Leite 2009
A FORÇA DE UMA PARCERIA A SERVIÇO DO CRIADOR
                                                   Tendo uma filosofia de tra...
ÍNDICE

SELEÇÃO GENÉTICA FRANCESA.....................................................................4
ISU .................
SELEÇÃO GENÉTICA FRANCESA
Os programas de seleção genética na França são        2- Pernas & Pés: as vacas devem se locomov...
ISU
                                     INEL      CEL LONG FERT TIPO
                                     50%      12,5% ...
Top Holandês
                   Produtividade
     LEITE (kg)                           ISU
REGGIO        1409            ...
Top Holandês
                    Funcionalidade
    MORFOLOGIA                  COMP. ÚBERE
  ROUMARE     4,5             ...
HOLANDÊS

ROUMARE TL TV                                                                                           87
     ...
HOLANDÊS

PROGÊNIES




Uruguay.        Ustensile.




Villa.          Valseuse.




            9
HOLANDÊS

TASMAN TL TV                                                                                            89
     ...
HOLANDÊS

                                                                             UHLAND TL TV
                      ...
HOLANDÊS

SALISBURY TL TV                                                                                           91
   ...
HOLANDÊS

                                                                                        SAVER TL TV
            ...
HOLANDÊS

REGGIO                                 TL CV                                                                   8...
HOLANDÊS

                                                                                                    RAMZ TL TV
 ...
HOLANDÊS

UNSERGE                                   TL TV                                                          90
    ...
HOLANDÊS

                                                                              SORANO TL TV
                     ...
HOLANDÊS

RAYLEIGH TL TV                                                                                          90
     ...
HOLANDÊS

                                                                                 UTITON                         ...
HOLANDÊS

UNIVERSAL TL TV                                                                                              89
...
HOLANDÊS

                                                                            THILLOT                             ...
HOLANDÊS

SURFEIT                              TL TV                                                              87
     ...
HOLANDÊS

                                                                                               RÉOC             ...
HOLANDÊS

SPORT                         TL TV                                                                         85
 ...
HOLANDÊS

                                                                     REMERSON                                   ...
HOLANDÊS

TIENBON                                  TL TV                                                               88
...
HOLANDÊS

                                                          ROCKENROLL                                            ...
Touros para Leite Nova India 2009
Touros para Leite Nova India 2009
Touros para Leite Nova India 2009
Touros para Leite Nova India 2009
Touros para Leite Nova India 2009
Touros para Leite Nova India 2009
Touros para Leite Nova India 2009
Touros para Leite Nova India 2009
Touros para Leite Nova India 2009
Touros para Leite Nova India 2009
Touros para Leite Nova India 2009
Touros para Leite Nova India 2009
Touros para Leite Nova India 2009
Touros para Leite Nova India 2009
Touros para Leite Nova India 2009
Touros para Leite Nova India 2009
Touros para Leite Nova India 2009
Touros para Leite Nova India 2009
Touros para Leite Nova India 2009
Touros para Leite Nova India 2009
Touros para Leite Nova India 2009
Touros para Leite Nova India 2009
Touros para Leite Nova India 2009
Touros para Leite Nova India 2009
Touros para Leite Nova India 2009
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Touros para Leite Nova India 2009

3,604 views
3,501 views

Published on

Criteriosa seleção entre os touros mais premiados destes grandes raçadores bem observada herdabilidade.

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
3,604
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
12
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Touros para Leite Nova India 2009

