Touros para Leite Nova India 2009

  • 3,345 views
Uploaded on

Criteriosa seleção entre os touros mais premiados destes grandes raçadores bem observada herdabilidade.

Criteriosa seleção entre os touros mais premiados destes grandes raçadores bem observada herdabilidade.

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
3,345
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
11
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Leite 2009
  • 2. A FORÇA DE UMA PARCERIA A SERVIÇO DO CRIADOR Tendo uma filosofia de trabalho que busca A Nova Índia Genética, única empresa nacional oferecer aos pecuaristas produtos que visam uma do setor, atua no mercado há 17 anos, foi criada maior rentabilidade da atividade, a empresa com o objetivo de suprir uma demanda de novos disponibiliza a partir de 2009, novos produtos produtos e serviços na área de melhoramento resultantes da parceria com a Genes Diffusion genético animal. A empresa vem crescendo a Optimal (França) e da CGL (Argentina).Estas cada ano e para alicerçar este crescimento, empresas de renome mundial, desenvolvem desenvolve seu trabalho em conjunto com programas de seleção genética nas raças instituições e empresas parceiras, o que européias de corte e leite, em diversos países proporciona um lugar de destaque no mercado de como: Argentina, França, Países Baixos, Polônia, genética nacional. Hungria, EUA entre outros. Este lugar de destaque, não se deve somente pela Esta parceria proporciona aos pecuaristas acesso qualidade do material genético fornecido aos a uma diversidade de material genético de criadores, ou pelos programas desenvolvidos tais qualidade e resultado indiscutível. O principal como: Programa Touros Jovens, Programa Método motivo pelo qual a Nova Índia foi buscar esta Shiva de Treinamento de Inseminadores, parceira é VOCÊ CRIADOR! Programa Gir Nova Índia, mas também pela ética e responsabilidade de atuação no mercado de genética.
  • 3. ÍNDICE SELEÇÃO GENÉTICA FRANCESA.....................................................................4 ISU ...............................................................................................................5 TOP HOLANDÊS............................................................................................6 Holandês Normando PERTHUIS ........................................................................................33 ROUMARE ......................................................................................8 MIGLOU .........................................................................................34 TASMAN .........................................................................................10 UHLAND .........................................................................................11 Gir SALISBURY ......................................................................................12 GALLI ..............................................................................................37 SAVER ............................................................................................13 CHUMBO.........................................................................................38 REGGIO ..........................................................................................14 SANDINO........................................................................................39 RAMZ .............................................................................................15 FACHO ............................................................................................40 UNSERGE .......................................................................................16 ESCOL .............................................................................................41 SORANO ........................................................................................17 OSCAR ............................................................................................42 RAYLEIGH .......................................................................................18 ASKAY.............................................................................................43 UTITON ...........................................................................................19 ELIEL ................................................................................................44 UNIVERSAL .....................................................................................20 EGÍPCIO ..........................................................................................45 THILLOT ..........................................................................................21 SURFEIT ..........................................................................................22 ASTRO.............................................................................................46 RÉOC ..............................................................................................23 Girolando SPORT ............................................................................................24 REMERSON .....................................................................................25 BÁTILA .........................................................................................................47 TIENBON ........................................................................................26 PADHOK ......................................................................................................48 ROCKENROLL ..................................................................................27 Holandês RELÁMPAGO ...................................................................................28 CONQUEST .....................................................................................29 Simmental RAYMAN ........................................................................................30 RUBIS .............................................................................................31 FUGITIF ...........................................................................................32
  • 4. SELEÇÃO GENÉTICA FRANCESA Os programas de seleção genética na França são 2- Pernas & Pés: as vacas devem se locomover com conduzidos há mais de 45 anos, por cooperativas de facilidade, suportando sua estrutura corporal, sem diversas regiões do país, em conjunto com os órgãos apresentar problemas como contusões, claudicações oficiais certificadores (Institute Elevage, Associaçãoentre outras. Para tal, deverá apresentar uma boa Prim'Holstein e Ministério da Agricultura). qualidade óssea, bom ângulo de casco, boa altura de talão, vista de lado deverão ter uma curvatura correta e A diversidade de ambientes e condições de manejo, vista posteriormente deverão ser paralelas. aliada a um número mínimo de testagem por touro de 90 filhas em 85 rebanhos, conferem uma grande 3- Força Leiteira: avalia o potencial e a condição do confiabilidade ao programa de seleção francês. animal para produção. A força é traduzida pela avaliação em conjunto da estrutura, capacidade Este programa de seleção tem como objetivo o corporal e caráter leiteiro, buscando uma estrutura aumento da rentabilidade das propriedades leiteiras. equilibrada, capaz de permitir aos animais a Este aumento se dá não somente pelo incremento na permanência no rebanho por várias lactações. produção de leite dos animais e diminuição dos custos de produção, mas também pelo aumento da 4- Garupa: também exerce influência na longevidade longevidade dos animais. dos animais. Uma garupa larga, comprida, inserida suavemente no lombo, com boa inclinação, auxilia Por que incrementar a longevidade? O incremento da na locomoção, possibilita uma boa sustentação do longevidade é importante na rentabilidade, porque úbere e desenvolvimento do seu volume, além de permite aos animais alcançarem a idade madura em permitir uma maior facilidade de nascimento dos condições saudáveis, permitindo assim, o bezerros. desenvolvimento de todo seu potencial genético. A avaliação deste trabalho de seleção é medida As características morfológicas que determinam a através de um índice denominado ISU que integra os longevidade são: qualidade de Úbere, Pernas & Pés, índices de produção, morfologia e funcionalidade. Garupa e Força leiteira. 1- Qualidade de Úbere: é de extrema importância porque traduz a habilidade do animal para produção de leite. Para expressar tal habilidade, se espera que na idade madura os animais apresentem um úbere bem inserido na sua parte anterior e posterior, boa altura e largura, profundidade intermediária, com boa irrigação sanguínea, forte ligamento e boa textura. 4
