13.3. Participações de Empregados 4.2.13.4. Participações de Administradores 4.3. Contas de Apuração 4.3.1. Apuração do Resultado 4.3.1.1. Prejuízo do Exercício 6.2 - Elenco de Contas Proposto Para Empresa Industrial 1.1. ATIVO CIRCULANTE 1.1.1. Disponibilidades 1.1.1.1. Caixa 1.1.1.2. Bancos c/Movimento 1.1.1.3. Aplicações Financeiras - FAF 1.1.2. Clientes 1.1.2.1. Duplicatas a Receber 1.1.2.2. Duplicatas a Receber - Empresas Ligadas 1.1.2.3. (-) Venda p/Entrega Futura 1.1.2.4. (-) Duplicatas Descontadas 1.1.2.5. (-) Créditos de Liquidação Duvidosa 1.1.3. Créditos Diversos 1.1.3.1. Títulos a Receber 1.1.3.2. Empréstimos a Receber 1.1.3.3. Cheques a Receber 1.1.3.4. Lucros e Dividendos a Receber 1.1.3.5. Bancos - Contas Vinculadas 1.1.3.6. (-) Créditos de Liquidação Duvidosa 1.1.4. Adiantamentos a Funcionários 1.1.4.1. Adiantamento p/ Viagens 1.1.4.2. Adiantamento p/ Despesas 1.1.4.3. Adiantamento de Salários 1.1.4.4. Adiantamento de 13º Salário 1.1.4.5. Adiantamento de Férias 1.1.5. Adiantamentos a Terceiros 1.1.5.1 - Adiantamento p/Viagens 1.1.5.2 - Adiantamento p/Despesas 1.1.5.3 - Adiantamento a Fornecedores 1.1.6. Impostos e Contribuições a Recuperar
  • 10. 1.1.6.1. IPI a Recuperar 1.1.6.2. ICMS a Recuperar 1.1.6.3. IRRF s/ Aplicações Financeiras a Recuperar 1.1.6.4. IRRF s/Receitas de Serviços a Recuperar 1.1.6.5. COFINS a Recuperar 1.1.6.6. PIS a Recuperar 1.1.6.7. ISS a Recuperar 1.1.6.8. Crédito Presumido IPI 1.1.7. Aplicações Financeiras 1.1.7.1. Depósito a Prazo Fixo Pós-Fixado 1.1.7.2. Letras de Câmbio 1.1.7.3. Títulos de Estatais 1.1.7.4. Debêntures 1.1.7.5. Mercado de Ações 1.1.7.6. Aplicação em Ouro 1.1.7.7. Títulos e Valores Mobiliários 1.1.7.8. (-) Provisão p/ Ajuste ao Valor de Mercado 1.1.7.9. (-) Provisão p/ Perdas 1.1.8. Estoques 1.1.8.1. Produtos Acabados 1.1.8.2. Produtos em Elaboração 1.1.8.3. Matérias-Primas 1.1.8.4. Materiais de Embalagem 1.1.8.5. Importação em Andamento 1.1.8.6. Mercadorias p/Revenda 1.1.8.7. Almoxarifado 1.1.8.8. (-) Provisão p/ Ajuste ao Valor de Mercado 1.1.9. Despesas a Apropriar 1.1.9.1. Prêmios de Seguros 1.1.9.2. Encargos Financeiros 1.1.9.3. Assinaturas de Publicações 1.1.9.4. Aluguéis e Arrendamentos 1.2. ATIVO REALIZÁVEL A LONGO PRAZO 1.2.1. Títulos a Receber 1.2.1.1. Créditos c/ Acionistas e Quotistas 1.2.1.2. Créditos c/Diretores 1.2.1.3. Créditos c/Empresas Ligadas 1.2.1.4. Bancos - Contas Vinculadas 1.2.2. Aplicações Financeiras 1.2.2.1. Depósito a Prazo Fixo Pós-Fixado 1.2.2.2. Letras de Câmbio 1.2.2.3. Títulos de Estatais 1.2.2.4. Debêntures 1.2.2.5. Mercado de Ações 1.2.2.6. Aplicação em Ouro 1.2.2.7. Títulos e Valores Mobiliários 1.2.2.8. (-) Provisão p/ Ajuste ao Valor de Mercado 1.2.2.9. (-) Provisão p/Perdas 1.2.3. Empréstimos Compulsórios 1.2.4. Impostos e Contribuições a Recuperar 1.2.5. Adiantamentos a Terceiros 1.2.6. Despesas a Apropriar 1.2.7. Depósitos por Incentivos Fiscais 1.2.7.1. FINOR 1.2.7.2. FINAM 1.2.7.3. FUNRES 1.2.7.4. (-) Provisão p/Perdas 1.3. ATIVO PERMANENTE - INVESTIMENTOS 1.3.1. Participações Societárias 1.3.1.1. Empresas Controladas
