08   cabeçote - válvulas
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
3,973
On Slideshare
3,973
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
129
Comments
1
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. CB300R 8. CABEÇOTE/VÁLVULAS LOCALIZAÇÃO DOS COMPONENTES 8-2 INSPEÇÃO/RETÍFICA DAS SEDES DAS VÁLVULAS 8-17 INFORMAÇÕES DE SERVIÇO 8-3 MONTAGEM DO CABEÇOTE 8-20 DIAGNOSE DE DEFEITOS 8-5 INSTALAÇÃO DO CABEÇOTE 8-22 COMPRESSÃO DO CILINDRO 8-6 INSTALAÇÃO DAS ÁRVORES DE REMOÇÃO DA TAMPA DO CABEÇOTE 8-6 COMANDO 8-24 REMOÇÃO DAS ÁRVORES DE INSTALAÇÃO DA TAMPA DO CABEÇOTE 8-26 COMANDO 8-7 ACIONADOR DO TENSOR DA REMOÇÃO DO CABEÇOTE 8-11 CORRENTE DE DISTRIBUIÇÃO 8-28 DESMONTAGEM DO CABEÇOTE 8-12 SUBSTITUIÇÃO DAS GUIAS DAS VÁLVULAS 8-16 8-1
  • 2. CABEÇOTE/VÁLVULAS CB300RLOCALIZAÇÃO DOS COMPONENTES 12 N.m (1,2 kgf.m) 12 N.m (1,2 kgf.m) 12 N.m (1,2 kgf.m) 18 N.m (1,8 kgf.m) 14,5 N.m (1,5 kgf.m) 45 N.m (4,6 kgf.m) 4 N.m (0,41 kgf.m) 12 N.m (1,2 kgf.m)8-2
  • 3. CB300R CABEÇOTE/VÁLVULASINFORMAÇÕES DE SERVIÇOINFORMAÇÕES GERAIS• Este capítulo apresenta os procedimentos de reparo do cabeçote, das válvulas e das árvores de comando.• Durante a desmontagem, marque e armazene os componentes removidos para certificar-se de que sejam reinstalados em suas posições originais.• Limpe todos os componentes desmontados com solvente de limpeza e seque-os utilizando ar comprimido antes de inspecioná-los.• Limpe todas as passagens de óleo antes de iniciar a montagem do cabeçote.• Tenha cuidado para não danificar as superfícies de contato durante a remoção do cabeçote. Não bata no cabeçote com força excessiva ao removê-lo.• Lubrifique os mancais e ressaltos das árvores de comando e os acionadores e hastes das válvulas com solução de óleo de molibdênio a fim de garantir lubrificação inicial.ESPECIFICAÇÕES Unidade: mm Item Padrão Limite de UsoCompressão do cilindro a 400 rpm 1.196 kPa (12,2 kgf/cm2, 174 psi) –Cabeçote Empenamento – 0,10 D.I. da cavidade do acionador ADM/ESC 26,010 – 26,026 26,06 da válvulaÁrvore de Altura do ressalto ADM 37,000 – 37,240 36,94comando ESC 37,030 – 37,270 36,97 Empenamento – 0,05 Folga de óleo 0,020 – 0,062 0,10Válvula, Folga das válvulas ADM 0,12 ± 0,03 –guia da válvula ESC 0,15 ± 0,03 – D.E. da haste da válvula ADM 4,975 – 4,990 4,96 ESC 4,955 – 4,970 4,94 D.I. da guia da válvula ADM/ESC 5,000 – 5,012 5,03 Folga entre a haste e ADM 0,010 – 0,037 0,07 a guia da válvula ESC 0,030 – 0,057 0,09 Largura da sede da válvula ADM/ESC 1,0 – 1,2 2,0Mola da válvula Comprimento Interna ADM/ESC 33,77 32,36 livre Externa ADM/ESC 36,64 34,84D.E. do acionador da válvula ADM/ESC 25,978 – 25,993 25,97VALORES DE TORQUEParafuso da tampa do cabeçote 12 N.m (1,2 kgf.m)Parafuso do suporte da árvore de comando 12 N.m (1,2 kgf.m) Aplique óleo para motor nas roscas e superfície de assentamento.Bujão do acionador do tensor da corrente de distribuição 4 N.m (0,41 kgf.m)Porca do cabeçote 45 N.m (4,6 kgf.m) Aplique óleo para motor nas roscas e superfície de assentamento.Parafuso de fixação do isolante do corpo do acelerador 12 N.m (1,2 kgf.m)Vela de ignição 18 N.m (1,8 kgf.m)Sensor EOT 14,5 N.m (1,5 kgf.m)Tampa do orifício de sincronização 10 N.m (1,0 kgf.m)Tampa do orifício da árvore de manivelas 8 N.m (0,8 kgf.m)Parafuso da conexão do tubo de passagem de óleo, 8 mm 12 N.m (1,2 kgf.m) 8-3
  • 4. CABEÇOTE/VÁLVULAS CB300RFERRAMENTASInstalador da guia da válvula, 5,0 mm Compressor de mola da válvula Fresa para sede de válvula,07942-MA60000 07757-0010000 24,5 mm (45° ESC) 07780-0010100Fresa para sede de válvula, Fresa plana, 25 mm (32° ESC) Fresa plana, 29 mm (32° ADM)29 mm (45° ADM) 07780-0012000 07780-001340007780-0010300Fresa para interior, 26 mm (60° ESC) Fresa para interior, 30 mm (60° ADM) Suporte para fresa, 5,0 mm07780-0014500 07780-0014000 07781-0010400Alargador da guia da válvula, 5,0 mm Protetor da cavidade, 24 x 25,5 mm Acessório do compressor de mola07984-MA60001 07HMG-MR70002 da válvula 07959-KM301018-4
