Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
Aula04 Gerenciamento De Riscos Pmbok 4 Edicao Escm
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Aula04 Gerenciamento De Riscos Pmbok 4 Edicao Escm

  • 5,175 views
Published

business,management,project,negócios,gerenciamento,gestão,projetos,risk,riscos

business,management,project,negócios,gerenciamento,gestão,projetos,risk,riscos

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
5,175
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
487
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Paulo Espínola Escola Superior Candido Mendes 19 11 1960 Pós-Graduação Gestão de Projetos Disciplina Gerenciamento de Riscos SAP Aula 4 Professor: Wallace Prado, PMP, ITIL Gerenciamento de Riscos TV2.0 ESCM Gestão de Projetos Professor Wallace Prado, PMP, ITIL
  • 2. Paulo Espínola Aula 3 19 11 1960 Realizar a análise qualitativa dos riscos Realizar a análise quantitativa dos riscos Trabalho em grupo SAP 7/3/2010 Gerenciamento de Riscos 2 ESCM Gestão de Projetos Professor Wallace Prado, PMP, ITIL
  • 3. Paulo Espínola Realizar a análise qualitativa dos riscos 19 11 1960 Objetivo Priorizar os riscos para análise ou resposta a partir da probabilidade e impacto do mesmo Principais aspectos O impacto deve estar associado aos objetivos do projeto (custo, cronograma, escopo e qualidade) de acordo com a tolerância da organização SAP Reduz a parcialidade na análise de riscos A equipe do projeto pode focar nos riscos mais importantes implementando planos mais eficazes (+recursos) e de forma eficiente (+recursos) 7/3/2010 Gerenciamento de Riscos 3 ESCM Gestão de Projetos Professor Wallace Prado, PMP, ITIL
  • 4. Paulo Espínola Entradas, ferramentas e técnicas e saídas 19 11 1960 SAP 7/3/2010 Gerenciamento de Riscos 4 ESCM Gestão de Projetos Professor Wallace Prado, PMP, ITIL
  • 5. Paulo Espínola Fluxo de dados 19 11 1960 SAP 7/3/2010 Gerenciamento de Riscos 5 ESCM Gestão de Projetos Professor Wallace Prado, PMP, ITIL
  • 6. Paulo Espínola Entradas 19 11 1960 Registro de Riscos Riscos a serem priorizados Plano de Gerenciamento de Riscos Papéis e responsabilidades, orçamentos, atividades do cronograma de gerenciamento dos riscos, categorias de riscos, definições de probabilidade e impacto, a matriz de SAP probabilidade e impacto e a revisão das tolerâncias a riscos das partes interessadas 7/3/2010 Gerenciamento de Riscos 6 ESCM Gestão de Projetos Professor Wallace Prado, PMP, ITIL
  • 7. Paulo Espínola Entradas 19 11 1960 Declaração do escopo do projeto Ativos de processos organizacionais Informações sobre projetos semelhantes já concluídos; Estudos de projetos semelhantes feitos por especialistas em riscos; Bancos de dados de riscos disponibilizados pelo SAP setor ou por fontes proprietárias; 7/3/2010 Gerenciamento de Riscos 7 ESCM Gestão de Projetos Professor Wallace Prado, PMP, ITIL
  • 8. Paulo Espínola Ferramentas e técnicas 19 11 1960 Avaliação de qualidade dos dados sobre riscos Os riscos estão detalhados e são compreendidos? Categorização de riscos Por fonte de risco (EAR), área afetada (EAP), fase do projeto Por causa raiz comum SAP Esta abordagem pode ser muito eficaz na elaboração de respostas aos riscos 7/3/2010 Gerenciamento de Riscos 8 ESCM Gestão de Projetos Professor Wallace Prado, PMP, ITIL
  • 9. Paulo Espínola Ferramentas e técnicas 19 11 1960 Avaliação de probabilidade e impacto dos riscos Investiga a probabilidade de um risco ocorrer e seu efeito potencial nos objetivos do Projeto Considera os impactos das ameaças e das oportunidades Pode ser realizada através de reuniões ou entrevistas com participantes selecionados do SAP projeto ou externos ao projeto, com experiência na categoria de riscos a ser analisada A probabilidade e impacto são registrados conforme o PGR, assim como as premissas para sua classificação 7/3/2010 Gerenciamento de Riscos 9 ESCM Gestão de Projetos Professor Wallace Prado, PMP, ITIL
  • 10. Paulo Espínola Ferramentas e Técnicas 19 11 1960 Matriz de Probabilidade e Impacto SAP Probabilidade 7/3/2010 Gerenciamento de Riscos 10 Impacto ESCM Gestão de Projetos Professor Wallace Prado, PMP, ITIL
  • 11. Paulo Espínola Ferramentas e técnicas 19 11 1960 Avaliação da urgência dos riscos Riscos iminentes podem necessitar a elaboração urgente de uma resposta Opinião especializada SAP 7/3/2010 Gerenciamento de Riscos 11 ESCM Gestão de Projetos Professor Wallace Prado, PMP, ITIL
  • 12. Paulo Espínola Saídas 19 11 1960 Atualizações do registro dos riscos Classificação relativa ou lista de prioridades dos riscos do projeto; Riscos agrupados por categorias; Causas de riscos ou áreas do projeto que requerem atenção especial; Lista de riscos que requerem resposta a curto prazo; SAP Lista de riscos para análise e resposta adicional; Listas de observação de riscos de baixa prioridade; Tendências nos resultados da análise qualitativa dos riscos; 7/3/2010 Gerenciamento de Riscos 12 ESCM Gestão de Projetos Professor Wallace Prado, PMP, ITIL