  • 11. 1.3.1.2. Empresas Coligadas 1.3.1.3. Ágio na Aquisição de Investimentos 1.3.1.4. (-) Amortização Acumulada do Ágio 1.3.1.5. (-) Deságio na Aquisição de Investimentos 1.3.1.6. Amortização Acumulada do Deságio 1.3.1.7. (-) Provisão p/ Perdas c/Investimentos 1.3.2. Participações Societárias em Outras Empresas 1.3.3. Participações por Incentivos Fiscais 1.3.3.1. FINOR 1.3.3.2. FINAM 1.3.3.3. FUNRES 1.3.3.4. Reflorestamento 1.3.3.5. (-) Provisão p/Perdas 1.3.4. Aplicações em Outros Investimentos 1.3.4.1. Imóveis e Construções 1.3.4.2. (-) Depreciação acumulada 1.4. ATIVO IMOBILIZADO 1.4.1. Imóveis 1.4.1.1. Terrenos 1.4.1.2. Edifícios - Administração 1.4.1.3. Edifícios - Vendas 1.4.1.4. Edifícios - Fábrica 1.4.2. Móveis e Utensílios 1.4.2.1. Móveis e Utensílios - Escritório 1.4.2.2. Móveis e Utensílios - Vendas 1.4.2.3. Móveis e Utensílios - Fábrica 1.4.3. Veículos 1.4.3.1. Caminhões 1.4.3.2. Automóveis 1.4.3.3. Tratores 1.4.4. Máquinas e Equipamentos 1.4.4.1. Máquinas e Equipamentos - Escritório 1.4.4.2. Máquinas e Equipamentos - Vendas 1.4.4.3. Máquinas e Equipamentos - Fábrica 1.4.5. Recursos Naturais 1.4.5.1. Florestas 1.4.6. Marcas, Direitos e Patentes 1.4.6.1. Direito de Uso de Telefone 1.4.7. Benfeitorias em Propriedade de Terceiros 1.4.7.1. Barracão 1.4.8. Imobilizado em Andamento 1.4.8.1. Importação em Andamento 1.4.9. (-) Depreciação, Amortização e Exaustão acumuladas 1.4.9.1. ... 1.4.9.2. ... 1.4.9.3. ... 1.5. ATIVO DIFERIDO 1.5.1. Gastos Pré-Operacionais 1.5.1.1. Gastos de Organização 1.5.1.2. Gastos de Reorganização 1.5.1.3. Gastos c/Pesquisas de Produtos 1.5.1.4. Gastos c/Desenvolvimento de Produtos 1.5.2. (-) Amortização Acumulada 1.5.2.1. ... 1.5.2.2. ... 2.1 PASSIVO CIRCULANTE 2.1.1. Empréstimos e Financiamentos 2.1.1.1. Empréstimos Bancários 2.1.1.2. Empréstimos do Exterior 2.1.1.3. Financiamentos Bancários
  • 12. 2.1.1.4. Financiamentos do Exterior 2.1.1.5. Títulos a Pagar 2.1.1.6. Adiantamento s/ Contrato de Câmbio 2.1.2. Fornecedores 2.1.2.1. Fornecedores Nacionais 2.1.2.2. Fornecedores do Exterior 2.1.3. Impostos e contribuições a Recolher 2.1.3.1. ICMS 2.1.3.2. IPI 2.1.3.3. IRPJ 2.1.3.4. Contribuição Social s/Lucro Líquido 2.1.3.5. PIS 2.1.3.6. COFINS 2.1.3.7. IRRF 2.1.3.8. ISS 2.1.3.9. INSS 2.1.3.10. FGTS 2.1.3.11. Contribuição Sindical 2.1.4. Contas a Pagar 2.1.4.1. Salários 2.1.4.2. Honorários 2.1.4.3. Fretes e Carretos 2.1.4.4. Gratificações 2.1.4.5. Aluguéis 2.1.4.6. Energia Elétrica 2.1.4.7. Telefone 2.1.4.8. Água e Esgoto 2.1.4.9. Comissões 2.1.4.10. Seguros 2.1.5. Obrigações c/Terceiros 2.1.5.1. Adiantamento de Clientes 2.1.5.2. Arrendamento Mercantil a Pagar 2.1.5.3. Empresas Ligadas 2.1.6. Dividendos e Lucros a Pagar 2.1.7. Provisões p/Tributos e Contribuições 2.1.7.1. Provisão para Imposto de Renda 2.1.7.2. Provisão para Contribuição Social s/Lucro Líquido 2.1.8. Outras Provisões 2.1.8.1. Provisão p/Férias 2.1.8.2. Provisão p/13º Salário 2.2. PASSIVO EXIGÍVEL A LONGO PRAZO 2.2.1. Empréstimos e Financiamentos 2.2.1.1. Empréstimos Bancários 2.2.1.2. Empréstimos do Exterior 2.2.1.3. Financiamentos Bancários 2.2.1.4. Financiamentos do Exterior 2.2.1.5. Títulos a