Your SlideShare is downloading. ×
Temperos picantes para uma vida longa
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Temperos picantes para uma vida longa

921

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
921
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
6
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. 50 • SAÚDE & BEM-ESTAR O GLOBO 2a Edição Domingo, 22 de janeiro de 2012 Fotos de Simone MarinhoA FAMÍLIA das pimentas vermelhas contém substâncias caraotenoides, pigmentos que agem como potentes antioxidantes e previnem doenças crônicas como câncer e as cardíacas. As verdes são ricas em vitamina CTemperos picantes para uma vida longaPesquisas comprovam que extratos de pimentas reduzem o colesterol e ajudam a retardar o envelhecimento precoce Antônio Marinho drogas quimioterápicas. observaram que os tumores tra- deverá ter aplicação farmacoló- — Já se receitam fórmulas de a fração nociva, recomendo o amarinho@oglobo.com.br — Bloquear estas proteínas tados com capsaicina tornaram- gica no futuro, na fabricação de aplicação local para o alívio da consumo frequente de pimenta. do complexo NF kappa B é uma se menores. remédios para o controle da pro- dor, nesses casos. Mas, para A melhor maneira de consumir ol A secretária de Estado Hillary forma de diminuir inflamações Esta pesquisa foi feita com co- liferação desordenada de células enxaqueca, ainda não há com- tempero é in natura; comer a pi-Clinton costuma dizer em entre- que levam a doenças crônicas, baias, geneticamente modifica- no organismo. provação de eficácia; apenas menta crua, junto com a refeição.vista que um dos segredos de inclusive problemas coronari- das em laboratório, que conti- Além disto, já foi comprova- evidências — comenta Cardo- É melhor iniciar aos poucos estesua impressionante disposição anos, Mal de Alzheimer, osteo- nham células humanas de cân- do que a capsaicina é um exce- so, que também faz pesquisas hábito alimentar, consumindo aspara cumprir uma agenda agita- porose, artrite e outros males cer de próstata. Os animais rece- lente anti-inflamatório. O cien- em parceria com a Embrapa. menos picantes, como as pimen-da de trabalho é consumir pi- autoimunes, como esclerose beram uma dose de extrato de tista Edemilson Cardoso da — Por enquanto, não há dados tas biquinho e cambuci, para, emmenta todos os dias. Agora, as — afirma o pesquisador india- pimenta equivalente a 400mg de Conceição, do Laboratório de confiáveis para afirmar que as seguida, experimentar as maispesquisas científicas revelam no, radicado na Universidade capsaicina, três vezes por sema- PD&I de Fitoterápicos, Fito- pimentas queimam gordura e ardidas, como é o caso da pimen-que ela tem razão. Conhecida pe- do Texas. na, quantidade equivalente ao cosméticos e Nutracêuticos teriam efeito na redução do ta dedo-de-moça.lo seu odor característico e sa- Também pesquisadores do que seria consumido por um ho- da Faculdade de Farmácia da peso corporal. As pesquisas também reve-bor picante, mas também por Cedars-Sinai Medical Center, nos mem de 91kg. Ou seja, bem aci- Universidade Federal de Goi- A nutricionista Márcia Kel- lam que as pimentas são ricasseu efeito anti-inflamatório e Estados Unidos, constataram ma do normal para cobaias de la- ás, diz que a capsaicina é tam- ler, professora da Faculdade em carotenoides e em vitami-analgésico, a família das pimen- que a capsaicina impede a proli- boratório. E os cientistas se mos- bém analgésica. Por exemplo, Cenecista de Bento Gonçalves na C, ambos com efeitos antio-tas, que inclui o pimentão, está feração de células malignas no tram otimistas com o resultado. ela inibe a substância P, que, (RS), acredita que o consumo xidantes. E com um lembretese tornando um