ApresentaçãO Atividades 2009

  • 715 views
Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
715
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
4
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1.               Relatório de Atividades 2009    
  • 2. Conselho de Municípios - Gestão 2009 José Auricchio Júnior Prefeito de São Caetano do Sul Presidente do Consórcio Intermunicipal e Coordenador Executivo da Câmara do Grande ABC Mário Reali Prefeito de Diadema Vice-presidente do Consórcio Intermunicipal e Presidente do Subcomitê de Bacia Hidrográfica Billings Tamanduateí Aidan Ravin Prefeito de Santo André   Luiz Marinho Prefeito de São Bernardo do Campo Oswaldo Dias Prefeito de Mauá Clóvis Volpi Prefeito de Ribeirão Pires Adler Teixeira – Kiko Prefeito de Rio Grande da Serra
  • 3. Equipe Fausto Cestari Filho Diretor Executivo Eliana Bernardo da Silva Coordenadora Geral Adauto Cleto Campanella Sub-Coordenador Maria Mirtes Gisolf Assessora Jurídica Rosemeire Cristina Silva Coordenadora de Comunicação Marcelo Liochi Consultor Técnico Regina Célia dos Reis Coordenadora de Planejamento e Gestão de Projetos Simone Zárate Coordenadora de Desenvolvimento Social Jhonatas Rios Ghinato Coordenador de Atividades Administrativas Margarete José Acosta de Mendonça Assistente de Imprensa Maria Stella Uva Adolfo Secretária Sênior Mayara dos Santos Calixto Assistente Administrativo Ricardo Zenatti Assistente Administrativo Augusto Duran Grisanti Estagiário de Informática Bruna Marques  da Costa Estagiária de Relações Públicas Doralice Duarte Patriani Estagiária de Secretariado Giordano. B. Pachelli Estagiário de Meio Ambiente Thais Nascimento de Carvalho Estagiária de Secretariado Helena Dias Pereira Copeira Ana Paula dos Santos Recepção Natalia Fernandes Xavier Recepção
  • 4. Estrutura Organizacional
    • Os aspectos listados abaixo foram determinantes para a implementação dos Núcleos Estratégicos (NEs), considerando:
      • que o Consórcio deve se manter como uma organização que complementa a ação dos Municípios através da articulação dos mesmos ao redor das políticas públicas de interesse regional;
      • que recepciona e encaminha pleitos da Sociedade Civil Organizada;
      • que a estrutura operacional do Consórcio deve ser reduzida;
      • que é da sua natureza o envolvimento com temas variados e simultâneos, exigindo conhecimento técnico diversificado e disponibilidade de pessoal qualificado;
      • que os Municípios através de suas Secretarias detém a “inteligência técnica” necessária e que são os responsáveis pela implementação das políticas públicas definidas no âmbito do Consórcio;
      • que os Grupos de Trabalho (GT), de uma forma geral, se demonstraram pouco produtivos e sem uma vinculação objetiva às decisões do Conselho de Prefeitos;
      • que os GTs, composto de participantes com origem na sociedade civil e/ou poder público, por vezes com deliberações além de suas atribuições ou funções;
  • 5. Estrutura Organizacional
      • Foram instalados os Núcleos Estratégicos (NE) em número tal que se assemelhasse às estruturas organizacionais e temáticas das Prefeituras.
      • Organizados por eixo de desenvolvimento: econômico, social, ambiental e institucional.
      • Composto prioritariamente pelos Secretários Municipais e seus assessores.
      • A responsabilidade de formulação de políticas regionais no âmbito de suas competência, o apoio técnico às deliberações do Conselho de Prefeitos, a responsabilidade de participar ativamente na gestão do Planejamento Estratégico Regional e a coordenação das ações do Grupos Técnicos, foram as maiores motivações para a constituição dos NEs.
      • O alinhamento dos Secretários e Assessoria Especial dos Prefeitos ao Conselho do Consórcio’’, imprime um fluxo de relações mais dinâmico, aproveitando melhor a estrutura mantida pelas prefeituras, possibilitando caminhos de mão dupla na condução dos temas de interesse regional.