Pagar 2.2.1.6. Adiantamento s/ Contrato de Câmbio 2.2.2. Obrigações com Terceiros 2.2.2.1. Arrendamento Mercantil a Pagar 2.2.2.2. Créditos de Acionistas e Quotistas 2.2.2.3. Créditos de Empresas Ligadas 2.3. RESULTADO DE EXERCÍCIOS FUTUROS 2.3.1. Receitas de Exercícios Futuros 2.3.2. (-) Custos de Exercícios Futuros 2.4. PATRIMÔNIO LÍQUIDO 2.4.1. Capital Social 2.4.1.1. Capital Social Subscrito 2.4.1.2. (-) Capital Social a Integralizar 2.4.1.3. (-) Ações em Tesouraria e/ou Quotas Liberadas
  • 13. 2.4.2. Reservas de Capital 2.4.2.1. Ágio na emissão de ações 2.4.2.2. Incentivos Fiscais 2.4.3. Reservas de Reavaliação - Ativos Próprios 2.4.3.1. Reavaliação de Imóveis 2.4.3.2. Reavaliação de Edifícios 2.4.3.3. Reavaliação de Máquinas e Equipamentos 2.4.4. Reservas de Reavaliação - Empresas Ligadas 2.4.4.1. Reavaliação de Imóveis 2.4.4.2. Reavaliação de Edifícios 2.4.4.3. Reavaliação de Máquinas e Equipamentos 2.4.5.Reserva de Lucros 2.4.5.1. Reserva Legal 2.4.5.2. Reserva Estatutária 2.4.5.3. Reserva p/ Contingências 2.4.5.4. Reserva de Lucros a Realizar 2.4.5.5. Reserva de Lucros p/ Expansão 2.4.6. Lucros ou Prejuízos Acumulados 2.4.6.1. Lucros Acumulados 2.4.6.2. (-) Prejuízos Acumulados 2.4.6.3. Ajustes Credores de Exercícios Anteriores 2.4.6.4. Ajustes Devedores de Exercícios Anteriores 3. RECEITAS 3.1. Receita Bruta de Vendas 3.1.1. Vendas de Produtos 3.1.1.1. Mercado Nacional 3.1.1.2. Exportação 3.1.2. Vendas de Mercadorias 3.1.2.1. Mercado Nacional 3.1.2.2. Exportação 3.1.3. Vendas de Serviços 3.1.3.1. Mercado Nacional 3.1.3.2. Exterior 3.2. Deduções da Receita Bruta 3.2.1. Vendas Canceladas 3.2.1.1. Devolução de Produtos 3.2.1.2. Devolução de Mercadorias 3.2.2. Abatimentos 3.2.2.1. Abatimentos s/Vendas de Produtos 3.2.2.2. Abatimentos s/Vendas de Mercadorias 3.2.3. Impostos e Contribuições s/Vendas 3.2.3.1. IPI 3.2.3.2. ICMS 3.2.3.3. ISS 3.2.3.4. COFINS 3.2.3.5. PIS 3.3. Receitas Financeiras 3.3.1. Variações monetárias ativas 3.3.1.1. Depósitos a Prazo Fixo 3.3.1.2. Letras de Câmbio 3.3.1.3. Títulos de Estatais 3.3.1.4. Aplicações Financeiras 3.3.1.5. Impostos e Contribuições 3.3.1.6. Empréstimos 3.3.1.7. Depósitos Judiciais 3.3.1.8. Empréstimos Compulsórios 3.3.2. Variações Cambiais Ativas 3.3.2.1. Empréstimos 3.3.3. Outras Receitas Financeiras 3.3.3.1. Juros de Aplicações Financeiras
  • 14. 3.3.3.2. Juros de Depósitos Judiciais 3.3.3.3. Juros de Empréstimos 3.3.3.4. Juros s/ Duplicatas a Receber 3.3.3.5. Juros s/ Empréstimos Compulsórios 3.3.3.6. Descontos Obtidos 3.3.3.7. Receita c/ Renegociação de Créditos 3.4. Receitas c/Investimentos 3.4.1. Receita de Equivalência Patrimonial 3.4.1.1. Empresas Controladas 3.4.1.2. Empresas Coligadas 3.4.2. Receita de Dividendos e Lucros 3.4.2.1. Dividendos e Lucros de Empresas Controladas 3.4.2.2. Dividendos e Lucros de Empresas Coligadas 3.4.2.3. Dividendos e Lucros de Outras Empresas 3.5. Outras Receitas 3.5.1. Receitas Operacionais Diversas 3.5.1.1. Amortização de Deságio 3.5.1.2. Aluguéis e Arrendamentos 3.6. Reversões 3.6.1. Reversão de Provisões 3.6.1.1. Reversão de Provisão p/Férias 3.6.1.2. Reversão de