• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
ApresentaçãO P.P C.Pedag
 

ApresentaçãO P.P C.Pedag

on

  • 450 views

 

Statistics

Views

Total Views
450
Views on SlideShare
450
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
1
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    ApresentaçãO P.P C.Pedag ApresentaçãO P.P C.Pedag Presentation Transcript

    • AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO NUNES
      • PRÁTICAS E MODELOS DE AUTO AVALIAÇÃO DAS BE’S
      • Destinatários: Conselho Pedagógico
      Alexandra Côrte-Real – Novembro 2009
    • AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO NUNES
      • “ A biblioteca escolar proporciona informação e ideias fundamentais para sermos bem sucedidos na sociedade actual, baseada na informação e no conhecimento. A biblioteca escolar desenvolve nos alunos competências para a aprendizagem ao longo da vida e estimula a imaginação, permitindo lhes tornarem-se cidadãos responsáveis .”
      • IFLA (2002)- Missão da Biblioteca Escolar
      Alexandra Côrte-Real – Novembro 2009
    • AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO NUNES
      • A Auto-avaliação da BE
      • - O papel e mais valias da auto-avaliação da BE
      • - O processo e o necessário envolvimento da escola/agrupamento
      • - A relação com o processo de planeamento.
      • - A integração dos resultados na auto-avaliação da escola
      Alexandra Côrte-Real – Novembro 2009
    • AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO NUNES
      • O Papel da auto - avaliação
      • A auto-avaliação é um instrumento para análise e reflexão com vista a:
      • Melhorar continuamente os serviços da BE
      • Identificar pontos fortes e fracos
      • Melhorar a satisfação dos utilizadores
      • Recolher evidências e geri-las com vista a corrigi-las
      • Implementar boas práticas
      Alexandra Côrte-Real – Novembro 2009
    • AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO NUNES
      • O Processo e o necessário
      • envolvimento da escola/agrupamento
      • A avaliação é um processo pedagógico e regulador, inerente à gestão e procura de uma melhoria contínua da BE.
      • Para tal este processo deve mobilizar toda a escola pois todos irão beneficiar com a análise e reflexão realizadas.
      • Quem?
      Alexandra Côrte-Real – Novembro 2009
    • AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO NUNES Alexandra Côrte-Real – Novembro 2009
    • AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO NUNES
      • A Relação com o processo de planeamento
      • A avaliação processa-se num ciclo de quatro anos sendo avaliada de forma mais profunda um domínio por ano.
      • Cada domínio/subdomínio representa as áreas essenciais para que a BE possa cumprir de forma efectiva, os pressupostos e objectivos que suportam a sua acção no processo educativo.
      Alexandra Côrte-Real – Novembro 2009
    • AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO NUNES
      • O modelo de auto-avaliação
      • Quatro domínios e subdomínios para quatro anos
      • A Apoio ao Desenvolvimento Curricular
      • A1 Articulação curricular da BE com as estruturas pedagógicas e os docentes
      • A2 Desenvolvimento da literacia da informação
      • B Leitura e literacias
      • C Projectos, parcerias e actividades livres e de abertura à comunidade
      • C1 Apoio a actividades livres, extra-curriculares e de enriquecimento curricular
      • C2 Projectos e parcerias
      • D Gestão da biblioteca escolar
      • D1 Articulação da BE com a escola/ agrupamento. acesso e serviços prestados pela BE
      • D2 Condições humanas e materiais para a prestação dos serviços
      • D3 Gestão da colecção
      Alexandra Côrte-Real – Novembro 2009
    • AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO NUNES
      • ETAPAS DO PROCESSO
      • ♦ Seleccionar o domínio a avaliar ( apresentação fundamentada da escolha)
      • ♦ Elaborar um plano de acção
      • ♦ Facilitar dados
      • ♦ Recolher diversas evidências: ( Inquéritos; registos diversificados; materiais de apoio produzidos pela BE; participação da BE em reuniões, …)
      • ♦ Aceitar e reconhecer os resultados
      • ♦ Promover um plano de melhoria
      • ♦ Apresentar os resultados em Conselho Pedagógico (C.P:)
      • ♦ Apresentar e aprovar um relatório final em CP
      • ♦ Integração do relatório no relatório de avaliação interna e externa da escola
      Alexandra Côrte-Real – Novembro 2009
    • AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO NUNES
      • A integração dos resultados na auto-avaliação da escola
      • O que se pretende com a aplicação do modelo?
      • • Contribuir para que a comunidade escolar perceba a importância da BE nos resultados escolares.
      • Conhecer os pontos forte e fracos da BE com vista a podermos melhorar o desempenho.
      • Estreitar a cooperação entre a comunidade educativa e a BE
      Alexandra Côrte-Real – Novembro 2009
    • AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO NUNES Alexandra Côrte-Real – Novembro 2009 A integração dos resultados na auto-avaliação da escola
    • AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO NUNES
      • SINTESE
      Alexandra Côrte-Real – Novembro 2009 “ A Avaliação permite aprender com a sua própria prática e obter uma maior compreensão para o processo de avaliação em geral” Ericsson, 1992
    • AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO NUNES
      • BIBLIOGRAFIA
      • - Texto da sessão, disponibilizado na plataforma.
      • Scott, Elspeth(2002) “ How good is your school library resource centre? An introduction to performance measurement” 68th IFLA council and General conference August. http:// www.ifla.org /IV/ifla68/ papers /028-097e.pdf[14/10/2009 ]
      • Mcnicol, Sarah (2004) Incorporating library provision in school self-evaluation. Educacional Review, 56(3), 287-296 (disponivel na plataforma)
      • Johnson, Doug(2005) “ Getting the Most from Your School Library Media program”, Principal. Jan/Feb 2005 http:// www.doug.johnson.com / dougwri /getting-the-most-from-your-school-library-media-program-1.html[14/10/2009 ]
      • Gabinete da rede de Bibliotecas escolares (2009), Modelo de auto-avaliação da Biblioteca escolar, disponibilizado na plataforma
      Alexandra Côrte-Real – Novembro 2009