• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Professor Helanderson Sousa
 

Professor Helanderson Sousa

on

  • 1,525 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,525
Views on SlideShare
1,525
Embed Views
0

Actions

Likes
1
Downloads
24
Comments
1

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft Word

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

11 of 1 previous next

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Professor Helanderson Sousa Professor Helanderson Sousa Document Transcript

    • <br />PROFESSOR HELANDERSON SOUSA<br />LISTA 1 CINEMÁTICA (NIVEL BÁSICO)<br />1ª Dois carros partiram simultaneamente de um ponto A em direção a um ponto B com velocidades diferentes, porém constantes. Ao alcançarem o ponto B mudaram imediatamente o sentido do movimento para A. O primeiro carro no caminho de volta a A encontrou o segundo a uma distância L do ponto B, e logo depois de alcançar o ponto A e mudar o sentido do movimento para o ponto B, encontra o segundo carro depois de percorrer a n-ésima parte da distância que separa A e B. Determine a distância entre os pontos A e B.<br />Solução: Temos que achar a distância entre os pontos A e B.<br />Vamos chamas o carro mais rápido de c1 e o outro de c2.<br />Até o primeiro encontro c1 percorre uma distância s + L, onde s é a distância inicial que separa os pontos A e B e c2 percorre uma distância s – L.<br />Para o segundo encontro, c1 e c2 os carros percorrem 2s + 1ns e 2s - 1ns respectivamente.<br />Para o primeiro encontro temos v1= s + Lt1 e v2= s- Lt1<br />Para o segundo encontro temos v1= 2s + 1nst2 e v2= 2s - 1ns t2<br />Assim v1t1= s + L (eq 1)<br /> v2t1 = s- L (eq 2)<br /> v1t2= 2s + 1ns (eq 3)<br /> v2t2 = 2s - 1ns (eq 3) logo notamos que (eq 1)(eq 2) = (eq 3)(eq 3) ou<br />s + L s- L = 2s + 1ns2s - 1ns com um pouco de álgebra simples é fácil chegar a s = 2Ln.<br />2ª (Alonso) Um carro percorre a linha OX com movimento uniformemente acelerado. Nos instantes t1 et2, Suas posições são x1 e x2, respectivamente. Mostrar que a aceleração do carro é a 2(x2t1- x1t)/ t2 t1(t2- t1).<br />Solução: Inicialmente montemos as equações horárias para o carro.<br />x1= vt1 + 12at12 (eq 1) e em t2 temos: x2 = vt2 + 12at2 2 (eq 2)<br />(eq 2) – (eq 1) = x2 - x1 = v(t2 - t1) + 12a(t2 2- t12)<br />Logo v = (x2 - x1) - 12a(t2 2- t12) (t2 - t1) , substituindo esse valor em (eq 1) temos:<br />x1 = (x2 - x1) - 12a(t2 2- t12) (t2 - t1) t1 + 12at12 Isolando a e simplificando a expressão temos<br />2(x2t1- x1t)/ t2 t1(t2- t1) = a<br />3ª (BIT) Dois carros passam por um mesmo ponto com velocidade v1 e o outro com velocidade v2, em movimento retilíneo e acelerações uniformes a1 e a2 respectivamente. Se eles alcançam o ponto final no mesmo instante, mostre que a distância percorrida até esse ponto é dada por 2(v1- v2)( v1a2- v2a1)/(a1-a2)2<br />Solução: Sendo S a distância percorrida por cada carro e t o tempo gasto, podemos montar as funções horárias. <br />Para o primeiro S = v1t + 12a1t2 (eq 1)<br />E para o segundo carro S = v2t + 12a2t2 (eq 2)<br />Fazendo (eq 2) – (eq 1) chegamos a: (v1- v2)t +12(a1-a2)t2 = 0<br />t = 0 não nos interessa, assim temos a outra solução<br /> t = 2(v1- v2)/(a1-a2)<br />Substituindo esse valor de t na função horária de qualquer carro e com um pouquinho de álgebra simples chegamos a:<br />S = 2(v1- v2)( v1a2- v2a1)/(a1-a2)2<br />4ª Um carro, movimento retilíneo uniformemente acelerado, percorre uma distância x1 metros em t1 segundos. Durante os t2 segundos seguintes, ele percorre x2 metros. Calcule a velocidade do carro e a distância percorrida nos t1+ t2 segundos seguintes. <br />Solução: veja as soluções das questões 2 e 3<br />5ª (Alonso) Um corpo, movimento retilíneo uniformemente acelerado, percorre 55 metros em 2 segundos. Durante os 2 segundos seguintes, ele percorre 77 metros. Calcular a velocidade inicial e a aceleração do corpo. Que distância ele percorrida nos 4 segundos seguintes.<br />Solução: Veja a solução da questão 2.