Provisão p/Imposto de Renda 3.6.1.3. Provisão p/Perdas 3.6.1.4. Provisão p/Ajuste ao Valor de Mercado 3.7. Receitas Não Operacionais 3.7.1. Ganhos de Capital 3.7.1.1. Ganhos de Capital c/Investimentos 3.7.1.2. Ganhos de Capital c/Imobilizado 3.8. Contas de Apuração 3.8.1. Apuração do Resultado 3.8.1.1. Lucro do Exercício 4. CUSTOS E DESPESAS 4.1. Custos 4.1.1. Custos dos Produtos Vendidos 4.1.1.1. Matérias-Primas 4.1.1.2. Materiais de Embalagem 4.1.1.3. Outros Insumos 4.1.1.4. Estoque Inicial 4.1.1.5. Estoque Final 4.1.2. Custo das Mercadorias Vendidas 4.1.2.1. Mercado Interno 4.1.2.2. Mercado Externo 4.1.2.3. Estoque Inicial 4.1.2.4. Estoque Final 4.1.3. Mão-de-Obra Direta 4.1.3.1. Ordenados e Salários 4.1.3.2. Prêmios e Gratificações 4.1.3.3. Férias 4.1.3.4. 13º Salário 4.1.3.5. INSS 4.1.3.6. FGTS 4.1.3.7. Indenizações e Aviso Prévio 4.1.3.8. Assistência Médica 4.1.3.9. Programa de Alimentação do Trabalhador 4.1.3.10. Transporte de Empregados 4.1.3.11. (-) Recuperações 4.1.4. Outros Custos Diretos 4.1.4.1. Serviços de Terceiros 4.1.4.2. Combustíveis 4.1.5. Custos Indiretos de Produção
  • 15. 4.1.5.1. Honorários de Diretores de Produção 4.1.5.2. Assistência Médica 4.1.5.3. (-) Recuperações 4.1.6. Materiais de Manutenção ou Reparo 4.1.6.1. Peças de Reposição de Máquinas 4.1.7. Utilidades e Serviços 4.1.7.1. Energia Elétrica 4.1.7.2. Transporte 4.1.7.3. Água 4.1.7.4. Telefone 4.1.7.5. Refeições 4.1.7.6. Combustíveis 4.1.8. Outros Custos Indiretos 4.1.8.1. Aluguéis e Arrendamentos 4.1.8.2. Roupas e Uniformes 4.1.8.3. Ferramentas Perecíveis 4.1.8.4. Depreciações, Amortizações e Exaustões 4.2. Despesas 4.2.1. Despesas com vendas 4.2.2.1. Despesas de Pessoal 4.2.2.2. Despesas c/ Entrega 4.2.2.3. Propaganda e Publicidade 4.2.5. Despesas Administrativas 4.2.5.1. Honorários de Diretores 4.2.5.2. Salários e Ordenados 4.2.5.3. Prêmios e Gratificações 4.2.5.4. Férias 4.2.5.5. 13º Salário 4.2.5.6. INSS 4.2.5.7. FGTS 4.2.5.8. Indenizações e Aviso Prévio 4.2.5.9. Assistência Médica 4.2.5.10.Transporte de Empregados 4.2.5.11. Aluguéis de Bens Imóveis 4.2.5.12. Aluguéis de Bens Móveis 4.2.5.13. Depreciações e Amortizações 4.2.5.14. Assinaturas de Jornais e Revistas 4.2.5.15. Despesas Legais e Judiciais 4.2.5.16. Despesas de Auditoria e Consultoria 4.2.5.17. Serviços de Terceiros 4.2.5.18. Programa de Alimentação do Trabalhador 4.2.5.19. (-) Recuperações 4.2.6. Despesas Tributárias 4.2.6.1. IPTU 4.2.6.2. IPVA 4.2.6.3. Contribuição sindical 4.2.6.4. Tributos e contribuições Federais 4.2.6.5. Tributos e contribuições Estaduais 4.2.6.6. Tributos e contribuições Municipais 4.2.6.7. Multas Fiscais 4.2.6.8. Juros s/Tributos e Contribuições 4.2.6.9. Variações Monetárias s/Tributos e Contribuições 4.2.7. Utilidades e Serviços 4.2.7.1. Força e Luz 4.2.7.2. Água e Esgoto 4.2.7.3. Telefone 4.2.7.4. Seguros 4.2.8. Materiais e Suprimentos 4.2.8.1. Material de Escritório 4.2.8.2. Material de Higiene e Limpeza