  • 6.
    • FÓRUM DE VEREADORES
    • FÓRUM DE PARLAMENTARES
    • FÓRUM DA SOCIEDADE CIVIL
    Assembléia Geral Núcleos Estratégicos
    • GT
    • Projetos
    • Programas
    Governança Regional Fluxo das Relações CONSELHO DELIBERATIVO CONSELHO CONSULTIVO REGIONAL Estrutura Operacional
  • 7. COORDENAÇÃO GERAL
    • Abertura de licitações para contratos inexistentes
    • Ordenação das Contas Bancárias
    • Adequação e ratificação do Orçamento 2009
    • Gestão de conta bancária por projetos
    • Implantação de rotinas
    • - Reservas de verbas;
    • - Empenhos e liquidação cópias de cheques;
    • - Controle financeiro;
    • - Controle e cobrança de cotas de prefeituras;
    • - Suporte para Contabilidade;
    • - Acompanhamento diário de entradas/saídas;
    • - Arquivos;
    • - Pagamento de contas;
    • - Rotinas de RH admissão/demissão;
    • - Pedidos de Vale Refeição;
    • - Cadastro de Convênio Médico;
    • - Folha de Pagamento;
    • - Controle de férias e exames médicos .
    ADMINISTRATIVA / FINANCEIRA
    • CONTÁBIL / FISCAL
    • Regularização das pendências contábeis 2007/2008
    • Publicação dos Livros Contábeis de 2008
    • Regularização pendências do TCE – 2008
    • Atualização das Certidões Receita Federal
    • Resgate de documentos/arquivos passados
    • Atos Administrativos de Relevância
    • Readequação e repactuação do Projeto Turismo
    • Regularização de seguros predial/veículos
    • Regularização de IPVA atrasados
    • Retenção pagto. HSM até serviço entregue
    • Aquisição de 11 computadores
    • Aquisição de 20 licenças anti-vírus
    • implantação e organização do arquivo morto
    • Aquisição/instalação equipamentos audiovisual
    • Montagem da Sala de Moderação
    • Organização do arquivo de chaves
    • Saneamento da drenagem pluvial do prédio
    • Regularização dissídio coletivo 2005/2007
    • Levantamento dos débitos dos municípios
    • Regularização pendências Conselho Fiscal
    • Política de segurança em TI
    • Redução de custo - vigilância patrimonial
    • Regularização de pendências do Projeto Casa
    • Abrigo e substituição da entidade gestora
    • Aquisição de PABX digital e telefonia móvel
  • 8. SECRETARIA GERAL
    • Serviços contínuos de expediente:
    • correspondências .
    • informações cadastrais
    • ofícios/comunicados para outros eventos.
    • serviços por portador
    • entrega dos documentos
    • arquivo dos Núcleos e Grupos
    • registros da agenda do Consórcio
    • registros da agenda dos Núcleos
    • ligações telefônicas
    • solução mais apropriada em cada caso
    • Núcleos Estratégicos – Secretários Municipais do Grande ABC:
    • convocação das reuniões.
    • comunicados / lembretes da reunião com três dias de antecedência.
    • ligações para as secretárias confirmando a presença de Secretários
    • planilhas com os dados cadastrais dos Núcleos Estratégicos.
    • Preparação para a reunião:
      • montar pastas.
      • preparar a sala com os equipamentos audiovisuais
      • pastas, lista de presença, canetas, folhas, anotações
      • manter a temperatura da sala ambiente.
      • redigir a ata da reunião
      • providenciar a reprodução de cópias para presentes
    • Preparação de eventos:
    • Preparar ofícios para convocação.
    • Preparar comunicados / lembretes avisando as pessoas participantes previamente sobre datas e horários.
    • Realizar ligações confirmando a presença dos convidados.
    • Montar pastas: incluindo material de divulgação do Consórcio e Agência, material do evento.
    • Preparar a sala com os equipamentos audiovisuais (data show, notebook, pen-drive, som).
    • Preparar a sala com os materiais necessários: apontador – laser
    • Registro de autoridade
    • Manter a temperatura da sala ambiente.