  • 5. CB300R CABEÇOTE/VÁLVULASLimitador do tensor Acessório do manômetro070MG-0010100 07908-KK60000DIAGNOSE DE DEFEITOS• Problemas na parte superior do motor geralmente afetam seu desempenho. Tais problemas podem ser diagnosticados por meio do teste de compressão ou pela detecção de ruídos na parte superior do motor, utilizando-se uma sonda ou um estetoscópio.• Caso o desempenho seja inadequado em baixas rotações, inspecione quanto a presença de fumaça branca na mangueira de respiro do motor. Se houver fumaça na mangueira, inspecione quanto a anéis do pistão engripados (página 9-6).Compressão baixa, dificuldade de partida ou desempenho inadequado em baixas rotações• Válvulas: – Ajuste incorreto de folga das válvulas – Válvula queimada ou empenada – Sincronização incorreta das válvulas – Mola da válvula quebrada – Sede da válvula irregular• Cabeçote: – Junta do cabeçote danificada ou com vazamento – Cabeçote empenado ou trincado – Vela de ignição solta• Cilindro, pistão ou anéis do pistão desgastados (página 9-5)Compressão muito alta, superaquecimento ou pré-detonação• Excesso de depósitos de carvão na câmara de combustão ou na cabeça do pistãoFumaça excessiva• Cabeçote: – Guia ou haste da válvula desgastada – Retentor da haste danificado• Cilindro, pistão ou anéis do pistão desgastados (página 9-5)Ruído excessivo• Cabeçote: – Ajuste incorreto de folga das válvulas – Válvulas presas ou molas das válvulas quebradas – Árvore de comando desgastada ou danificada – Corrente de distribuição solta – Corrente de distribuição desgastada ou danificada – Tensor da corrente de distribuição desgastado ou danificado – Dentes da engrenagem da árvore de comando desgastados• Cilindro, pistão ou anéis do pistão desgastados (página 9-5)Marcha lenta irregular• Baixa compressão do cilindro 8-5
  • 6. CABEÇOTE/VÁLVULAS CB300R ACESSÓRIOCOMPRESSÃO DO CILINDROAqueça o motor até atingir sua temperatura normal defuncionamento.Desligue o motor, desconecte o supressor de ruídos eremova a vela de ignição (página 4-6).Desacople o conector 2P (Preto) da bomba de combustível(página 6-38).Instale o manômetro no alojamento da vela de ignição.Ferramenta: MANÔMETROAcessório do manômetro 07908-KK60000Abra completamente o acelerador e acione o motor,utilizando o motor de partida, até que a leitura no manômetropare de aumentar.O valor máximo de leitura é normalmente atingido numintervalo entre 4 e 7 segundos.Compressão padrão: 1.196 kPa (12,2 kgf/cm2, 174 psi) a 400 rpmNOTA Para evitar que a bateria se descarregue, não acione o motor de partida por mais de 7 segundos.Baixa compressão pode ser causada por:– Junta do cabeçote queimada MANGUEIRA DE SUPRIMENTO DE AR– Ajuste incorreto de folga das válvulas– Vazamento nas válvulas– Anéis do pistão ou cilindro desgastadosAlta compressão pode ser causada por:– Excesso de depósitos de carvão na câmara de combustão ou na cabeça do pistãoREMOÇÃO DA TAMPA DO CABEÇOTERemova o tanque de combustível (página 6-38). SUPRESSOR DE RUÍDOSDesconecte o supressor de ruídos e as mangueiras desuprimento de ar. PARAFUSOS/BORRACHAS DE FIXAÇÃORemova os seguintes componentes:– Parafusos e borrachas de fixação da tampa do cabeçote– Tampa do cabeçote TAMPA DO CABEÇOTE8-6
  • 7. CB300R CABEÇOTE/VÁLVULAS JUNTA– Junta– Anel de vedação ANEL DE VEDAÇÃO ANÉIS DE TAMPA DO ORIFÍCIO DE SINCRONIZAÇÃO VEDAÇÃOREMOÇÃO DAS ÁRVORES DE COMANDORemova a tampa do cabeçote (página 8-6).Remova a tampa do orifício de sincronização, a tampa doorifício da árvore de manivelas e os anéis de vedação. TAMPA DO ORIFÍCIO DA ÁRVORE DE MANIVELASGire a árvore de manivelas em sentido anti-horário e alinhe a MARCA DE REFERÊNCIAmarca “T” do volante do motor com a marca de referência doorifício de sincronização da tampa esquerda da carcaça domotor. MARCA “T” MARCA “IN” (ADM)Certifique-se de que as marcas de sincronização (marcas “IN”e “EX”) das engrenagens das árvores de comando estejamniveladas com a superfície do cabeçote e voltadas para cima,como mostra a ilustração.Caso as marcas de sincronização das engrenagens estejamvoltadas para baixo, gire a árvore de manivelas em sentidoanti-horário por uma volta completa (360°) e alinhenovamente as marcas de sincronização com a superfície docabeçote, de tal forma que as marcas permaneçam voltadaspara cima. MARCA “EX” (ESC) 8-7
  • 8. CABEÇOTE/VÁLVULAS CB300R BUJÃO DO ACIONADOR ANEL DE VEDAÇÃORemova o bujão e o anel de vedação do acionador do tensorda corrente de distribuição. ACIONADOR DO TENSOR DA CORRENTE DE DISTRIBUIÇÃOGire o eixo do acionador do tensor da corrente dedistribuição em sentido horário até o final de seu curso e fixe-o utilizando a ferramenta especial.Ferramenta:Limitador do tensor 070MG-0010100 LIMITADOR DO TENSOR PARAFUSORemova o parafuso de fixação da guia da corrente dedistribuição. GUIA DA CORRENTE DE DISTRIBUIÇÃOSolte os parafusos dos suportes das árvores de comando emordem cruzada e em duas ou três etapas. Em seguida,remova os parafusos e a guia da corrente de distribuição.Remova os suportes das árvores de comando. SUPORTES DAS ÁRVORES PARAFUSOS DE COMANDO8-8