  • 16. 4.2.8.3. Bens de Natureza Permanente 4.2.9. Despesas Financeiras 4.2.9.1. Variações Monetárias Passivas 4.2.9.2. Juros Passivos 4.2.9.3. Despesas Bancárias 4.2.9.4. Descontos Concedidos 4.2.9.5. Despesas c/ Desconto de Duplicatas 4.2.10. Despesas de Equivalência Patrimonial 4.2.10.1. Empresas Controladas 4.2.10.2. Empresas Coligadas 4.2.10.3. Amortização de Ágio 4.2.11. Provisões p/ Perdas e Ajustes de Ativos 4.2.11.1. Ajuste de Estoque ao Valor de Mercado 4.2.11.2. Perdas c/Investimentos 4.2.12. Despesas Não Operacionais 4.2.12.1. Perdas de Capital c/Investimentos 4.2.12.2. Perdas de Capital c/Imobilizado 4.2.13. Imposto de Renda e Participações nos Lucros 4.2.13.1. Provisão p/Contribuição Social s/Lucro 4.2.13.2. Provisão p/Imposto de Renda 4.2.13.3. Participações de Empregados 4.2.13.4. Participações de Administradores 4.3. Contas de Apuração 4.3.1. Apuração do Resultado 4.3.1.1. Prejuízo do Exercício 6.3 - Elenco de Contas Proposto Para a Empresa Construtora e Imobiliária 1.1. ATIVO CIRCULANTE 1.1.1. Disponibilidades 1.1.1.1. Caixa 1.1.1.2. Bancos c/Movimento 1.1.1.3. Aplicações Financeiras 1.1.2. Créditos 1.1.2.1. Clientes de obras por empreitadas 1.1.2.1.1. Faturas a receber 1.1.2.1.2. Serviços executados a faturar 1.1.2.2. Clientes de obras por administração 1.1.2.2.1. Faturas a receber 1.1.2.2.2. Serviços executados a faturar 1.1.2.3. Clientes de incorporações de imóveis 1.1.2.3.1. Promitentes compradores de imóveis 1.1.2.3.2. Títulos a receber 1.1.2.3.3. (-) Provisão para créditos de liquidação duvidosa 1.1.2.3.4. (-) Notas promissórias descontadas 1.1.2.4. Clientes de vendas de imóveis 1.1.2.4.1. Promitentes compradores de imóveis 1.1.2.4.2. Títulos a receber 1.1.2.4.3. (-) Provisão para créditos de liquidação duvidosa 1.1.2.4.4. (-) Notas promissórias descontadas 1.1.2.5. Clientes de loteamentos 1.1.2.5.1. Promitentes compradores de imóveis 1.1.2.5.2. Títulos a receber 1.1.2.5.3. (-) Provisão para créditos de liquidação duvidosa 1.1.2.5.4. (-) Notas promissórias descontadas 1.1.2.6. Clientes por arrendamento de imóveis 1.1.2.6.1. Aluguéis a receber 1.1.3. Créditos Diversos 1.1.3.1. Títulos a Receber 1.1.3.2. Empréstimos a Receber
  • 17. 1.1.3.3. Cheques a Receber 1.1.3.4. Lucros e Dividendos a Receber 1.1.3.5. Bancos - Contas Vinculadas 1.1.3.6. (-) Créditos de Liquidação Duvidosa 1.1.4. Adiantamentos a Funcionários 1.1.4.1. Adiantamento p/ Viagens 1.1.4.2. Adiantamento p/ Despesas 1.1.4.3. Adiantamento de Salários 1.1.4.4. Adiantamento de 13º Salário 1.1.4.5. Adiantamento de Férias 1.1.5. Adiantamentos a Terceiros 1.1.5.1. Adiantamento p/Viagens 1.1.5.2. Adiantamento p/Despesas 1.1.5.3. Adiantamento a Fornecedores 1.1.6. Impostos e Contribuições a Recuperar 1.1.6.1. ICMS a Recuperar 1.1.6.2. IRRF s/ Aplicações Financeiras a Recuperar 1.1.6.3. IRRF s/Receitas de Serviços a Recuperar 1.1.6.4. COFINS a Recuperar 1.1.6.5. PIS a Recuperar 1.1.6.6. ISS a Recuperar 1.1.7. Aplicações Financeiras 1.1.7.1. Depósito a Prazo Fixo Pós-Fixado 1.1.7.2. Letras de Câmbio 1.1.7.3. Títulos de Estatais 1.1.7.4. Debêntures 1.1.7.5. Mercado de Ações 1.1.7.6. Aplicação em Ouro 1.1.7.7. Títulos e Valores Mobiliários 1.1.7.8. (-) Provisão p/ Ajuste ao Valor de Mercado 1.1.7.9. (-) Provisão p/ Perdas 1.1.8. Estoques 1.1.8.1. Imóveis a comercializar 