• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Evolução do desemprego (spi)
 

Evolução do desemprego (spi)

on

  • 2,115 views

 

Statistics

Views

Total Views
2,115
Views on SlideShare
2,104
Embed Views
11

Actions

Likes
0
Downloads
13
Comments
0

2 Embeds 11

http://grafzeppelin.wordpress.com 6
http://www.slideshare.net 5

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment
  • mnbubt
  • mnbubt
  • mnbubt

Evolução do desemprego (spi) Evolução do desemprego (spi) Presentation Transcript

  • EVOLUÇÃO DO DESEMPREGO EM PORTUGAL
  • Dezembro 2003 – Fevereiro 2009
  • Fonte: Instituto do Emprego e Formação Profissional www.iefp.pt
    • CONCEITOS E DEFINIÇÕES
    • Total de pessoas com idade igual ou superior a 16 anos (salvaguardadas as reservas previstas na Lei), inscritas nos Centros de Emprego para obter um emprego por conta de outrem.
    PEDIDOS DE EMPREGO
    • Total de pessoas com idade igual ou superior a 16 anos (salvaguardadas as reservas previstas na Lei), inscritas nos Centros de Emprego para obter um emprego por conta de outrem.
    PEDIDOS DE EMPREGO
  • CATEGORIAS
  • DESEMPREGADOS/DESEMPREGO REGISTADO: não têm um emprego e estão imediatamente disponíveis para trabalhar, dos quais: Primeiro emprego, nunca trabalharam Novo emprego, já trabalharam CATEGORIAS
  • DESEMPREGADOS/DESEMPREGO REGISTADO : não têm um emprego e estão imediatamente disponíveis para trabalhar, dos quais: Primeiro emprego, nunca trabalharam Novo emprego, já trabalharam EMPREGADOS : têm um emprego que pretendem abandonar CATEGORIAS
  • DESEMPREGADOS/DESEMPREGO REGISTADO : não têm um emprego e estão imediatamente disponíveis para trabalhar, dos quais: Primeiro emprego, nunca trabalharam Novo emprego, já trabalharam EMPREGADOS : têm um emprego que pretendem abandonar OCUPADOS : trabalhadores ocupados em programas especiais de emprego CATEGORIAS
  • DESEMPREGADOS/DESEMPREGO REGISTADO : não têm um emprego e estão imediatamente disponíveis para trabalhar, dos quais: Primeiro emprego, nunca trabalharam Novo emprego, já trabalharam EMPREGADOS : têm um emprego que pretendem abandonar OCUPADOS: trabalhadores ocupados em programas especiais de emprego INDISPONÍVEIS TEMPORARIAMENTE : desempregados ou empregados que não reúnem condições imediatas para o trabalho por motivos de saúde. CATEGORIAS
  • DESEMPREGADO
  • DESEMPREGADO
    • Inscrito num Centro de Emprego
  • DESEMPREGADO
    • Inscrito num Centro de Emprego
    • Não tem trabalho
  • DESEMPREGADO
    • Inscrito num Centro de Emprego
    • Não tem trabalho
    • Procure um emprego como trabalhador por conta de outrem
  • DESEMPREGADO
    • Inscrito num Centro de Emprego
    • Não tem trabalho
    • Procure um emprego como trabalhador por conta de outrem
    • Está imediatamente disponível
  • DESEMPREGADO
    • Inscrito num Centro de Emprego
    • Não tem trabalho
    • Procure um emprego como trabalhador por conta de outrem
    • Está imediatamente disponível
    • Tem capacidade para o trabalho
  • DESEMPREGO REGISTADO
  • DESEMPREGO REGISTADO PEDIDOS DE EMPREGO
  • DESEMPREGO REGISTADO PEDIDOS DE EMPREGO
  • DESEMPREGO REGISTADO
  • DESEMPREGO REGISTADO Inclui
  • DESEMPREGO REGISTADO
    • Candidatos que se encontravam anteriormente na situação de inactivos (ex: estudantes, pessoas que se ocupavam de tarefas domésticas)
    Inclui
  • DESEMPREGO REGISTADO
    • Candidatos que se encontravam anteriormente na situação de inactivos (ex: estudantes, pessoas que se ocupavam de tarefas domésticas)
    • Reformados que procuram trabalho, tendo capacidade para o seu desempenho
    Inclui
  • DESEMPREGO REGISTADO
    • Candidatos que se encontravam anteriormente na situação de inactivos (ex: estudantes, pessoas que se ocupavam de tarefas domésticas)
    • Reformados que procuram trabalho, tendo capacidade para o seu desempenho