  • 9. CB300R CABEÇOTE/VÁLVULAS ÁRVORES DE COMANDOFixe a corrente de distribuição com um pedaço de arame paraevitar que a corrente caia no interior da carcaça do motor.Remova as árvores de comando. CORRENTE DE DISTRIBUIÇÃORemova os acionadores e calços das válvulas. ACIONADOR DA VÁLVULANOTA • Tenha cuidado para não danificar as cavidades dos acionadores das válvulas. • Os calços podem ficar presos no interior dos acionadores. Não permita que os calços caiam na carcaça do motor. • Marque todos os calços e acionadores das válvulas para certificar-se de que sejam instalados em suas posições originais. • Os acionadores das válvulas podem ser facilmente removidos utilizando-se uma ferramenta de polimento de válvula ou um ímã. • Os calços podem ser facilmente removidos utilizando-se CALÇO uma pinça ou um ímã.INSPEÇÃOSuportes das Árvores de ComandoInspecione a superfície dos mancais de cada suporte dasárvores de comando e do cabeçote quanto a escoriações,riscos ou indícios de lubrificação insuficiente.Inspecione as passagens de óleo dos suportes das árvores decomando quanto a obstruções.Árvores de ComandoUtilizando um micrômetro, meça a altura de cada ressalto dasárvores de comando. ADM 36,94 mm Limite de Uso ESC 36,97 mmSe os ressaltos das árvores de comando estiveremdanificados ou excessivamente gastos, inspecione aspassagens de óleo quanto a obstruções. 8-9
  • 10. CABEÇOTE/VÁLVULAS CB300RApóie as extremidades das árvores de comando sobre blocos RELÓGIO COMPARADORem V e meça seu empenamento, utilizando um relógiocomparador. Limite de Uso 0,05 mm ÁRVORE DE COMANDO PLASTIGAUGEFolga de Óleo das Árvores de ComandoLimpe todo o resíduo de óleo dos mancais e suportes dasárvores de comando, do cabeçote e das árvores de comando.Aplique longitudinalmente uma tira de plastigauge no topode cada mancal da árvore de comando.NOTA Não gire a árvore de comando enquanto utilizar o plastigauge. GUIA DA CORRENTE DE DISTRIBUIÇÃOAplique óleo para motor nas roscas dos parafusos dossuportes das árvores de comando.Instale os suportes das árvores de comando, juntamente coma guia da corrente de distribuição. Em seguida, aperte osparafusos em ordem cruzada, em duas ou três etapas e notorque especificado.Torque: 12 N.m (1,2 kgf.m) :PARAFUSOS SUPORTES DAS ÁRVORES DE COMANDO PLASTIGAUGERemova os suportes das árvores de comando e meça alargura de cada plastigauge.A maior espessura dos plastigauges determina a folga deóleo. Limite de Uso 0,10 mmSe o limite de uso for excedido, substitua a árvore decomando e inspecione novamente a folga de óleo.Substitua o cabeçote e os suportes das árvores de comandoem conjunto se a folga de óleo ainda exceder o limite de uso.8-10
  • 11. CB300R CABEÇOTE/VÁLVULAS SENSOR EOTREMOÇÃO DO CABEÇOTERemova os seguintes componentes:– Corpo do acelerador (página 6-41)– Tubo de escapamento/silencioso (página 3-9)– Árvores de comando (página 8-7)Desacople o conector 2P do sensor EOT.Remova o sensor EOT e sua arruela de vedação senecessário.Remova a vela de ignição se necessário. VELA DE IGNIÇÃO CONECTOR 2P ARRUELAS DE VEDAÇÃORemova o tubo de passagem de óleo do cabeçote,removendo o parafuso de sua conexão e as arruelas devedação. PARAFUSORemova os parafusos de fixação do cabeçote.Solte as porcas do cabeçote em ordem cruzada e em duas outrês etapas. Em seguida, remova as porcas e arruelas.NOTA Tenha cuidado para que os parafusos, porcas e arruelas não caiam no interior da carcaça do motor. PARAFUSOS PORCAS/ARRUELAS CABEÇOTERemova o cabeçote.NOTA • Não bata no cabeçote com força excessiva. • Tenha cuidado para não danificar as superfícies de contato ao utilizar a chave de fenda. 8-11
  • 12. CABEÇOTE/VÁLVULAS CB300R PINOS GUIASRemova a guia da corrente de distribuição.Remova a junta e os pinos guias. GUIA DA CORRENTE DE DISTRIBUIÇÃO JUNTA PARAFUSOSDESMONTAGEM DO CABEÇOTERemova os parafusos, o isolante do corpo do acelerador, oanel de vedação e a junta. JUNTA/ANEL DE VEDAÇÃO ISOLANTE PROTETOR DA CAVIDADEInstale o protetor na cavidade do acionador da válvula.Ferramenta:Protetor da cavidade, 24 x 25,5 mm 07HMG-MR70002Uma ferramenta equivalente pode ser facilmente adaptadautilizando-se um tubo plástico para filme, de 35 mm, comomostra na ilustração. 5 mm 5 mm 31 mm 15 mm VISTA SUPERIOR D.I. DE 25 mm (quando comprimido)8-12