  • 5. ISU INEL CEL LONG FERT TIPO 50% 12,5% 12,5% 12,5% 12,5% 0.2 0,5 0 ,6 0,2 0,2 KgP TP KgG TG MA CC ME HS Taxa Taxa Leite Leite Gord. 20% Prot. PJ INEL = 0,98 (KgP + 0,2 KgG + TP + 0,5 TG) 45% LP 20% LEGENDA MA: Úbere PJ: Profundidade de úbere LO AH: Altura de úbere posterior PS: Ligamento Central 100% AH EA: Equilíbrio IA: Inserção dos tetos PC LT: comprimento dos tetos 20% CC: Capacidade Cirporal 40% HS: Estatura LP: Força PC: Profundidade Corporal PS LI: Largura de Garupa ME: Pernas & Pés 10% Lo: Locomoção EA 10% LI IA 10% 20% LT 5% COEFICIENTE NEGATIVO
  • 6. Top Holandês Produtividade LEITE (kg) ISU REGGIO 1409 ROUMARE 177 ROCKENROLL 1149 SAVER 172 THILOT 1130 THILOT 164 SURFEIT 994 SURFEIT 152 UTITON 836 SALISBURY 150 GORDURA (kg) INEL REMERSON 60 SAVER 49 SAVER 53 SURFEIT 48 UNIVERSAL 49 47 REGGIO ROUMARE 41 ROUMARE 42 THILLOT REGGIO 41 42 PROTEÍNA (kg) REGGIO 41 SURFEIT 41 THILOT 37 SAVER 36 ROUMARE 30 6
  • 7. Top Holandês Funcionalidade MORFOLOGIA COMP. ÚBERE ROUMARE 4,5 ROUMARE 3,3 TASMAN 2,8 TASMAN 2,3 UHLAND 2,5 UHLAND 2,3 SALISBURY 2,4 SALISBURY 2,1 REGGIO 2,4 UTITON 1,7 COMP. CORPORAL PERNAS & PÉS ROUMARE 2,8 ROUMARE 2,6 REGGIO 2,3 RAYLEIGH 2,1 REMERSON 2,2 UNIVERSAL 2,1 UNIVERSAL 2,2 TIENBON 2,1 UHLAND 1,9 REGGIO 2,0 UNSERGE 1,9 FACILIDADE DE PARTO RÉOC 92 RAMZ 91 SALISBURY 91 RAYLEIGH 90 UNSERGE 90 UHLAND 90 7
  • 8. HOLANDÊS ROUMARE TL TV 87 Facilidade de Parto FR 2217051448 PEDIGREE PAI JOCKO BESN PAI: MÃE: ODESSA 1270 AVÔ MAT.: GIBBON BISAVÔ MAT.: SINGING BROOK NB MASCOT 9532. Seu pedigree traduz sua excelência genética. Número 1 para morfologia na França; ( Tipo +4,5). Características Morfológicas - FRA Out/2008 Compostos excepcionais: C. Ubere +3,3; C. Pernas & Conf. 81% / Filhas 61 - Rebanhos 61 Pés +2,6; C.Corporal +2,8. Tipo + 4.5 Internacional pai de touros. Composto de Úbere + 3.3 Originado de 04 gerações de vacas EX. Ligamento Central do Úbere + 1.6 Altos índices funcionais. Profundidade do Úbere + 3.2 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.337 Kg, Inserção Anterior do Úbere + 1.4 Equilíbrio do Úbere + 1.8 G 4.01% e P 3.44%. Altura de Úbere Posterior + 2.1 Colocação dos Tetos Anteriores + 2.1 Colocação dos Tetos Posteriores - 0.5 Comprimento dos Tetos - 0.8 Composto de Capacidade Corporal + 2.8 Estatura + 3.0 Força + 1.2 Profundidade Corporal + 2.2 Angulosidade + 1.2 + 0.1 Ângulo da Garupa Largura da Garupa + 2.3 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 2.6 Pernas Vista Lateral - 2.4 Conf. 87% / Filhas 60 - Rebanhos 60 Ângulo do Casco + 1.4 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 1.9 Locomoção + 2.6 42 30 0,23 41 0,29 351 177 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares + 2.0 Velocidade de Ordenha + 1.1 Temperamento 1.6 + Células Somáticas + 1.9 Longevidade + 0.4 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 8
  • 9. HOLANDÊS PROGÊNIES Uruguay. Ustensile. Villa. Valseuse. 9
  • 10. HOLANDÊS TASMAN TL TV 89 Facilidade de Parto FR 8538921139 PEDIGREE PAI JESTHER PAI: MÃE: OURAGAN AVÔ MAT.: EASTVIEW INFLUENCE MATTIE BISAVÔ MAT.: DANNIX Venisse. Excepcionais úberes (profundidade, equilíbrio, inserções). Características Morfológicas - FRA Out/2008 Pernas corretas. Conf. 80% / Filhas 58 - Rebanhos 55 Longevidade, CCS. Tipo + 2.8 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.517 Kg, Composto de Úbere + 2.3 G 3.75% e P 3.32%. Ligamento Central do Úbere + 0.7 Profundidade do Úbere + 1.9 Inserção Anterior do Úbere + 1.5 Equilíbrio do Úbere + 1.7 Altura de Úbere Posterior + 2.2 Colocação dos Tetos Anteriores + 2.8 Colocação dos Tetos Posteriores + 0.8 Comprimento dos Tetos - 0.7 Composto de Capacidade Corporal + 1.7 Estatura + 1.8 Força + 1.2 Profundidade Corporal + 1.1 Angulosidade + 0.4 + 1.9 Ângulo da Garupa Largura da Garupa + 1.9 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 1.1 Pernas Vista Lateral - 1.1 Conf. 86% / Filhas 62 - Rebanhos 58 Ângulo do Casco + 0.1 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 1.3 Locomoção + 1.1 19 19 -0,1 6 -0,18 627 139 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares + 0.4 Velocidade de Ordenha + 0.5 Temperamento 1.0 + Células Somáticas + 1.1 Longevidade - 0.2 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 10
  • 11. HOLANDÊS UHLAND TL TV 90 Facilidade de Parto FR 2242501816 PEDIGREE PAI JESTHER PAI: MÃE: OCARINA EX91 AVÔ MAT.: STARTMORE RUDOLPH BIS-AVÔ MAT.: NORRIELAKE CLEITUS LUKE Aglae. Familia de renome (Heymet e First Mike). Touro Top em morfologia. Características Morfológicas - FRA Out/2008 Úberes excepcionais. Conf. 81% / Filhas 62 - Rebanhos 56 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.285 Kg, Tipo + 2.5 G 3.87% e P 3.40%. Composto de Úbere + 2.3 Ligamento Central do Úbere + 0.5 Profundidade do Úbere + 2.1 Inserção Anterior do Úbere + 2.1 Equilíbrio do Úbere + 1.4 Altura de Úbere Posterior + 1.6 Colocação dos Tetos Anteriores + 0.8 Colocação dos Tetos Posteriores - 0.2 Comprimento dos Tetos + 0.7 Composto de Capacidade Corporal + 1.9 Estatura + 2.0 Força + 1.5 Profundidade Corporal + 1.3 Angulosidade + 1.1 + 1.8 Ângulo da Garupa Largura da Garupa + 1.5 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 0.0 Pernas Vista Lateral - 0.7 Conf. 86% / Filhas 70 - Rebanhos 64 Ângulo do Casco + 0.4 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior - 0.2 Locomoção + 0.0 25 21 -0,17 13 -0,04 271 149 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares - 0.4 Velocidade de Ordenha + 0.7 Temperamento Células Somáticas + 1.0 + 1.4 Longevidade + 0.6 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 11
  • 12. HOLANDÊS SALISBURY TL TV 91 Facilidade de Parto FR 2941264354 PEDIGREE PAI JOCKO BESN PAI: MÃE: AMI OCÉANE TB88 AVÔ MAT.: STARTMORE RUDOLPH BISAVÔ MAT.: SINGING BROOK NB MASCOT Ami Océane. Pedigree moderno que produz alta proteína. Úberes excelentes. Características Morfológicas - FRA Out/2008 Boa locomoção. Conf. 81% / Filhas 49 - Rebanhos 38 Longevidade e CCS. Tipo + 2.4 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.364 Kg, Composto de Úbere + 2.1 G 3.77% e P 3.39%. Ligamento Central do Úbere - 0.4 Profundidade do Úbere + 1.6 Inserção Anterior do Úbere + 1.2 Equilíbrio do Úbere + 0.0 Altura de Úbere Posterior + 2.4 Colocação dos Tetos Anteriores + 0.9 Colocação dos Tetos Posteriores - 0.5 Comprimento dos Tetos + 0.7 Composto de Capacidade Corporal + 0.6 Estatura + 0.8 Força - 0.1 Profundidade Corporal + 0.1 Angulosidade + 0.5 - 1.3 Ângulo da Garupa Largura da Garupa + 0.8 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 1.3 Pernas Vista Lateral - 2.4 Conf. 80% / Filhas 60 - Rebanhos 46 Ângulo do Casco + 1.1 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 0.4 Locomoção + 1.3 24 24 0,13 0 -0,18 392 150 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares -- Velocidade de Ordenha -- Temperamento Células Somáticas + 1.8 + 1.2 Longevidade -- Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 12