  1. 1. Leite 2009
  2. 2. A FORÇA DE UMA PARCERIA A SERVIÇO DO CRIADOR Tendo uma filosofia de trabalho que busca A Nova Índia Genética, única empresa nacional oferecer aos pecuaristas produtos que visam uma do setor, atua no mercado há 17 anos, foi criada maior rentabilidade da atividade, a empresa com o objetivo de suprir uma demanda de novos disponibiliza a partir de 2009, novos produtos produtos e serviços na área de melhoramento resultantes da parceria com a Genes Diffusion genético animal. A empresa vem crescendo a Optimal (França) e da CGL (Argentina).Estas cada ano e para alicerçar este crescimento, empresas de renome mundial, desenvolvem desenvolve seu trabalho em conjunto com programas de seleção genética nas raças instituições e empresas parceiras, o que européias de corte e leite, em diversos países proporciona um lugar de destaque no mercado de como: Argentina, França, Países Baixos, Polônia, genética nacional. Hungria, EUA entre outros. Este lugar de destaque, não se deve somente pela Esta parceria proporciona aos pecuaristas acesso qualidade do material genético fornecido aos a uma diversidade de material genético de criadores, ou pelos programas desenvolvidos tais qualidade e resultado indiscutível. O principal como: Programa Touros Jovens, Programa Método motivo pelo qual a Nova Índia foi buscar esta Shiva de Treinamento de Inseminadores, parceira é VOCÊ CRIADOR! Programa Gir Nova Índia, mas também pela ética e responsabilidade de atuação no mercado de genética.
  3. 3. ÍNDICE SELEÇÃO GENÉTICA FRANCESA.....................................................................4 ISU ...............................................................................................................5 TOP HOLANDÊS............................................................................................6 Holandês Normando PERTHUIS ........................................................................................33 ROUMARE ......................................................................................8 MIGLOU .........................................................................................34 TASMAN .........................................................................................10 UHLAND .........................................................................................11 Gir SALISBURY ......................................................................................12 GALLI ..............................................................................................37 SAVER ............................................................................................13 CHUMBO.........................................................................................38 REGGIO ..........................................................................................14 SANDINO........................................................................................39 RAMZ .............................................................................................15 FACHO ............................................................................................40 UNSERGE .......................................................................................16 ESCOL .............................................................................................41 SORANO ........................................................................................17 OSCAR ............................................................................................42 RAYLEIGH .......................................................................................18 ASKAY.............................................................................................43 UTITON ...........................................................................................19 ELIEL ................................................................................................44 UNIVERSAL .....................................................................................20 EGÍPCIO ..........................................................................................45 THILLOT ..........................................................................................21 SURFEIT ..........................................................................................22 ASTRO.............................................................................................46 RÉOC ..............................................................................................23 Girolando SPORT ............................................................................................24 REMERSON .....................................................................................25 BÁTILA .........................................................................................................47 TIENBON ........................................................................................26 PADHOK ......................................................................................................48 ROCKENROLL ..................................................................................27 Holandês RELÁMPAGO ...................................................................................28 CONQUEST .....................................................................................29 Simmental RAYMAN ........................................................................................30 RUBIS .............................................................................................31 FUGITIF ...........................................................................................32
