Aula5
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Aula5

on

  • 3,316 views

 

Statistics

Views

Total Views
3,316
Views on SlideShare
3,304
Embed Views
12

Actions

Likes
2
Downloads
128
Comments
0

4 Embeds 12

http://ecommunita.com 5
http://www.ecommunita.com 4
http://www.slideshare.net 2
http://alesauer.googlepages.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as OpenOffice

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Aula5 Aula5 Presentation Transcript

  • Módulo Básico : Aula 5 Conhecendo Live CD's Linux
  • Módulo Básico: Aula 5 Apresentação
      • Conhecendo Lives CD's
        • Ubuntu
        • Slax
        • Kurumin
      • Gerênciadores de Janelas
        • GNOME
        • KDE
        • Xfce
      • Aplicativos
        • Navegadores
        • Editores de Texto
        • Multimídia
  • Módulo Básico: Aula 5 Objetivos Objetivos
      • Conhecer várias distribuições Linux.
      • Diferenciar Gerênciadores de Janelas.
      • Conhecer alguns aplicativos como editores, navegadores e alicativos multimídia.
    View slide
  • Módulo Básico: Aula 5 Introdução Introdução Estaremos conhecendo outras Distribuições Linux, sem estar precisando instalar, que é denominado como Live CD. Conhecendo novas interfaces gráficas, aplicações novas e comuns. View slide
  • Módulo Básico: Aula 5 Live CD Live Cd Live CD é um CD que contém um sistema operacional que não precisa ser instalada no disco rígido do usuário uma vez que o sistema operacional completo é executado diretamente a partir do CD e da memória RAM.
  • Módulo Básico: Aula 5 Live Cd Usando Com o BIOS sendo configurado para buscar o sistema operacional no CD, logo após o processo de boot o conteúdo do live cd é lido, e o ambiente de trabalho é disponibilizado. Apesar de não estar instalado, o sistema consegue trabalhar como se estivesse acessando todos os dispositivos de hardware, conectando à Internet e executando aplicativos.
  • Módulo Básico: Aula 5 Live Cd Revolução Representam uma revolução no universo dos sistemas operacionais e no mundo linux em particular, pois permitem aos usuários experimentarem o sistema sem ter que abandonar os sistemas operacional instalado.
  • Módulo Básico: Aula 5 Live Cd Fazendo um Live Uma outra característica interessante dos live Cds é que eles tem permitido que pessoas com poucos conhecimentos de informática sejam capazes de construir as suas próprias distribuições através de um processo denominado de remasterização. Este processo, porém, é uma característica nem sempre presente numa versão de live CD.
  • Módulo Básico: Aula 5 Live Cd Re o que? Remasterização é um termo utilizado entre usuários do Linux para designar o ato de personalizar as versões Linux, já existentes, pelos próprios usuários. Criar uma "remaster" não exige muitos conhecimentos de Informática. Hoje em dia existem várias ferramentas que facilitam esse processo, tornando a remasterização menos complicada, exemplo do Kanopus.
  • Módulo Básico: Aula 5 Ubuntu Ubuntu Ubuntu é um sistema operacional Linux baseado na distribuição Debian. É patrocinado pela Canonical Ltd (dirigida por Mark Shuttleworth) e o seu nome deriva do conceito Sul Africano Ubuntu (pronuncia-se /ùbúntú/ - u-BÚN-tu;) — diretamente traduzido como "humanidade para com os outros" .
  • Módulo Básico: Aula 5 Ubuntu Ubuntu A Comunidade Ubuntu ajuda-se mutuamente, não havendo distinção de novatos ou veteranos; a informação deve ser compartilhada para que se possa ajudar quem quer que seja, independentemente do nível de dificuldade.