<br />Nessa questão x1= 55, x2 = 77 + 55 = 132, t1 = 2 e t2 = 2 + 2 = 4 <br />6ª (IIT) Um carro inicialmente em repouso começa a se mover com aceleração a constante, em seguida começa a parar com aceleração b, até chegar ao repouso. Se t é o tempo gasto desde o inicio do movimento, até o fim, Determine a distância percorrida pelo carro e a velocidade máxima alcançada por ele.<br />Solução: v = at ou t1 = v/a , usando a equação horária temos s = 12at12 = 12av2a2 logo s = v22a para a frenagem temos t2 = v/b logo r = (v + 0)t2/2 logo r = v2/2b.<br /> t = t1+ t2 = v(a +b)/ab portanto v é dado por abt/a+b.<br />7ª(Savchenko) Alguns esportistas correm com mesma velocidade constante v, formando uma coluna de comprimento l, ao encontro da coluna corre o treinador com velocidade u tal que u<v, cada esportista ao encontrar com o treinador inverte o sentido do movimento imediatamente e continua correndo com mesma velocidade v. Que comprimento terá a coluna depois que todos o esportistas tiverem invertido suas velocidades?<br />Solução : Solução: Inicialmente a coluna tem comprimento L e podemos tratar inicialmente separadamente o primeiro e o último esportista, assim a função horária do ultimo soldado é : Su = vt e a do primeiro Sp = L + vt. Quando o primeiro esportista encontra o comandante, muda o sentido da sua velocidade e percorre nesse sentido o mesmo tempo que o treinador demora pra encontrar o último soldado que é T = L/(u+v) alem do mais mudamos o sinal de v na sua função horária, substituindo esse valor na função de cada um Su = vL(u+ v) e<br /> Sp = L - vL(u+ v) a distância entre o dois esportistas das pontas é o que determina o comprimento da fileira , assim o novo comprimento será dado por l = vL(u+ v) – ( L - vL(u+ v)) = 2 vL(u+v) - L =<br /> L(2 V(u+v) - 1) = L(v - vc) (u+v)<br />8ª (Renato Brito) Uma coluna de soldados de 600 m de comprimento marcha ao longo de uma estrada com uma velocidade constante de 4,5 km/h. Na direção da coluna, mas em sentido oposto, aproxima-se um oficial superior caminhando a uma velocidade constante de 3,0 km/h. Quando ele passa ao lado de cada soldado, ordena que estes se movam no sentido oposto. Cada soldado instantaneamente (tão logo recebe sai ordem) inverte o sentido de sua marcha e continua com a mesma velocidade, mas no sentido oposto. Após algum tempo, toda a coluna está se movendo no sentido contrario. Determine o novo comprimento da coluna de soldados.<br />Solução: É o mesmo problema da questão anterior, nesse caso é só substituir o valores dados em: L(v - vc) (VC+v) , Onde L é o comprimento inicial da fileira, v a velocidade inicial e vc a velocidade o do comandante.<br />Assim teremos l = 0,6(4,5-34,5+3)= 120 metros e o tempo para que toda a fileira esteja se movendo no sentido contrario e dado por T = L/(vc+v) = 0,6/7,5 = 0,08 horas ou 4 minutos e 8 segundos<br />9ª Um balão que emite impulsos sonoros de duração T0 vai descendo uniformemente e seu movimento é perpendicular a horizontal. A duração do pulso refletido no solo é ouvido por T segundos pelos tripulantes do balão. Determine a velocidade do balão considerando que a velocidade do som para esta situação seja c.<br />Solução<br />Do enunciado T0 é o tempo que o pulso sonoro é emitido, ou seja, o intervalo de tempo, em que a primeira onda sonora e a ultima passam pelo balão. T é o tempo em que a primeira e a ultima onda sonora refletida passa pelo balão. <br />Logo l = (c - v) T0 = comprimento do pulso sonoro emitido, considerando o movimento relativo entre a onda e o balão.<br />l = (c + v)T = comprimento do pulso sonoro emitido, considerando o movimento relativo entre a onda e o balão.<br />Pois o pulso sonoro não diminui de “tamanho” logo:<br />(c - v) T0 = (c + v)T assim chegamos a v = c (T0 -T)/ (T0 + T)<br />10ª Uma lancha navegando rio a baixo, deixou para trás uma balsa em um ponto A, passado um tempo t a lancha da a volta e encontra a balsa uma distância l do ponto A. Determine a velocidade da corrente sabendo que o motor do barco trabalhou igualmente durante todo o percurso.