  4. 4. SELEÇÃO GENÉTICA FRANCESA Os programas de seleção genética na França são 2- Pernas & Pés: as vacas devem se locomover com conduzidos há mais de 45 anos, por cooperativas de facilidade, suportando sua estrutura corporal, sem diversas regiões do país, em conjunto com os órgãos apresentar problemas como contusões, claudicações oficiais certificadores (Institute Elevage, Associaçãoentre outras. Para tal, deverá apresentar uma boa Prim'Holstein e Ministério da Agricultura). qualidade óssea, bom ângulo de casco, boa altura de talão, vista de lado deverão ter uma curvatura correta e A diversidade de ambientes e condições de manejo, vista posteriormente deverão ser paralelas. aliada a um número mínimo de testagem por touro de 90 filhas em 85 rebanhos, conferem uma grande 3- Força Leiteira: avalia o potencial e a condição do confiabilidade ao programa de seleção francês. animal para produção. A força é traduzida pela avaliação em conjunto da estrutura, capacidade Este programa de seleção tem como objetivo o corporal e caráter leiteiro, buscando uma estrutura aumento da rentabilidade das propriedades leiteiras. equilibrada, capaz de permitir aos animais a Este aumento se dá não somente pelo incremento na permanência no rebanho por várias lactações. produção de leite dos animais e diminuição dos custos de produção, mas também pelo aumento da 4- Garupa: também exerce influência na longevidade longevidade dos animais. dos animais. Uma garupa larga, comprida, inserida suavemente no lombo, com boa inclinação, auxilia Por que incrementar a longevidade? O incremento da na locomoção, possibilita uma boa sustentação do longevidade é importante na rentabilidade, porque úbere e desenvolvimento do seu volume, além de permite aos animais alcançarem a idade madura em permitir uma maior facilidade de nascimento dos condições saudáveis, permitindo assim, o bezerros. desenvolvimento de todo seu potencial genético. A avaliação deste trabalho de seleção é medida As características morfológicas que determinam a através de um índice denominado ISU que integra os longevidade são: qualidade de Úbere, Pernas & Pés, índices de produção, morfologia e funcionalidade. Garupa e Força leiteira. 1- Qualidade de Úbere: é de extrema importância porque traduz a habilidade do animal para produção de leite. Para expressar tal habilidade, se espera que na idade madura os animais apresentem um úbere bem inserido na sua parte anterior e posterior, boa altura e largura, profundidade intermediária, com boa irrigação sanguínea, forte ligamento e boa textura. 4
  5. 5. ISU INEL CEL LONG FERT TIPO 50% 12,5% 12,5% 12,5% 12,5% 0.2 0,5 0 ,6 0,2 0,2 KgP TP KgG TG MA CC ME HS Taxa Taxa Leite Leite Gord. 20% Prot. PJ INEL = 0,98 (KgP + 0,2 KgG + TP + 0,5 TG) 45% LP 20% LEGENDA MA: Úbere PJ: Profundidade de úbere LO AH: Altura de úbere posterior PS: Ligamento Central 100% AH EA: Equilíbrio IA: Inserção dos tetos PC LT: comprimento dos tetos 20% CC: Capacidade Cirporal 40% HS: Estatura LP: Força PC: Profundidade Corporal PS LI: Largura de Garupa ME: Pernas & Pés 10% Lo: Locomoção EA 10% LI IA 10% 20% LT 5% COEFICIENTE NEGATIVO
  6. 6. Top Holandês Produtividade LEITE (kg) ISU REGGIO 1409 ROUMARE 177 ROCKENROLL 1149 SAVER 172 THILOT 1130 THILOT 164 SURFEIT 994 SURFEIT 152 UTITON 836 SALISBURY 150 GORDURA (kg) INEL REMERSON 60 SAVER 49 SAVER 53 SURFEIT 48 UNIVERSAL 49 47 REGGIO ROUMARE 41 ROUMARE 42 THILLOT REGGIO 41 42 PROTEÍNA (kg) REGGIO 41 SURFEIT 41 THILOT 37 SAVER 36 ROUMARE 30 6
  7. 7. Top Holandês Funcionalidade MORFOLOGIA COMP. ÚBERE ROUMARE 4,5 ROUMARE 3,3 TASMAN 2,8 TASMAN 2,3 UHLAND 2,5 UHLAND 2,3 SALISBURY 2,4 SALISBURY 2,1 REGGIO 2,4 UTITON 1,7 COMP. CORPORAL PERNAS & PÉS ROUMARE 2,8 ROUMARE 2,6 REGGIO 2,3 RAYLEIGH 2,1 REMERSON 2,2 UNIVERSAL 2,1 UNIVERSAL 2,2 TIENBON 2,1 UHLAND 1,9 REGGIO 2,0 UNSERGE 1,9 FACILIDADE DE PARTO RÉOC 92 RAMZ 91 SALISBURY 91 RAYLEIGH 90 UNSERGE 90 UHLAND 90 7
  8. 8. HOLANDÊS ROUMARE TL TV 87 Facilidade de Parto FR 2217051448 PEDIGREE PAI JOCKO BESN PAI: MÃE: ODESSA 1270 AVÔ MAT.: GIBBON BISAVÔ MAT.: SINGING BROOK NB MASCOT 9532. Seu pedigree traduz sua excelência genética. Número 1 para morfologia na França; ( Tipo +4,5). Características Morfológicas - FRA Out/2008 Compostos excepcionais: C. Ubere +3,3; C. Pernas & Conf. 81% / Filhas 61 - Rebanhos 61 Pés +2,6; C.Corporal +2,8. Tipo + 4.5 Internacional pai de touros. Composto de Úbere + 3.3 Originado de 04 gerações de vacas EX. Ligamento Central do Úbere + 1.6 Altos índices funcionais. Profundidade do Úbere + 3.2 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.337 Kg, Inserção Anterior do Úbere + 1.4 Equilíbrio do Úbere + 1.8 G 4.01% e P 3.44%. Altura de Úbere Posterior + 2.1 Colocação dos Tetos Anteriores + 2.1 Colocação dos Tetos Posteriores - 0.5 Comprimento dos Tetos - 0.8 Composto de Capacidade Corporal + 2.8 Estatura + 3.0 Força + 1.2 Profundidade Corporal + 2.2 Angulosidade + 1.2 + 0.1 Ângulo da Garupa Largura da Garupa + 2.3 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 2.6 Pernas Vista Lateral - 2.4 Conf. 87% / Filhas 60 - Rebanhos 60 Ângulo do Casco + 1.4 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 1.9 Locomoção + 2.6 42 30 0,23 41 0,29 351 177 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares + 2.0 Velocidade de Ordenha + 1.1 Temperamento 1.6 + Células Somáticas + 1.9 Longevidade + 0.4 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 8