santo remédio câncer de próstata. Num estudo Afirmam que a substância que ao ser liberada nas articula- de pimenta ajuda nos casos de aos chefs de cozinha e aman-para males crônicos. Recente publicado na revista científica deixa a pimenta ardida, presente ções, ativa a inflamação relaci- colesterol elevado: tes da culinária: quanto maispesquisa americana sugere que “Cancer Research”, os autores na inserção da semente no fruto, onada à artrite reumatoide. — Para pessoas com LDL alto, ardida, melhor!nsubstâncias destas plantas e de n Ardor éescala a numa medidooutras especiarias, como o aça-frão-da-Índia (curcuma), são po-tentes anticancerígenos porqueajudam a controlar o ritmo decrescimento das células. Este Culinária tailandesa: misturas saudáveis A ardência das pimentas ge-efeito é causado, em parte, pela Preferência por cereais, saladas e temperos fortes é o destaque na cozinha oriental ralmente é medida numa uni-capsaicina, a responsável pelo Guito Moreto dade de calor chamada deardor da planta. Novos estudos l Entre as culinárias orientais, a tailan- Escala de Scoville, uma ho-indicam também que as pimen- desa é considerada a mais saudável. Tu- menagem ao químico Wilburtas reduzem o colesterol e alivi- do por causa da preferência por saladas Scoville, que desenvolveu oam enxaquecas. Uma boa notícia que misturam legumes, grãos e frutas, método. Hoje, em farmácia,para os brasileiros, já que o país carnes brancas (sobretudo peixes e existem métodos mais preci-tem grande diversidade dessas frangos) e temperos fortes, como a pi- sos, mas o índice continuaplantas. Tanto que elas são alvos menta dedo-de-moça. No restaurante valendo.de estudos da Empresa Brasilei- carioca My Thai, em Botafogo, a chef Vi- E, quanto mais capsaicina,ra de Pesquisa Agropecuária tória Taborda usa produtos orgânicos mais ardida. Para se ter ideia,(Embrapa). nos pratos e diz que a culinária tailande- esta substância pura equiva- O pesquisador Bharat Ag- sa se destaca por ser saudável e saboro- le a 15 milhões de unidadesgarwal, do Departamento de Te- sa. Uma razão disso é o seu cozimento Scoville. A pimenta indianarapêutica Experimental da Uni- na panela wok, em fogo alto, permitindo Naga Jolokia tem de 855 mi-versidade do Texas, nos Estados a preservação dos valores nutritivos lhões a 1. 041.427 nesta esca-Unidos, afirma que as especiari- dos ingredientes. la. A Habanero chega a 300as, em especial as pimentas, pre- — Fazemos a combinação de ingredi- mil unidades e a Thai Peppervinem e ajudam a tratar doenças entes e temperos num elegante equilí- e a Malagueta variam de 50crônicas. De acordo com o pes- brio de sabores doces, salgados, aze- mil a 100 mil. Segundo o pes-quisador, os temperos picantes dos, ácidos e picantes com diferentes quisador Edemilson Cardo-têm a capacidade de inativar as texturas, como a dos legumes crocantes so, não é preciso comer asproteínas que são conhecidas e a das carnes macias — diz Vitória, lem- mais picantes para verificarcomo NF kappa B. brando que a pimenta dedo-de-moça é efeitos benéficos no organis- Por que isto é importante? ótima para dar sabor e favorece a saúde. mo. Se for muito ardida, elaPorque o complexo proteico — Tenho amigos que deixaram de se vai irritar o estômago e os in-fator nuclear kappa B age co- queixar de problemas digestivos depois testinos, em vez de facilitar amo um interruptor do controle que passaram a comer pimentas com digestão.das inflamações e do cresci- moderação. Só não se pode deixá-las co- — E vai interferir no sabor demento celular no organismo. zinhar por muito tempo. outros alimentos — diz.Então cientistas acreditam As pimentas também parecem funcio- Na opinião da nutricionistaque, ao bloquear este comple- nar contra a aterosclerose. Pelo