  • 13. CB300R CABEÇOTE/VÁLVULAS ACESSÓRIO CHAVETASRemova as chavetas, utilizando as ferramentas especiais.Ferramentas:Compressor de mola da válvula 07757-0010000Acessório do compressorde mola da válvula 07959-KM30101NOTA Para evitar perda de tensão, não comprima as molas das válvulas mais do que o necessário ao remover as chavetas. COMPRESSOR DE MOLA SEDE DA MOLA MOLA EXTERNA RETENTORRemova os seguintes componentes:– Retentores das molas– Molas internas/externas das válvulas– Válvulas– Retentores das hastes– Sede das molas das válvulasNOTA Marque todos os componentes durante a desmontagem para certificar-se de que sejam instalados em suas posições originais. VÁLVULA RETENTOR MOLA INTERNA DA HASTEINSPEÇÃOGuia da Corrente de DistribuiçãoInspecione a guia da corrente de distribuição quanto adesgaste excessivo ou danos. Substitua-a se necessário.CabeçoteRemova os depósitos de carvão da câmara de combustão.NOTA Evite danificar a superfície da junta.Inspecione o orifício da vela de ignição e a região dasválvulas quanto a trincas. CÂMARA DE COMBUSTÃO 8-13
  • 14. CABEÇOTE/VÁLVULAS CB300RInspecione o cabeçote quanto a empenamento, utilizandouma régua de precisão e um cálibre de lâminas. Limite de Uso 0,10 mmInspecione a cavidade dos acionadores das válvulas quanto aescoriações, riscos ou danos.Meça o D.I. da cavidade de cada acionador. Limite de Uso 26,06 mmAcionadores das VálvulasInspecione os acionadores das válvulas quanto a escoriações,riscos ou danos.Meça o D.E. de cada acionador da válvula. Limite de Uso 25,97 mmMolas das VálvulasMeça o comprimento livre das molas internas e externas dasválvulas. Mola interna 32,36 mm Limite de Uso Mola externa 34,84 mm8-14
  • 15. CB300R CABEÇOTE/VÁLVULASVálvulas/Guias das VálvulasCertifique-se de que as válvulas movimentam-se suavementeem suas respectivas guias.Inspecione cada válvula quanto a empenamento,queimaduras ou desgaste anormal.Meça e anote o D.E. de cada haste de válvula. ADM 4,96 mm Limite de Uso ESC 4,94 mm ALARGADOR DA GUIA DA VÁLVULAUtilize o alargador nas guias das válvulas para removerquaisquer depósitos de carvão antes de medir o D.I. dasguias.NOTA • Utilize óleo de corte no alargador durante esta operação. • Tenha cuidado para não inclinar o alargador nas guias ao utilizá-lo. • Insira o alargador pelo lado da câmara de combustão do cabeçote e gire-o sempre em sentido horário.Ferramenta:Alargador da guia da válvula, 5,0 mm 07984-MA60001Meça e anote o D.I. de cada guia da válvula. Limite de Uso ADM/ESC 5,03 mmCalcule a folga entre a haste e a guia da válvula, subtraindo ovalor de D.E. da haste da válvula do valor de D.I. de sua guiacorrespondente. ADM 0,07 mm Limite de Uso ESC 0,09 mmSe a folga entre a haste e a guia da válvula exceder o valor delimite de uso, verifique se uma nova guia, com seus valorespadrão, corrigiria a folga para os valores tolerados. Em casopositivo, substitua as guias das válvulas necessárias ealargue-as para que encaixem.Se, mesmo com uma nova guia, o valor da folga entre ahaste e a guia da válvula exceder o valor de limite de uso,substitua também as válvulas.NOTA Retifique as sedes das válvulas sempre que as guias forem substituídas (página 8-18). 8-15
  • 16. CABEÇOTE/VÁLVULAS CB300RSUBSTITUIÇÃO DAS GUIAS DASVÁLVULASColoque as guias das válvulas para substituição em umcongelador por aproximadamente uma hora.Aqueça o cabeçote até atingir uma temperatura entre 130 e140°C, utilizando uma chapa quente ou um forno. Não aqueçao cabeçote a uma temperatura superior a 150°. Utilize umtermômetro, disponível em lojas de suprimentos de solda,para certificar-se de que o cabeçote esteja aquecido nacorreta temperatura.NOTA INSTALADOR DA GUIA DA VÁLVULA • Utilize luvas grossas a fim de evitar queimaduras ao manusear o cabeçote aquecido. • Não utilize um maçarico para aquecer o cabeçote, pois pode causar seu empenamento.Apóie o cabeçote e retire as guias das válvulas pelo lado dacâmara de combustão, utilizando a ferramenta especial.Ferramenta:Instalador da guia da válvula, 5,0 mm 07942-MA60000Remova os anéis de vedação.Cubra novos anéis de vedação com óleo para motor e instale-os nas novas guias de válvulas. INSTALADOR DA GUIA DA VÁLVULAInstale as guias de válvulas no cabeçote pelo lado da árvorede comando, enquanto o cabeçote ainda permaneceraquecido.Ferramenta:Instalador da guia da válvula, 5,0 mm 07942-MA60000Espere o cabeçote esfriar até atingir a temperatura