  9. 9. HOLANDÊS PROGÊNIES Uruguay. Ustensile. Villa. Valseuse. 9
  10. 10. HOLANDÊS TASMAN TL TV 89 Facilidade de Parto FR 8538921139 PEDIGREE PAI JESTHER PAI: MÃE: OURAGAN AVÔ MAT.: EASTVIEW INFLUENCE MATTIE BISAVÔ MAT.: DANNIX Venisse. Excepcionais úberes (profundidade, equilíbrio, inserções). Características Morfológicas - FRA Out/2008 Pernas corretas. Conf. 80% / Filhas 58 - Rebanhos 55 Longevidade, CCS. Tipo + 2.8 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.517 Kg, Composto de Úbere + 2.3 G 3.75% e P 3.32%. Ligamento Central do Úbere + 0.7 Profundidade do Úbere + 1.9 Inserção Anterior do Úbere + 1.5 Equilíbrio do Úbere + 1.7 Altura de Úbere Posterior + 2.2 Colocação dos Tetos Anteriores + 2.8 Colocação dos Tetos Posteriores + 0.8 Comprimento dos Tetos - 0.7 Composto de Capacidade Corporal + 1.7 Estatura + 1.8 Força + 1.2 Profundidade Corporal + 1.1 Angulosidade + 0.4 + 1.9 Ângulo da Garupa Largura da Garupa + 1.9 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 1.1 Pernas Vista Lateral - 1.1 Conf. 86% / Filhas 62 - Rebanhos 58 Ângulo do Casco + 0.1 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 1.3 Locomoção + 1.1 19 19 -0,1 6 -0,18 627 139 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares + 0.4 Velocidade de Ordenha + 0.5 Temperamento 1.0 + Células Somáticas + 1.1 Longevidade - 0.2 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 10
  11. 11. HOLANDÊS UHLAND TL TV 90 Facilidade de Parto FR 2242501816 PEDIGREE PAI JESTHER PAI: MÃE: OCARINA EX91 AVÔ MAT.: STARTMORE RUDOLPH BIS-AVÔ MAT.: NORRIELAKE CLEITUS LUKE Aglae. Familia de renome (Heymet e First Mike). Touro Top em morfologia. Características Morfológicas - FRA Out/2008 Úberes excepcionais. Conf. 81% / Filhas 62 - Rebanhos 56 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.285 Kg, Tipo + 2.5 G 3.87% e P 3.40%. Composto de Úbere + 2.3 Ligamento Central do Úbere + 0.5 Profundidade do Úbere + 2.1 Inserção Anterior do Úbere + 2.1 Equilíbrio do Úbere + 1.4 Altura de Úbere Posterior + 1.6 Colocação dos Tetos Anteriores + 0.8 Colocação dos Tetos Posteriores - 0.2 Comprimento dos Tetos + 0.7 Composto de Capacidade Corporal + 1.9 Estatura + 2.0 Força + 1.5 Profundidade Corporal + 1.3 Angulosidade + 1.1 + 1.8 Ângulo da Garupa Largura da Garupa + 1.5 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 0.0 Pernas Vista Lateral - 0.7 Conf. 86% / Filhas 70 - Rebanhos 64 Ângulo do Casco + 0.4 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior - 0.2 Locomoção + 0.0 25 21 -0,17 13 -0,04 271 149 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares - 0.4 Velocidade de Ordenha + 0.7 Temperamento Células Somáticas + 1.0 + 1.4 Longevidade + 0.6 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 11
  12. 12. HOLANDÊS SALISBURY TL TV 91 Facilidade de Parto FR 2941264354 PEDIGREE PAI JOCKO BESN PAI: MÃE: AMI OCÉANE TB88 AVÔ MAT.: STARTMORE RUDOLPH BISAVÔ MAT.: SINGING BROOK NB MASCOT Ami Océane. Pedigree moderno que produz alta proteína. Úberes excelentes. Características Morfológicas - FRA Out/2008 Boa locomoção. Conf. 81% / Filhas 49 - Rebanhos 38 Longevidade e CCS. Tipo + 2.4 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.364 Kg, Composto de Úbere + 2.1 G 3.77% e P 3.39%. Ligamento Central do Úbere - 0.4 Profundidade do Úbere + 1.6 Inserção Anterior do Úbere + 1.2 Equilíbrio do Úbere + 0.0 Altura de Úbere Posterior + 2.4 Colocação dos Tetos Anteriores + 0.9 Colocação dos Tetos Posteriores - 0.5 Comprimento dos Tetos + 0.7 Composto de Capacidade Corporal + 0.6 Estatura + 0.8 Força - 0.1 Profundidade Corporal + 0.1 Angulosidade + 0.5 - 1.3 Ângulo da Garupa Largura da Garupa + 0.8 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 1.3 Pernas Vista Lateral - 2.4 Conf. 80% / Filhas 60 - Rebanhos 46 Ângulo do Casco + 1.1 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 0.4 Locomoção + 1.3 24 24 0,13 0 -0,18 392 150 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares -- Velocidade de Ordenha -- Temperamento Células Somáticas + 1.8 + 1.2 Longevidade -- Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 12
