Comunicação empresarial aula 1

  • 5,376 views
Uploaded on

Aulas de Comunicação Empresarial com ênfase em Marketing

Aulas de Comunicação Empresarial com ênfase em Marketing

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
5,376
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
103
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. COMUNICAÇÃO EMPRESARIALAULA 1
  • 2. Bibliografia
    YANAZE, Mitsuru Higuchi. Gestão de Marketing e Comunicação. São Paulo: Saraiva, 2007
    KOTLER, Philip; KELLER, Kevin Lane. Administração de Marketing – 10. ed. São Paulo: Prentice Hall (Pearson), 2000.
    CHURCHILL Jr., Gilbert A. Marketing: criando valor paraocliente. 10. ed. São Paulo: Saraiva, 2000
     
     
    Bibliografia Complementar:
     
    COBRA, Marcos. Administração de marketing. 2.ed. São Paulo: Editora Atlas S.A, 1992.LEVITT, Theodore. A imaginação de marketing. 2.ed. São Paulo: Atual, 1990.
  • 3. Bibliografia cont.
    Site:
    www.eca.usp.br/organicom
    www.comunicacaoempresarial.com.br
  • 4. Ementa
    O contexto determinante da estratégia de comunicação: público-alvo, meio e mensagem, estratégias de comunicação para lançamento, sustentação e relançamento de serviços, idéias e instituições em seus respectivos mercados.
    Objetivos
    Gerais:
     
    Qualificar e capacitar os alunos para atuarem como gestores da comunicação empresarial. Proporcionar conhecimentos específicos à gestão das estratégias de comunicação empresarial, de forma a contribuir para o desenvolvimento e crescimento acadêmico.
  • 5. Objetivos específicos
    ✓ Fornecer subsídios teórico-gramaticais imprescindíveis à comunicação dentro das organizações.
    ✓ Capacitar o aluno a identificar os fluxos da comunicação empresarial sob diversas perspectivas.
    ✓ Evidenciar a comunicação organizacional como estratégica e essencial no âmbito empresarial, independente da área de atuação da empresa;
    ✓ Oferecer aos alunos instrumentos para que possam melhorar suas habilidades comunicacionais verbais (oral e escrita) e não-verbais no âmbito profissional;
    ✓ Oferecer aos alunos conhecimentos específicos e técnicas de apresentação em público (comunicação oral), de redação (comunicação escrita) e de interação face a face (comunicação não-verbal).
  • 6. Procedimentos metodológicos
    As atividades serão desenvolvidas através de fóruns de discussão, questionários de verificação do conteúdo. Trabalhos teóricos e produção, além de atividades interdisciplinares por meio de aula expositiva.
  • 7. CENP
    O Conselho Executivo das Normas-Padrão é uma entidade criada pelo mercado publicitário para fazer cumprir as Normas-Padrão da Atividade Publicitária, documento básico que define as condutas e regras das melhores práticas éticas e comerciais entre os principais agentes da publicidade brasileira.O CENP existe desde 1998, é presidido por Petrônio Corrêa e tem como seu principal gestor um Conselho Executivo, onde tem assento 22 representantes de Agências de Propaganda, Anunciantes, Veículos de Comunicação e Governo Federal.
  • 8. FENAPRO
    Federação Nacional das Agências de Propaganda.
    A FENAPRO disponibiliza ao mercado a mais completa
    "Coletânea de Leis" que regem a categoria econômica.
  • 9. SINAPRO
    QUE É:
    Sindicato das Agências de Propaganda do Estado de Goiás, antigo SindiPropaganda.
    QUE FAZ:
    Existe para proteger os direitos e interesses individuais ou coletivos da categoria perante as autoridades como um todo.
    COMO PODE AJUDAR:
    Existem diversas maneiras de ajudar publicitários ou suas empresa. Visite o site e descubra tudo que o sinapro oferece.
  • 10. CDC
    CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR
    Instrumento que serve prioritariamente ao cidadão, equilibrando as forças entre o consumidor e o fornecedor e também se desmistificou junto ao setor produtivo, que recebeu um forte incentivo para o aprimoramento de seus produtos e serviços, de suas práticas comerciais e de seus contratos de adesão
  • 11.
  • 12. O Conselho Superior do CONAR resolve:
    1. A “cláusula de advertência” prevista no item 5 do Anexo "A" conterá uma das seguintes frases:
    - "BEBA COM MODERAÇÃO"
    - “A VENDA E O CONSUMO DE BEBIDA ALCOÓLICA SÃO PROIBIDOS PARA MENORES”
    - “ESTE PRODUTO É DESTINADO A ADULTOS”
    - "EVITE O CONSUMO EXCESSIVO DE ÁLCOOL"
    - “NÃO EXAGERE NO CONSUMO”
    - “QUEM BEBE MENOS, SE DIVERTE MAIS”
    - "SE FOR DIRIGIR NÃO BEBA”
    - “SERVIR BEBIDA ALCOÓLICA A MENOR DE 18 É CRIME”
    Obs.: As frases acima não excluem outras, que atendam à finalidade e sejam capazes de refletir a responsabilidade social da publicidade
  • 13. Proposta para o 1º exercício prático
    Proposição do primeiro exercício – briefing de uma empresa. O aluno deve pesquisar um modelo de briefing e tentar preencher o máximo possível. Este briefing deve ser para uma empresa que o aluno gostaria de trabalhar sua Comunicação Empresarial.
  • 14. Modelo de trabalho
    desenvolvido por alunos da CEFET
    BUSCAR MATERIAL EXTRA NA XEROX
  • 15.
  • 16. DIREITOS GARANTIDOS
    COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL
    Conceito: é o que a empresa faz ou diz. Ou, também, o que não faz e não diz.
    Relações Públicas é a área que se preocupa em reconhecer, identificar e elaborar a comunicação da empresa com seu público.
  • 17. ENTREVISTACOMUNICAÇÃO EMPRESARIALEntrevista da jornalista Cleide Pinheiro, diretora da Temple Comunicação, sobre comunicação empresarial para o programa Sem Censura Pará, da TV Cultura.
  • 18.
  • 19. DIREITOS GARANTIDOS
    A arte de contarhistórias
    • Nada funciona se vocênãotiverumahistóriainteressante para contar.
    • 20. Tem que seralgoalém do trivial.
    • 21. Mas issonãoéumaregra.
  • Conclusão
    • Percebemos o mundoatravés dos nossossentidos
    • 22. Porémelesmostramummundofragmentado e incompleto.
    • 23. Nossapercepção da “REALIDADE”éumato de FÉbaseadoemmerosFRAGMENTOS.