menos Márcia Keller, esta recomen-xo, reduzem o crescimento reduziram o colesterol total de cobaias dação é ainda mais importan-descontrolado de células, ou de laboratório, numa pesquisa feita em te para pessoas com síndro-seja, previnem a tendência ao parte na PUC-RS e na USP. Nesta experi- me do intestino irritável.descontrole celular e ao cân- ência, os animais receberam dieta nor- O CURRY vermelho leva pimenta dedo-de-moça, uma importante protetora das células — Pimentas sozinhas nãocer. E mesmo pacientes de mal (ração) e água à vontade, e ainda ex- são um santo remédio. Elascâncer poderiam se benefici- trato de pimenta-dedo-de moça, explica menta mostrou ser um anti-inflamatório fessora da Faculdade Cenecista de Bento devem ser consumidas nu-ar, porque as substâncias con- a nutricionista Márcia Keller Alves, que poderoso e um excelente antioxidante, Gonçalves (RS). — Falta saber se o mes- ma alimentação balanceada,tidas nas pimentas permitiri- participou do estudo. importante para combater o envelheci- mo efeito de redução de colesterol acon- associada a outros hábitosam uma resposta melhor do — Além de reduzir o colesterol, a pi- mento celular e a oxidação — diz a pro- tece em humanos. (Antônio Marinho) saudáveis.organismo ao tratamento com Nova forma de diagnosticar Parkinson Laura Marques Técnica, já disponível no Rio, usa a cintilografia para determinar gravidade Lilian Fernandes mo Parkinson, uma vez que os res de dopamina, na veia do pa- tabilidade postural (o que eleva lilian@oglobo.com.br tremores, um dos principais ciente que será submetido à cin- o risco de quedas) e bradicine- sintomas da doença, podem tilografia. Se houver pouca pro- sia (movimentação lenta). l Exame usado no diagnóstico ter várias outras causas. dução de dopamina no cérebro, No Pró-Cardíaco, a cintilo- de problemas como obstru- — Com o envelhecimento da a substância aparecerá em pou- grafia é feita num aparelho ções coronarianas e altera- população em países como o ca quantidade na imagem do SPECT/CT, usado também pa- ções da tireoide, a cintilogra- Brasil, a incidência da Doença exame, o que permite um diag- ra tomografias — o que permi- fia ganhou nova aplicação: de Parkinson vem aumentando nóstico mais preciso: se alguém te fundir as imagens dos dois vem sendo capaz de mostrar, — diz Cláudio Tinoco, coorde- tem tremores mas seu nível de exames, para obter um pano- também, se o paciente tem nador do Serviço de Medicina dopamina é normal, está excluí- rama mais acurado. No caso Mal de Parkinson e em que Nuclear do Pró-Cardíaco. — Sa- da a hipótese de Parkinson. do Parkinson, a equipe usa, grau. A técnica teve sua utili- be-se que ela decorre da perda Segundo a OMS, 1% da popu- além da cintilografia, a tomo- dade pesquisada por médicos acelerada e importante do neu- lação mundial sofre desta doen- grafia do crânio para analisar a do Hospital Albert Einstein, de rotransmissor dopamina, que ça degenerativa do sistema ner- distribuição dos neurônios São Paulo, e já está sendo em- até certo ponto é normal, a par- voso, e o número deve dobrar produtores de dopamina. Al- pregada no Hospital Pró-Car- tir dos 40 anos. Na técnica des- até 2040. No Brasil, há cerca de guns planos de saúde cobrem díaco, no Rio. A vantagem é crita pelo Einstein, injeta-se o ra- 250 mil casos. Além dos tremo- a cintilografia pedida com esteO SPECT/CT, aparelho usado para fazer cintilografia e tomografia no que ela torna mais fácil deter- diotraçador Trodat-1, capaz de res, os principais sintomas são fim, diz Cláudio Tinoco. O exa-Pró-Cardíaco: diagnóstico mais preciso, graças à fusão de imagens minar se o paciente tem mes- se ligar aos neurônios produto- rigidez nos braços e pernas, ins- me custa R$ 2.105.n

×