  13. 13. HOLANDÊS SAVER TL TV 87 Facilidade de Parto FR 2254633787 PEDIGREE PAI JOCKO BESN PAI: MÃE: ORANGINA AVÔ MAT.: RUDOLPH BISAVÔ MAT.: MAIZEFIELD BELWOOD Altos índices de sólidos com boa produção. Jocko x Rudolph x Bellwood x Leadman, um pedigree Características Morfológicas - FRA Out/2008 que transmite sanidade , longevidade e fertilidade. Conf. 83% / Filhas 72 - Rebanhos 66 Touro melhorador de úbere e Pernas & Pés. Tipo + 1.1 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.590 Kg, Composto de Úbere + 1.1 G 3.77% e P 3.39%. Ligamento Central do Úbere + 0.5 Profundidade do Úbere + 0.6 Inserção Anterior do Úbere + 0.5 Equilíbrio do Úbere + 0.4 Altura de Úbere Posterior + 1.0 Colocação dos Tetos Anteriores + 0.5 Colocação dos Tetos Posteriores - 0.4 Comprimento dos Tetos + 0.1 Composto de Capacidade Corporal - 0.4 Estatura + 0.0 Força - 0.3 Profundidade Corporal - 0.1 Angulosidade + 0.3 + 0.3 Ângulo da Garupa Largura da Garupa - 1.2 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 1.0 Pernas Vista Lateral - 0.9 Conf. 88% / Filhas 73 - Rebanhos 67 Ângulo do Casco - 0.1 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 0.7 Locomoção + 1.0 49 36 0,16 53 0,25 740 172 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares - 0.5 Velocidade de Ordenha + 0.6 Temperamento 1.4 + Células Somáticas + 1.5 Longevidade + 1.6 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 13
  14. 14. HOLANDÊS REGGIO TL CV 87 Facilidade de Parto FR 5344376557 PEDIGREE PAI LANTZ PAI: MÃE: HPV NYNCEA B83 AVÔ MAT.: FATAL BISAVÔ MAT.: DOMBINATOR Tartine. Excepcional entre produção de leite e morfologia. Animais com muita caracterização leiteira, úberes que Características Morfológicas - FRA Out/2008 se destacam por seu forte ligamento e altura. Conf. 81% / Filhas 59 - Rebanhos 57 Ótimas Pernas & Pés. Tipo + 2.4 Equilíbrio entre produção de leite, sólidos e morfologia. Composto de Úbere + 1.3 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 12.025 Kg, Ligamento Central do Úbere + 1.5 G 3.78% e P 3.30%. Profundidade do Úbere + 0.7 Inserção Anterior do Úbere + 0.2 Equilíbrio do Úbere + 2.8 Altura de Úbere Posterior + 1.7 Colocação dos Tetos Anteriores + - 0.3 Colocação dos Tetos Posteriores - 0.3 Comprimento dos Tetos + 0.7 Composto de Capacidade Corporal + 2.3 Estatura + 0.8 Força + 2.9 Profundidade Corporal + 1.6 Angulosidade + 0.6 - 0.7 Ângulo da Garupa Largura da Garupa + 2.2 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 2.0 Pernas Vista Lateral - 1.0 Conf. 88% / Filhas 60 - Rebanhos 58 Ângulo do Casco + 0.8 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 2.5 Locomoção + 2.0 47 41 -0,04 41 -0,17 1409 147 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares - 1.1 Velocidade de Ordenha + 0.8 Temperamento Células Somáticas + 0.0 - 0.2 Longevidade - 1.4 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 14
  15. 15. HOLANDÊS RAMZ TL TV 91 Facilidade de Parto FR 2216121404 PEDIGREE PAI ADDISON PAI: MÃE: ODILE B81 AVÔ MAT.: CORKY BISAVÔ MAT.: CELSIUS Ramz 5220. Animais de tamanho mediano, com boa qualidade óssea. Características Morfológicas - FRA Out/2008 Úberes altos, bem inseridos na sua parte dianteira. Conf. 85% / Filhas 87 - Rebanhos 81 Pernas excelentes (TOP 4%) Tipo + 2.0 Facilidade de parto. Composto de Úbere + 1.3 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.617 Kg, Ligamento Central do Úbere - 1.2 G 3.84% e P 3.28%. Profundidade do Úbere + 1.5 Inserção Anterior do Úbere + 0.9 Equilíbrio do Úbere + 0.6 Altura de Úbere Posterior + 0.2 Colocação dos Tetos Anteriores + 2.4 Colocação dos Tetos Posteriores - 0.8 Comprimento dos Tetos - 1.0 Composto de Capacidade Corporal + 1.3 Estatura + 1.2 Força + 0.2 Profundidade Corporal + 1.0 Angulosidade + 0.0 + 1.0 Ângulo da Garupa Largura da Garupa + 1.7 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 1.5 Pernas Vista Lateral - 1.2 Conf. 92% / Filhas 108 - Rebanhos 99 Ângulo do Casco + 1.0 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 0.3 Locomoção + 1.5 21 17 -0,07 27 -0,03 782 129 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares + 0.3 Velocidade de Ordenha - 0.1 Temperamento 0.2 - Células Somáticas + 0.6 Longevidade - 0.6 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 15
  16. 16. HOLANDÊS UNSERGE TL TV 90 Facilidade de Parto FR 4460607167 PEDIGREE PAI LHEROS PAI: MÃE: PALENCIA B80 AVÔ MAT.: HAIRYBREIZ BISAVÔ MAT.: MAIZEFIELD BELLWOOD 2012. Lheros (especialista em capacidade corporal) X Hairy Breiz (especialista em úbere) x Bellwood (especialista em Características Morfológicas - FRA Out/2008 produção). Conf. 77% / Filhas 43 - Rebanhos 39 Mãe e avó materna com lactações superiores a 13.000 Kg Tipo + 1.9 de leite com Proteína superior a 3,5%. Composto de Úbere + 1.6 As filhas de Unserge são vacas grandes, com excepcionais Ligamento Central do Úbere + 0.3 garupas e úberes. Profundidade do Úbere + 1.4 Fertilidade e facilidade de parto. Inserção Anterior do Úbere + 1.4 Equilíbrio do Úbere + 0.9 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.274 Kg, Altura de Úbere Posterior + 1.8 G 3.86% e P 3.41%. Colocação dos Tetos Anteriores + 0.3 Colocação dos Tetos Posteriores + 0.5 Comprimento dos Tetos + 0.7 Composto de Capacidade Corporal + 1.9 Estatura + 2.0 Força + 1.5 Profundidade Corporal + 1.3 Angulosidade + 0.7 + 1.2 Ângulo da Garupa Largura da Garupa + 1.5 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés - 0.4 Pernas Vista Lateral - 0.5 Conf. 85% / Filhas 63 - Rebanhos 57 Ângulo do Casco + 0.3 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior - 0.4 Locomoção - 0.4 25 22 0,19 11 0,02 254 140 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares - 0.4 Velocidade de Ordenha + 0.5 Temperamento 0.5 - Células Somáticas + 0.8 Longevidade + 1.3 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 16