    • Pensionistas por invalidez ou outras pessoas portadoras de uma incapacidade que desejem trabalhar, desde que não se encontrem afectadas por incapacidade absoluta para o trabalho
    Inclui
  • DESEMPREGO REGISTADO
  • DESEMPREGO REGISTADO Não inclui
  • DESEMPREGO REGISTADO
    • Trabalhadores temporariamente suspensos ou com redução da jornada de trabalho (causas naturais, técnicas ou económicas), com ou sem remuneração, mas que mantêm um vínculo à empresa, ainda que se encontrem a receber uma prestação equiparada às prestações de desemprego
    Não inclui
  • DESEMPREGO REGISTADO
    • Trabalhadores temporariamente suspensos ou com redução da jornada de trabalho (causas naturais, técnicas ou económicas), com ou sem remuneração, mas que mantêm um vínculo à empresa, ainda que se encontrem a receber uma prestação equiparada às prestações de desemprego
    • Candidatos que apresentam indisponibilidade justificada para o trabalho (transferidos para a categoria “Indisponível Temporariamente”)
    Não inclui
  • DESEMPREGO REGISTADO
    • Trabalhadores temporariamente suspensos ou com redução da jornada de trabalho (causas naturais, técnicas ou económicas), com ou sem remuneração, mas que mantêm um vínculo à empresa, ainda que se encontrem a receber uma prestação equiparada às prestações de desemprego
    • Candidatos que apresentam indisponibilidade justificada para o trabalho (transferidos para a categoria “Indisponível Temporariamente”)
    • Candidatos que iniciem um Programa Ocupacional ou equivalente (transferidos para a categoria de “Ocupados”)
    Não inclui
  • DESEMPREGO REGISTADO
    • Trabalhadores temporariamente suspensos ou com redução da jornada de trabalho (causas naturais, técnicas ou económicas), com ou sem remuneração, mas que mantêm um vínculo à empresa, ainda que se encontrem a receber uma prestação equiparada às prestações de desemprego
    • Candidatos que apresentam indisponibilidade justificada para o trabalho (transferidos para a categoria “Indisponível Temporariamente”)
    • Candidatos que iniciem um Programa Ocupacional ou equivalente (transferidos para a categoria de “Ocupados”)
    • Candidatos que iniciam a frequência de Medidas/Programas de Emprego ou acções de formação profissional, à excepção dos Programas Ocupacionais ou equivalentes (inscrição anulada)
    Não inclui
  • DESEMPREGO REGISTADO
    • Trabalhadores temporariamente suspensos ou com redução da jornada de trabalho (causas naturais, técnicas ou económicas), com ou sem remuneração, mas que mantêm um vínculo à empresa, ainda que se encontrem a receber uma prestação equiparada às prestações de desemprego
    • Candidatos que apresentam indisponibilidade justificada para o trabalho (transferidos para a categoria “Indisponível Temporariamente”)
    • Candidatos que iniciem um Programa Ocupacional ou equivalente (transferidos para a categoria de “Ocupados”)
    • Candidatos que iniciam a frequência de Medidas/Programas de Emprego ou acções de formação profissional, à excepção dos Programas Ocupacionais ou equivalentes (inscrição anulada)
    • Candidatos que iniciam actividade por conta própria apoiados no âmbito dos programas de criação de empresas do IEFP (inscrição anulada)
    Não inclui
  • DESEMPREGO REGISTADO Evolução no período
  • Evolução no período DEZ 2003 DEZ 2004 DEZ 2005 DEZ 2006 DEZ 2007 DEZ 2008 JAN 2009 FEV 2009 452.542 468.852 479.373 452.651 390.280 416.005 447.966 469.299
  • Evolução no período DEZ 2003 DEZ 2004 DEZ 2005 DEZ 2006 DEZ 2007 DEZ 2008 JAN 2009 FEV 2009 452.542 468.852 479.373 452.651 390.280 416.005 447.966 469.299
  • Evolução no período DEZ 2003 DEZ 2004 DEZ 2005 DEZ 2006 DEZ 2007 DEZ 2008 JAN 2009 FEV 2009 452.542 468.852 479.373 452.651 390.280 416.005 447.966 469.299 16.310 10.521 -26.722 -62.371 25.725 31.961 21.333
