Your SlideShare is downloading. ×
0
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Seminário Enfermagem UFF - Espiritualidade Saude 2009

1,989

Published on

Apresentação no Seminário de Saúde Coletiva da Enfermagem da UFF.

Apresentação no Seminário de Saúde Coletiva da Enfermagem da UFF.

Published in: Spiritual
1 Comment
0 Likes
Statistics
Notes
  • Julio... te achei por aqui... manda esta apresentação pro meu e-mail. Gostaria de tê-la guardada comigo. Estamos na lista da EdPopSaude. brigadão... Angela Gaivota Pasin apasin@uol.com.br
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,989
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
1
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. ESPIRITUALIDADE E SAÚDE Reflexões para nós, profissionais da saúde 1 sexta-feira, 26 de junho de 2009 1
  • 2. AS ESPIRITUALIDADES E AS SAÚDES Reflexões para nós, profissionais da saúde 2 sexta-feira, 26 de junho de 2009 2
  • 3. JULIO WONG - ISCO - UFF 3 sexta-feira, 26 de junho de 2009 3
  • 4. D'où venonsnous? Que sommes-nous? Où allons-nous? 4 sexta-feira, 26 de junho de 2009 4
  • 5. A DIMENSÃO INVISÍVEL PRESENTE NO TRABALHO EM SAÚDE Espiritualidade 5 sexta-feira, 26 de junho de 2009 5
  • 6. POR QUE É TÃO DIFÍCIL ENXERGAR COM RESPEITO E SERIEDADE A VIDA DO ESPÍRITO? 6 sexta-feira, 26 de junho de 2009 6
  • 7. ADISSECÇÃO PROGRESSIVA DOHUMANO 7 sexta-feira, 26 de junho de 2009 7
  • 8. PROCESSO TRAUMÁTICO DESDE O SÉCULO XVI INQUISIÇÕES, A IDADE ESCURA, REVOLTAS VINGANÇAS Academia - Igreja Ciência - Religião 8 sexta-feira, 26 de junho de 2009 8
  • 9. A UNIDADE DA PESSOA Em 500 anos foi dividido aquilo que não poderia nem deveria ser dividido. 9 sexta-feira, 26 de junho de 2009 9
  • 10. 10 sexta-feira, 26 de junho de 2009 10
  • 11. OS PEDAÇOS DO BOLO O Corpo para a Medicina; A mente para a Psicologia; O Espírito para as Religiões 11 sexta-feira, 26 de junho de 2009 11
  • 12. UMA DIVISÃO NA FORMA E NÃO NO FUNDO. CONSTATAMOS: Persistências; Hibridações; Resistências; Mestiçagens; Remanescentes; Superposições; Itinerários Espirituais; Diálogos; Misturas; Conflitos; 12 sexta-feira, 26 de junho de 2009 12
  • 13. SOMOS MUITO MAIS DO QUE DIZEM QUE SOMOS 13 sexta-feira, 26 de junho de 2009 13
  • 14. A CRISE DA SECULARIZAÇÃO A volta daquilo que não tinha ido embora; As vanguardas científicas: física quântica; biologia cognitiva; psicologia transpessoal; Interexistência; Co-dependência; Os limites da ciência materialista; 14 sexta-feira, 26 de junho de 2009 14
  • 15. A COMPLEXIDADE COM QUE NOS DEFRONTAMOS: Adoecer; O inesperado; Cuidar; A criação; Nascer; Surgimento do novo; Morrer... 15 sexta-feira, 26 de junho de 2009 15
  • 16. E NÓS DA SAÚDE NA COMPLEXIDADE? 16 sexta-feira, 26 de junho de 2009 16
  • 17. ESPIRITUALIDADE E RELIGIOSIDADE 17 sexta-feira, 26 de junho de 2009 17
  • 18. ESPIRITUALIDADE E RELIGIÃO Uma certa polêmica: para alguns espiritualidade é um termo mais amplo, que incluiria o religioso; O religioso está ligado à instituição Igreja: regras, preceitos, hierarquias, cultos e rituais; Entretanto, a religiosidade é mais flexível, incluindo as interpretações das pessoas e sub-culturas; exemplo: sincretismo e religiosidade popular. 18 sexta-feira, 26 de junho de 2009 18
  • 19. ESPIRITUALIDADE A arte e o saber do Ser Mais, do Ir Além De: a transcendência; A experiência direta do Numinoso, do Sagrado; Entrever a outra Margem, aquele mundo que está conosco e apenas percebemos; Rupturas da lógica do tempo e do espaço: experiências intensas. 19 sexta-feira, 26 de junho de 2009 19
  • 20. ESPIRITUALIDADE Arte; Deslumbramentos; Paixão; Surpresas; Amor erótico; Ir além dos sentidos; Amor solidário; Experiência Mística; Amor Fraterno; Religião... Planejamentos parciais; 20 sexta-feira, 26 de junho de 2009 20