ambiente.Passe o alargador nas novas guias após sua instalação,utilizando a ferramenta especial.Ferramenta:Alargador da guia da válvula, 5,0 mm 07984-MA60001 ALARGADOR DA GUIA DA VÁLVULANOTA • Tenha cuidado para não inclinar o alargador nas guias ao utilizá-lo. Do contrário, as válvulas ficarão inclinadas nas guias, causando vazamento de óleo pelo retentor de haste e contato inadequado com a sede de válvula. • Utilize óleo de corte no alargador durante esta operação. • Insira o alargador pelo lado da câmara de combustão do cabeçote e gire-o sempre em sentido horário.Limpe completamente o cabeçote para remover quaisquerpartículas metálicas após passar o alargador e retifique asede de válvula (página 8-18).8-16
  • 17. CB300R CABEÇOTE/VÁLVULAS FERRAMENTA DE POLIMENTO MANUALINSPEÇÃO/RETÍFICA DAS SEDESDAS VÁLVULASINSPEÇÃOLimpe completamente as válvulas de admissão e escape pararemover quaisquer depósitos de carvão.Aplique uma fina camada de Azul da Prússia sobre as sedesdas válvulas.Execute o polimento das válvulas e sedes, batendo a válvulaem sua sede por diversas vezes, utilizando uma ferramentade polimento manual. Para obter um padrão regular depolimento, não permita que a válvula gire.Remova a válvula e inspecione a largura de sua sede.O contato da sede da válvula deve possuir uma largura deacordo com os valores especificado e permanecer regular emtoda sua circunferência. Padrão Limite de Uso 1,0 – 1,2 mm 2,0 mm LARGURA DASe a largura da sede da válvula não estiver de acordo com os SEDE DA VÁLVULAvalores especificados, retifique a sede da válvula (página 8-18).Inspecione a face da sede da válvula quanto à:• Face danificada: – Substitua a válvula e retifique a sede.• Largura da sede irregular – Substitua a válvula e retifique a sede.NOTA As válvulas não podem ser retificadas. Substitua a válvula se sua face estiver queimada, excessivamente desgastada ou se o contato com a sede for irregular. FACE DANIFICADA LARGURA DA SEDE IRREGULAR• Região de contato (muito alta ou muito baixa) – Retifique a sede da válvula. MUITO BAIXO MUITO ALTO 8-17
  • 18. CABEÇOTE/VÁLVULAS CB300RRETÍFICA DAS SEDES DAS VÁLVULASNOTA 45° • Siga as instruções de utilização do fabricante do equipamento de retífica. • Tenha cuidado para não desgastar as sedes das válvulas mais do que o necessário. 60° 32°Se a área de contato na válvula estiver muito alta, a sededeve ser rebaixada utilizando-se uma fresa plana de 32°. CONTATO MUITO ALTO LARGURA ANTIGA DA SEDESe a área de contato na válvula estiver muito baixa, a sededeve ser erguida utilizando-se uma fresa para interiores de 60°. 32° CONTATO MUITO BAIXO LARGURA ANTIGA DA SEDE 60°Utilize uma fresa de 45° para remover quaisquer rugosidadesou irregularidades das sedes. RUGOSIDADEFerramentas:Fresa para sede, 29 mm (45° ADM) 07780-0010300Fresa para sede de válvula,24,5 mm (45° ESC) 07780-0010100Suporte para fresa, 5,0 mm 07781-0010400NOTA Retifique a sede utilizando uma fresa de 45° sempre que a guia da válvula for substituída.Utilize uma fresa plana de 32° para remover 1/4 do materialexistente na parte superior da sede da válvula. LARGURAFerramentas: ANTIGA DA SEDEFresa plana, 29 mm (32° ADM) 07780-0013400Fresa plana, 25 mm (32° ESC) 07780-0012000Suporte para fresa, 5,0 mm 07781-0010400 32°8-18
  • 19. CB300R CABEÇOTE/VÁLVULASUtilize uma fresa para interior de 60° para remover 1/4 domaterial existente na base da sede da válvula. LARGURA ANTIGA DA SEDEFerramentas:Fresa para interior, 30 mm (60° ADM) 07780-0014000Fresa para interior, 26 mm (60° ESC) 07780-0014500Suporte para fresa, 5,0 mm 07781-0010400 60°Utilize uma fresa de 45° para dar o acabamento e obter alargura correta da sede. LARGURA ANTIGA DA SEDELargura da sede da válvula: 1,0 – 1,2 mmCertifique-se de que todos os pontos de corrosão eirregularidades tenham sido removidos.Retifique novamente, se necessário. 45° FERRAMENTA DE POLIMENTO MANUALApós retificar as sedes, aplique composto de polimento naface das válvulas e efetue seu polimento, aplicando poucapressão.Altere constantemente a inclinação da ferramenta depolimento a fim de evitar desgastar irregularmente a sede.NOTA • Pressão excessiva no polimento pode deformar ou danificar a sede. • Tenha cuidado para que o composto de polimento não penetre nas guias.Após o polimento, lave e remova quaisquer resíduos decomposto de polimento do cabeçote e das válvulas everifique novamente o contato da sede. 8-19