  17. 17. HOLANDÊS SORANO TL TV 88 Facilidade de Parto FR 5703329984 PEDIGREE PAI MANAT PAI: MÃE: PALUDINE AVÔ MAT.: GOODTIME BISAVÔ MAT.: MAIZEFIELD BELLWOOD Uriane. O melhor filho de Manat na França, originado de uma família de renome: Manat x VG 88 Goodtime x VG 88 Características Morfológicas - FRA Out /2008 Bellwood x VG 87 Tonic x EX92 Southwind x EX 93 Conf. 84% / Filhas 79 - Rebanhos 74 Tradition x VG 85 Valiant x EX 90 Elevation x VG 88 Tipo + 1.8 Astronaut. Composto de Úbere + 1.5 Alta produção de leite. Ligamento Central do Úbere - 0.2 Úberes bem inseridos e boa locomoção. Profundidade do Úbere + 1.6 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.650 Kg, Inserção Anterior do Úbere + 0.9 Equilíbrio do Úbere + 1.1 G 3.83% e P 3.33%. Altura de Úbere Posterior + 1.1 Colocação dos Tetos Anteriores + - 0.1 Colocação dos Tetos Posteriores - 0.5 Comprimento dos Tetos + 0.1 Composto de Capacidade Corporal + 1.0 Estatura + 1.9 Força - 1.0 Profundidade Corporal + 1.4 Angulosidade + 1.6 + 0.2 Ângulo da Garupa Largura da Garupa + 0.2 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 0.7 Pernas Vista Lateral - 0.3 Conf. 90% / Filhas 86 - Rebanhos 81 Ângulo do Casco + 0.7 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 0.3 Locomoção + 0.7 30 26 -0,1 27 -0,7 832 139 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares + 0.8 Velocidade de Ordenha + 0.1 Temperamento Células Somáticas - 0.7 + 0.8 Longevidade + 0.2 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 17
  18. 18. HOLANDÊS RAYLEIGH TL TV 90 Facilidade de Parto FR 8562702836 PEDIGREE PAI AARON PAI: MÃE: MENACE TB85 AVÔ MAT.: MAIZEFIELD BELLWOOD BISAVÔ MAT.: SINGING BROOK NB MASCOT Tisane. Excelentes aprumos. Úberes excelentes (TOP 5%). Características Morfológicas - FRA Out /2008 Filhas que se destacam pelo seu estilo e harmonia. Conf. 78% / Filhas 47 - Rebanhos 46 Um dos melhores filhos de Aaron para características Tipo + 1.9 funcionais. Composto de Úbere + 1.5 Facilidade de parto. Ligamento Central do Úbere + 0.3 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.523 Kg, Profundidade do Úbere + 1.3 G 3.84% e P 3.28%. Inserção Anterior do Úbere + 0.0 Equilíbrio do Úbere + 0.2 Altura de Úbere Posterior + 1.3 Colocação dos Tetos Anteriores + 0.6 Colocação dos Tetos Posteriores - 0.2 Comprimento dos Tetos + 0.2 Composto de Capacidade Corporal - 0.1 Estatura + 1.1 Força - 0.8 Profundidade Corporal - 0.1 Angulosidade + 0.5 + 0.2 Ângulo da Garupa Largura da Garupa - 0.6 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 2.1 Pernas Vista Lateral - 1.4 Conf. 86% / Filhas 53 - Rebanhos 52 Ângulo do Casco + 1.4 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 1.9 Locomoção + 2.1 17 13 -0,06 23 -0,03 637 130 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares - 0.5 Velocidade de Ordenha - 1.1 Temperamento 1.5 + Células Somáticas + 0.3 Longevidade - 0.5 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 18
  19. 19. HOLANDÊS UTITON TL TV 89 Facilidade de Parto FR 5802903603 PEDIGREE PAI GARTER PAI: MÃE: 101 ROXELAN AVÔ MAT.: JOCKO BESN BISAVÔ MAT.: GIBBON Resultado de 05 gerações de vacas destaque: VG85 Jocko x Vg89 Gibbon x EX90 Sammy x EX 90 Características Morfológicas - FRA Out /2008 Wimpyson x EX 93 Pickland Conf. 79% / Filhas 53 - Rebanhos 53 Úberes com forte ligamento, alto e bem inserido. Tipo + 1.7 CCS, Longevidade e Fertilidade. Composto de Úbere + 1.7 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.652 Kg, Ligamento Central do Úbere + 1.6 G 3.84% e P 3.28%. Profundidade do Úbere + 1.2 Inserção Anterior do Úbere + 0.6 Equilíbrio do Úbere - 1.0 Altura de Úbere Posterior + 1.8 Colocação dos Tetos Anteriores + 0.9 Colocação dos Tetos Posteriores + 1.2 Comprimento dos Tetos + 0.9 Composto de Capacidade Corporal + 0.3 Estatura + 0.8 Força - 1.0 Profundidade Corporal + 0.3 Angulosidade + 0.3 + 0.0 Ângulo da Garupa Largura da Garupa + 0.8 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 0.6 Pernas Vista Lateral - 1.0 Conf. 84% / Filhas 62 - Rebanhos 61 Ângulo do Casco + 1.1 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 0.5 Locomoção + 0.6 23 19 -0,09 29 -0,11 836 147 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares + 1.5 Velocidade de Ordenha - 0.2 Temperamento Células Somáticas + 1.0 + 1.8 Longevidade + 1.0 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 19