1.1.8.1.1. Terrenos a comercializar 1.1.8.1.2. Terrenos a lotear 1.1.8.1.3. Imóveis para venda 1.1.8.2. Imóveis em construção 1.1.8.2.1. Custos da aquisição do terreno 1.1.8.2.2. Custos do projeto de incorporação 1.1.8.2.3. Custos da construção do imóvel 1.1.8.2.4. Materiais de construção 1.1.8.2.5. Mão-de-obra direta 1.1.8.2.6. (-) Recuperações 1.1.8.2.7. Outros Custos Diretos 1.1.8.2.8. Serviços de Terceiros 1.1.8.2.9. Combustíveis 1.1.8.2.10. Materiais de Manutenção ou Reparo 1.1.8.2.11 Peças de Reposição de Máquinas 1.1.8.2.12. Utilidades e Serviços 1.1.8.2.13. Outros Custos Indiretos 1.1.8.2.14. Aluguéis e Arrendamentos 1.1.8.2.15. Roupas e Uniformes 1.1.8.2.16. Ferramentas Perecíveis 1.1.8.2.17. Depreciações, Amortizações e Exaustões 1.1.8.3. Depósito de materiais de construção 1.1.8.4. Almoxarifado 1.1.9. Despesas a Apropriar 1.1.9.1. Prêmios de Seguros 1.1.9.2. Encargos Financeiros 1.1.9.3. Assinaturas de Publicações
  • 18. 1.1.9.4. Aluguéis e Arrendamentos 1.2. ATIVO REALIZÁVEL A LONGO PRAZO 1.2.1. Créditos 1.2.1.1. Clientes de obras por empreitadas 1.2.1.1.1. Faturas a receber 1.2.1.1.2. Serviços executados a faturar 1.2.1.2. Clientes de obras por administração 1.2.1.2.1. Faturas a receber 1.2.1.2.2. Serviços executados a faturar 1.2.1.3. Clientes de incorporações de imóveis 1.2.1.3.1. Promitentes compradores de imóveis 1.2.1.3.2. Títulos a receber 1.2.1.3.3. (-) Provisão para créditos de liquidação duvidosa 1.2.1.3.4. (-) Notas promissórias descontadas 1.2.1.4. Clientes de vendas de imóveis 1.2.1.4.1. Promitentes compradores de imóveis 1.2.1.4.2. Títulos a receber 1.2.1.4.3. (-) Provisão para créditos de liquidação duvidosa 1.2.1.4.4. (-) Notas promissórias descontadas 1.2.1.5. Clientes de loteamentos 1.2.1.5.1. Promitentes compradores de imóveis 1.2.1.5.2. Títulos a receber 1.2.1.5.3. (-) Provisão para créditos de liquidação duvidosa 1.2.1.5.4. (-) Notas promissórias descontadas 1.2.2. Títulos a Receber 1.2.2.1. Créditos c/ Acionistas e Quotistas 1.2.2.2. Créditos c/Diretores 1.2.2.3. Créditos c/Empresas Ligadas 1.2.2.4. Bancos - Contas Vinculadas 1.2.3. Empréstimos Compulsórios 1.2.4. Impostos e Contribuições a Recuperar 1.2.5. Adiantamentos a Terceiros 1.2.6. Despesas a Apropriar 1.2.7. Depósitos por Incentivos Fiscais 1.2.7.1. FINOR 1.2.7.2. FINAM 1.2.7.3. FUNRES 1.2.7.4. (-) Provisão p/Perdas 1.3. ATIVO PERMANENTE - INVESTIMENTOS 1.3.1. Participações Societárias 1.3.1.1. Empresas Controladas 1.3.1.2. Empresas Coligadas 1.3.1.3. Ágio na Aquisição de Investimentos 1.3.1.4. (-) Amortização Acumulada do Ágio 1.3.1.5. (-) Deságio na Aquisição de Investimentos 1.3.1.6. Amortização Acumulada do Deságio 1.3.1.7. (-) Provisão p/ Perdas c/Investimentos 1.3.2. Participações Societárias em Outras Empresas 1.3.3. Participações por Incentivos Fiscais 1.3.3.1. FINOR 1.3.3.2. FINAM 1.3.3.3. FISET 1.3.3.4. Reflorestamento 2.2.1.3. Financiamentos Bancários 2.2.1.4. Financiamentos do Exterior 2.2.1.5. Títulos a Pagar 2.2.1.6. Adiantamento s/ Contrato de Câmbio 2.2.2. Obrigações com Terceiros 2.2.2.1. Arrendamento Mercantil a Pagar 2.2.2.2. Créditos de Acionistas e Quotistas