  • 21. FORMAS CONTEMPORÂNEAS DA RELIGIOSIDADE 21 sexta-feira, 26 de junho de 2009 21
  • 22. A experiência espiritual ou a experiência de Deus ou do Divino acompanham as mudanças no mundo atual; Mundo impaciente, instantâneo, consumista, obcecado pelo novo e pela mudança rápida; Oferta espiritual e religiosa contemporânea: tribos diversas, regras flexíveis, uso das linguagens da mídia, teologias da prosperidade material... “Deus está bombando” 22 sexta-feira, 26 de junho de 2009 22
  • 23. UMA ESPIRITUALIDADE SEM A NOÇÃO DE DEUS oportunidade e problema: crise 23 sexta-feira, 26 de junho de 2009 23
  • 24. O ESPÍRITO SOPRA ONDE QUER... Nada garante que o religioso/espirituoso seja eticamente melhor do que o não-religioso; Em nome de Deus foram cometidos grandes crimes; O Ateu Espiritual; A Epidemiologista Kardecista; Sábio que não sabia ler; 24 sexta-feira, 26 de junho de 2009 24
  • 25. A DIMENSÃO ESPIRITUAL DO/ NO TRABALHO EM SAÚDE se definir, se delimitar demais estraga? 25 sexta-feira, 26 de junho de 2009 25
  • 26. MERGULHADOS NO ESPÍRITO... Como experimentar a Doença? Como experimentar os Doentes? Como experimentar o Sofrimento Social? Como renovar as nossas forças, ideais e utopias? Como encontrar sentido naquilo que se faz? Como transformar/entender/aceitar a Dor / a Morte/ o Inesperado? 26 sexta-feira, 26 de junho de 2009 26
  • 27. ESPIRITUALIDADES PRÁTICAS 27 sexta-feira, 26 de junho de 2009 27
  • 28. VIVER É FAZER O respeito profundo - mas não incondicional - pelo Outro; Escutar, Dizer o (nosso) Mundo, Zonas de Contato e Superposição; Negociações Práticas; Apoio, consolo, conforto; Hospitalidade; Cuidado. 28 sexta-feira, 26 de junho de 2009 28
  • 29. PRATICAR A ESPIRITUALI DADE tratado geral do ínfimo do inútil e do invisível 29 sexta-feira, 26 de junho de 2009 29
  • 30. • Viver a Arte em todas suas formas (e além das usuais: namorar o mundo e as pessoas); • Conhecimento espantado e sagrado de Outras Culturas; • Aprender a humildade e o encantamento do mundo; • Deixar se surpreender; • Olhar como criança, como Poeta, como principiante: como se fosse a primeira vez. 30 sexta-feira, 26 de junho de 2009 30
  • 31. • Desconfiar das dicotomias excludentes; • Favorecer as misturas; • Confiar nos sentidos, nos desejos, nas emoções e nas intuições; • Aprender do simples, daquele que sofre, dos pequenos, dos excluídos; • Enxergar as oportunidades de transformação no cotidiano – mesmo na dificuldade; • Aprender do contato profundo com os Outros 31 sexta-feira, 26 de junho de 2009 31
  • 32. O meu olhar é nítido como um girassol. O Mundo não se fez para pensarmos nele Tenho o costume de andar pelas estradas (Pensar é estar doente dos olhos) Olhando para a direita e para a esquerda, Mas para olharmos para ele e estarmos de E de vez em quando olhando para trás... acordo... E o que vejo a cada momento É aquilo que nunca antes eu tinha visto, Eu não tenho filosofia; tenho sentidos... E eu sei dar por isso muito bem... Se falo na Natureza não é porque saiba o Sei ter o pasmo essencial que ela é, Que tem uma criança se, ao nascer, Mas porque a amo, e amo-a por isso Reparasse que nascera deveras... Porque quem ama nunca sabe o que ama Sinto-me nascido a cada momento Nem sabe por que ama, nem o que é Para a eterna novidade do Mundo... amar... Creio no mundo como num malmequer, Amar é a eterna inocência, Porque o vejo. Mas não penso nele E a única inocência não pensar... Porque pensar é não compreender... Alberto Caeiro, em "O Guardador de Rebanhos", 8-3-1914 32 sexta-feira, 26 de junho de 2009 32
  • 33. OBRIGADO!!! 33 sexta-feira, 26 de junho de 2009 33
  • 34. JULIO A. WONG UN Departamento de saúde e sociedade - instituto de saúde da comunidade - universidade federal fluminense - uff julio.wong.un@gmail.com 34 sexta-feira, 26 de junho de 2009 34

×