  • Evolução no período DEZ 2003 DEZ 2004 DEZ 2005 DEZ 2006 DEZ 2007 DEZ 2008 JAN 2009 FEV 2009 452.542 468.852 479.373 452.651 390.280 416.005 447.966 469.299 16.310 10.521 -26.722 -62.371 25.725 31.961 21.333
  • Evolução no período DEZ 2003 DEZ 2004 DEZ 2005 DEZ 2006 DEZ 2007 DEZ 2008 JAN 2009 FEV 2009 452.542 468.852 479.373 452.651 390.280 416.005 447.966 469.299 16.310 10.521 -26.722 -62.371 25.725 31.961 21.333 3,60% 2,24% -5,57% -13,78% 6,59% 7,68% 4,76%
  • Evolução no período DEZ 2003 DEZ 2004 DEZ 2005 DEZ 2006 DEZ 2007 DEZ 2008 JAN 2009 FEV 2009 452.542 468.852 479.373 452.651 390.280 416.005 447.966 469.299 16.310 10.521 -26.722 -62.371 25.725 31.961 21.333 3,60% 2,24% -5,57% -13,78% 6,59% 7,68% 4,76%
  • Evolução no período VARIAÇÃO DEZ 2003 – DEZ 2008 -6.392 -1,29%
  • Evolução no período VARIAÇÃO DEZ 2003 – DEZ 2008 -6.392 -1,29% DEZ 2008 – FEV 2009 54.530 11,13%
  • Evolução no período
  • Evolução no período
  • Evolução no período
  • Evolução no período ???
  • PEDIDOS DE EMPREGO DESEMPREGO REGISTADO VERSUS
  • Evolução no período DEZ 2003 DEZ 2004 DEZ 2005 DEZ 2006 DEZ 2007 DEZ 2008 JAN 2009 FEV 2009 DESEMPREGO REGISTADO 452.542 468.852 479.373 452.651 390.280 416.005 447.966 469.299
  • Evolução no período DEZ 2003 DEZ 2004 DEZ 2005 DEZ 2006 DEZ 2007 DEZ 2008 JAN 2009 FEV 2009 DESEMPREGO REGISTADO 452.542 468.852 479.373 452.651 390.280 416.005 447.966 469.299
  • Evolução no período DEZ 2003 DEZ 2004 DEZ 2005 DEZ 2006 DEZ 2007 DEZ 2008 JAN 2009 FEV 2009 DESEMPREGO REGISTADO 452.542 468.852 479.373 452.651 390.280 416.005 447.966 469.299 PEDIDOS DE EMPREGO 496.448 513.809 525.679 515.006 468.642 490.056 523.986 544.586
  • Evolução no período DEZ 2003 DEZ 2004 DEZ 2005 DEZ 2006 DEZ 2007 DEZ 2008 JAN 2009 FEV 2009 DESEMPREGO REGISTADO 452.542 468.852 479.373 452.651 390.280 416.005 447.966 469.299 PEDIDOS DE EMPREGO 496.448 513.809 525.679 515.006 468.642 490.056 523.986 544.586
  • Evolução no período DEZ 2003 DEZ 2004 DEZ 2005 DEZ 2006 DEZ 2007 DEZ 2008 JAN 2009 FEV 2009 DESEMPREGO REGISTADO 452.542 468.852 479.373 452.651 390.280 416.005 447.966 469.299 PEDIDOS DE EMPREGO 496.448 513.809 525.679 515.006 468.642 490.056 523.986 544.586 DIFERENÇA 43.906 44.957 46.306 62.355 78.362 74.051 76.020 75.287
  • Evolução no período DEZ 2003 DEZ 2004 DEZ 2005 DEZ 2006 DEZ 2007 DEZ 2008 JAN 2009 FEV 2009 DESEMPREGO REGISTADO 452.542 468.852 479.373 452.651 390.280 416.005 447.966 469.299 PEDIDOS DE EMPREGO 496.448 513.809 525.679 515.006 468.642 490.056 523.986 544.586 DIFERENÇA 43.906 44.957 46.306 62.355 78.362 74.051 76.020 75.287
  • Evolução no período DEZ 2003 DEZ 2004 DEZ 2005 DEZ 2006 DEZ 2007 DEZ 2008 JAN 2009 FEV 2009 DESEMPREGO REGISTADO 452.542 468.852 479.373 452.651 390.280 416.005 447.966 469.299 PEDIDOS DE EMPREGO 496.448 513.809 525.679 515.006 468.642 490.056 523.986 544.586 DIFERENÇA 43.906 44.957 46.306 62.355 78.362 74.051 76.020 75.287 DIFERENÇA % 9,70% 9,59% 9,66% 13,78% 20,08% 17,80% 16,97% 16,04%
  • Evolução no período DEZ 2003 DEZ 2004 DEZ 2005 DEZ 2006 DEZ 2007 DEZ 2008 JAN 2009 FEV 2009 DESEMPREGO REGISTADO 452.542 468.852 479.373 452.651 390.280 416.005 447.966 469.299 PEDIDOS DE EMPREGO 496.448 513.809 525.679 515.006 468.642 490.056 523.986 544.586 DIFERENÇA 43.906 44.957 46.306 62.355 78.362 74.051 76.020 75.287 DIFERENÇA % 9,70% 9,59% 9,66% 13,78% 20,08% 17,80% 16,97% 16,04%
  • Evolução no período Desemprego Registado
  • Evolução no período Desemprego Registado
  • Evolução no período Desemprego Registado Pedidos de Emprego – Desemprego Registado
  • Evolução no período Desemprego Registado Pedidos de Emprego – Desemprego Registado
  • Evolução no período Desemprego Registado Pedidos de Emprego – Desemprego Registado
  • Evolução no período Desemprego Registado Pedidos de Emprego – Desemprego Registado