Capítulo do livro 2012 - Ezequiel redin e Paulo Roberto Cardoso da Silveira - Juventude rural - experiências e perspectivas

1,149 views

Published on

O objetivo do trabalho é analisar a experiência e perspectiva da juventude rural no cerne das relações sociais, abrangendo o campo analítico e empírico. Entende-se por experiência, a prática da vida cotidiana, as interlocuções e ensaios que envolvem a natureza das relações sociais traduzidas nas ações do dia a dia. Perspectiva é compreendida a partir das expectativas futuras, analisadas em um contexto complexo que envolve o meio em que convivem (território, pessoas, símbolos, cultura, etc.), prospectando-se cenários positivos ou negativos, os quais influenciam as decisões individuais e coletivas. As informações aqui utilizadas como referência empírica para a elaboração deste artigo foram extraídas de documentos e entrevistas com jovens rurais participantes da Associação da Juventude Rural de Arroio do Tigre (AJURATI). O trabalho busca interpretar e compreender as ambições, intenções e possíveis escolhas dos jovens diante do cenário contemporâneo da agricultura familiar brasileira. O estudo possibilitou identificar as dificuldades, problemas e fatores que limitam a permanência no rural, no entanto, por outro lado, visualizar expectativas positivas em relação aos espaços sociais criados e incentivados localmente. Por fim, observa-se um desapontamento quando se trata da dimensão produtiva do rural e das relações mercantis, e, de outro, uma perspectiva positiva quando direcionado para a dimensão social, considerando a experiência de sucesso local.

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,149
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Capítulo do livro 2012 - Ezequiel redin e Paulo Roberto Cardoso da Silveira - Juventude rural - experiências e perspectivas

  1. 1. Capítulo do livro: Juventude rural: experiências e perspectivas Autores: Ezequiel Redin Paulo Roberto Cardoso da SilveiraResumo:O objetivo do trabalho é analisar a experiência e perspectiva da juventude rural no cerne das relações sociais,abrangendo o campo analítico e empírico. Entende-se por experiência, a prática da vida cotidiana, asinterlocuções e ensaios que envolvem a natureza das relações sociais traduzidas nas ações do dia a dia.Perspectiva é compreendida a partir das expectativas futuras, analisadas em um contexto complexo queenvolve o meio em que convivem (território, pessoas, símbolos, cultura, etc.), prospectando-se cenáriospositivos ou negativos, os quais influenciam as decisões individuais e coletivas. As informações aqui utilizadascomo referência empírica para a elaboração deste artigo foram extraídas de documentos e entrevistas comjovens rurais participantes da Associação da Juventude Rural de Arroio do Tigre (AJURATI). O trabalho buscainterpretar e compreender as ambições, intenções e possíveis escolhas dos jovens diante do cenáriocontemporâneo da agricultura familiar brasileira. O estudo possibilitou identificar as dificuldades, problemas efatores que limitam a permanência no rural, no entanto, por outro lado, visualizar expectativas positivas emrelação aos espaços sociais criados e incentivados localmente. Por fim, observa-se um desapontamentoquando se trata da dimensão produtiva do rural e das relações mercantis, e, de outro, uma perspectivapositiva quando direcionado para a dimensão social, considerando a experiência de sucesso local.Palavras-chave: juventude rural, experiências, perspectivas, AJURATI, agricultura familiar

×