  • Módulo Básico: Aula 5 Ubuntu Características Novas versões do Ubuntu são lançadas com um intervalo aproximado de um mês após os lançamentos do GNOME. Um dos focos principais é a usabilidade, incluindo o uso da ferramenta sudo para tarefas administrativas (similar ao Mac OS X) procurando oferecer uma gama de recursos completa a partir de uma instalação padrão.
  • Módulo Básico: Aula 5 Ubuntu Características Acessibilidade e internacionalização, permitindo a utilização do sistema pelo maior número de pessoas possível. A partir da versão 5.04, a codificação de caracteres padrão é o UTF-8 (permitindo a utilização de caracteres não utilizados no alfabeto latino). O projeto visa também a oferecer suporte-técnico nos idiomas de seus usuários.
  • Módulo Básico: Aula 5 Ubuntu Comunidade O Ubuntu possui uma forte ligação com a comunidade Debian, contribuindo directa e imediatamente qualquer modificação nos códigos-fonte, ao invés de apenas anunciar essas mudanças em uma data posterior. Muitos programadores do Ubuntu mantêm pacotes chave do próprio Debian.
  • Módulo Básico: Aula 5 Ubuntu Disponibilidade Todas as versões do Ubuntu são disponibilizadas sem custo algum. Cópias em CD do Ubuntu são enviadas gratuitamente para quem as solicitar, e estão disponíveis para cópia na internet.a
  • Módulo Básico: Aula 5 Ubuntu Live Cd Ubuntu O Ubuntu cabe em um único CD e é oferecido como um Live CD que pode ser utilizado para uma instalação permanente. O Live CD é utilizado por muitos usuários a fim de testar a compatibilidade de hardware antes de instalar o sistema.
  • Módulo Básico: Aula 5 Ubuntu Fundação Ubuntu Em 8 de julho de 2005, Mark Shuttleworth e a Canonical Ltd anunciaram a criação da Fundação Ubuntu e providenciaram um aporte inicial de dez milhões de dólares. A finalidade da fundação é garantir apoio e desenvolvimento a todas as versões posteriores à 5.10.
  • Módulo Básico: Aula 5 Ubuntu Lançamentos Uma nova versão do Ubuntu é lançada semestralmente, e cada lançamento tem um nome de código e um número de versão. O número de versão é baseado no ano e no mês de lançamento. Por exemplo o Ubuntu 4.10 foi lançado em Outubro de 2004.
  • Módulo Básico: Aula 5 Ubuntu Projetos derivados
    • Além da distribuição principal, algumas distribuições derivadas do Ubuntu são oficialmente reconhecidas:
      • Edubuntu, uma distribuição desenvolvida para o uso em escolas.
      • Kubuntu, versão do Ubuntu que utiliza o ambiente gráfico livre KDE.
      • Xubuntu, Ubuntu Linux para computadores menos potentes, utilizando o ambiente gráfico Xfce.
  • Módulo Básico: Aula 5 Página Oficial Página Oficial Página do site oficial: www.ubuntu.com
  • Módulo Básico: Aula 5 Slax Slax SLAX é uma distribuição Linux baseada em Slackware Linux. É um Live CD, podendo ser executada sem instalação no disco rígido - ou mesmo em um computador sem disco rígido. Ele pode ser executado pelo CD, por um drive USB ou pela memória RAM - o que libera o drive de CD para outros usos.
  • Módulo Básico: Aula 5 Slax Tipos de Slax
    • Para o SLAX existe mais quatro outras edições do SLAX além da Standard:
      • KillBill – Tem Wine, DosBox e Qemu.
      • Popcorn - Cabe em 128MB e tem XFCE, Mozilla Firefox, Mozilla Thunderbird, Abiword, etc.
      • Frodo - Não tem GUI, apenas linha de comando.
      • Slax Server - Tem ferramentas para servidor, como DNS, DHCP e Samba
  • Módulo Básico: Aula 5 Slax Tipos de gerênciadores gráficos SLAX Standard e Kill Bill usam o KDE como seu ambiente desktop, enquanto o Popcorn usa Xfce. O FluxBox é uma opção em todas as versões exceto Frodo.
