Criando uma aplicação com delphi

  • 697 views
Uploaded on

 

More in: Technology
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
697
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
22
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Criando uma aplicação com Delphi.NetSalve, salve pessoal! Já faz um tempo que não escrevo por estar com muitas atividades, mais arrumei um tempinho.Bom, muitos de vocês conhecem o Delphi, uma excelente ferramenta de desenvolvimento de aplicações Windows,inclusive, em sua época foi o grande concorrente do Visual Basic, muitas empresas ainda usam o Delphi comoprincipal ferramenta de desenvolvimento, incluindo muitas empresas que desenvolvem ERPs comerciais, só para teruma idéia nossa primeira versão do Credencie , que é nosso aplicativo comercial para credenciamento de eventos, foifeita em Delphi.Com a chegada do DotNet, muitas destas empresas começaram a migrar suas aplicações Delphipara DotNetutilizando ou o VB.Net ou o C#, quando a Borland, atualmente Embarcadero, percebeu isto resolveumelhorar sua ferramenta criando o Delphi.Net. Sua primeira versão não era muito boa, era difícil de encontrarreferências, vinculava componentes ao executável e ficava quase que impossível desenvolver algo com ela.Recentemente foi lançada uma nova versão da ferramenta chamada Delphi Prism, ou Delphi Prisma, que pode ser“anexada” ao Visual Studio 2008 ou 2010 como um add-on. Esta versão se comporta de forma estável e possui umHelp fantástico que auxilia aqueles que não conhecem a linguagem.Sua estrutura sintáxica é uma mistura de C# com Pascal, porém, lembra mais o Pascal do que o próprio C#, masagora, vamos ao que interessa! A intenção deste artigo será apresentar o ambiente e a linguagem para passar umaprimeira impressão sobre ela.Para acompanhar o artigo de forma completa são necessárias as seguintes ferramentas:1.Microsoft Visual Studio 2008 ou 2010 com o Delphi Prism instaladoCriando a aplicaçãoVamos criar uma aplicação simples para entender o funcionamento, para isto abra o Visual Studio e vá em File > NewProject, selecione a opção Delphi Prism na janela de criação de projetos.Selecione Windows Forms Application, dê o nome PrimeiraAplicacaoDelphiNet e clique em Ok para criara aplicação. Após a criação do projeto você terá uma janela idêntica a de qualquer aplicação .Net que
  • 2. esta acostumado a desenvolver, ou seja, visualmente não muda nada, até a barra de ferramentas é amesma a única mudança é na extensão dos arquivos de código que passar a ser *.pas.Vamos continuar: abra a barra de ferramentas e adicione um botão (Button) no formulário e cliqueduas vezes sobre ele para abrir a janela de código.Aqui, já podemos ver as diferenças. O Pascal tem uma estrutura de código diferente da apresentadapelo Visual Basic ou mesmo o C#, ela esta dividida da seguinte forma:namespace PrimeiraAplicacaoDelphiNet;Indica o nome do “pacote” da aplicação, ou seja, qual a pasta onde ela está.
  • 3. interface uses System.Drawing, System.Collections, System.Collections.Generic, System.Linq, System.Windows.Forms, System.ComponentModel;A palavra uses é equivalente a using no C# ou a Imports no Visual Basic que indica qual ou quais osnamespaces que vamos utilizar,a grande diferença ai é que não precisamos escrevê-la para cadanamespace que incluirmos. type /// <summary> /// Summary description for MainForm. /// </summary> MainForm = partial class(System.Windows.Forms.Form) private method button1_Click(sender: System.Object; e: System.EventArgs); protected method Dispose(disposing: Boolean); override; public constructor; end;A criação da classe, em Pascal, indicamos a criação de uma classe com o comando type e logo abaixoinformamos o nome da classe e indicamos se será uma classe estática, uma classe abstrata ou umaclasse concreta, isto também serve para indicar uma interface. Abaixo, indicamos as variáveis emétodos privados, públicos e protegidos que teremos. Sim, em Pascal precisamos declarar o nome dométodo antes de implementá-lo. implementation method MainForm.button1_Click(sender: System.Object; e: System.EventArgs); begin end;Após a declaração da classe devemos implementá-la no bloco implementation ou implementação.Como podem ver o evento click do botão é um método indicado pela palavra chave method.Em Pascal, ao invés de usarmos {...} , para o inicio e o fim de um bloco usamos begin...end; e todocódigo deve ser escrito ai. Vamos para uma demonstração mais pratica agora.Vamos criar duas variáveis para efetuar uma soma e apresentar o resultado em uma caixa demensagens. Dentro do método button1_Click entre com o seguinte código : method MainForm.button1_Click(sender: System.Object; e: System.EventArgs); var val1: Integer; val2: Integer; ret: Integer; begin val1 := 10; val2 := 6; ret := val1 + val2; MessageBox.Show(self, "O resultado da soma é: " + ret.ToString(), "Resultado", MessageBoxButtons.OK, MessageBoxIcon.Information);
  • 4. end;Para atribuir valor a uma variável, no Pascal usamos “:=”, nesta versão do Delphi podemos declararvariáveis de duas formas: a tradicional, declaramos a variável e seu tipo e depois atribuímos um valora ela ou da inline, ou seja, declaramos a variável e seu tipo e atribuímos um valor a ela de uma vez só.Nas versões anteriores isto não era permitido o que, em algumas ocasiões, aumentavam as linhas decódigo para iniciarmos todas elas.O comando self é o equivalente do this do C# ou Me do Visual Basic. Ao executar a aplicação oresultado será este:Bom pessoal, por enquanto é só. Se tiverem dúvidas, criticas ou sugestões deixe um comentário.Um grande abraço e até próxima.Adriano Victor