<br />Solução: Durante um tempo t a lancha navega rio abaixo com velocidade em relação às margens dada por u + v, onde u e v são respectivamente a velocidade do rio e da lancha, percorrendo uma distância (v + u)t. Na volta a lancha agora com velocidade em relação as margens dada por u - v percorre uma distancia<br /> (v – u)t'= (v + u)t – l assim t'=(v + u)t – l(v – u) .<br />t + t' é o tempo que a balsa leva pra percorrer a distância l com mesma velocidade v do rio, ou seja t + (v + u)t – l(v – u) = lv isolando a velocidade do rio, chegamos a v = l2t .<br />11ª Uma partícula se move com uma aceleração que obedece a seguinte lei a = bt + ct2, com c e b constantes. A posição e a velocidade da partícula em t = 0 são x0 e v0 respectivamente. Ache a expressão para a velocidade e para a posição d partícula para um tempo qualquer t.<br />Solução:<br />a = dvdt = bt + ct2 -> dv = bt + ct2 9 (eq 1)<br />Integrando ambos os lados de (eq 1)<br />Temos: dv = (bt + ct2)dt -> v(t) = bt22 + ct33 + k, do enunciado da questão v(0) = v0<br />Assim k = v0 e v(t) = bt22 + ct33 + v0<br />Para achar a posição em função do tempo fazemos x = dvdt = bt22 + ct33 + v0 assim<br /> dv = (bt22 + ct33 + v0)dt e integrando novamente ambos os lados da equação temos: dv = (bt22 + ct33 + v0)dt = x(t) -> x(t) = bt36 + ct412 + v0t + n, do enunciado x(0) = x0<br />assim n = x0 e finalmente chegamos ao resultado x(t) = bt36 + ct412 + v0t + x0<br />12ª Um homem imóvel sobre uma escada rolante leva t1 minuto para ir di subsolo ai térreo de um shopping Center. Nos dias em que a escada rolante está com defeito, o homem sobe essa escada rolante caminhando do subsolo ao térreo em t2 minutos. Quanto tempo o homem gastaria para fazer o mesmo percurso se ele caminhasse sobre a escada rolante funcionando normalmente?<br />Solução: sendo u o vetor velocidade da escada e v o vetor velocidade do homem. Vamos tomar V e U como o módulo das velocidade dos vetores v e u respectivamente.<br />assim podemos escrever para a subida do homem imóvel sobre a escada Ucos@ = l/t1 (eq 1) onde l é o comprimento da escada, já para o homem subindo com a escada parada temos Vcos@ = l/t2 (eq 2). Para o caso em que o homem caminha com velocidade v sobre a escada que tem velocidade v teríamos (U + V)cos@ = l/t3 (eq 3). Somando membro a membro (eq 1) e (eq 2) temos Ucos@ + Vcos@ = l/t1 + l/t2<br />-> (U + V)cos@ = l(t1+ t2t1t2) logo lt3 = l(t1+ t2t1t2) -> t3 = (t1t2) /(t1 + t2)<br />13ª) Um trem leva quatro minutos para ir se movimentar da estão A para a estação B, distante 4 quilômetros uma da outra na primeira parte do trajeto possui aceleração constate a1 e na parte final freia com aceleração a2. Mostre que 1a1 + 1a2 = 2. a1 e a2 são dados em Km/minuto2<br />Solução:<br />O trem percorrerá com aceleração a1 uma distância s1 durante um tempo t1 e em seguida percorrerá com aceleração a2 uma distância s2 durante um tempo t2.<br />Para a primeira parte do movimento, quando ele é acelerado teremos uma velocidade máxima até o ponto onde o trem começará a freia, usando Torricelli, essa velocidade máxima é dada por vmax = 2a1s1. Para o segundo trecho do movimento, podemos tratar vmax como velocidade e a velocidade final será nula, por Torricelli temos vmax = 2a2s2<br />Assim temos que a1s1 = a2s2 (eq 1). Sabemos que s1+ s2 = 4 -> s2 = 4 - s1(eq 2) substituindo (eq 2) em (eq 1) temos s1 = 4a2a1+a2 -> s2 = 4a1a1+a2<br />Para o percurso de movimento acelerado e retardado temos respectivamente:<br />vmax = 0 + a1t1 e 0 = vmax - a2t2->a1t1 = a2t2 Sabendo que t1 + t2 = 4 facilmente chegamos a t1 = 4a2a1+a2 e t2 = 4a1a1+a2 <br />Para a primeira parte do movimento temos s1 = 12a1 t12 -> 4a2a1+a2 = 12a1(4a2a1+a2)2<br />1 = 12a14a2a1+a2 -> 12 = a1a2 a1+a2 Finalmente chegamos a 1a1 + 1a2 = 2<br />14ª Duas barras se cruzam formando um ângulo a e se movem com velocidades v e perpendicularmente a se mesmas. Determine a velocidade do ponto de cruzamento das barras?<br />Solução:<br /> <br />Da figura vemos que a velocidade resultante do ponto de cruzamento é <br />u = vcos(90 –a/2) + vcos(90 –a/2) = 2vsen(a/2)<br />u = 2vsen(a/2)<br />