    Organização do acervo: . Livros, publicações, mídias e periódicos do Consórcio/Câmara A Secretaria Geral foi constituída como estrutura de prestação de serviço organizada em “pool”, para atendimento às áreas administrativas, técnicas, Direção e Presidência.
  • 9. COMUNICAÇÃO INTEGRADA A estruturação do setor de comunicação de forma compartilhada entre o Consórcio e a Agência, integrando seus profissionais física e funcionalmente, permitiu a máxima racionalização dos recursos de ambas, aliado à obtenção de excelentes resultados.
  • 10. PORTAL DO CONSÓRCIO
    • Novo Portal do Consórcio
    • Intermunicipal do Grande ABC.
    • Ferramentas como “enquete”,
    • “ comente esta notícia”, “leia mais”,
    • ” assuntos relacionados”, “galerias de
    • imagens e vídeos”, e “compartilhe”
    • (com Twitter, Facebook e outras
    • mídias sociais) trazem mais alcance
    • e repercussão para as ações do
    • Consórcio.
    • A produção de conteúdo e
    • atualização do site é diária.
  • 11. PORTAL DO CONSÓRCIO
    • Galerias de imagens e vídeos
    • Planejamento Regional Estratégico on line
      • Ferramenta de sensibilização
      • Transparência das ações
  • 12. PORTAL DO CONSÓRCIO
    • Núcleos Estratégicos on line
    • Observatório Regional on line
  • 13. PORTAL DO CONSÓRCIO
    • Agenda Cultural on line
    • Roteiros do ABC
      • Busca Instituições
    • Cadastro de Relacionamento
  • 14. Veículos de Comunicação
    • Newsletter
    • Grande ABC em Revista
    • Web Site
  • 15. ASSESSORIA DE IMPRENSA Relacionamento com a Imprensa, Cobertura de Reuniões e Eventos, Clipping ABC na Mídia Parceira Consórcio / Diário do Grande ABC JORNAL FOLHA DO ABC – 27/01/2010 JORNAL DCI – 25/01/2010 DIÁRIO DO GRANDE ABC – 24/01/2010 ABC REPÓRTER – 12/12/2009
  • 16.   Desenvolvimento Institucional Principais temas - Conferência de Comunicação Social - Direitos Humanos - Educação Permanente - Igualdade entre os Sexos - Pessoas com Deficiência - Proteção às mulheres vítimas de agressão - Tolerância Étnica e Racial - Consórcio Público GT Consórcio Público Coordenação – Consórcio ABC Março Revisão do Protocolo de Intenções pelo GT Novembro Debate com as sete Câmaras Municipais Dezembro Convertido em Contrato de Cons ó rcio P ú blico Janeiro/10 Análise do Estatuto do Consórcio Público GT Gênero Coordenação – São Bernardo do Campo Contínuo Casa Abrigo Regional do Grande ABC Maio Conselho Estadual da Condição Feminina Julho Discussão da Lei Maria da Penha Julho Oficina de Planejamento Estratégico-Gênero Outubro Evento com Segurança e Defensoria Pública Outubro Curso-Diversidade Sexual e Direitos Humanos Novembro painel assistência jurídica às vítimas de violência Em curso Guia de serviços da região de enfrentamento à violência GT Pessoas com Deficiência Coordenação - Rio Grande da Serra Em curso Mobiliário em PVC para PCD Setembro Adesão Consórcio/CONADE Outubro 5º. Passeio de Jeeps para PCD Outubro Capacitação para sustentabilidade (RJ) Dezembro 1º. Bikenic inclusivo Grande ABC GT Igualdade Racial Coordenação - Diadema Maio 2° Conferência Regional de Promoção da Igualdade Racial Junho 2° Conferência Estadual de Promoção da Igualdade Racial SEPPIR Secretaria Especial Políticas Promoção da Igualdade Racial: EixosTemáticos: Educação; Saúde; Trabalho; Segurança; Terra. No eixo do Desenvolvimento Institucional organizamos os temas de interesse da Governança Regional e os temas considerados transversais GT Defesa Civil Coordenação – Corpo de Bombeiros Fevereiro/10 Instalação
  • 17.   Desenvolvimento Social Coordenador : - Ana Paula Bernardes – Prefeitura de São Caetano do Sul Coordenador : - Rubens Xavier Martins – Secretaria Esporte Lazer de Diadema Coordenador : - Benedito Domingos Mariano – Guarda Municipal São Bernardo do Campo Coordenadora : - Magali Ap. Selva Pinto – Secretaria de Educação de São Caetano do Sul Coordenador : - Ademar Chioro Reis – Secretaria de Saúde de São Bernardo do Campo Coordenadora : - Cormarie Guimarães Perez – Secretária Ass. Social e Cidadania Diadema
  • 18.