  • 13. HOLANDÊS SAVER TL TV 87 Facilidade de Parto FR 2254633787 PEDIGREE PAI JOCKO BESN PAI: MÃE: ORANGINA AVÔ MAT.: RUDOLPH BISAVÔ MAT.: MAIZEFIELD BELWOOD Altos índices de sólidos com boa produção. Jocko x Rudolph x Bellwood x Leadman, um pedigree Características Morfológicas - FRA Out/2008 que transmite sanidade , longevidade e fertilidade. Conf. 83% / Filhas 72 - Rebanhos 66 Touro melhorador de úbere e Pernas & Pés. Tipo + 1.1 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.590 Kg, Composto de Úbere + 1.1 G 3.77% e P 3.39%. Ligamento Central do Úbere + 0.5 Profundidade do Úbere + 0.6 Inserção Anterior do Úbere + 0.5 Equilíbrio do Úbere + 0.4 Altura de Úbere Posterior + 1.0 Colocação dos Tetos Anteriores + 0.5 Colocação dos Tetos Posteriores - 0.4 Comprimento dos Tetos + 0.1 Composto de Capacidade Corporal - 0.4 Estatura + 0.0 Força - 0.3 Profundidade Corporal - 0.1 Angulosidade + 0.3 + 0.3 Ângulo da Garupa Largura da Garupa - 1.2 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 1.0 Pernas Vista Lateral - 0.9 Conf. 88% / Filhas 73 - Rebanhos 67 Ângulo do Casco - 0.1 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 0.7 Locomoção + 1.0 49 36 0,16 53 0,25 740 172 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares - 0.5 Velocidade de Ordenha + 0.6 Temperamento 1.4 + Células Somáticas + 1.5 Longevidade + 1.6 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 13
  • 14. HOLANDÊS REGGIO TL CV 87 Facilidade de Parto FR 5344376557 PEDIGREE PAI LANTZ PAI: MÃE: HPV NYNCEA B83 AVÔ MAT.: FATAL BISAVÔ MAT.: DOMBINATOR Tartine. Excepcional entre produção de leite e morfologia. Animais com muita caracterização leiteira, úberes que Características Morfológicas - FRA Out/2008 se destacam por seu forte ligamento e altura. Conf. 81% / Filhas 59 - Rebanhos 57 Ótimas Pernas & Pés. Tipo + 2.4 Equilíbrio entre produção de leite, sólidos e morfologia. Composto de Úbere + 1.3 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 12.025 Kg, Ligamento Central do Úbere + 1.5 G 3.78% e P 3.30%. Profundidade do Úbere + 0.7 Inserção Anterior do Úbere + 0.2 Equilíbrio do Úbere + 2.8 Altura de Úbere Posterior + 1.7 Colocação dos Tetos Anteriores + - 0.3 Colocação dos Tetos Posteriores - 0.3 Comprimento dos Tetos + 0.7 Composto de Capacidade Corporal + 2.3 Estatura + 0.8 Força + 2.9 Profundidade Corporal + 1.6 Angulosidade + 0.6 - 0.7 Ângulo da Garupa Largura da Garupa + 2.2 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 2.0 Pernas Vista Lateral - 1.0 Conf. 88% / Filhas 60 - Rebanhos 58 Ângulo do Casco + 0.8 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 2.5 Locomoção + 2.0 47 41 -0,04 41 -0,17 1409 147 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares - 1.1 Velocidade de Ordenha + 0.8 Temperamento Células Somáticas + 0.0 - 0.2 Longevidade - 1.4 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 14
  • 15. HOLANDÊS RAMZ TL TV 91 Facilidade de Parto FR 2216121404 PEDIGREE PAI ADDISON PAI: MÃE: ODILE B81 AVÔ MAT.: CORKY BISAVÔ MAT.: CELSIUS Ramz 5220. Animais de tamanho mediano, com boa qualidade óssea. Características Morfológicas - FRA Out/2008 Úberes altos, bem inseridos na sua parte dianteira. Conf. 85% / Filhas 87 - Rebanhos 81 Pernas excelentes (TOP 4%) Tipo + 2.0 Facilidade de parto. Composto de Úbere + 1.3 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.617 Kg, Ligamento Central do Úbere - 1.2 G 3.84% e P 3.28%. Profundidade do Úbere + 1.5 Inserção Anterior do Úbere + 0.9 Equilíbrio do Úbere + 0.6 Altura de Úbere Posterior + 0.2 Colocação dos Tetos Anteriores + 2.4 Colocação dos Tetos Posteriores - 0.8 Comprimento dos Tetos - 1.0 Composto de Capacidade Corporal + 1.3 Estatura + 1.2 Força + 0.2 Profundidade Corporal + 1.0 Angulosidade + 0.0 + 1.0 Ângulo da Garupa Largura da Garupa + 1.7 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 1.5 Pernas Vista Lateral - 1.2 Conf. 92% / Filhas 108 - Rebanhos 99 Ângulo do Casco + 1.0 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 0.3 Locomoção + 1.5 21 17 -0,07 27 -0,03 782 129 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares + 0.3 Velocidade de Ordenha - 0.1 Temperamento 0.2 - Células Somáticas + 0.6 Longevidade - 0.6 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 15
  • 16. HOLANDÊS UNSERGE TL TV 90 Facilidade de Parto FR 4460607167 PEDIGREE PAI LHEROS PAI: MÃE: PALENCIA B80 AVÔ MAT.: HAIRYBREIZ BISAVÔ MAT.: MAIZEFIELD BELLWOOD 2012. Lheros (especialista em capacidade corporal) X Hairy Breiz (especialista em úbere) x Bellwood (especialista em Características Morfológicas - FRA Out/2008 produção). Conf. 77% / Filhas 43 - Rebanhos 39 Mãe e avó materna com lactações superiores a 13.000 Kg Tipo + 1.9 de leite com Proteína superior a 3,5%. Composto de Úbere + 1.6 As filhas de Unserge são vacas grandes, com excepcionais Ligamento Central do Úbere + 0.3 garupas e úberes. Profundidade do Úbere + 1.4 Fertilidade e facilidade de parto. Inserção Anterior do Úbere + 1.4 Equilíbrio do Úbere + 0.9 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.274 Kg, Altura de Úbere Posterior + 1.8 G 3.86% e P 3.41%. Colocação dos Tetos Anteriores + 0.3 Colocação dos Tetos Posteriores + 0.5 Comprimento dos Tetos + 0.7 Composto de Capacidade Corporal + 1.9 Estatura + 2.0 Força + 1.5 Profundidade Corporal + 1.3 Angulosidade + 0.7 + 1.2 Ângulo da Garupa Largura da Garupa + 1.5 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés - 0.4 Pernas Vista Lateral - 0.5 Conf. 85% / Filhas 63 - Rebanhos 57 Ângulo do Casco + 0.3 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior - 0.4 Locomoção - 0.4 25 22 0,19 11 0,02 254 140 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares - 0.4 Velocidade de Ordenha + 0.5 Temperamento 0.5 - Células Somáticas + 0.8 Longevidade + 1.3 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 16
  • 17. HOLANDÊS SORANO TL TV 88 Facilidade de Parto FR 5703329984 PEDIGREE PAI MANAT PAI: MÃE: PALUDINE AVÔ MAT.: GOODTIME BISAVÔ MAT.: MAIZEFIELD BELLWOOD Uriane. O melhor filho de Manat na França, originado de uma família de renome: Manat x VG 88 Goodtime x VG 88 Características Morfológicas - FRA Out /2008 Bellwood x VG 87 Tonic x EX92 Southwind x EX 93 Conf. 84% / Filhas 79 - Rebanhos 74 Tradition x VG 85 Valiant x EX 90 Elevation x VG 88 Tipo + 1.8 Astronaut. Composto de Úbere + 1.5 Alta produção de leite. Ligamento Central do Úbere - 0.2 Úberes bem inseridos e boa locomoção. Profundidade do Úbere + 1.6 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.650 Kg, Inserção Anterior do Úbere + 0.9 Equilíbrio do Úbere + 1.1 G 3.83% e P 3.33%. Altura de Úbere Posterior + 1.1 Colocação dos Tetos Anteriores + - 0.1 Colocação dos Tetos Posteriores - 0.5 Comprimento dos Tetos + 0.1 Composto de Capacidade Corporal + 1.0 Estatura + 1.9 Força - 1.0 Profundidade Corporal + 1.4 Angulosidade + 1.6 + 0.2 Ângulo da Garupa Largura da Garupa + 0.2 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 0.7 Pernas Vista Lateral - 0.3 Conf. 90% / Filhas 86 - Rebanhos 81 Ângulo do Casco + 0.7 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 0.3 Locomoção + 0.7 30 26 -0,1 27 -0,7 832 139 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares + 0.8 Velocidade de Ordenha + 0.1 Temperamento Células Somáticas - 0.7 + 0.8 Longevidade + 0.2 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 17
