• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
O Governo Fernando Henrique Cardoso
 

O Governo Fernando Henrique Cardoso

on

  • 14,606 views

 

Statistics

Views

Total Views
14,606
Views on SlideShare
14,563
Embed Views
43

Actions

Likes
0
Downloads
142
Comments
0

1 Embed 43

http://www.slideshare.net 43

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    O Governo Fernando Henrique Cardoso O Governo Fernando Henrique Cardoso Presentation Transcript

    • FERNANDO HENRIQUE CARDOSO 1995 -1998 e 1999-2002 Ao contrário de seus antecessores o governo Fernando Henrique inicia-se sem a existência de uma inflação elevada. Esta nova situação reforça o discurso neoliberal que associa a origem dos problemas econômicos a presença do Estado regulamentador. Este pensamento possibilitou a continuação das reformas neoliberais que foram tratadas na imprensa como: FLEXIBILIZAÇÃO ECONÔMICA. * Privatização de empresas controladas pelo Estado * Quebra dos monopólios estatais * Afastamento do Estado da regulamentação econômica * Modificação do conceito de empresa nacional * Abertura da economia ao capital externo D urante o primeiro governo Fernando Henrique observaremos a tentativa de transformação da economia brasileira de REGULAMENTADA em REGULADA. A utilização do termo REGULAÇÃO é associado ao tipo de Estado, cuja intervenção na economia, limita-se a criar as condições ideais para o seu funcionamento considerando-se os princípios do liberalismo. A economia REGULAMENTADA pressupõe a existência de um Estado que limita - através de políticas econômicas - os princípios defendidos pelo liberalismo. REGULAÇÃO REGULAMENTAÇÃO
    • *Paridade com o Dólar; *Equilíbrio orçamentário; *Contenção do crédito EIXOS DO PLANO REAL: Entre o final da década de 1990 e início do século XXI o neoliberalismo perde a sua condição de “pensamento único”. A crise econômica - gerada por políticas recessivas - leva ao poder opositores deste modelo na Argentina, Venezuela, Bolívia, Equador. ABERTURA DA ECONOMIA AO CAPITAL EXTERNO Para a concretização deste objetivo o governo Fernando Henrique aumentou as taxas de juros e modificou a Constituição de 1988 alterando o significado do termo: “empresa nacional”. FHC também flexibilizou o monopólio do petróleo transferindo funções da Petrobrás para a Agência Nacional do Petróleo que passaria a regular o setor. O Estado deve apresentar um equilíbrio entre os “gastos” e “arrecadação” . Esta equação resultou no aumento da carga tributária e contenção dos investimentos em áreas sociais. Medida recessiva decorrente - inclusive - do aumento das taxas de juros.
    • Produção da Escola Estadual Coração Eucarístico. Belo Horizonte – Minas Gerais – Brasil. http://historiacoreucaristico.blogspot.com