  • 20. CABEÇOTE/VÁLVULAS CB300RMONTAGEM DO CABEÇOTE ACIONADOR CHAVETA DA VÁLVULA ISOLANTE DO CORPO DO ACELERADOR DA VÁLVULA CALÇO RETENTOR DA MOLA ANEL DE VEDAÇÃO MOLA EXTERNA MOLA INTERNA SEDE DA MOLA DA VÁLVULA RETENTOR DA HASTE JUNTA GUIA DA VÁLVULA ANEL DE VEDAÇÃO VÁLVULA DE ADMISSÃO VÁLVULA DE ESCAPE PROTETOR DA CAVIDADELimpe o cabeçote com solvente e aplique ar comprimido emtodas as passagens de óleo.Instale a ferramenta especial ou outra equivalente (página8-12) na cavidade do acionador da válvula.Ferramenta:Protetor da cavidade, 24 x 25,5 mm 07HMG-MR70002 VÁLVULA MOLA EXTERNA RETENTORInstale as sedes das molas das válvulas e os novos retentoresdas hastes.Lubrifique as hastes das válvulas utilizando solução de óleode molibdênio.Insira as válvulas em suas guias, girando-as lentamente paraevitar danificar os retentores das hastes. SEDE DA MOLA RETENTOR MOLA INTERNA DA HASTE8-20
  • 21. CB300R CABEÇOTE/VÁLVULASInstale as molas internas e externas das válvulas, mantendo olado das espirais mais próximas voltado para a câmara decombustão.Instale os retentores das molas das válvulas. Lado da câmara de combustão ACESSÓRIO CHAVETASInstale as chavetas das válvulas, utilizando as ferramentasespeciais.Ferramentas:Compressor de mola da válvula 07757-0010000Acessório do compressorde mola da válvula 07959-KM30101NOTA • Aplique graxa nas chavetas para facilitar sua instalação. • Para evitar perda de tensão, não comprima as molas das válvulas mais do que o necessário. COMPRESSOR DE MOLABata levemente nas hastes das válvulas para assentarfirmemente as chavetas, como mostra a ilustração.NOTA Apóie o cabeçote sobre a superfície da bancada de trabalho para evitar possíveis danos às válvulas. JUNTA ISOLANTECubra um novo anel de vedação com óleo para motor einstale-o na ranhura do isolante do corpo do acelerador.Instale uma nova junta. ANEL DE VEDAÇÃO 8-21
  • 22. CABEÇOTE/VÁLVULAS CB300RInstale o isolante do corpo do acelerador, juntamente comseus parafusos. Em seguida, aperte os parafusos no torqueespecificado.Torque: 12 N.m (1,2 kgf.m) PARAFUSOS PINOS GUIASINSTALAÇÃO DO CABEÇOTELimpe completamente as superfícies de contato da junta docilindro e do cabeçote, tendo cuidado para não danificá-las.Instale os pinos guias e uma nova junta.Instale a guia da corrente de distribuição, alinhando alingueta com a ranhura da carcaça do motor. GUIA DA CORRENTE DE DISTRIBUIÇÃO JUNTA GUIA DA CORRENTE DE DISTRIBUIÇÃO Alinhe CORRENTE DE DISTRIBUIÇÃOPasse a corrente de distribuição através do cabeçote e instaleo cabeçote.Alinhe adequadamente as guias da corrente de distribuiçãocom as ranhuras do cabeçote, a fim de assentar corretamenteo cabeçote sobre o cilindro. CABEÇOTE GUIAS RANHURAS8-22
  • 23. CB300R CABEÇOTE/VÁLVULASAplique óleo para motor nas roscas e superfície deassentamento das porcas do cabeçote.Instale as arruelas e as porcas do cabeçote. Em seguida,aperte as porcas em ordem cruzada, em duas ou três etapas eno torque especificado.Torque: 45 N.m (4,6 kgf.m)Instale os parafusos de fixação do cabeçote e aperte-osfirmemente. PARAFUSOS PORCAS/ARRUELAS ARRUELAS DE VEDAÇÃOInstale o tubo de óleo no cabeçote, juntamente com novasarruelas de vedação e o parafuso da conexão.Aperte o parafuso da conexão no torque especificado.Torque: 12 N.m (1,2 kgf.m) PARAFUSO ARRUELA DE VEDAÇÃOInstale e aperte a vela de ignição no torque especificado.Torque: 18 N.m (1,8 kgf.m)Instale o sensor EOT, juntamente com uma nova arruela devedação, e aperte-o no torque especificado.Torque: 14,5 N.m (1,5 kgf.m) VELA DE IGNIÇÃO SENSOR EOT SENSOR EOTAcople o conector 2P do sensor EOT.Instale os seguintes componentes:– Árvores de comando (página 8-24)– Tubo de escapamento/silencioso (página 3-10)– Corpo do acelerador (página 6-47) CONECTOR 2P 8-23
  • 24. CABEÇOTE/VÁLVULAS CB300R ACIONADOR DA VÁLVULAINSTALAÇÃO DAS ÁRVORES DE COMANDOInstale os calços nos retentores das molas das válvulas.NOTA Instale os calços e acionadores das válvulas em suas posições originais.Aplique solução de óleo de molibdênio na superfície externados acionadores das válvulas e instale os acionadores emsuas cavidades. CALÇOGire a árvore de manivelas lentamente em sentido anti- MARCA DE REFERÊNCIAhorário, enquanto mantém a corrente de distribuição fixada,a fim de alinhar a marca “T” do volante do motor com amarca de referência do orifício de sincronização da tampaesquerda da carcaça do motor. MARCA “T” MARCA “IN” (ADM) ÁRVORES DE COMANDOAplique solução de óleo de molibdênio nos mancais eressaltos das árvores de comando.Instale as árvores de comando de admissão e escape nocabeçote, mantendo os ressaltos voltados de acordo com ailustração.NOTA A árvore de comando de admissão possui uma marca de identificação “IN”. CORRENTE DE DISTRIBUIÇÃO MARCA “IN” (ADM)Instale a corrente de distribuição sobre as engrenagens dasárvores de comando, de forma que as marcas desincronização (marcas “IN” e “EX”) permaneçam alinhadascom a superfície do cabeçote e voltadas para cima, comomostra a ilustração. MARCA “EX” (ESC)8-24