  • 18. HOLANDÊS RAYLEIGH TL TV 90 Facilidade de Parto FR 8562702836 PEDIGREE PAI AARON PAI: MÃE: MENACE TB85 AVÔ MAT.: MAIZEFIELD BELLWOOD BISAVÔ MAT.: SINGING BROOK NB MASCOT Tisane. Excelentes aprumos. Úberes excelentes (TOP 5%). Características Morfológicas - FRA Out /2008 Filhas que se destacam pelo seu estilo e harmonia. Conf. 78% / Filhas 47 - Rebanhos 46 Um dos melhores filhos de Aaron para características Tipo + 1.9 funcionais. Composto de Úbere + 1.5 Facilidade de parto. Ligamento Central do Úbere + 0.3 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.523 Kg, Profundidade do Úbere + 1.3 G 3.84% e P 3.28%. Inserção Anterior do Úbere + 0.0 Equilíbrio do Úbere + 0.2 Altura de Úbere Posterior + 1.3 Colocação dos Tetos Anteriores + 0.6 Colocação dos Tetos Posteriores - 0.2 Comprimento dos Tetos + 0.2 Composto de Capacidade Corporal - 0.1 Estatura + 1.1 Força - 0.8 Profundidade Corporal - 0.1 Angulosidade + 0.5 + 0.2 Ângulo da Garupa Largura da Garupa - 0.6 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 2.1 Pernas Vista Lateral - 1.4 Conf. 86% / Filhas 53 - Rebanhos 52 Ângulo do Casco + 1.4 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 1.9 Locomoção + 2.1 17 13 -0,06 23 -0,03 637 130 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares - 0.5 Velocidade de Ordenha - 1.1 Temperamento 1.5 + Células Somáticas + 0.3 Longevidade - 0.5 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 18
  • 19. HOLANDÊS UTITON TL TV 89 Facilidade de Parto FR 5802903603 PEDIGREE PAI GARTER PAI: MÃE: 101 ROXELAN AVÔ MAT.: JOCKO BESN BISAVÔ MAT.: GIBBON Resultado de 05 gerações de vacas destaque: VG85 Jocko x Vg89 Gibbon x EX90 Sammy x EX 90 Características Morfológicas - FRA Out /2008 Wimpyson x EX 93 Pickland Conf. 79% / Filhas 53 - Rebanhos 53 Úberes com forte ligamento, alto e bem inserido. Tipo + 1.7 CCS, Longevidade e Fertilidade. Composto de Úbere + 1.7 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.652 Kg, Ligamento Central do Úbere + 1.6 G 3.84% e P 3.28%. Profundidade do Úbere + 1.2 Inserção Anterior do Úbere + 0.6 Equilíbrio do Úbere - 1.0 Altura de Úbere Posterior + 1.8 Colocação dos Tetos Anteriores + 0.9 Colocação dos Tetos Posteriores + 1.2 Comprimento dos Tetos + 0.9 Composto de Capacidade Corporal + 0.3 Estatura + 0.8 Força - 1.0 Profundidade Corporal + 0.3 Angulosidade + 0.3 + 0.0 Ângulo da Garupa Largura da Garupa + 0.8 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 0.6 Pernas Vista Lateral - 1.0 Conf. 84% / Filhas 62 - Rebanhos 61 Ângulo do Casco + 1.1 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 0.5 Locomoção + 0.6 23 19 -0,09 29 -0,11 836 147 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares + 1.5 Velocidade de Ordenha - 0.2 Temperamento Células Somáticas + 1.0 + 1.8 Longevidade + 1.0 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 19
  • 20. HOLANDÊS UNIVERSAL TL TV 89 Facilidade de Parto FR 2214546008 PEDIGREE PAI MAGNA PAI: MÃE: SURYA Tb86 AVÔ MAT.: JESTHER BISAVÔ MAT.: GIBBON Altea. Pedigree original: Air Magna x Jesther x Gibbon. Originado de 06 gerações de vacas VG. Características Morfológicas - FRA Out /2008 Touro que combina força e caracterização leiteira com Conf. 78% / Filhas 50 - Rebanhos 50 excepcionais Pernas & Pés. Tipo + 1.7 Úberes corretos. Composto de Úbere + 0.6 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.397 Kg, Ligamento Central do Úbere + 0.6 G 4.04% e P 3.31%. Profundidade do Úbere + 1.0 Inserção Anterior do Úbere + 0.3 Equilíbrio do Úbere + 0.3 Altura de Úbere Posterior - 0.1 Colocação dos Tetos Anteriores + 0.8 Colocação dos Tetos Posteriores + 0.4 Comprimento dos Tetos - 2.3 Composto de Capacidade Corporal + 2.2 Estatura + 1.6 Força + 1.6 Profundidade Corporal + 2.4 Angulosidade + 1.1 + 0.5 Ângulo da Garupa Largura da Garupa + 0.5 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 2.1 Pernas Vista Lateral - 0.4 Conf. 86% / Filhas 69 - Rebanhos 66 Ângulo do Casco + 1.8 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 1.9 Locomoção + 2.1 21 11 -0,05 49 -0,35 443 130 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares - 0.6 Velocidade de Ordenha + 1.9 Temperamento Células Somáticas + 0.5 + 0.3 Longevidade - 0.5 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 20
  • 21. HOLANDÊS THILLOT TL TV 89 Facilidade de Parto FR 221621558 PEDIGREE PAI DUTCH BOY PAI: MÃE: ROUGET TB86 AVÔ MAT.: ETAZON ADDISON BISAVÔ MAT.: WELLS MASCOT CORKY 1352. Equilíbrio entre produção e morfologia. Top em ISU. Características Morfológicas - FRA Out /2008 Touro que imprime caráter leiteiro, boas pernas e úberes Conf. 80% / Filhas 59 - Rebanhos 56 funcionais. Tipo + 1.6 Longevidade e CCS. Composto de Úbere + 1.2 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.844 Kg, Ligamento Central do Úbere + 0.4 G 3.80% e P 3.33%. Profundidade do Úbere + 1.0 Inserção Anterior do Úbere + 1.0 Equilíbrio do Úbere + 1.0 Altura de Úbere Posterior + 1.2 Colocação dos Tetos Anteriores + 0.3 Colocação dos Tetos Posteriores + 0.1 Comprimento dos Tetos + 0.6 Composto de Capacidade Corporal + 1.0 Estatura + 1.3 Força + 0.5 Profundidade Corporal + 0.7 Angulosidade + 1.1 + 0.9 Ângulo da Garupa Largura da Garupa + 0.7 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 0.8 Pernas Vista Lateral - 1.0 Conf. 85% / Filhas 59 - Rebanhos 55 Ângulo do Casco + 1.1 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 0.2 Locomoção + 0.8 42 37 0,03 34 -0,01 1130 164 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares - 0.5 Velocidade de Ordenha + 0.6 Temperamento 1.9 + Células Somáticas + 1.6 Longevidade + 0.1 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 21
  • 22. HOLANDÊS SURFEIT TL TV 87 Facilidade de Parto FR 5238722162 PEDIGREE PAI JOCKO BESN PAI: MÃE: TIDY B. FLORENCE AVÔ MAT.: FATAL BISAVÔ MAT.: MASCOT Unite. Touro que define o trabalho de seleção francesa. Úberes funcionais. Características Morfológicas - FRA Out /2008 Excepcionais aprumos. Conf. 84% / Filhas 84 - Rebanhos 82 Touro Top para produção de leite e proteína. Tipo + 1.6 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.755 Kg, Composto de Úbere + 1.0 G 3.85% e P 3.38%. Ligamento Central do Úbere - 0.5 Profundidade do Úbere + 0.7 Inserção Anterior do Úbere + 0.6 Equilíbrio do Úbere + 1.1 Altura de Úbere Posterior + 1.2 Colocação dos Tetos Anteriores + 1.2 Colocação dos Tetos Posteriores + 0.1 Comprimento dos Tetos + 0.8 Composto de Capacidade Corporal + 0.8 Estatura + 1.4 Força + 0.4 Profundidade Corporal + 0.3 Angulosidade + 0.5 + 1.0 Ângulo da Garupa Largura da Garupa + 0.8 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 1.7 Pernas Vista Lateral - 1.0 Conf. 90% / Filhas 88 - Rebanhos 85 Ângulo do Casco + 0.4 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 0.7 Locomoção + 1.7 48 41 0,11 36 -0,06 994 152 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares - 0.5 Velocidade de Ordenha + 0.2 Temperamento 0.7 - Células Somáticas + 0.0 Longevidade + 0.5 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 22
  • 23. HOLANDÊS RÉOC TL TV 92 Facilidade de Parto FR 7627604443 PEDIGREE PAI JOCKO BESN PAI: MÃE: ODYSSE TB89 AVÔ MAT.: GELPRO BISAVÔ MAT.: ESENTATION Uniforme. Equilíbrio entre produção e morfologia. Úberes excepcionais. Características Morfológicas - FRA Out /2008 Aprumos corretos. Conf. 85% / Filhas 83 - Rebanhos 72 Facilidade de parto. Tipo + 1.7 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.600 Kg, Composto de Úbere + 1.3 G 3.88% e P 3.35%. Ligamento Central do Úbere + 0.9 Profundidade do Úbere + 0.7 Inserção Anterior do Úbere + 1.2 Equilíbrio do Úbere + 1.2 Altura de Úbere Posterior + 1.7 Colocação dos Tetos Anteriores + 1.3 Colocação dos Tetos Posteriores + 0.7 Comprimento dos Tetos + 1.3 Composto de Capacidade Corporal + 0.3 Estatura + 0.6 Força - 0.1 Profundidade Corporal + 0.5 Angulosidade + 0.8 - 0.4 Ângulo da Garupa Largura da Garupa - 0.3 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 1.5 Pernas Vista Lateral - 2.0 Conf. 90% / Filhas 94 - Rebanhos 84 Ângulo do Casco + 0.4 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 0.8 Locomoção + 1.5 35 28 0,06 34 0,04 755 140 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares + 0.9 Velocidade de Ordenha + 0.7 Temperamento 0.8 - Células Somáticas + 0.7 Longevidade - 0.1 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 23