  • Módulo Básico: Aula 5 Slax Versão A versão atual estável do SLAX é a 5.1.8.1 que tem cerca de 192MB, entretanto, está disponível a versão de pré-visualização 6 da versão 6 Beta, que contém 204Mb, sendo que se pode escolher para adicionar dentre 27 módulos de linguagens, incluindo o português do Brasil ou de Portugal.
  • Módulo Básico: Aula 5 Slax Características
    • SLAX contém os seguintes softwares:
      • Kernel Linux 2.6.16
      • X.Org 6.9
      • UnionFS e SquashFS
      • KDE 3.5.2
      • MPlayer 1.0pre7 com KPlayer
      • Rdesktop (rscp in KDE)
      • Suporte a hotplug
      • cdrtools
      • Cliente de e-mail Mutt
      • Wget
    • Uma lista completa de softwares pode ser encontrada em Página de pacotes de software do SLAX.
  • Módulo Básico: Aula 5 Slax Módulos Como o Slax é uma distribuição derivada do Slackware, se pode adicionar módulos para aumentar sua funcionabilidade. Para isso, entre na sessão Módulos e selecione um módulo de seu interesse, que vai de jogos até aplicativos de console.
  • Módulo Básico: Aula 5 Página Oficial Página Oficial Página oficial dessa distribuição: http://www.slax.org
  • Módulo Básico: Aula 5 Kurumin Kurumin O Kurumin Linux é uma distribuição Linux baseada no Knoppix e que mantém o mesmo sistema de detecção de hardware desta distribuição. Todavia, o Kurumin foi projetado para que fosse bem mais compacto, cabendo, assim, em suas versões iniciais, em um mini-CD de 80 mm.
  • Módulo Básico: Aula 5 Kurumin História Inicialmente o seu desenvolvedor, Carlos E. Morimoto, deu início ao projeto apenas para fins de uso pessoal; porém, ao anunciar a sua criação no seu site, muita gente demonstrou interesse pelo projeto, o que incentivou Morimoto a levar o projeto adiante. Segundo o sítio DistroWatch, Kurumin é a distribuição Linux mais popular no Brasil.
  • Módulo Básico: Aula 5 Kurumin Origem O nome kurumin vêm da Língua tupi-guarani, onde "curumim" significa “menino”, “criança”, em uma alusão a uma distribuição Linux mais leve e simples. A letra k no início da palavra é uma referência ao Knoppix. O logotipo do Kurumin é um pingüim com aspecto infantil: pequeno, simpático e mais magro do que o Tux, o pingüim que representa o Linux em si. Outras características notáveis são o cocar na cabeça do mascote e uma bandeira do Brasil em sua barriga.
  • Módulo Básico: Aula 5 Kurumin Características
    • Algumas das principais caracteristicas desta distribuição:
      • Leveza.
      • Facilidade de uso.
      • Feito para o uso em Desktops .
      • Português do Brasil como língua nativa
      • Detecção otimizada para hardwares comumente usados no Brasil (a partir da versão 4.1).
      • Alta velocidade de desenvolvimento, corrigindo rapidamente quaisquer bugs.
  • Módulo Básico: Aula 5 Kurumin O Sistema O objetivo do Kurumin é ser uma distribuição destinada ao uso em desktops, fácil de usar e instalar e que resolva problemas clássicos como a falta de suporte a softmodems e a multimídia. A lei é simplificar ao máximo o uso e configuração do sistema. Seguindo está filosofia, o Kurumin já vem em Português do Brasil.
  • Módulo Básico: Aula 5 Kurumin Instalar Também é possível instalar o Kurumin no HD, usando o utilitário "Instalar Kurumin no HD, mantendo as configurações atuais" encontrado no iniciar(Ícone do K, encontrado na barra de tarefas). Esta é uma versão modificada do knx-hdinstall do Knoppix, afim que a instalação no HD se comporte de forma quase idêntica ao CD, ao contrário do Knoppix.
