Your SlideShare is downloading. ×
B2 b, b2c, b2g  entendendo a sopa de letras
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

B2 b, b2c, b2g entendendo a sopa de letras

144
views

Published on


0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
144
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. E-commerce Site de referencia: http://imasters.com.br/artigo/3371/ecommerce/b2b_b2c_b2g_entendendo_a_sopa_de_letras/ B2B, B2C, B2G: entendendo a sopa de letras Sexta-feira, 01/07/2005 às 13h07, por Paulo Rodrigo Caros amigos! Hoje veremos algumas siglas que toda hora fazem parte das notícias de e-commerce e e-business e não são claras para todos. Se tiver alguma dúvida ou sugestão, faça um comentário ou envie um e-mail. E lá vamos nós! De onde surgiu o B2B A internet quebrou diversos paradigmas em nossas vidas. E com as empresas não foi diferente. Quem imaginaria um substituto para um memorando interno batido à máquina? Surgiu o e-mail que ainda disponibilizou diversas vantagens a mais. As áreas de vendas, estoque, tratamento de clientes e outras estão informatizadas e podem ser consultadas em tempo real e pela internet. Como conseqüência disto, nasceram vários termos e siglas relacionados as transações online. B2B, B2C, C2C e outros termos da nova economia surgem para suprir este cenário. Para entendermos esta sopa de letras, seguem alguns termos e suas definições. A sopa de letras B2B (Business to Business) São as transações de comércio entre empresas. Uma empresa vendendo para outra empresa é B2B. É a sigla mais famosa e acaba representado todos as outras abaixo quando generalizada. Um exemplo é a venda material de escritório para empresas ou a compra de insumos para a produção de bens. B2C (Business to Consumer) É o comércio entre a empresa e o consumidor. Este é o mais comum. Um exemplo próximo é a http://loja.imasters.com.br, o iMasters SHOP ou a mais famosa Amazon. C2C (Consumer to Consumer) Este é o comércio entre consumidores. Ele é intermediado normalmente por uma empresa (o dono do site). O exemplo são os sites de leilão como o Ebay ou classificados. B2G (Business to Governement) São as transações entre empresa e governo. Os exemplos comuns de B2G são licitações e compras de fornecedores.
  • 2. B2E (Business-to-Employee) Normalmente relacionado aos portais (intranets) que atendem aos funcionários. Tem por objetivo de ser uma área central de relacionamento com a empresa. Através dele os funcionários podem, por exemplo, pedir material para sua área, gerir todos os seus benefício ou até utilizar processos de gestão dos funcionários (faltas, avaliações, inscrições em treinamentos...). Ainda existem as siglas invertidas como G2B e C2B que representam a inversão de quem vende e quem compra e variações como E2E e G2G que completam os relacionamentos possíveis. Conclusão A internet e as tecnologias da informação transformaram profundamente as empresas. A concorrência entre grandes empresas faz com que elas deixem de ser diferenciais para serem requisitos obrigatórios para a sobrevivência. - Quem faz o profissional é você. Sucesso e até a próxima pessoAll. Paulo Rodrigo é consultor do MBA-GETI de uma Universidade e é especialista em marketing na internet. Escreve o blog www.webpaulo.com sobre marketing e tecnologia. Leia os últimos artigos publicados por Paulo Rodrigo O futuro sombrio do SEO A importância da análise - o Google também erra Meu PageRank caiu. Fui punido? Spam em comentários não é uma boa idéia Google cache com strip