  • 24. HOLANDÊS SPORT TL TV 85 Facilidade de Parto FR 6115062011 PEDIGREE PAI HERSHEL PAI: MÃE: NYNCE TB89 AVÔ MAT.: ETAZON LORD LILY BISAVÔ MAT.: DOMBINATOR Urssaf. Úberes que se destacam pelas suas inserções. Animais com muita angulosidade. Características Morfológicas - FRA Out /2008 CCS e Longevidade. Conf. 83% / Filhas 70 - Rebanhos 66 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.599 Kg, Tipo + 1.6 G 3.79% e P 3.30%. Composto de Úbere + 1.3 Ligamento Central do Úbere - 0.3 Profundidade do Úbere + 1.2 Inserção Anterior do Úbere + 2.2 Equilíbrio do Úbere + 1.3 Altura de Úbere Posterior + 1.4 Colocação dos Tetos Anteriores + - 0.1 Colocação dos Tetos Posteriores - 0.3 Comprimento dos Tetos + 0.2 Composto de Capacidade Corporal + 1.1 Estatura + 1.1 Força + 0.1 Profundidade Corporal + 1.1 Angulosidade + 1.2 + 0.0 Ângulo da Garupa Largura da Garupa + 1.0 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 0.8 Pernas Vista Lateral - 1.1 Conf. 89% / Filhas 73 - Rebanhos 69 Ângulo do Casco + 0.7 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 1.4 Locomoção + 0.8 22 20 -0,03 19 -0,13 754 136 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares - 1.4 Velocidade de Ordenha + 0.8 Temperamento Células Somáticas + 0.9 + 0.9 Longevidade - 0.1 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 24
  • 25. HOLANDÊS REMERSON TL TV 86 Facilidade de Parto DE 1601143199 PEDIGREE PAI EMERSON PAI: MÃE: WIESENFIELD BW MARINA TB87 AVÔ MAT.: MAIZEFIELD BELLWOOD BISAVÔ MAT.: HANOVER HILL STARDOM Umerson. Vacas equilibradas, com úberes funcionais e bons aprumos. Características Morfológicas - FRA Out /2008 Família de renome: Emerson x Tb87 Bellwood x Tb88 Conf. 77% / Filhas 48 - Rebanhos 48 Stardom x EX 93 Melvin x EX 92 Elevation x EX 96 Fond Tipo + 1.6 Matt. Composto de Úbere + 1.0 Longevidade. Ligamento Central do Úbere + 0.7 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.337 Kg, Profundidade do Úbere + 1.4 G 4.05% e P 3.31%. Inserção Anterior do Úbere + 1.0 Equilíbrio do Úbere - 0.6 Altura de Úbere Posterior - 0.4 Colocação dos Tetos Anteriores + 0.7 Colocação dos Tetos Posteriores + 0.0 Comprimento dos Tetos - 0.5 Composto de Capacidade Corporal + 2.2 Estatura + 2.3 Força + 0.9 Profundidade Corporal + 2.1 Angulosidade + 1.9 + 1.6 Ângulo da Garupa Largura da Garupa + 1.3 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 0.3 Pernas Vista Lateral - 0.6 Conf. 84% / Filhas 47 - Rebanhos 47 Ângulo do Casco + 0.8 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior - 0.4 Locomoção + 0.3 30 17 -0,03 60 0,36 651 147 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares + 0.2 Velocidade de Ordenha + 0.3 Temperamento Células Somáticas + 0.8 + 1.3 Longevidade + 0.5 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 25
  • 26. HOLANDÊS TIENBON TL TV 88 Facilidade de Parto FR 4240698944 PEDIGREE PAI DUTCH BOY PAI: MÃE: ROSE TB 86 AVÔ MAT.: JOCKO BESN BISAVÔ MAT.: EASTLAND CASH Tienne. Dutch Boy x Jocko besn: Alto potencial para produção. Vacas com muita caracterização leiteira. Características Morfológicas - FRA Out /2008 Excepcionais aprumos. Conf. 78% / Filhas 51 - Rebanhos 47 Uberes funcionais. Tipo + 1.4 Touro que imprime docilidade, velocidade de ordenha e Composto de Úbere + 0.7 longevidade. Ligamento Central do Úbere + 0.2 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.619 Kg, Profundidade do Úbere + 0.6 G 3.75% e P 3.32%. Inserção Anterior do Úbere + 0.2 Equilíbrio do Úbere + 0.7 Altura de Úbere Posterior + 0.2 Colocação dos Tetos Anteriores + 0.8 Colocação dos Tetos Posteriores - 0.2 Comprimento dos Tetos + 0.3 Composto de Capacidade Corporal + 0.6 Estatura + 1.3 Força - 0.4 Profundidade Corporal + 0.8 Angulosidade + 1.1 + 1.4 Ângulo da Garupa Largura da Garupa - 0.4 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 2.1 Pernas Vista Lateral - 2.6 Conf. 84% / Filhas 56 - Rebanhos 50 Ângulo do Casco + 0.6 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 1.9 Locomoção + 2.1 23 23 -0,02 12 -0,24 784 136 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares + 0.9 Velocidade de Ordenha + 1.5 Temperamento 0.3 + Células Somáticas + 1.0 Longevidade + 0.5 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 26
  • 27. HOLANDÊS ROCKENROLL TL TV 86 Facilidade de Parto FR 3299236977 PEDIGREE PAI JOCKO BESN PAI: MÃE: OTTAWA TB89 AVÔ MAT.: PAULO BRO BISAVÔ MAT.: MASCOT Uranie. Alta produção de leite com úberes funcionais e um ligamento central extremamente forte. Características Morfológicas - FRA Out /2008 Aprumos corretos. Conf. 78% / Filhas 47 - Rebanhos 46 Destaque para CCS. Tipo + 0.9 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.856 Kg, Composto de Úbere + 0.5 G 3.70% e P 3.27%. Ligamento Central do Úbere + 1.9 Profundidade do Úbere - 0.1 Inserção Anterior do Úbere - 1.1 Equilíbrio do Úbere + 0.5 Altura de Úbere Posterior + 0.8 Colocação dos Tetos Anteriores + 1.1 Colocação dos Tetos Posteriores + 1.6 Comprimento dos Tetos + 0.6 Composto de Capacidade Corporal + 0.9 Estatura + 1.0 Força + 0.7 Profundidade Corporal + 0.6 Angulosidade + 0.2 + 1.2 Ângulo da Garupa Largura da Garupa + 0.9 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 0.7 Pernas Vista Lateral - 1.3 Conf. 87% / Filhas 54 - Rebanhos 53 Ângulo do Casco + 0.1 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 0.0 Locomoção + 0.7 26 26 -0,10 16 -0,37 1149 137 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares - 0.3 Velocidade de Ordenha + 0.3 Temperamento Células Somáticas + 1.4 + 0.6 Longevidade + 0.0 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 27
  • 28. HOLANDÊS RELÁMPAGO PEDIGREE PAI STORMATIC PAI: MÃE: BREADALE GIPSY ROSE AVÔ MAT.: SHOREMAN MASON BISAVÔ MAT.: GILBROOK GRAND Mirella MB 85. Originado de embrião importado do Canadá. Família de renome mundial: neto da Gipsy Grand, com muitos filhos em centrais de inseminação. Altas produções de leite e sólidos. Mãe campeã no Canadá em 2003 e 2006. Filhas com excelentes características morfológicas, destacando-se caráter leiteiro, úbere e locomoção. Data de RP HBA Nascimento 330 232509 29/07/2004 Cabanna La Luisa de Guillermo Miretti Criador Fiduciaria Del Litoral Proprietário %GB %PROD. PER. LACTAÇÃO MADRE CLASSIF. LTS. PRÊMIOS Braedale Gipsy Rose MB - 87 pts. 13610 4.6 3.3 5a 8m em 365d Suas 13 filhas completaram as lactações com médias de 12332 Lts., com 3,8%G e 3,2%P. 28
  • 29. HOLANDÊS CONQUEST PEDIGREE PAI SUMMERSHADE INQUIER PAI: MÃE: CONNIE STORM AVÔ MAT.: MAUGHLIN STORM BISAVÔ MAT.: T.H. VALIANT ROCKIE Conquistadora. Grande campeão do Centenário da EXPO RAFAELA 2007. Originado de um dos criatórios mais tradicionais da Argentina, teve o mais alto preço pago em machos na raça holandês do país. Sua mãe e avós maternas apresentam lactações médias de 13.570 Kg de leite, com 3,7% de Gordura. Sua avó materna é irmã da mãe de Champion, touro que liderou por 4 anos consecutivos o Ranking do Canadá. Data de Suas filhas se destacam pelos excepcionais úberes, com RP HBA Nascimento boa altura, forte ligamento central e boas inserções. 3º premio de categoria na Exposição da Sociedade Rural de São Francisco, sede da Mercoláctea. 5949 235025 10/04/2005 Pedigree sólido para tipo e Pernas & Pés. Criador L a Mag d al en a d e J u an J o s é Fel i s s i a Proprietário Cen t r o Gen et i c o d el L i t o r al e CIA L P %GB %PROD. PER. LACTAÇÃO MADRE CLASSIF. LTS. PRÊMIOS Co n n i e St o r m MB - 89 p t s . 18478 3.6 3.1 3 a 11 m e m 3 6 5 d No m ead a A L L A MERICA N VA CA 4 an o s , 1997. No m ead a A L L CA NA DIA N e A L L A MERICA N VA CA 3 an o s , 1996. 29