  • Módulo Básico: Aula 5 Kurumin Sistema de Arquivos NTFS Assim como no Knoppix você pode montar partições existentes no HD, incluindo partições NTFS (em modo somente leitura) e acessar os arquivos armazenados. Já é possível escrever em partições NTFS com o uso do NTFS-3g.
  • Módulo Básico: Aula 5 Kurumin Página Oficial Página Oficial do Kurumin: www.guiadohardware.net/gdhpress/kurumin/
  • Módulo Básico: Aula 5 Gerênciadores de Janelas Gerênciadores de Janelas Quando se usa um computador em modo gráfico (diferente do modo texto), geralmente se vêem os programas representados por janelas na Área de Trabalho. Para que isto ocorra, é preciso que exista um programa que chamamos de Gerenciador de Janelas.
  • Módulo Básico: Aula 5 Gerênciadores de Janelas Gerênciadores de Janelas A principal função de um gerenciador de janelas é, como o próprio nome diz, gerenciar a apresentação das janelas e fornecer métodos para controlar aplicações, criar e acessar menus, além de fornecer meios para que o usuário possa personalizar o seu ambiente.
  • Módulo Básico: Aula 5 Gerênciadores de Janelas Gerênciadores de Janelas Existe um Servidor de Janelas que chama o modo gráfico (pode ser, por exemplo, o XFree86 ou o X.org). Assim, toda a complicada configuração gráfica precisa ser feita apenas para este software-servidor. O servidor chama o modo gráfico e permite a execução de programas feitos com bibliotecas especialmente criadas para esse modo.
  • Módulo Básico: Aula 5 Gerênciadores de Janelas Gerênciadores de Janelas Esses programas especiais na verdade só trazem informações, quanto à janela, o título e o tipo de janela. Assim, se for executado apenas o Servidor Gráfico, tem-se o ambiente gráfico, mas cada programa que esteja neste ambiente gráfico estará parado num canto, sem barra de título. Não se pode sequer maximizar a janela ou tirar uma janela da frente de outra. Até mesmo fechar a janela só será permitido se houver uma opção assim nos menus.
  • Módulo Básico: Aula 5 Gerênciadores de Janelas Gerênciadores de Janelas
    • Há dois tipos principais de gerenciadores de janelas. Os que fornecem um Ambiente de trabalho completo, com gerenciador de arquivos e diversos recursos adicionais, dentre os quais se destacam:
      • GNOME
      • KDE
      • Xfce
    • Há também os gerenciadores de janelas menos expansivos, mas que cumprem bem o papel de gerir janelas .
      • BlackBox
      • Enlightenment
      • Fluxbox
      • Fvwm
      • IceWM
      • TWM
      • WindowMaker
  • Módulo Básico: Aula 5 GNOME GNOME GNOME é acrônimo para GNU Network Object Model Environment ou Ambiente GNU de Modelos de Objeto de Rede. É um sistema compatível com muitos gerenciadores de janelas, muito favorável para os usuários que já se sentem à vontade com interfaces gráficas.
  • Módulo Básico: Aula 5 GNOME GNOME Atualmente o GNOME é uma interface que está em grande desenvolvimento. Existe um grande número de pessoas trabalhando com ele, construindo novas aplicações e deixando o seu ambiente cada vez melhor.
  • Módulo Básico: Aula 5 GNOME Características
      • Ambiente de trabalho que pode ser facilmente personalizado, utilizado e configurado.
      • Grande número de aplicações desenvolvidas.
      • Grande número de desenvolvedores trabalhando com a interface, possibilitando um melhoramento contínuo.
      • Pode ser executada em plataformas Linux, Unix e similares.
      • Uma imensa variedade de aplicativos, de outros gerenciadores de janelas, compatíveis, fornecendo grande versatilidade.