    • GTs criados em 2009
    • GT Conferência de Cultura (funcionamento: agosto a dezembro)
    • objetivo: organização da Conferência Livre de Cultura 7 Cidades
    • GT Políticas de Leitura (criação: novembro)
    • objetivo: implantação de políticas regionais de incentivo à leitura
    • GT Patrimônio e Memória (criação: novembro)
    • objetivo: políticas regionais de preservação da memória e do
    • patrimônio e organização do Congresso de História do ABC
    • Setembro: Início das edições eletrônicas da Agenda Cultural Regional
    • Outubro: Troca de experiências de promoção à leitura
    • Dezembro: Conferência Livre de Cultura 7 Cidades
    Principais atividades 2009 Fevereiro a junho: definição de metodologia e desenho do Censo Cultural Regional Julho: Oficina de Planejamento Estratégico Agosto a Outubro: Elaboração do projeto Censo Cultural Regional
  • 19.
    • Principais atividades 2009
    • Setembro: Oficina de Planejamento Estratégico
    • Outubro: Coleta de informações sobre políticas públicas de esporte e lazer
    • Dezembro: Festival Regional de Escolas de Esporte
    • Debate sobre metodologia de escolas públicas de futebol
    • GTs criados em 2009
    • GT Festival de Modalidades (funcionamento: agosto a dezembro)
    • objetivo: organização do Festival de Escolas de Esporte
  • 20.
    • CÂMARA SETORIAL DE SEGURANÇA
    • NÚCLEO ESTRATÉGICO
    • DE SEGURANÇA PÚBLICA
    • Criação da Câmara Setorial: março
    • Primeira reunião como NE: agosto
    • Principais atividades 2009
    • Setembro: Oficina de Planejamento Estratégico
    • Outubro: Encaminhamento de ofício ao Ministério da Justiça solicitando a inclusão
    • dos municípios de Rio Grande da Serra, São Caetano e Mauá no PRONASCI
    • Novembro/Dezembro: Padronização do Registro de Ocorrência das Guardas Municipais
    • Plano de atividades 2010
    • Implantação de comunicação integrada (via rádio + registro de ocorrência unificado)
    • Elaboração de projeto para videomonitoramento integrado das fronteiras
    • Estudos para implantação de Centro de Formação Integrada em Segurança Pública
  • 21. Oficina de Planejamento Estratégico em 23/09/09 Principais temas:
  • 22.
    • Atividades realizadas:
    • Oficina de Planejamento Estratégico para programação das suas ações estratégicas, realizadas nos dias 08/07 e 02/09/09.
    • Seminário sobre Termo de Compromisso de Gestão, realizado no dia 06/08/09 – sede do Consórcio Intermunicipal.
    • Oficina de Trabalho e Ambiência nas Unidades de Pronto Atendimento – UPAS, realizada em 01/09/09 – Teatro Cacilda Becker/ São Bernardo do Campo.
    • Oficina de Judicialização de Medicamentos Sanitaristas, realizada de 09 a 13/11/09, no Quarteirão da Saúde/Diadema.
    • Participação da região na Conferência Estadual de Saúde Ambiental, precedida da Conferência Regional realizada no dia 30/09/09 no Quarteirão da Saúde/Diadema.
    • Seminário Regional de Regulação, Avaliação e Controle do Grande ABC, realizado no dia 11/12/09 - Quarteirão da Saúde/Diadema, voltado a gestores estaduais e municipais do Grande ABC e profissionais das áreas estratégicas de saúde.