  • 30. SIMMENTAL RAYMAN 91 Facilidade de Parto FR 2100032320 PEDIGREE PAI ZEIT PAI: MÃE: MOUTARDE AVÔ PAT.: ZAX AVÔ MAT.: HODACH Uvea. Número 1 para Úbere na França. CARACTERÍSTICAS MORFOLÓGICAS - FRA Out/2008 Aprumos corretos. Facilidade de Parto. Conf. 81% / Filhas 50 - Rebanhos 43 Morfologia Desenvolvimento Musculatura Úbere Aprumos 95 91 131 95 112 Características Auxiliares + 0.2 Longevidade - 0.3 Fertilidade + 1.2 CCS 0 -2 -1 +1 +2 Temperamento 110 Velocidade de Ordenha 105 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Conf. 85% / Filhas 54 - Rebanhos 46 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg KCASEÍNA 28 20 0,19 28 0,29 283 144 BB 30
  • 31. SIMMENTAL RUBIS 90 Facilidade de Parto FR 4240331220 PEDIGREE PAI ZEIT PAI: MÃE: NAOMI AVÔ PAT.: ZAX AVÔ MAT.: ZEUMON 7255. Altos índices de produção de leite e sólidos. CARACTERÍSTICAS MORFOLÓGICAS - FRA Out/2008 Equilíbrio entre produção e morfologia. Facilidade de parto. Conf. 82% / Filhas 52 - Rebanhos 41 Morfologia Desenvolvimento Musculatura Úbere Aprumos 89 115 115 102 113 Características Auxiliares + 0.0 Longevidade + 0.2 Fertilidade - 0.9 CCS 0 -2 -1 +1 +2 Temperamento 106 Velocidade de Ordenha 108 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Conf. 86% / Filhas 61 - Rebanhos 46 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg KCASEÍNA 21 18 -0.4 22 -0,2 630 124 AA 31
  • 32. SIMMENTAL FUGITIF 88 Facilidade de Parto FR 3990018016 PEDIGREE PAI UTERINO PAI: MÃE: BOHEME AVÔ PAT.: HASSAN AVÔ MAT.: ROMULUS Ingénue. Altos índices de produção de leite e sólidos. CARACTERÍSTICAS MORFOLÓGICAS - FRA Out/2008 Aprumos excepcionais. Fertilidade. Conf. 95% / Filhas 1.715 - Rebanhos 321 Longevidade. Morfologia Desenvolvimento Musculatura Úbere Aprumos Confiabilidade de resultados. 99 98 93 140 107 Características Auxiliares + 1.4 Longevidade + 1.2 Fertilidade - 0.3 CCS 0 -2 -1 +1 +2 Temperamento 106 Velocidade de Ordenha 109 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Conf. 95% / Filhas 2.760 - Rebanhos 514 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite kg KCASEÍNA 28 21 -0,15 44 0,12 897 138 -- 32
  • 33. NORMANDO PERTHUIS 89 Facilidade de Parto FR 2236571791 PEDIGREE PAI: PAI HIGHLANDER MÃE: LUXUEUSE AVÔ MAT.: DIAMETRE Saindoux. Úberes funcionais, com forte ligamento central. Animais de tamanho mediano com boa caracterização Características Morfológicas - FRA Out/2008 leiteira. Conf. 82% / Filhas 63 - Rebanhos 58 CCS. Tipo + 0.7 Lactação média das filhas: Leite 7.650 Kg, G 4.30% e Formato - 0.9 P 3.57%. Musculatura + 1.1 Estatura - 0.9 Amplitude do Peito - 0.6 Profundidade Corporal - 0.7 Comprimento da Garupa + 0.5 Largura da Garupa + - 1.5 + 1.0 Úbere Profundidade do Úbere + 0.8 Inserção Ant. do Úbere - 0.6 Inserção Post. do Úbere + 0.1 Ligamento + 1.7 Equilíbrio + 0.2 + 1.4 Coloc. dos Tetos Ant. Coloc. dos Tetos Post. + 2.3 Aprumos + 0.8 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Ângulo das Pernas + 0.4 0 -2 -1 +1 +2 Conf. 89% / Filhas 72 - Rebanhos 67 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg 19 15 0,09 17 0,10 258 132 Características Auxiliares - 0.6 Velocidade de Ordenha 0.4 + Longevidade + 0.0 Fertilidade 2.1 Células Somáticas + 0 -2 -1 +1 +2 33
  • 34. NORMANDO MIGLOU 84 Facilidade de Parto FR 7296008013 PEDIGREE PAI DRIVER PAI: MÃE: INSOMNIAC AVÔ MAT.: VALABRI BISAVÔ MAT.: BARZI Fille, udder. Pedigree diferenciado. Aprumos corretos. Características Morfológicas - FRA Out/2008 Ótimos úberes. Conf. 95% / Filhas 4691 - Rebanhos 2183 Longevidade. Tipo + 0.4 Confiabilidade de resultados. Formato - 0.8 Lactação média das filhas: Leite 7.858 Kg, G 4.09% e Musculatura - 2.4 P 3.57%. Estatura + 0.8 Amplitude do Peito - 2.0 Profundidade Corporal - 0.5 Comprimento da Garupa - 0.8 Largura da Garupa + - 0.2 + 1.0 Úbere Profundidade do Úbere + 0.5 Inserção Ant. do Úbere - 0.4 Inserção Post. do Úbere + 2.6 Ligamento + 1.2 Equilíbrio + 0.7 + 1.1 Coloc. dos Tetos Ant. Coloc. dos Tetos Post. + 1.1 Aprumos + 3.0 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Ângulo das Pernas + 1.6 0 -2 -1 +1 +2 Conf. 95% / Filhas 9653 - Rebanhos 4406 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg 10 12 -0,12 5 -0,31 578 117 Características Auxiliares + 1.0 Velocidade de Ordenha 1.5 + Longevidade - 0.1 Fertilidade 0.2 Células Somáticas + 0 -2 -1 +1 +2 34
  • 35. Com a Tortuga você sempre encontra Qualidade no relacionamento com o produtor Qualidade de vida Qualidade nos produtos para o consumidor para os animais Programa Tortuga de Nutrição. Qualidade e rentabilidade em todo o ciclo produtivo do rebanho leiteiro. O Programa Tortuga de Nutrição para vacas leiteiras garante aos animais tudo que eles pr cisam paa pr duzir mais e melho.r Ese e ro t programa foi desenvolvido para melhorar os índices de fertilidade e garantir a sanidade e a produtividade do rebanho. A exclusiva tecnologia dos minerais em forma orgânica permite maior biodisponibilidade desses importantes nutrientes. Com a Tortuga é assim: seus animais produzindo com qualidade e saúde. www.tortuga.com.br
  • 36. A Nova India Genética atravessou o atlântico e foi buscar o que tem de melhor na Europa.... ...Rentabilidade à Pecuária Leiteira
  • 37. GIR LEITEIRO GALLI DAB DAB 249 Cod: 775 NI Data Nasc.: 19/08/2003 Prop.: Dirceu Azevedo Borges | Fernando Antônio Rocha Francisco Roberto Pinto Leite Um dos destaques do Programa Gir 2000 desenvolvido pela Nova India. Filho direto da recordista mundial de torneio, Holanda Cal com mais de 44 kg de produção. Filho de Sansão (líder absoluto do sumário ABCGIL/Embrapa) x Holanda Griffe Cal (com mais de 44 kg de produção). Touro em teste de progênie ABCGIL/Embrapa com resultado a liberar em 2014. Sua mãe Holanda possui úbere de excelente conformação. Holanda Griffe Cal (mãe). Lagosta DAB TE (irmã completa). CA Sansão (pai). Galli DAB. C.A. Prelúdio C.A. Everest A 8393 B 805 +299,8 Kg de Leite 93% C.A. Macedônia +10,5 Kg de Gordura 92% C.A. Sansão R 7218 KCA 472 +168,5 Kg de Leite 88% S.C Impala Faisão +7,1 Kg de Gordura 85% C.A. Heureca A 5249 X 468 4º controle 375 d 10.446 kg Lm (27,85) C.A. Malva 5º controle 373 d 11.450 kg Lm (29,90) R 7219 Eco da Sund. 8499 Griffe 3R de Uberaba A 9572 Usina Holanda Griffe Cal. D 2420 U 6604 Lactação aos 5a e 3m de idade 7775,1 Kg Uaiana da Cal. B 9173 Lactação: 7488 kg em 308 dias 37
  • 38. GIR LEITEIRO CHUMBO TE DP DPJ373 Data Nasc.: 03/10/2005 Prop.: João Machado Prata Júnior Seu pai Bem Feitor é touro provado pai da Recordista mundial Soberana de Brasília com mais de 11000 kg na primeira cria. Sua mãe Nefrita produziu Azaléia, Grande Campeã da Expozebu 2006 com 43,95 kg de média e também Ameixa Grande Campeã do torneio de Brasília com mais de 38 kg de média com apenas 3 tetos. Nefrita sua mãe tem produção de mais de 9000 kg/leite. Está em teste de Progênie pela ABCGIL/Embrapa. FB Nefrita (mãe). - Prod.: 9041 kg. Progênie Chumbo. Garnnete DP (progênie). Bem Feitor Cal (pai). Chumbo DP. Conhaque Virbay A 6166 VG: 639,6 Raposo da Cal. 9º Colocado Sumário de Touros EMBRAPA - 1995 A 6783 PTA: 360,2 Kg Campista Cal. Sumário ABCZ/UNESP - 05 Bem Feitor Rap. G 7041 A7481 Lactação: 4.200 Kg +233,8 Kg de Leite 94% VG: 242,3 +8,9 Kg de Gordura 92% Papiro da Cal. 1º Colocado do Teste de Progênie A 3285 Umidade EMBRAPA-ABCGIL por 4 anos VG: 561,2 V 1642 Região da Cal. Lactação: 5.790 Kg T 8839 VG: 784,3 Lactação: 5.096 Kg VG: 487,1 Pati da CAL. Dalton TE Pati CAL. A 6772 B 5003 +158,6 Kg de Leite 87% Iemanjá +6,5 Kg de Gordura 84% F.B. Nefrita S 4247 D 797 Prod: 9.041 Kg de Leite Legítimo 7 F.B. Hidremia D 445 Urticária Lactação: 4035 Kg C 1418 38