  • 25. CB300R CABEÇOTE/VÁLVULAS MARCA “EX” (ESC) MARCA “IN” (ADM)Instale os suportes das árvores de comando.Os suportes das árvores de comando possuem as seguintesmarcas de identificação:– Marca “IN”: suporte da árvore de comando de admissão– Marca “EX”: suporte da árvore de comando de escape SUPORTES DAS ÁRVORES DE COMANDO GUIA DA CORRENTE DE DISTRIBUIÇÃOAplique óleo para motor nas roscas e superfície deassentamento dos parafusos dos suportes das árvores decomando.Instale a guia da corrente de distribuição, o parafuso da guiae os suportes das árvores de comando.Aperte os parafusos dos suportes das árvores de comandoem ordem cruzada, em duas ou três etapas e no torqueespecificado.Torque: 12 N.m (1,2 kgf.m)Aperte firmemente o parafuso da guia da corrente dedistribuição. PARAFUSOS PARAFUSO LIMITADOR DO TENSORRemova o limitador do acionador do tensor da corrente dedistribuição. 8-25
  • 26. CABEÇOTE/VÁLVULAS CB300R ANEL DE VEDAÇÃOCubra um novo anel de vedação com óleo para motor einstale-o na ranhura do acionador do tensor da corrente dedistribuição.Instale e aperte o bujão do acionador do tensor no torqueespecificado.Torque: 4 N.m (0,41 kgf.m) BUJÃO DO ACIONADOR MARCA “IN” (ADM)Certifique-se de que as marcas de sincronização (marcas “IN”e “EX”) das engrenagens das árvores de comando estejamalinhadas com a superfície do cabeçote e voltadas para cima,como mostra a ilustração. TAMPA DO ORIFÍCIO MARCA “EX” (ESC) DE SINCRONIZAÇÃO ANÉIS DE VEDAÇÃOCubra novos anéis de vedação com óleo para motor e instale-os nas tampas do orifício da árvore de manivelas e do orifíciode sincronização.Aplique graxa nas roscas da tampa do orifício da árvore demanivelas e da tampa do orifício de sincronização.Instale e aperte as tampas no torque especificado.Torque:Tampa do orifício de sincronização 10 N.m (1,0 kgf.m)Tampa do orifício da árvore de manivelas 8 N.m (0,8 kgf.m)Instale a tampa do cabeçote (página 8-26). TAMPA DO ORIFÍCIO DA ÁRVORE DE MANIVELASINSTALAÇÃO DA TAMPA DO CABEÇOTELimpe as superfícies de contato do cabeçote e da tampa docabeçote.Aplique junta líquida nos recortes semicirculares docabeçote, como mostra a ilustração.8-26
  • 27. CB300R CABEÇOTE/VÁLVULAS JUNTA TAMPA DO CABEÇOTEInstale uma nova junta na ranhura da tampa do cabeçote.Cubra um novo anel de vedação com óleo para motor einstale-o no pino guia.Instale a tampa do cabeçote. ANEL DE VEDAÇÃOInstale novas borrachas de fixação da tampa do cabeçote,mantendo suas marca “UP” voltadas para cima. BORRACHA DE FIXAÇÃOInstale e aperte os parafusos da tampa do cabeçote no torque PARAFUSOS/BORRACHAS DE FIXAÇÃOespecificado.Torque: 12 N.m (1,2 kgf.m)Conecte a mangueira de suprimento de ar. MANGUEIRA DE SUPRIMENTO DE ARConecte o supressor de ruídos.NOTA Instale firmemente a presilha da mangueira.Instale o tanque de combustível (página 6-38). SUPRESSOR DE RUÍDOS 8-27
  • 28. CABEÇOTE/VÁLVULAS CB300R ANEL DE VEDAÇÃOACIONADOR DO TENSOR DA CORRENTEDE DISTRIBUIÇÃOREMOÇÃO/INSPEÇÃORemova o bujão e o anel de vedação do acionador do tensorda corrente de distribuição. BUJÃO EIXO DO ACIONADOR DO TENSOR PARAFUSOSGire o eixo do acionador do tensor da corrente dedistribuição em sentido horário, até o final de seu curso, efixe-o utilizando a ferramenta especial.Ferramenta:Limitador do tensor 070MG-0010100Remova os dois parafusos de fixação. LIMITADOR DO TENSOR ACIONADOR DO TENSORRemova o acionador do tensor da corrente de distribuição,juntamente com sua junta do cilindro.Remova o limitador do acionador do tensor. JUNTAInspecione o funcionamento do acionador do tensor dacorrente de distribuição:– O eixo do acionador do tensor não deve se retrair para dentro de seu corpo quando pressionado.– Quando girado em sentido horário, utilizando-se uma chave de fenda, o eixo do acionador do tensor deve se retrair para dentro de seu corpo. O eixo deve saltar para fora de seu corpo assim que a chave de fenda o liberar.8-28