    • Principais temas tratados:
    • Formulação de uma proposta para construção de um novo hospital que consiga suprir as demandas de Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra;
    • Reunião entre os Secretários que definiu o adiamento da volta às aulas devido ao vírus Influenza A H1N1(Gripe Suína), a implantação de medidas urgentes e integradas em âmbito regional;
    • Dentre os temas do colegiado de gestão regional(CGR) Grande ABC, a regulação e sistema de urgência e emergência;
    • Acompanhamento da questão do Hospital Radamés Nardini, até a aprovação na Comissão Inter-gestores Bi-partite do Estado de São Paulo e a respectiva Câmara Técnica.
    Secretários definem o adiamento da volta às aulas, devido ao vírus Influenza A H1N1 em 20/07/09.
  • 23.
    • Principais temas :
    • - Conferência Regional dos Direitos da Criança e do Adolescente
    • - Convênio com a WCF
    • - Fundação Casa no Grande ABC
    • - Plano Regional de Atenção à Criança e ao Adolescente
    • - Projeto Prefeito Amigo da Criança
    • Observatório Regional da Juventude
    • Propostas apresentadas à Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo :
    • - Benef í cios Eventuais – os valores de co-financiamento devem ser definidos a partir da Comissão Tempor á ria, institu í da pela Delibera ç ão n º 006, de 18 de mar ç o de 2009, para a proposi ç ão de crit é rios para regula ç ão dos Benef í cios Eventuais, conforme disposto no artigo 22 da Lei n° 8.742, de 1993, a ser apresentado à Plen á ria do CONSEAS/SP;
    • - Apoiar T é cnica e financeiramente os Servi ç os, os Programas e os Projetos de Enfrentamento da Pobreza em âmbito regional e local;
    • Co-financiamento para implementa ç ão da Rede de Prote ç ão Social Especial Local e Regional, Servi ç os de Prote ç ão Social B á sica e Pisos de Prote ç ão do SUAS.
    • Oficina de Planejamento Estratégico da Assistência Social, realizada em 15 de Outubro de 2009.
    Secretários se reúnem, para debater propostas à LOA da Política de Assistência do GESP. 03/09/09.
  • 24.   Desenvolvimento Ambiental Coordenador : - Eduardo Sélio Mendes Júnior – Secretário Recursos Naturais/Santo André. Coordenador : - Marcelo Liochi – Coordenador de Desenvolvimento Ambiental/Consórcio Coordenador : - Marcelo Liochi – Coordenador de Desenvolvimento Ambiental/Consórcio Coordenadora : - Nádia Somekh – Secretária de Planejamento Urbano Ação Regional de São Bernardo do Campo
  • 25. Ramiro Colleoni 17h a disputa de trólebus, veículos particulares. urgência da inspeção veicular aqui no abc!
    • Principais Temas:
    • Áreas contaminadas na região;
    • Inspeção Veicular Consorciada;
    • - Lei Específica da Bacia Billings;
    • - Resíduos Sólidos Urbanos;
    • Programa Município Verde Azul;
    • Política Nacional de Saneamento;
    • Projeto Brasil-Canadá(Catadores)
    • Oficina Planejamento Estratégico
    O NE Meio Ambiente instalou 3 GTs – Lei específica Billings, Inspeção Veicular e Resíduos Sólidos: GT Lei Específica: Cumpriu seu objetivo de articular as demandas das prefeituras da região, quanto à regulamentação da Lei, trabalhando em consonância com o GT do estado, num cronograma apertado e cumpriu um papel fundamental na defesa dos interesses do segmento dos municípios nos termos da lei. Trabalha agora na consolidação dos prazos e responsabilidades da implementação da lei em até 2 anos. GT Inspeção Veicular: Constituído com o objetivo de estudar a viabilidade da implantação da inspeção na região, articulou-se junto à Secretaria estadual de meio ambiente, conselho nacional de meio ambiente e trabalha no momento na elaboração de um programa de controle de poluição veicular para a região, na perspectiva de se tornar uma das primeiras, senão a primeira iniciativa passível de gestão consorciada no novo formato de Consórcio Público, com previsão de colocar o tema à apreciação dos prefeitos até Junho GT Resíduos Sólidos: Recentemente instalado, iniciou pela realização de um diagnóstico regional dos resíduos sólidos urbanos, que servirá de norteador e apoio à tomada de decisão de uma eventual gestão regional da destinação de resíduos. O Projeto Brasil-Canadá de fortalecimento aos catadores tem sido um fator sinérgico na reciclagem da região. Próximo assunto da pauta será Política Regional de Saneamento.