  • 39. GIR LEITEIRO SANDINO TE CAL CAL 6028 Data Nasc.: 29/09/2003 Prop.: Fábio Pinto da Costa Sandino é touro forte, alto, profundo, de muita estrutura e foi Grande Campeão em Avaré 2009. Sua mãe tem produção de 12480 kg sendo um dos maiores valores genéticos da seleção da Calciolândia, tem produção vitalícia de mais de 39 Toneladas de leite além de ter sido grande Campeão Estadual e melhor úbere em 2000 e ainda tri-campeã progênie de mãe Expozebu 2004, 2005 e 2006. Seu pai, Bem Feitor, é touro provado e permaneceu na liderança do sumário ABCGIL/Embrapa por 4 anos consecutivos. Sandino alia produção leiteira, morfologia agradável e uma caracterização racial impecável. Quadrumana TE Cal (irmã completa). - Prod.: 4974 kg. Juliana Cal (mãe). Bem Feitor Cal (pai). Sandino TE Cal. - Prod.: 12480 Kg. Conhaque Virbay A 6166 VG: 639,6 Raposo da Cal. 9º Colocado Sumário de Touros EMBRAPA - 1995 A 6783 PTA: 360,2 Kg Campista Cal. Sumário ABCZ/UNESP - 05 Bem Feitor Cal G 7041 A7481 Lactação: 4.200 Kg +233,8 Kg de Leite 94% VG: 242,3 +8,9 Kg de Gordura 92% Papiro da Cal. 1º Colocado do Teste de Progênie A 3285 Umidade EMBRAPA-ABCGIL por 4 anos VG: 561,2 V 1642 Região da Cal. Lactação: 5.790 Kg T 8839 VG: 784,3 Lactação: 5.096 Kg VG: 487,1 C.A Prelúdio A 8396 C A Everest - B805 PTA - 267,2 Kg de Leite C A Macedônia Juliana Cal - CALL703 R7218 Touro provado Teste de Progênie EMBRAPA/ABCGIL, Valor Genético - 1563,4 Kg de Leite Produção - 4.271 Kg de Leite com 58 filhas em 22 rebanhos e 0,93 de confiabilidade. Produção de Leite: 12.480 Kg (Ajustada Idade Adulta) Triunfo Ficção Cal Produção Vitalicia: 39.315 Kg de Leite A 6272 GRANDE CAMPEÃ E MELHOR UBERE ESTADUAL 2000 Zoobia Triunfo - C6968 Patoca Cal Valor Genético - 1000,8 Kg de Leite B 2264 Produção : 6.699 Kg de Leite Valor Genético - 449,88 Kg de Leite Campeã Concurso Leiteiro Exposição Sete Lagoas - Mg Produção de leite: 3.820 Kg 39
  • 40. GIR LEITEIRO FACHO TE KUBERA ACFG 834 Cod: 773 NI Data Nasc.: 14/02/2004 Prop.: Ângelus Cruz Figueira Pedigree moderno e diferenciado. Seu pai Barbante apresenta um pedigree sólido: Bem Feitor x Nata (recordista mundial de produção em 1999). Sua mãe Nefrita é considerada uma das principais matriarcas da raça com mais de 9000 kg de produção, sendo Res. Grande Campeã Nacional em 2000 com 7 meses de parida. Seu pai Barbante é touro em teste filho do Tetralíder Bem Feitor com a Recordista Mundial Nata da Silvânia. Sua irmã materna Azaléia foi Grande Campeã do Torneio Expozebu 2006 com média de 43,95 kg. Sua outra irmã materna Ameixa foi Grande Campeã do Torneio da Brasileira com mais de 39 kg em apenas 3 tetos. FB Nefrita (mãe). Ameixa TE Kubera (irmã materna). Nata da Silvânia (avó paterna). Azaléia TE Kubera (irmã materna) Facho TE Kubera. - Prod.: 8359 kg - Prod.: 15126 Kg - Prod.: 9062 kg. Raposo da Cal. Bem Feitor Raposo A 6783 A 7481 +233,8 Kg de Leite 94% Umidade +8,9 Kg de Gordura 92% V 1642 Barbante TE Kubera ACFG 222 Rocar Lageado V. Ouro B 5530 Efalc Nata Lageado AB 5613 Prod: 15.126 Kg de Leite Efalc Jaca Cadarço AA 1588 Pati da CAL. Dalton TE Pati CAL. A 6772 B 5003 +158,6 Kg de Leite 87% Iemanjá +6,5 Kg de Gordura 84% F.B. Nefrita S 4247 D 797 Prod: 9.041 Kg de Leite Legítimo 7 F.B. Hidremia D 445 Urticária Lactação: 4035 Kg C 1418 40
  • 41. GIR LEITEIRO ESCOL TE SILVÂNIA EFC 714 Data Nasc.: 18/03/2005 Prop.: Eduardo Falcão de Carvalho Primeiro colocado do Ranking de Pistas ABCZ (MAR/09). Filho do provado e líder por 4 anos do Teste de Progênie EMBRAPA/ABCGIL: Benfeitor com a vaca Gir Leiteiro mais premiada do Brasil, com mais de 40 títulos conquistados, entre eles: Grande Campeã e Melhor Úbere Nacional/03 e Reservada Grande Campeã do Concurso Leiteiro da Expozebu/05 com 41 kg de leite por dia. Escol traz o equilíbrio entre raça, biotipo leiteiro e força de produção. Já conquistou vários campeonatos na Expozebu, nacional, estaduais paulista e fluminense, sagrando-se o grande campeão e integrante da progênie de pai campeã da FEILEITE/08 (I FeiraI Internacional do Gir Leiteiro). Elite TE Silvânia (irmã completa). - Produ.: 6096 kg Garbha dos Poções (mãe). Comenda TE Silvânia (irmã materna). Devoção TE Silvânia (irmã materna). Escol TE Silvânia. - Prod: 10202 kg. - Prod.: 12463 kg - Prod 6665 kg - 42 títulos conquistados Grande Campeã Nacional e Expozebu - 21 títulos conquistados Conhaque Virbay A 6166 VG: 639,6 Raposo da Cal. 9º Colocado Sumário de Touros EMBRAPA - 1995 A 6783 PTA: 360,2 Kg Campista Cal. Sumário ABCZ/UNESP - 05 Bem Feitor Rap. G 7041 A7481 Lactação: 4.200 Kg +233,8 Kg de Leite 94% VG: 242,3 +8,9 Kg de Gordura 92% Papiro da Cal. 1º Colocado do Teste de Progênie A 3285 Umidade EMBRAPA-ABCGIL por 4 anos VG: 561,2 V 1642 Região da Cal. Lactação: 5.790 Kg T 8839 VG: 784,3 Lactação: 5.096 Kg VG: 487,1 Radar dos Poções Dadaniyo dos Poções A 7368 B 3335 PTA + 695,50 kg de leite Pecadora Garbha dos Poções S 2633 Ab5617 Lactação : 12.463 kg de leite Radar dos Poções Produção vitalícia: 50.000 kg de leite Curgi dos Poções A 7368 A7043 PTA + 695,50 kg de leite Lactação : 7.508 kg de leite Querda dos Poções U 8202 41
  • 42. GIR LEITEIRO C.A OSCAR ADO ROV RO P TOU B 8100 Cod: 754 NI Data Nasc.: 24/08/1992 Prop.: Joaquim José da Costa Noronha Originado de uma família de renome pelas altas produções de leite e sólidos. Oscar é o resultado do trabalho de seleção de dois criatórios de destaque no Gir leiteiro: Calciolândia e Campo Alegre. Sua mãe foi recordista mundial dois anos consecutivos com 10450 kg e 11450 kg. C.A Heureca (mãe). FB Nefrita (irmã paterna). C.A Bermuda (filha). C.A Oscar. - Prod.: 9041 kg. Características Morfológicas - Mai/2008 Saraway Imp. Filhas 55 - Rebanhos 23 6680 Pati da Cal. Altura da Garupa - 1.7 Baixo Alto A 6772 Perímetro Toráxico - 0.4 Raso Profundo +438,16Kg de Leite 83% Gracinha Espada Comp. Corporal - 2.8 Curto Comprido Dalton da Cal. M 2010 Comp. da Garupa - 1.7 Curto Comprido B 5003 Largura entre Ísquios - 0.9 Estreito Largo +158,6 Kg de Leite 87% Largura entre Íleos - 2.1 Estreito Vijaia Roxona Largo +6,5 Kg de Gordura 84% Ângulo da Garupa - 0.1 Reto Inclinado A 6155 Iemanjá da Cal. Ângulo do Casco + - 1.1 Baixo Alto S 4247 Pernas vista lateral + 3.4 Retas Curvas 12.6 4271 Kg de Leite América Pernas vista por trás - 1.5 Ganchudas Arqueadas F 3794 Lig. Úbere Anterior - 1.5 Fraco Forte Larg. Úbere Posterior + 3.7 Baixo Alto Faizão Profundidade do Úbere - 1.6 Profundo Raso Comp. dos Tetos - 0.3 Curtos Compridos A 4607 S.C. Impala Faisão Diâmetro dos Tetos + 0.6 Finos Grossos A 5249 Facilidade de Ordenha - 2.5 Dura Macia S.C. Brauna Temperamento - 1.6 Brava C.A. Heureca Mansa N 932 Comp. de Umbigo - 0.7 Curto Comprido X 468 0 -2 -1 +1 +2 4ª Controle 375d 10.446 Kg Lm (27,85) Ali-Baba 5ª Controle 373d 11.450 Kg Lm (29,90) Leite Gordura Proteína Sólidos A 482 C.A. Malva 17.9 PTA(kg) 168.5 7.1 3.8 R 7219 Beladona I 3224 C O N F. 0,88 0,85 0,90 0,90 Sêmen em Nº Filhas Nº de Kappa Caseína STATUS Central Nº Filhas Gir Puras Rebanhos KAA VIVO Di s p o n . 55 12 22 42