  • Módulo Básico: Aula 5 KDE KDE Software de origem alemã, o KDE (sigla inglesa para K Desktop Environment ) é, simultaneamente, um ambiente gráfico (que inclui um gerenciador de janelas) e uma plataforma de desenvolvimento livre e de código aberto, desenvolvido com base na biblioteca Qt.
  • Módulo Básico: Aula 5 KDE KDE O gerenciador de janelas disponibilizado é responsável por fornecer uma interface gráfica organizada e consistente para que aplicativos sejam executados e para que o usuário interaja com o computador, tanto utilizando aplicativos específicos quanto funções básicas como manipulação de arquivos e dispositivos.
  • Módulo Básico: Aula 5 KDE Aplicativos do KDE
    • O KDE foi inteiramente criado em C++, e inclui também uma suíte de escritório ( Office ) simples, mas com muitos componentes:
      • Processador de texto (Kword).
      • Folha de cáculo (Kspread).
      • Programa de apresentações (Kpresenter).
      • Editor de diagramas gráficos (Kchart).
      • Equações (Kformula).
      • Gerador de relatórios (Kugar).
      • Editor de diagramas e fluxogramas (Kivio).
      • Base de dados (Kexi).
  • Módulo Básico: Aula 5 xfce xfce Xfce é um ambiente de trabalho gráfico, executado sobre o sistema de janelas X em sistemas Unix e similares. Assim como GNOME, o Xfce utiliza a biblioteca GTK para fazer a interface com o usuário, o que os tornam ligeiramente parecidos. Entretanto, uma preocupação do Xfce é ser mais rápido e consumir menos recursos da máquina do que o GNOME, que é considerado excessivamente grande e consumidor de recursos desnecessariamente.
  • Módulo Básico: Aula 5 Aplicações Nativas Aplicações Nativas Em Linux temos algumas Aplicações Nativas, como Navegadores, Editores e Programas Multimídia. Os Lives Cd's veêm com uma lista padrão destes softwares, podemos ver por exemplo, a quantidade de Navegadores que eles tem, editores de textos, etc... Iremos falar dos softwares que geralmente tem nessas distribuições.
  • Módulo Básico: Aula 5 Aplicações Nativas Navegadores (Browsers) Um navegador (também conhecido como web browser ou simplesmente browser , termos em inglês) é um programa que habilita seus usuários a interagirem com documentos HTML (em linguagem de hipertexto) hospedados em um servidor Web, de acesso à Internet
  • Módulo Básico: Aula 5 Aplicações Nativas Navegadores
    • Os browsers mais usados são:
      • Mozilla Firefox
      • Safari
      • Netscape Navigetor
      • Opera
      • Konqueror
  • Módulo Básico: Aula 5 Aplicativos Nativos Editores de Texto Um processador de texto é um programa de computador destinado a editar e visualizar ficheiros (arquivos) de texto. Um processador de texto faz uso dos recursos computacionais a fim de realizar tarefas que seriam difíceis ou mesmo impossíveis de realizar com uma máquina de escrever.
  • Módulo Básico: Aula 5 Aplicativos Nativos Editores de Texto
    • Editores populares:
      • OpenOffice
      • Abiword
      • Kedit
      • Gedit
      • LyX
      • Vim
  • Módulo Básico: Aula 5 Aplicativos Nativos Aplicativos Multimídia
    • Multimídia é a combinação, controlada por computador, de pelo menos um tipo de media estático (texto, fotografia, gráfico), com pelo menos um tipo de media dinâmico (vídeo, áudio, animação).
      • Som (voz humana, música, efeitos especiais)
      • Fotografia (imagem estática)
      • Vídeo (imagens em pleno movimento [4])
      • Animação (desenho animado)
      • Gráficos
      • Textos (incluindo números, tabelas, etc.)
  • Módulo Básico: Aula 5 Aplicativos Multimídia
    • Alguns softwares multimédia:
      • Gxine
      • Xmms
      • Audacity
      • Amarok
      • K3B