  • 19. 2.2.2.3. Créditos de Empresas Ligadas 2.2.3. Tributos e Contribuições a pagar 2.2.4. Controle de custos orçados 2.2.5. Controle dos custos contratados 2.3. RESULTADO DE EXERCÍCIOS FUTUROS 2.3.1. Resultado diferidos de obras por empreitada 2.3.2.1. Receita diferida de obras por empreitada 2.3.2.2. (-) Custos diferidos obras por empreitada 2.3.2. Resultado diferido de incorporação de imóveis 2.3.2.1. Receita diferida de incorporação de imóveis 2.3.2.1. (-) custos diferido de incorporação de imóveis 2.3.3. Resultado diferido de imóveis vendidos 2.3.3.1. Receita diferida de imóveis vendidos 2.3.3.2. (-) Custos diferidos de imóveis vendidos 2.3.4. Resultado diferido de vendas de loteamentos 2.3.4.1. Receita diferida de vendas de lotes 2.3.4.2. (-) Custos diferidos de lotes vendidos 2.3.5. Outras receitas de exercícios futuros 2.4. PATRIMÔNIO LÍQUIDO 2.4.1. Capital Social 2.4.1.1. Capital Social Subscrito 2.4.1.2. (-) Capital Social a Integralizar 2.4.1.3. (-) Ações em Tesouraria e/ou Quotas Liberadas 2.4.2. Reservas de Capital 2.4.2.1. Ágio na emissão de ações 2.4.2.2. Incentivos Fiscais 2.4.3. Reservas de Reavaliação - Ativos Próprios 2.4.3.1. Reavaliação de Imóveis 2.4.3.2. Reavaliação de Edifícios 2.4.3.3. Reavaliação de Máquinas e Equipamentos 2.4.4. Reservas de Reavaliação - Empresas Ligadas 2.4.4.1. Reavaliação de Imóveis 2.4.4.2. Reavaliação de Edifícios 2.4.4.3. Reavaliação de Máquinas e Equipamentos 2.4.5.Reserva de Lucros 2.4.5.1. Reserva Legal 2.4.5.2. Reserva Estatutária 2.4.5.3. Reserva p/ Contingências 2.4.5.4. Reserva de Lucros a Realizar 2.4.5.5. Reserva de Lucros p/ Expansão 2.4.6. Lucros ou Prejuízos Acumulados 2.4.6.1. Lucros Acumulados 2.4.6.2. (-) Prejuízos Acumulados 2.4.6.3. Ajustes Credores de Exercícios Anteriores 2.4.6.4. Ajustes Devedores de Exercícios Anteriores 3. RECEITAS 3.1. Receita Bruta de Vendas 3.1.1. Receita de obras por empreitada 3.1.2. Receitas de administração de obras 3.1.3. Receita de incorporações de imóveis 3.1.4. Receitas de vendas de imóveis 3.1.5. Receitas de vendas de loteamentos 3.2. Deduções da Receita Bruta 3.2.1. Vendas Canceladas 3.2.2. Abatimentos 3.2.3. Impostos e Contribuições s/Vendas 3.3. Receitas Financeiras 3.3.1. Variações monetárias ativas 3.3.1.1. Depósitos a Prazo Fixo 3.3.1.2. Juros ativos
  • 20. 3.3.1.3. Títulos de Estatais 3.3.1.4. Aplicações Financeiras 3.3.1.5. Impostos e Contribuições 3.3.1.6. Empréstimos 3.3.1.7. Depósitos Judiciais 3.3.1.8. Empréstimos Compulsórios 3.3.2. Variações Cambiais Ativas 3.3.2.1. Empréstimos 3.3.3. Outras Receitas Financeiras 3.3.3.1. Juros de Aplicações Financeiras 3.3.3.2. Juros de Depósitos Judiciais 3.3.3.3. Juros de Empréstimos 3.3.3.4. Juros s/ Duplicatas a Receber 3.3.3.5. Juros s/ Empréstimos Compulsórios 3.3.3.6. Descontos Obtidos 3.3.3.7. Receita c/ Renegociação de Créditos 3.4. Receitas c/Investimentos 3.4.1. Receita de Equivalência Patrimonial 3.4.1.1. Empresas Controladas 3.4.1.2. Empresas Coligadas 3.4.2. Receita de Dividendos e Lucros 3.4.2.1. Dividendos e Lucros de Empresas Controladas 3.4.2.2. Dividendos e Lucros de Empresas