  • 43. GIR LEITEIRO ASKAY DAB TE ADO ROV RO P TOU DAB 6 Cod: 723 NI Data Nasc.: 20/08/1997 Prop.: Nova Índia Genética S/A. Destaque do Programa Gir 2000. Filho e neto de touros provados. Com 19 meses sagrou-se: Campeão Junior Menor. Reservado Grande Campeão Brasília – DF 1º Exposição Nacional do Gir Leiteiro. Suas filhas apresentam excepcional caracterização leiteira, alta produção de leite com úbere funcionais. Naidu 5131 C.A. Prelúdio A 8396 Fartura Malhada Morada Corinthiana - 3/4 Gir (progênie) L 6649 C.A. Everest - Prod.: 5525 kg oficial. B 805 Características Morfológicas - Mai/2008 +299,8 Kg de Leite 93% C.A. Hábil C.A. Macedônia Filhas 55 - Rebanhos 23 +10,5 Kg de Gordura 92% A 8044 R 7218 Altura da Garupa + 1.6 Baixo Alto Perímetro Toráxico + 1.3 Raso Prod: 4504 Kg de Leite Profundo Comp. Corporal + 0.9 Curto Comprido Siberilha Comp. da Garupa + 1.2 Curto Comprido B 1271 Largura entre Ísquios - 0.3 Estreito Largo Largura entre Íleos + 1.1 Estreito Largo Maxixe da Cal. Ângulo da Garupa + 0.8 Reto Inclinado Uberaba da Cal. A 6363 Ângulo do Casco + 0.5 Baixo Alto A 6968 Pernas vista lateral - 0.1 Retas Curvas +145,3 Kg de Leite 84% Pernas vista por trás - 2.1 Ganchudas Arqueadas +5,2 Kg de Gordura 81% Indiana C.A. Jalapinha Lig. Úbere Anterior - 1.4 Fraco Forte S 4545 AA 1340 Larg. Úbere Posterior - 1.6 Baixo Alto 4.06 344d 5.648 Kg 2X LM (16,42) Profundidade do Úbere + 0.3 Profundo Raso 5.06 365d 6.016 Kg 2X LM (16,48) C.A. Jatobá Comp. dos Tetos - 1.0 Curtos Compridos 6.08 365d 7.408 Kg 2X LM (20,30) C.A. Califórnia A 8352 Diâmetro dos Tetos + 0.0 Finos Grossos U 9674 Facilidade de Ordenha - 0.5 Dura Macia 11.00 365d 6.334 Kg LM (17,35) Temperamento - 0.1 Brava Mansa Filadélfia Comp. de Umbigo + 0.5 Curto Comprido 0 -2 -1 +1 +2 C 6659 Leite Gordura Proteína Sólidos 10.8 PTA(kg) 116.9 3.7 2.3 C O N F. 0,87 0,84 0,89 0,89 Sêmen em Nº Filhas Nº de Kappa Caseína STATUS Central Nº Filhas Gir Puras Rebanhos NG VIVO Di s p o n . 49 4 26 43
  • 44. GIR LEITEIRO ELIEL TE KUBERA ACFG 662 Cod: 771 NI Data Nasc.: 24/02/2003 Prop.: Ângelus Cruz Figueira Sua mãe Pampa, foi reservada Grande Campeã do torneio leiteiro da Expozebu 2000 com mais de 38 kg de média e campeã vaca sênior em Brasília 2006. Seu pai CA Everest é touro provado pai de CA Sansão, o líder do Raking Abcgil/Embrapa. Sua irmã completa Arara Te Kubera tem pesagem oficial de 4341 kg na primeira lactação. Sua irmã completa Araruna TE Kubera tem pesagem oficial de 5125 kg na primeira lactação. Sua irmã completa Argila TE Kubera tem pesagem oficial de 7244 kg. Araruna Te Kubera (irmã completa) - Prod.: 5125 kg 1° lactação. Argila Te Kubera (irmã completa). Pampa da Silvânia (mãe). C.A Everest (pai). Eliel TE Kubera. - Prod.: 7244 kg. - Prod. 6000 Kg. Naidu 5131 C.A. Prelúdio A 8396 Fartura C.A. Everest L 6649 B 805 +299,8 Kg de Leite 93% C.A. Hábil +10,5 Kg de Gordura 92% A 8044 C.A. Macedônia R 7218 Prod: 4.504 Kg de Leite Siberilha B 1271 Vale Ouro de Bras. A 6796 Rocar Lageado V. Ouro B 5530 Zuzu Efalc Pampa Lageado U 1241 EFC 224 Prod: 6.000 Kg de Leite S.C. Omega Faizão B 758 Efalc Helice Violeta X 5040 Violeta U 1243 44
  • 45. GIR LEITEIRO EGÍPCIO TE BEM FEITOR JRF 1658 Cod: 777 NI Data Nasc.: 12/02/1999 Prop.: José Afonso Bicalho Beltrão da Silva Touro em teste de progênie com resultado em Maio de 2009. O pai Bem Feitor, único touro a liderar por quatro anos consecutivos o ranking EMBRAPA/ABCGIL. Sua irmã inteira Ministra, produziu na primeira lactação mais de 7.000 Kg de leite. Sua irmã completa Ministra TE ultrapassou os 8150 kg na primeira lactação, com valor genético de 1401 kg pela embrapa Gado de Leite, e teve 50% de suas cotas comercializadas por R$ 90.000,00. Sua mãe Restinga foi Grande Campeã e Melhor Úbere Nacional 1991 e Recordista de produção ABCZ em 1992 com 5804 kg. Ministra TE (irmã completa). - Prod. 1° lactação: 8150 kg / VG 1401 kg. Restinga (mãe). Bem Feitor Cal (pai). Egípcio TE Bem Feitor. Conhaque Virbay A 6166 VG: 639,6 Raposo da Cal. 9º Colocado Sumário de Touros EMBRAPA - 1995 A 6783 PTA: 360,2 Kg Campista Cal. Sumário ABCZ/UNESP - 05 Bem Feitor Rap. G 7041 A7481 Lactação: 4.200 Kg +233,8 Kg de Leite 94% VG: 242,3 +8,9 Kg de Gordura 92% Papiro da Cal. 1º Colocado do Teste de Progênie A 3285 Umidade EMBRAPA-ABCGIL por 4 anos VG: 561,2 V 1642 Região da Cal. Lactação: 5.790 Kg T 8839 VG: 784,3 Lactação: 5.096 Kg VG: 487,1 Cruzeiro Justo A 6662 A 6750 Fanta 5º Colocado Sumário de Touros Restinga S 2873 EMBRAPA - 1995 V 2581 Lactação: 4.100 Kg Lactação 305d: 4.780 Kg Cruzeiro Ajustada: 6.447 Kg Jangada A 6662 VG: 803,96 U 4912 Lactação: 5.000 Kg Bandeira VG: 266,43 M 6872 45
  • 46. GIR LEITEIRO ASTRO NF DA ELDORADO ADO ROV RO P TOU B6199 Cod: 757 NI Data Nasc.: 10/10/1995 Prop.: Nova Índia Genética S/A. Originado de duas gerações de touros provados com altas produções de leite e sólidos. Sua mãe Bira produziu na primeira lactação mais de 5.300 Kg de leite. Além da consistência genética, Astro apresenta uma pelagem vermelho gargantilha bastante procurada e produz filhas de excelente valor comercial. Hindostan Imp. 7098 Rajastan de Brasília A 3226 +72,68 Kg de Leite 80% Jacutinga de Bras. Feitiço de Bras. O 8715 A 7475 +11,3 Kg de Leite 91% Bravio de Bras. -0,3 Kg de Gordura 89% 5527 Opalina de Bras. R 1445 6ª Lactação com 5.442 Kg de Leite Fabiana Alegria Bras. M 6492 C.A. Prelúdio C.A. Everest A 8396 B 805 + 299,8 Kg de Leite 93% C.A. Macedônia +10,5 Kg de Gordura 92% C.A. Bira ST R 7218 C 133 1ª Lactação com 5.371 Kg de Leite S.C. Impala Faisão C.A. Havana A 5249 Leite Gordura Proteína Sólidos C 7292 4ª Lactação com 6.007 Kg de Leite 3.0 PTA(kg) 39.5 1.3 0.6 C.A. Amália A 3093 0,79 C O N F. 0,76 0,82 0,82 Sêmen em Nº Filhas Nº de Kappa Caseína STATUS Central Nº Filhas Gir Puras Rebanhos K -A A VIVO Di s p o n . 24 -- 12 46
  • 47. GIROLANDO BÁTILA IRÃ DA CACÁ ACFG 662 RGD 0559 Data Nasc.: 30/08/2003 Prop.: José Mascarenhas Torres Júnior | Waldir De Paiva Marques Junior - Araxá(MG) Touro 5/8 Hol x 3/8 Gir. Integrante do 7º Grupo do Programa de Melhoramento Genético da Raça Girolando. Pelagem preta bastante procurada. Mãe Andorinha, com lactação em 305 dias de 10.795 Kg de Leite e com lactação total em 364 dias de 11.035 Kg de Leite. Avó paterna Bizica do Morro, filha de Santa Cruz Tucano Expoente, apresentou no 5º parto em 330 dias lactação de 6.667 kgs de leite e no 7º parto em 305 dias lactação de 7.516 kgs de leite. Seu pai, Irã Urutu do Morro, touro ¼ filho de Urutu Relógio, touro de renome na raça para produção de matrizes 5/8. Suas filhas apresentam muita caracterização leiteira, bons úberes e médias de produção de leite superior a 25Kg/dia. Maravilha Relógio Baile Santa Cruz Urutu Relógio B 4012 Santa Cruz Prenda Faizão Irã Urutu do Morro (pai). Irã Urutu do Morro 0021 Bizica do Morro 6.242kg de leite em 305d. Andorinha Spacey da Cacá 10.795kg de leite em 305d. Andorinha Spacey da Cacá (mãe). MEDIDAS CORPORAIS (CM) A l t . A n t . A l t . Po s t . Co m p . Co r p o r al Per. To r. Ci r c . Es c r. L ar g . Gar u p a Co m p . Gar u p a Pes o A t u al (k g ) 148 157 178 233 44 64 58 950 47
  • 48. GIROLANDO PADHOK PANCA SIZAM - LUMAFRE JRF 1658 Data Nasc.: 10/07/2007 Prop.: Luis Mauro Frederico | Sidney Zampieri Jr. Sua mãe PANCA II SIZAM LUMAFRE TE, em 365 dias apresentou na segunda cria, com controle leiteiro projetado acima de 14.000 kg de Leite em 365 dias. Foi nomeada Campeã Bezerra EXPOLAC 2005. Avó materna do touro PADHOK, FB Panca Bandana, recordista mundial de produção de leite da raça girolando, com 20.220kg em lactação de 365 dias, foi nomeada: Grande Campeã da ExpoGoiânia, Expo Brasilia, Campeã Suprema da Expomilk; Campeã Vaca Adulta Megaleite. Leite e pista. Campeã de torneio leiteiro e de exposição. Seu pai Curimatã Tres Passagens, touro com maior numero de filhas avaliadas no Sumário EMBRAPA/GIROLANDO 2007. Panca II Sizam (mãe Padhok). Touro que transmite um equilíbrio entre produção e morfologia. Flamengo da GB FB Panca Bandana 01464 (avó Padhok). Twist Astronaut Piuna 05/ago Curimata Três Passagens GRF Maximo Twin Chief 0410 Belaiba do Sonho 05/ago Avestruz FR Clover M. Bandana Panca II Sizam Lumafre TE FB Panca Bandana 01464 A 3838 FB Maratona Belringer H3394 48
  • 49. ANOTAÇÕES
  • 50. Rod. BR 050, Km 158 | Caixa Postal 570 - Uberaba / MG Tel. (34) 3319-1144 - Fax (34) 3319-1144 www.novaindia.com.br - novaindia@novaindia.com.br