  20. 20. HOLANDÊS UNIVERSAL TL TV 89 Facilidade de Parto FR 2214546008 PEDIGREE PAI MAGNA PAI: MÃE: SURYA Tb86 AVÔ MAT.: JESTHER BISAVÔ MAT.: GIBBON Altea. Pedigree original: Air Magna x Jesther x Gibbon. Originado de 06 gerações de vacas VG. Características Morfológicas - FRA Out /2008 Touro que combina força e caracterização leiteira com Conf. 78% / Filhas 50 - Rebanhos 50 excepcionais Pernas & Pés. Tipo + 1.7 Úberes corretos. Composto de Úbere + 0.6 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.397 Kg, Ligamento Central do Úbere + 0.6 G 4.04% e P 3.31%. Profundidade do Úbere + 1.0 Inserção Anterior do Úbere + 0.3 Equilíbrio do Úbere + 0.3 Altura de Úbere Posterior - 0.1 Colocação dos Tetos Anteriores + 0.8 Colocação dos Tetos Posteriores + 0.4 Comprimento dos Tetos - 2.3 Composto de Capacidade Corporal + 2.2 Estatura + 1.6 Força + 1.6 Profundidade Corporal + 2.4 Angulosidade + 1.1 + 0.5 Ângulo da Garupa Largura da Garupa + 0.5 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 2.1 Pernas Vista Lateral - 0.4 Conf. 86% / Filhas 69 - Rebanhos 66 Ângulo do Casco + 1.8 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 1.9 Locomoção + 2.1 21 11 -0,05 49 -0,35 443 130 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares - 0.6 Velocidade de Ordenha + 1.9 Temperamento Células Somáticas + 0.5 + 0.3 Longevidade - 0.5 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 20
  21. 21. HOLANDÊS THILLOT TL TV 89 Facilidade de Parto FR 221621558 PEDIGREE PAI DUTCH BOY PAI: MÃE: ROUGET TB86 AVÔ MAT.: ETAZON ADDISON BISAVÔ MAT.: WELLS MASCOT CORKY 1352. Equilíbrio entre produção e morfologia. Top em ISU. Características Morfológicas - FRA Out /2008 Touro que imprime caráter leiteiro, boas pernas e úberes Conf. 80% / Filhas 59 - Rebanhos 56 funcionais. Tipo + 1.6 Longevidade e CCS. Composto de Úbere + 1.2 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.844 Kg, Ligamento Central do Úbere + 0.4 G 3.80% e P 3.33%. Profundidade do Úbere + 1.0 Inserção Anterior do Úbere + 1.0 Equilíbrio do Úbere + 1.0 Altura de Úbere Posterior + 1.2 Colocação dos Tetos Anteriores + 0.3 Colocação dos Tetos Posteriores + 0.1 Comprimento dos Tetos + 0.6 Composto de Capacidade Corporal + 1.0 Estatura + 1.3 Força + 0.5 Profundidade Corporal + 0.7 Angulosidade + 1.1 + 0.9 Ângulo da Garupa Largura da Garupa + 0.7 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 0.8 Pernas Vista Lateral - 1.0 Conf. 85% / Filhas 59 - Rebanhos 55 Ângulo do Casco + 1.1 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 0.2 Locomoção + 0.8 42 37 0,03 34 -0,01 1130 164 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares - 0.5 Velocidade de Ordenha + 0.6 Temperamento 1.9 + Células Somáticas + 1.6 Longevidade + 0.1 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 21
  22. 22. HOLANDÊS SURFEIT TL TV 87 Facilidade de Parto FR 5238722162 PEDIGREE PAI JOCKO BESN PAI: MÃE: TIDY B. FLORENCE AVÔ MAT.: FATAL BISAVÔ MAT.: MASCOT Unite. Touro que define o trabalho de seleção francesa. Úberes funcionais. Características Morfológicas - FRA Out /2008 Excepcionais aprumos. Conf. 84% / Filhas 84 - Rebanhos 82 Touro Top para produção de leite e proteína. Tipo + 1.6 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.755 Kg, Composto de Úbere + 1.0 G 3.85% e P 3.38%. Ligamento Central do Úbere - 0.5 Profundidade do Úbere + 0.7 Inserção Anterior do Úbere + 0.6 Equilíbrio do Úbere + 1.1 Altura de Úbere Posterior + 1.2 Colocação dos Tetos Anteriores + 1.2 Colocação dos Tetos Posteriores + 0.1 Comprimento dos Tetos + 0.8 Composto de Capacidade Corporal + 0.8 Estatura + 1.4 Força + 0.4 Profundidade Corporal + 0.3 Angulosidade + 0.5 + 1.0 Ângulo da Garupa Largura da Garupa + 0.8 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 1.7 Pernas Vista Lateral - 1.0 Conf. 90% / Filhas 88 - Rebanhos 85 Ângulo do Casco + 0.4 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 0.7 Locomoção + 1.7 48 41 0,11 36 -0,06 994 152 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares - 0.5 Velocidade de Ordenha + 0.2 Temperamento 0.7 - Células Somáticas + 0.0 Longevidade + 0.5 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 22
  23. 23. HOLANDÊS RÉOC TL TV 92 Facilidade de Parto FR 7627604443 PEDIGREE PAI JOCKO BESN PAI: MÃE: ODYSSE TB89 AVÔ MAT.: GELPRO BISAVÔ MAT.: ESENTATION Uniforme. Equilíbrio entre produção e morfologia. Úberes excepcionais. Características Morfológicas - FRA Out /2008 Aprumos corretos. Conf. 85% / Filhas 83 - Rebanhos 72 Facilidade de parto. Tipo + 1.7 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.600 Kg, Composto de Úbere + 1.3 G 3.88% e P 3.35%. Ligamento Central do Úbere + 0.9 Profundidade do Úbere + 0.7 Inserção Anterior do Úbere + 1.2 Equilíbrio do Úbere + 1.2 Altura de Úbere Posterior + 1.7 Colocação dos Tetos Anteriores + 1.3 Colocação dos Tetos Posteriores + 0.7 Comprimento dos Tetos + 1.3 Composto de Capacidade Corporal + 0.3 Estatura + 0.6 Força - 0.1 Profundidade Corporal + 0.5 Angulosidade + 0.8 - 0.4 Ângulo da Garupa Largura da Garupa - 0.3 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 1.5 Pernas Vista Lateral - 2.0 Conf. 90% / Filhas 94 - Rebanhos 84 Ângulo do Casco + 0.4 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 0.8 Locomoção + 1.5 35 28 0,06 34 0,04 755 140 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares + 0.9 Velocidade de Ordenha + 0.7 Temperamento 0.8 - Células Somáticas + 0.7 Longevidade - 0.1 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 23