  • 13. Paulo Espínola Fatores Críticos de Sucesso 19 11 1960 Utilize termos e Colete dados conceitos com qualidade acordados Utilize métodos Repita acordados periodicamente SAP Realizar a análise qualitativa dos riscos 7/3/2010 Gerenciamento de Riscos 13 ESCM Gestão de Projetos Professor Wallace Prado, PMP, ITIL
  • 14. Paulo Espínola Realizar a análise quantitativa dos riscos 19 11 1960 Objetivo Analisar numericamente os efeitos dos riscos sobre os objetivos do projeto Alguns aspectos Pode ser utilizado para avaliar os riscos individualmente ou seu efeito agregado (conjunto) sobre o projeto SAP Em geral este processo segue a Analise Qualitativa e deve ser repetido após o processo Planejar as respostas de riscos e durante o processo Monitorar e controlar riscos 7/3/2010 Gerenciamento de Riscos 14 ESCM Gestão de Projetos Professor Wallace Prado, PMP, ITIL
  • 15. Paulo Espínola Entradas, ferramentas e técnicas e saídas 19 11 1960 SAP 7/3/2010 Gerenciamento de Riscos 15 ESCM Gestão de Projetos Professor Wallace Prado, PMP, ITIL
  • 16. Paulo Espínola Fluxo de dados 19 11 1960 SAP 7/3/2010 Gerenciamento de Riscos 16 ESCM Gestão de Projetos Professor Wallace Prado, PMP, ITIL
  • 17. Paulo Espínola Entradas 19 11 1960 Registro dos riscos Plano de gerenciamento dos riscos Plano de gerenciamento dos custos Plano de gerenciamento do cronograma Ativos de processos organizacionais SAP 7/3/2010 Gerenciamento de Riscos 17 ESCM Gestão de Projetos Professor Wallace Prado, PMP, ITIL
  • 18. Paulo Espínola Ferramentas e técnicas 19 11 1960 Técnicas de Coleta e apresentação de dados Entrevistas Refinar as estimativas de probabilidade e impacto e estabelecer e determinar o comportamento das mesmas (distribuições de probabilidade) Distribuições de probabilidade Selecionar a distribuição de probabilidade que melhor SAP representa a incerteza 7/3/2010 Gerenciamento de Riscos 18 ESCM Gestão de Projetos Professor Wallace Prado, PMP, ITIL
  • 19. Paulo Espínola Ferramentas e técnicas 19 11 1960 Técnicas e modelagem e análise quantitativa Análise de sensibilidade Compara o impacto de diferentes incertezas sobre um mesmo objetivo do projeto Duas técnicas comuns são o diagrama de tornado e spiderplot (veja mais em http://www.bibl.ita.br/xencita/Artigos/63.pdf) SAP 7/3/2010 Gerenciamento de Riscos 19 ESCM Gestão de Projetos Professor Wallace Prado, PMP, ITIL
  • 20. Paulo Espínola Ferramentas e técnicas 19 11 1960 Técnicas e modelagem e análise quantitativa Análise do valor monetário esperado (VME/EMV) Premissa neutra SAP 7/3/2010 Gerenciamento de Riscos 20 ESCM Gestão de Projetos Professor Wallace Prado, PMP, ITIL
  • 21. Paulo Espínola Ferramentas e técnicas 19 11 1960 Técnicas e modelagem e análise quantitativa Modelagem e simulação Utiliza a probabilidade e o impacto dos riscos sobre um objetivo do projeto para elaborar um estimativa da probabilidade sobre o valor final deste objetivo Por exemplo, utilizar a probabilidade e impacto dos riscos que afetam o custo do projeto para determinar a probabilidade do projeto ser concluído com um SAP determinado custo Para o cronograma, além da probabilidade e impacto é utilizado também o diagrama de rede do projeto 7/3/2010 Gerenciamento de Riscos 21 ESCM Gestão de Projetos Professor Wallace Prado, PMP, ITIL
  • 22. Paulo Espínola Ferramentas e técnicas 19 11 1960 Técnicas e modelagem e análise quantitativa Modelagem e simulação SAP 7/3/2010 Gerenciamento de Riscos 22 ESCM Gestão de Projetos Professor Wallace Prado, PMP, ITIL
  • 23. Paulo Espínola Saídas 19 11 1960 Atualizações do registro dos riscos Análise probabilística do projeto; Probabilidade de atingir os objetivos de custo e tempo; Lista priorizada de riscos quantificados; Tendências nos resultados da análise quantitativa dos riscos; SAP 7/3/2010 Gerenciamento de Riscos 23 ESCM Gestão de Projetos Professor Wallace Prado, PMP, ITIL
  • 24. Paulo Espínola Fatores críticos de sucesso 19 11 1960 Elimine os preconceitos ou preferências A analise Dados de agregada qualidade deriva da individual SAP Realizar a Analise as Use os riscos análise dependências priorizados quantitativa entre os dos riscos riscos 7/3/2010 Gerenciamento de Riscos 24 ESCM Gestão de Projetos Professor Wallace Prado, PMP, ITIL
  • 25. Paulo Dúvidas? Espínola 19 11 1960 SAP Gerenciamento de Riscos ESCM Gestão de Projetos Professor Wallace Prado, PMP, ITIL
  • 26. Paulo Espínola Exercícios Complementares 19 11 1960 Desenvolver o Plano de Gerenciamento de Riscos referente aos processos Realizar a análise Qualitativa e Quantitativa dos riscos Metodologia, Fontes de dados, Atividades, Técnicas, Reuniões, Papéis e responsabilidades, padrões de Registro de Riscos e Relatórios Priorizar os riscos do Projeto SAP 7/3/2010 Gerenciamento de Riscos 26 ESCM Gestão de Projetos Professor Wallace Prado, PMP, ITIL