  • 29. CB300R CABEÇOTE/VÁLVULAS LIMITADOR DO TENSORINSTALAÇÃOGire o eixo do acionador do tensor da corrente dedistribuição em sentido horário, até o final de seu curso, efixe-o utilizando a ferramenta especial.Ferramenta:Limitador do tensor 070MG-0010100 ACIONADOR DO TENSORInstale o acionador do tensor da corrente de distribuição nocilindro, juntamente com uma nova junta. JUNTA LIMITADOR DO TENSORInstale os dois parafusos de fixação e aperte-os em seguida.Remova o limitador do acionador do tensor. PARAFUSOS BUJÃOCubra um novo anel de vedação com óleo para motor einstale-o na ranhura do acionador do tensor.Instale o bujão e aperte-o no torque especificado.Torque: 4 N.m (0,41 kgf.m) ANEL DE VEDAÇÃO 8-29
  • 30. CABEÇOTE/VÁLVULAS CB300R NOTAS8-30
  • 31. COMO USAR ESTE MANUAL ÍNDICE GERALEste manual descreve os procedimentos de serviço para amotocicleta CB300R.Siga as recomendações da Tabela de Manutenção (Capítulo INFORMAÇÕES GERAIS 14) para garantir perfeitas condições de funcionamento eníveis de emissões dentro das especificações. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 2A execução das manutenções iniciais é de grande CHASSI/CARENAGENS/importância, pois compensa o desgaste inicial que ocorredurante o período de amaciamento. SISTEMA DE ESCAPAMENTO 3Os capítulos 1 e 3 aplicam-se à motocicleta inteira. Ocapítulo 2 apresenta os procedimentos de remoção/instalação de componentes que podem ser necessários MANUTENÇÃO 4para a execução de serviços descritos nos capítulosseguintes.Os capítulos 4 a 20 apresentam os componentes da SISTEMA DE LUBRIFICAÇÃO 5motocicleta, agrupados de acordo com sua localização.Localize o capítulo desejado nesta página e, em seguida,consulte o índice apresentado na primeira página do SISTEMA DE ALIMENTAÇÃO (PGM-FI) 6 MOTOR E TRANSMISSÃOcapítulo selecionado.A maioria dos capítulos inicia-se com uma ilustração dosistema ou conjunto, informações de serviço e diagnose REMOÇÃO/INSTALAÇÃO DO MOTOR 7de defeitos. As páginas subsequentes apresentamprocedimentos detalhados. CABEÇOTE/VÁLVULAS 8Se você não estiver familiarizado com esta motocicleta,leia o capítulo 2, “Especificações Técnicas”.Se a causa do problema for desconhecida, consulte o CILINDRO/PISTÃO 9capítulo 22, “Diagnose de Defeitos”.Sua segurança e a segurança de outras pessoas são de EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS 10grande importância. Para mantê-lo informado, incluímosmensagens de segurança e outras informações nestemanual. Infelizmente, é impossível alertar sobre todos os ALTERNADOR/EMBREAGEM DE PARTIDA 11riscos associados à realização de serviços neste veículo. CARCAÇA DO MOTOR/ÁRVORE DE MANIVELAS/Você deve utilizar seu próprio bom-senso.Você encontrará informações de segurança de várias TRANSMISSÃO/BALANCEIRO 12maneiras, tais como: RODA DIANTEIRA/SUSPENSÃO/• Etiquetas de segurança – localizadas no veículo.• Mensagens de segurança - precedida por um símbolo de SISTEMA DE DIREÇÃO 13 CHASSIalerta de segurança “!” e uma das três palavras, PERIGO,CUIDADO ou ATENÇÃO.Esta palavra tem o seguinte significado: RODA TRASEIRA/SUSPENSÃO 14p : Caso as instruções não sejam seguidas, você sofrerá ferimentos sérios ou fatais. SISTEMA DE FREIO 15c : Caso as instruções não sejam seguidas, vocêa poderá sofrer ferimentos sérios ou fatais. : Caso as instruções não sejam seguidas, você BATERIA/SISTEMA DE CARGA 16 SISTEMA ELÉTRICO poderá sofrer ferimentos.• Instruções: Como executar serviços neste veículo de maneira correta e segura. SISTEMA DE IGNIÇÃO 17Neste manual, você encontrará informações precedidas PARTIDA ELÉTRICA 18do símbolo de NOTA. O propósito desta mensagem éalertar a fim de evitar danos ao veículo, outraspropriedades ou ao meio ambiente. LUZES/INSTRUMENTOS/INTERRUPTORES 19TODAS AS INFORMAÇÕES, ILUSTRAÇÕES,INSTRUÇÕES E ESPECIFICAÇÕES INCLUÍDAS NESTA DIAGRAMA ELÉTRICO 20PUBLICAÇÃO SÃO BASEADAS NAS INFORMAÇÕESMAIS RECENTES DISPONÍVEIS NA OCASIÃO DAAPROVAÇÃO DA IMPRESSÃO DO MANUAL. A MOTO DIAGNOSE DE DEFEITOS 21HONDA DA AMAZÔNIA LTDA. SE RESERVA O DIREITODE ALTERAR AS CARACTERÍSTICAS DAMOTOCICLETA A QUALQUER MOMENTO E SEMPRÉVIO AVISO, NÃO INCORRENDO, ASSIM, EMOBRIGAÇÕES DE QUALQUER ESPÉCIE. NENHUMAPARTE DESTA PUBLICAÇÃO PODE SERREPRODUZIDA SEM PERMISSÃO POR ESCRITO. ESTEMANUAL FOI ELABORADO PARA PESSOAS QUETENHAM CONHECIMENTOS BÁSICOS SOBRE AMANUTENÇÃO DAS MOTOCICLETAS HONDA.MOTO HONDA DA AMAZÔNIA LTDA.Departamento de Serviços Técnicos