• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Defesa Dissertação Mestrado
 

Defesa Dissertação Mestrado

on

  • 2,778 views

 

Statistics

Views

Total Views
2,778
Views on SlideShare
2,711
Embed Views
67

Actions

Likes
0
Downloads
32
Comments
0

4 Embeds 67

http://welingtonfernandesprof.blogspot.com 34
http://welingtonfernandesprof.blogspot.com.br 23
http://www.slideshare.net 8
http://welingtonfernandesprof.blogspot.pt 2

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Defesa Dissertação Mestrado Defesa Dissertação Mestrado Presentation Transcript

    • As transformações ocorridas em escala global nas duas décadas passadas acabaram por criar novos estilos de atores sociais. Essas transformações originam-se do papel das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC’s) nas práticas sócio- econômicas.
    • A Sociedade da Informação propõe alguns desafios para o setor público, uma vez que a sociedade e organizações estão mais seletivos e demandam agilidade por informações e serviços. Assim a sociedade da informação estabelece novos padrões de desenvolvimento pautados na inserção da tecnologia da informação na gestão pública.
    • A informação para o trabalho é entendida como insumo para o desenvolvimento e implementação de políticas públicas nos três níveis de governos. O acesso e o direito ao uso da informação tornam-se requisitos para o exercício da cidadania, fatores que exigem do Website da Prefeitura Municipal de Betim uma avaliação.
    • A avaliação do Website da Prefeitura Municipal de Betim deve satisfazer aos objetivos dos gestores do website que é estar adaptado aos cidadãos betinenses e adequado à tarefa: busca e uso da informação.
    • A avaliação de usabilidade de um website de governo eletrônico pautada pela ótica dos profissionais que estudam esta dimensão em portais eletrônicos, está dentre os aspectos mais significativos da gestão pública. Pois permite identificar os problemas de uso do website que podem contribuir para a imposição de barreiras na busca, distribuição e uso da informação pública.
    • Geral Avaliar o Website da Prefeitura Municipal de Betim sob a ótica dos profissionais que estudam a dimensão usabilidade de portais eletrônicos. Específico Elaborar um guia de recomendações para que a Prefeitura Municipal de Betim possa corrigir todos os possíveis erros evidenciados na avaliação de usabilidade.
    • O problema proposto para esta pesquisa é: considera-se favorável a avaliação do Website da Prefeitura Municipal de Betim sob a ótica dos profissionais que estudam a usabilidade de portais eletrônicos?
    • O website da Prefeitura Municipal de Betim favorece a sua avaliação sob a ótica dos profissionais que estudam usabilidade de portais eletrônicos.
    • Jardim (2000) afirma que o governo eletrônico expressa uma estratégia pela qual o aparelho do Estado faz uso das novas tecnologias para oferecer à sociedade condições de acesso à informação e serviços governamentais, ampliando a qualidade desses serviços e garantindo maiores oportunidades de participação social no processo democrático.
    • Os recursos de informação do governo, na sociedade da informação, constituem-se em valiosos ativos econômicos, uma vez que tais recurso possam ser rapidamente coletados e transmitidos. McGee e Prusak (1994) percebem o papel da informação como um importante ativo que, de fato, necessita ser administrado da mesma forma que outros tipos de ativos como capital, propriedades e bens materiais.
    • As tecnologias da informação e comunicação possibilitaram o desenvolvimento de novas formas de geração, tratamento e distribuição da informação. Contudo, segundo Davenport (1998), apenas a tecnologia não basta, pois o fascínio direcionado para a tecnologia faz com que os usuários se esqueçam do objetivo principal da informação: informar.
    • Os atuais websites, por congregar várias tecnologias já existentes, tais como gestão de documentos, automação de escritórios, groupware, data warehouse, intranet, se propõem a ser uma ferramenta que consiga permear as principais etapas de um processo de gestão da informação que vão desde a obtenção passando pela distribuição e terminando com o uso da informação (DIAS, 2003, p. 15). Portanto, identificar os problemas de uso do website pode contribuir para que a prefeitura consiga reduzir as barreiras na busca, distribuição e uso da informação ali disseminada, almejando reduzir as incertezas dos usuários do website.
    • A pesquisa foi estruturada através do método de abordagem hipotético-dedutivo. Devido a estes fatores, o estudo exploratório parece ser o que melhor se encaixou ao projeto. Número de respondentes: Virzi citado por Memória (2004), afirma que são necessários 3 a 5 participantes para ter resultados relevantes.
    • Instrumento de Pesquisa O instrumento de pesquisa foi obtido através de uma compilação dos trabalhos de Dias (2001), Cybis (2003), Nielsen (2000) e Nascimento (2006).
    • Instrumento de Pesquisa
    • Website avaliado