  • 26. Secretários mobilidade Metrô, CPTM, EMTU para tratar do assunto: bilhete/tarifa únicos e Expansão SP 24/09/09
    •   Principais temas :
    • - Bilhete Único e Tarifa Única
    • - Convênio com a EMTU
    • Ligação Rodoanel/Jacu Pêssego
    • Ligação Rodoanel/Av. do Estado
    • Tramo sul do FERROANEL
    • - Plano corredores metropolitanos
    • Projeto Veículo Leve s/ Trilhos
    • Projeto Expansão SP do GESP.
    • - Implantação Linha 4 do Metrô
    GT Logística Regional: Anteriormente ao NE Mobilidade, o tema era tratado no grupo de logística, que foi responsável pelo acompanhamento do PIVIR – Plano de Integração Viária de Interesse Regional I e II Este estudo foi o embasamento técnico para o debate da integração das principais artérias viárias do ABC e suas recomendações foram consideradas por algumas obras realizadas pelos 7 municípios desde então. O trecho sul do Rodoanel, cuja extensão final até Mauá, teve no Consórcio o seu grande pólo articulador, apresentou diversos impactos não previstos anteriormente pelo EIA/RIMA, que foram equacionados pelo conjunto de Secretários e paralelamente pela articulação política dos prefeitos, numa atuação coordenada Transporte Coletivo e a Integração Regional e Metropolitana: Posteriormente ao encaminhamento da interligação do Rodoanel à Jacu Pêssego e Av. do Estado, o tema mais relevante passou a ser o transporte coletivo, sobre rodas e sobre trilho, posta a crise de mobilidade. Os secretários buscam integrar-se às iniciativas induzidas pelo estado, além de iniciar uma proposta para a integração dos sistemas municipais de transporte. Outro tema em pauta é a ação regional de educação para a mobilidade, onde os secretários estão trabalhando um evento conjunto na semana do trânsito/2010 Outra ação será a de hospedar um Fórum Paulista de Mobilidade e Dirigentes de Trânsito e Transportes.
  • 27. Secretários de Obras e Serviços Urbanos, as autarquias municipais de saneamento, 1º Set. Oficina Planejamento Estratégico do Núcleo de Infra Estrutura.
    • Temas Principais
    • Áreas para novos piscinões e
    • rateio da limpeza c/ PMSP
    • Aterro de inertes na Região
    • Córrego dos meninos/ Eixo
    • Tamanduateí e Av. do Estado
    • Combate às enchentes e os
    • deslizamentos /desabamentos.
    GT Macro Drenagem: O grupo de macro drenagem acompanha a questão dos piscinões já desde a sua construção. O Plano Diretor de Macro Drenagem do Alto Tietê, planejou cerca de 30 reservatórios de contenção de águas pluviais na região dos quais 19 foram construídos e gradativamente os municípios tiveram um aumento significativo com a manutenção deles. Há dois anos, por meio de um convênio com o DAEE, a limpeza ambiental vem sendo feita, no entanto diversas problemas persistem, como a dificuldade de disponibilidade de áreas de bota fora para os resíduos na região, assim como a crescente contaminação do lodo retirado. Rateio do custo com o município de São Paulo: Em visita ao Conselho de Municípios, o Secretário de Articulação Metropolitana da capital, levou a demanda de participar do rateio do custo de manutenção e limpeza, assunto levado pelo Consórcio à Secretária Dilma Pena, com perspectiva de uma repactuação do convênio. Desobstruir o córrego dos meninos é um outro assunto em pauta junto ao estado, assim como junto à Subprefeitura da Vila Prudente.
