O Emprego da Simulação na Marinha do Brasil

873 views
730 views

Published on

Apresentação de Luiz Fernando Yuan Gouvêa - Inst. de Pesquisas da Marinha (IPqM) durante o WSTM 2013.

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
873
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
46
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

O Emprego da Simulação na Marinha do Brasil

  1. 1. O Emprego da Simulação na Marinha do Brasil Luiz Fernando Yuan Gouvêa Instituto de Pesquisas da Marinha (IPqM) Marinha do Brasil Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação da Marinha Instituto de Pesquisas da Marinha
  2. 2. Introdução • Objetivo: Apresentar alguns simuladores existentes e em desenvolvimento na Marinha do Brasil.
  3. 3. Simuladores de Passadiço • CIABA • CIAGA • CAAML
  4. 4. Simuladores de Aeronaves • DAerM – Diretoria de Aeronáutica da Marinha Treinador da Aeronave TA-4J Simulador Sintético de Asa Rotativa • Futuras aquisições de outros simuladores
  5. 5. Simuladores de COC • Simulador de COC de Fragatas e Corvetas • Simulador de COC de Fragatas Classe Niterói Modernizadas
  6. 6. Simuladores do IPqM (Simuladores Táticos) • SSTT-2: Sistema de Simulação Tática e Treinamento, versão 2, do CAAML e NE Brasil. • Treinador de Ataque: Operações Anti-Submarino. CAAML. • SIEN: Simulador da Escola Naval. • Modernização: SSTT-3
  7. 7. Simuladores do IPqM (Automação e Controle) • TCAV: Treinador de Controle de Avarias (Fragatas). CAAML e NE Brasil. Monitora vários sensores. Possui um sistema de apoio à decisão na ocorrência de uma avaria.
  8. 8. Simuladores do IPqM (Automação e Controle) • Treinador do SCM: Treinador do Sistema de Controle Monitoração (Corvetas e NPa classe Macaé). CIAW. SCM = Sistema de Controle de Avarias + Sistema de Controle e Monitoração de Propulsão e Auxiliares
  9. 9. Simuladores em desenvolvimento no IPqM • SSTT-3: Sistema de Simulação Tática e Treinamento Versão 3 (CAAML - Previsão de entrega: 2015) • Simulador de Máquinas (CIAGA - Previsão de entrega: 2015) • Sim-ECDIS: Simulador de Navegação (CIAGA - Previsão de entrega: 2016) ECDIS: Electronic Chart Display and Information System é um sistema de navegação marítima que obedece à regulamentação da IMO (International Maritime Organization)
  10. 10. O SSTT-3 • É um simulador destinado ao treinamento tático de tripulações de unidades aeronavais em um exercício integrado conjunto. SSTT-3
  11. 11. Consoles do Aluno do SSTT-3 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. Navegação Guerra Anti-Superfície Guerra Anti-Aérea Guerra Anti-Submarina Guerra Eletrônica MAGE Sonar Controlador Aerotático
  12. 12. Sensores e equipamentos simulados pelo SSTT-3 • • • • • • • • • • Giro, hodômetro, anemômetro e GPS Radar de busca e radar DT IFF Sonar (Casco e VDS / Ativo e Passivo) Bóia radiosônica Mage DAM (Detetor de anomalia magnética) Link de dados FLIR AIS
  13. 13. Armas simuladas pelo SSTT-3 • • • • • • • • • • Mísseis AR-SUP Mísseis SUP-AR Mísseis SUP-SUP Mísseis A/S Canhões Foguetes A/S Foguetes AR-SUP Torpedos Bombas Bombas de profundidade
  14. 14. Melhorias Planejadas SSTT-2 SSTT-3 Capacidade de integração com sistemas reais (CISNE) Não Sim Capacidade de integração com outros simuladores Não Sim 15 100 Velocidade do Exercício até 8x até 64x Carta Náutica Eletrônica Não Sim Console Sonar, Mage, Aerotático Não Sim Software de código aberto e padrões abertos Não Sim Parcial Total Não Sim Meios Simulados Fonia utilizando voz por IP Interoperabilidade (HLA)
  15. 15. Considerações Finais • Foram apresentados alguns simuladores da Marinha do Brasil. Destacando: • Simuladores de voo • Simuladores imersivos de realidade virtual • Simuladores de máquinas • Simuladores táticos • Alto grau de tecnologia nacional. Porém é Importante manter o fluxo de modernização. • Novos simuladores: Interoperabilidade

×