    • Tabela 01 – Apuração das Sete Heurísticas Número de Respostas Tipo de Resposta Em percentual Em Absoluto Sim 144 56% Não 112 44% Soma 256 100% Fonte: O próprio autor Observou-se que os profissionais avaliaram que o Website de Betim possui um índice de aprovação de 56%, ou seja, que o mesmo possui uma avaliação razoável.
    • A pesquisa apontou que as heurísticas que mais apresentaram índices de rejeição foram as seguintes: Heurística 3 controle do usuário 62,5% Heurística 4 prevenção de erros 71% Heurística 6 flexibilidade e eficiência de uso 61%
    • Tabela 02–Heurística 1 Projeto Estético e Minimalista Número de Respostas Tipo de Resposta Em percentual Em Absoluto Sim 70 76% Não 22 24% Soma 92 100% Fonte: O próprio autor A heurística melhor avaliada foi a heurística 1 projeto estético e minimalista (76% de aprovação).
    • Tabela 03 – Apuração da Heurística 2 Visibilidade e reconhecimento do estado ou contexto atual e condução do usuário Número de Respostas Tipo de Resposta Em percentual Em Absoluto Sim 12 50% Não 12 50% Soma 24 100% Fonte: O próprio autor
    • O atributo utilizado foi a homepage e, por esta razão, deve ser discutida pelos desenvolvedores do Website, pois a heurística visa avaliar os objetos que orientam e conduzem os usuários. Segundo uma avaliadora “acho que o website poderia utilizar-se do conceito de ‘Migalhas-de- pão’ ou ‘Breadcrumbs’.
    • Tabela 04 – Apuração da Heurística 5 Consistência Número de Respostas Tipo de Resposta Em percentual Em Absoluto Sim 8 50% Não 8 50% Soma 16 100% Fonte: O próprio autor A não unanimidade observada permite sugerir melhorias nos atributos avaliados, pois segundo Dias (2001), a padronização de formatos e localizações torna o Website mais previsível, diminuindo a incidência de erros.
    • Tabela 05 – Apuração da Heurística 7 Compatibilidade com o contexto Número de Respostas Tipo de Resposta Em percentual Em Absoluto Sim 20 71% Não 8 29% Soma 28 100% Fonte: O próprio autor Esta heurística recebeu um índice de aprovação de 71% dos profissionais o que sugere que o atributo “estrutura do website” necessite de poucas correções.
    • Para a obtenção da pontuação da usabilidade do Website foi aplicada a seguinte fórmula: Pu = Percentual de Usabilidade Pu = (Nota obtida / 64 x número de respondentes) x 100 Pu = (144 / 256) x 100 = 56,25% Porcentagem de Usabilidade 0% - 25% Usabilidade Péssima 26% - 50% Usabilidade Fraca 51% - 75% Usabilidade Razoável 76% - 100% Usabilidade Excelente FONTE: O próprio autor
    • Segundo o valor de porcentagem de usabilidade obtido pelos especialistas (56,25%) conclui-se que o Website da Prefeitura Municipal de Betim possui um índice de aprovação de razoável. Vale ressaltar que algumas heurísticas e atributos obtiveram índices de rejeição muito elevados, o que reforça a necessidade de se adequar o Website.
    • Um importante quesito que observado foi o fato dos aspectos estéticos do Website terem uma melhor avaliação pelos especialistas do que os objetos de interação do portal com os usuários. Vale ressaltar que os objetos de interação do Website proporcionam aos cidadãos de Betim a possibilidade de poderem buscar e usar as informações de seu interesse.
    • A escolha e participação dos profissionais especialistas em usabilidade em portais foi essencial para garantir resultados satisfatórios e confiáveis no processo. Foi constatado a eficácia da técnica de heurística, da lista de verificação e dos guias de recomendações incorporados no instrumento de pesquisa para avaliar o Website da Prefeitura Municipal de Betim.
    • Portanto, este projeto teve como principal destaque aproximar o projeto do Website da Prefeitura Municipal de Betim dos profissionais que estudam a dimensão usabilidade e tornar viável a identificação e correção dos problemas mais freqüentes encontrados pelos usuários na interação com o portal para o processos de busca, seleção e uso de informações públicas..
    • A pesquisa revelou que colocar o nome da página principal em todas as páginas componentes do website, preferencialmente no canto superior esquerdo melhoram na orientação do usuário.
    • Quanto ao recurso “Bread Crumb Trail” ou “Caminhos de migalhas de pão”, vale ressaltar que a adoção deste recurso pode contribuir para a orientação do usuário durante a navegação. Quanto a acessibilidade a pesquisa revelou que o Website não pode ser lido por softwares destinados à pessoas portadoras de necessidades especiais principalmente deficientes visuais.
    • CYBIS, Walter de Abreu. Engenharia de usabilidade: uma abordagem ergonômica. Laboratório de Utilizabilidade de Informática. Florianópolis, UFSC. 2003. DAVENPORT, T. H. Ecologia da Informação: por que só a tecnologia não basta para o sucesso na era da informação. São Paulo: Futura, 1998. DIAS, Claudia. Usabilidade na web: criando portais mais acessíveis. Rio de Janeiro: Alta Books, 2003. 296 p. McGEE, James V.; PRUSAK, Laurence. Gerenciamento estratégico da informação: aumente a competitividade e a eficiência de sua empresa utilizando a informação como uma ferramenta estratégica. 7.ed. Rio de Janeiro: Campus, 1994. NIELSEN, Jakob. Projetando Websites. Tradução de Ana Gibson – Rio de Janeiro: Elsevier, 2000.