Coligadas 3.4.2.3. Dividendos e Lucros de Outras Empresas 3.5. Outras Receitas 3.5.1. Receitas Operacionais Diversas 3.5.1.1. Amortização de Deságio 3.5.1.2. Aluguéis e Arrendamentos 3.6. Reversões 3.6.1. Reversão de Provisões 3.6.1.1. Reversão de Provisão p/Férias 3.6.1.2. Reversão de Provisão p/Imposto de Renda 3.6.1.3. Provisão p/Perdas 3.6.1.4. Provisão p/Ajuste ao Valor de Mercado 3.7. Receitas Não Operacionais 3.7.1. Ganhos de Capital 3.7.1.1. Ganhos de Capital c/Investimentos 3.7.1.2. Ganhos de Capital c/Imobilizado 3.8. Contas de Apuração 3.8.1. Apuração do Resultado 3.8.1.1. Lucro do Exercício 4. CUSTOS E DESPESAS 4.1. Custos 4.1.1. Custos de incorporações de imóveis 4.1.2. Custos de administração de obras 4.1.3. Custos de obras por empreitada 4.1.4. Custos de imóveis vendidos 4.1.5. Custos de lotes vendidos 4.1.6. Custos adicionais de vendas 4.1.7. Custo do período anterior 4.2. Despesas 4.2.1. Despesas com vendas 4.2.2.1. Despesas de Pessoal 4.2.2.2. Propaganda e Publicidade 4.2.5. Despesas Administrativas 4.2.5.1. Honorários de Diretores 4.2.5.2. Salários e Ordenados 4.2.5.3. Prêmios e Gratificações 4.2.5.4. Férias 4.2.5.5. 13º Salário
  • 21. 4.2.5.6. INSS 4.2.5.7. FGTS 4.2.5.8. Indenizações e Aviso Prévio 4.2.5.9. Assistência Médica 4.2.5.10.Transporte de Empregados 4.2.5.11. Aluguéis de Bens Imóveis 4.2.5.12. Aluguéis de Bens Móveis 4.2.5.13. Depreciações e Amortizações 4.2.5.14. Assinaturas de Jornais e Revistas 4.2.5.15. Despesas Legais e Judiciais 4.2.5.16. Despesas de Auditoria e Consultoria 4.2.5.17. Serviços de Terceiros 4.2.5.18. Programa de Alimentação do Trabalhador 4.2.5.19. (-) Recuperações 4.2.6. Despesas Tributárias 4.2.6.1. IPTU 4.2.6.2. IPVA 4.2.6.3. Contribuição sindical 4.2.6.4. Tributos e contribuições federais 4.2.6.5. Tributos e contribuições Estaduais 4.2.6.6. Tributos e contribuições Municipais 4.2.6.7. Multas Fiscais 4.2.6.8. Juros s/Tributos e Contribuições 4.2.6.9. Variações Monetárias s/Tributos e Contribuições 4.2.7. Utilidades e Serviços 4.2.7.1. Força e Luz 4.2.7.2. Água e Esgoto 4.2.7.3. Telefone 4.2.7.4. Seguros 4.2.8. Materiais e Suprimentos 4.2.8.1. Material de Escritório 4.2.8.2. Material de Higiene e Limpeza 4.2.8.3. Bens de Natureza Permanente 4.2.9. Despesas Financeiras 4.2.9.1. Variações Monetárias Passivas 4.2.9.2. Juros Passivos 4.2.9.3. Despesas Bancárias 4.2.9.4. Descontos Concedidos 4.2.9.5. Despesas c/ Desconto de Duplicatas 4.2.10. Despesas de Equivalência Patrimonial 4.2.10.1. Empresas Controladas 4.2.10.2. Empresas Coligadas 4.2.10.3. Amortização de Ágio 4.2.11. Provisões p/ Perdas e Ajustes de Ativos 4.2.11.1. Ajuste de Estoque ao Valor de Mercado 4.2.11.2. Perdas c/Investimentos 4.2.12. Despesas Não Operacionais 4.2.12.1. Perdas de Capital c/Investimentos 4.2.12.2. Perdas de Capital c/Imobilizado 4.2.13. Imposto de Renda e Participações nos Lucros 4.2.13.1. Provisão p/Contribuição Social s/Lucro 4.2.13.2. Provisão p/Imposto de Renda 4.2.13.3. Participações de Empregados 4.2.13.4. Participações de Administradores 4.3. Contas de Apuração 4.3.1. Apuração do Resultado 4.3.1.1. Prejuízo do Exercício

×