  24. 24. HOLANDÊS SPORT TL TV 85 Facilidade de Parto FR 6115062011 PEDIGREE PAI HERSHEL PAI: MÃE: NYNCE TB89 AVÔ MAT.: ETAZON LORD LILY BISAVÔ MAT.: DOMBINATOR Urssaf. Úberes que se destacam pelas suas inserções. Animais com muita angulosidade. Características Morfológicas - FRA Out /2008 CCS e Longevidade. Conf. 83% / Filhas 70 - Rebanhos 66 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.599 Kg, Tipo + 1.6 G 3.79% e P 3.30%. Composto de Úbere + 1.3 Ligamento Central do Úbere - 0.3 Profundidade do Úbere + 1.2 Inserção Anterior do Úbere + 2.2 Equilíbrio do Úbere + 1.3 Altura de Úbere Posterior + 1.4 Colocação dos Tetos Anteriores + - 0.1 Colocação dos Tetos Posteriores - 0.3 Comprimento dos Tetos + 0.2 Composto de Capacidade Corporal + 1.1 Estatura + 1.1 Força + 0.1 Profundidade Corporal + 1.1 Angulosidade + 1.2 + 0.0 Ângulo da Garupa Largura da Garupa + 1.0 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 0.8 Pernas Vista Lateral - 1.1 Conf. 89% / Filhas 73 - Rebanhos 69 Ângulo do Casco + 0.7 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 1.4 Locomoção + 0.8 22 20 -0,03 19 -0,13 754 136 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares - 1.4 Velocidade de Ordenha + 0.8 Temperamento Células Somáticas + 0.9 + 0.9 Longevidade - 0.1 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 24
  25. 25. HOLANDÊS REMERSON TL TV 86 Facilidade de Parto DE 1601143199 PEDIGREE PAI EMERSON PAI: MÃE: WIESENFIELD BW MARINA TB87 AVÔ MAT.: MAIZEFIELD BELLWOOD BISAVÔ MAT.: HANOVER HILL STARDOM Umerson. Vacas equilibradas, com úberes funcionais e bons aprumos. Características Morfológicas - FRA Out /2008 Família de renome: Emerson x Tb87 Bellwood x Tb88 Conf. 77% / Filhas 48 - Rebanhos 48 Stardom x EX 93 Melvin x EX 92 Elevation x EX 96 Fond Tipo + 1.6 Matt. Composto de Úbere + 1.0 Longevidade. Ligamento Central do Úbere + 0.7 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.337 Kg, Profundidade do Úbere + 1.4 G 4.05% e P 3.31%. Inserção Anterior do Úbere + 1.0 Equilíbrio do Úbere - 0.6 Altura de Úbere Posterior - 0.4 Colocação dos Tetos Anteriores + 0.7 Colocação dos Tetos Posteriores + 0.0 Comprimento dos Tetos - 0.5 Composto de Capacidade Corporal + 2.2 Estatura + 2.3 Força + 0.9 Profundidade Corporal + 2.1 Angulosidade + 1.9 + 1.6 Ângulo da Garupa Largura da Garupa + 1.3 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 0.3 Pernas Vista Lateral - 0.6 Conf. 84% / Filhas 47 - Rebanhos 47 Ângulo do Casco + 0.8 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior - 0.4 Locomoção + 0.3 30 17 -0,03 60 0,36 651 147 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares + 0.2 Velocidade de Ordenha + 0.3 Temperamento Células Somáticas + 0.8 + 1.3 Longevidade + 0.5 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 25
  26. 26. HOLANDÊS TIENBON TL TV 88 Facilidade de Parto FR 4240698944 PEDIGREE PAI DUTCH BOY PAI: MÃE: ROSE TB 86 AVÔ MAT.: JOCKO BESN BISAVÔ MAT.: EASTLAND CASH Tienne. Dutch Boy x Jocko besn: Alto potencial para produção. Vacas com muita caracterização leiteira. Características Morfológicas - FRA Out /2008 Excepcionais aprumos. Conf. 78% / Filhas 51 - Rebanhos 47 Uberes funcionais. Tipo + 1.4 Touro que imprime docilidade, velocidade de ordenha e Composto de Úbere + 0.7 longevidade. Ligamento Central do Úbere + 0.2 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.619 Kg, Profundidade do Úbere + 0.6 G 3.75% e P 3.32%. Inserção Anterior do Úbere + 0.2 Equilíbrio do Úbere + 0.7 Altura de Úbere Posterior + 0.2 Colocação dos Tetos Anteriores + 0.8 Colocação dos Tetos Posteriores - 0.2 Comprimento dos Tetos + 0.3 Composto de Capacidade Corporal + 0.6 Estatura + 1.3 Força - 0.4 Profundidade Corporal + 0.8 Angulosidade + 1.1 + 1.4 Ângulo da Garupa Largura da Garupa - 0.4 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 2.1 Pernas Vista Lateral - 2.6 Conf. 84% / Filhas 56 - Rebanhos 50 Ângulo do Casco + 0.6 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 1.9 Locomoção + 2.1 23 23 -0,02 12 -0,24 784 136 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares + 0.9 Velocidade de Ordenha + 1.5 Temperamento 0.3 + Células Somáticas + 1.0 Longevidade + 0.5 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 26
  27. 27. HOLANDÊS ROCKENROLL TL TV 86 Facilidade de Parto FR 3299236977 PEDIGREE PAI JOCKO BESN PAI: MÃE: OTTAWA TB89 AVÔ MAT.: PAULO BRO BISAVÔ MAT.: MASCOT Uranie. Alta produção de leite com úberes funcionais e um ligamento central extremamente forte. Características Morfológicas - FRA Out /2008 Aprumos corretos. Conf. 78% / Filhas 47 - Rebanhos 46 Destaque para CCS. Tipo + 0.9 Lactação média das filhas 305 dias: Leite 11.856 Kg, Composto de Úbere + 0.5 G 3.70% e P 3.27%. Ligamento Central do Úbere + 1.9 Profundidade do Úbere - 0.1 Inserção Anterior do Úbere - 1.1 Equilíbrio do Úbere + 0.5 Altura de Úbere Posterior + 0.8 Colocação dos Tetos Anteriores + 1.1 Colocação dos Tetos Posteriores + 1.6 Comprimento dos Tetos + 0.6 Composto de Capacidade Corporal + 0.9 Estatura + 1.0 Força + 0.7 Profundidade Corporal + 0.6 Angulosidade + 0.2 + 1.2 Ângulo da Garupa Largura da Garupa + 0.9 PRODUÇÃO - FRA Out/08 Composto de Pernas e Pés + 0.7 Pernas Vista Lateral - 1.3 Conf. 87% / Filhas 54 - Rebanhos 53 Ângulo do Casco + 0.1 INEL P Kg %P G Kg %G ISU Leite Kg Pernas Vista Posterior + 0.0 Locomoção + 0.7 26 26 -0,10 16 -0,37 1149 137 0 -2 -1 +1 +2 Características Auxiliares - 0.3 Velocidade de Ordenha + 0.3 Temperamento Células Somáticas + 1.4 + 0.6 Longevidade + 0.0 Fertilidade 0 -2 -1 +1 +2 27

×