  • 28. MercoCidades foi uma ação com participação dos secretários do NE Planejamento Urbano. São Bernardo do Campo
    • Principais temas
    • - Projeto Qualiurb e Pesquisa 7 Cidades - Padrões Sócio Espaciais Grande ABC
    • - Atualização de dados junto à Emplasa
    • - Lei Específica da Billings - Pólo Tecnológico do Grande ABC - Programa Minha Casa, Minha Vida - Impactos do trecho Sul do Rodoanel
    • - Importância do tramo sul do Ferroanel - CONCIDADE - São Bernardo Campo
    • Oficina de Planejamento Estratégico
    GT Emplasa: O grupo apesar de pré-existente, foi mantido junto ao NE Planejamento Urbano Acompanhou o desenvolvimento do projeto, chegando ao plano de melhorias dos produtos, o qual será o Anexo I do aditamento de contrato com a Emplasa que dá um desfecho ao assunto . Merco Cidades: A Região hospedou uma das unidades temáticas do encontro deste ano, que o município de São Bernardo coordenou, com os temas: Governança Regional, Mobilidade e Projetos Urbanos. O Consórcio sediou as mesas de debates, com a participação dos secretários Lei Específica da Billings: Componentes indicados pelos secretários participaram do GT Lei Específica, em conjunto com representantes do Meio Ambiente na condução destes trabalhos . Conferências das Cidades: O NE fez um balanço das conferências das cidades realizadas nos municípios, consolidando as propostas de âmbito regional, para levar à Conferência Estadual . Impactos do Rodoanel: Os secretários discutiram a necessidade de acompanhamento e ações de mitigação dos impactos do trecho sul do Rodoanel, com a gestão consorciada junto à Dersa Oficina de Planejamento Estratégico: O NE elaborou os programas e subprogramas p/ 2020
  • 29. NE Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo no Seminário Pólo Tecnológico ABC realizado: 20/10/2009 Principais temas: - Cadeias Produtivas - Comércio e Serviços - Crédito - Indústria Petroquímica e Plástica - Indústria Automotiva - Investimentos Estratégicos - Logística - Pólo Tecnológico Grande ABC - Simplificação Atendimento Público - Sistemas de Informação - Trabalho, renda e economia solidária - Turismo Regional GT Automotivo: SGT Logística/Crédito A criação do GT é fruto do seminário O ABC do Diálogo Desenvolvimento realizado em março. O grupo foi constituído no I Encontro Regional Setor Automotivo do Grande ABC, realizado em junho em São Bernardo. Na ocasião, o prefeito da cidade, Luiz Marinho, foi eleito coordenador GT Pólo Tecnológico O principal objetivo alcançado, foi o protocolo do pré-credenciamento na Secretaria de Desenvolvimento de SP obtendo assim 2 anos para integração dos parques que compõe o Pólo ABC GT Trabalho e Renda O GT demandou um esclarecimento do Ministério do Trabalho quanto ao PLANSEQ.Debateu a criação de um Observatório regional do trabalho e uma agenda reg. do trabalho decente GT Turismo Regional Plano Regional de Desenvolvimento do Turismo e ações pela ADEGABC: Roteiros do ABC com o Diário GABC Implantação dos Planos de Turismo e o Conselho Regional de Turismo ABC GT de Cr é dito A Agência de Des. Promove o Café com Crédito, além de ações de eventos como: ABC do Diálogo e do Desenvolvimento e o Debate sobre linhas de crédito com presença do presidente do BNDES. GT Petroquímico / Plástico Não teve atividade em 2009. Principais eventos realizados nesta área : ABC do Diálogo e do Desenvolvimento Março de 2009 – São Bernardo do Campo I Encontro Regional do Setor Automotivo Junho de 2009 – São Bernardo do Campo ABC em Diálogo com o Presidente Lula Agosto de 2009 – São Bernardo do Campo O Pólo Tecnológico do Grande ABC protocolou seu pré-credenciamento na SDE em 05/02/2010 .