Your SlideShare is downloading. ×
O que é android
O que é android
O que é android
O que é android
O que é android
O que é android
O que é android
O que é android
O que é android
O que é android
O que é android
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

O que é android

301

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
301
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
10
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. CEETEPS– CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA “PAULA SOUZA” ETEC FERNANDO PRESTES TÉCNICO EM INFOMÁTICA TECNOLOGIA MOBILES Sorocaba – SP 2014
  • 2. Wesley Germano Otávio Nº 20 TECNOLOGIA MOBILES Pesquisa referente Android para a Disciplina de TM Professor: Thiago Rariz Sorocaba-SP 2014
  • 3. SUMÁRIO 1. O QUE É ANDROID?...................................................................................................4 2. QUAIS AS VERSÕES EXISTENTES DO ANDROID? ...........................................4 3. O QUE É ROM (OU fiRMWARE) ?............................................................................8 4. O QUE É CUSTOM ROM? .........................................................................................9 5. O QUE É ROM RETAIL?...........................................................................................10 6. O QUE É FAZER WIPE?...........................................................................................10 7. O QUE É FAZER ROOT? .........................................................................................10 8. BIBLIOGRAFIA ...........................................................................................................11
  • 4. 4 1. O QUE É ANDROID? É um sistema operacional baseado no núcleo do Linux para dispositivos moveis, desenvolvido pela Open Handset Alliance, liderado pela Google Inc. sendo utilizado por grandes fabricantes de celulares, como HTC, Samsung, Sony, Motorola e LG. Além disso, a loja virtual Google Play tem aplicativos e jogos tanto gratuitos quanto pagos para os smartphones e tablets com Android. O sistema operacional são programas que gerenciam todas as tarefas de um dispositivo, e nos fornece uma interface visual para que possamos interagir com um sistema eletrônico sem necessariamente saber o que acontece dentro dele. 2. QUAIS AS VERSÕES EXISTENTES DO ANDROID? Android 1.0 (Astro) API Nível 1 – Lançado em 23 de Setembro de 2008 Voltado principalmente para negócios, esta versão tinha como principais características suporte a navegadores HTML, reprodução de vídeos via YouTube, além de serviços como GTalk, Gmail, Google Maps e Google Sync. Logo em sua primeira versão, implantou a janela de notificações, além de já possuir o Android Market para o download e atualização de apps. Android 1.1 – Lançado em 9 de Fevereiro de 2009; Android 1.5 (Cupcake) - Lançado em 30 de Abril de 2009, primeira versão a usar oficialmente um nome baseado em uma sobremesa, tema que seria usado para todas as versões. Lançada em abril de 2009, a segunda versão do Android foi a primeira disponível comercialmente em grande escala. A atualização trouxe correções de bugs e muitas funcionalidades ao sistema do Google. Além disso, o Cupcake chegou com o primeiro telefone touchscreen com a plataforma, o HTC Magic Outra novidade da versão foi a introdução ds widgets de terceiros, além de uma ferramenta de copiar e colar, opção de captura de vídeo na câmera, upload de
  • 5. 5 conteúdo para YouTube e Picasa. O Android Cupcake trouxe ainda o suporte a reprodução de vídeos, transições animadas de tela, opção de autorrotação de display e adição de fotos aos contatos favoritos. Android 1.6 (Donut) - Lançado em 15 de Setembro de 2009, baseado no Linux Kernel 2.6.29; Cinco meses após a estreia do Cupcake, o Android Donut chegou com o mesmo padrão visual do sistema anterior, porém ganhou novos recursos. Foram incluídos mais comandos de voz na busca de conteúdo, online e offline, integração entre galeria e câmera, melhor busca de apps no Android Market, com screenshots, e suporte a telas com resolução WVGA. Android 2.0 e 2.1 (Eclair) - Lançado em 26 de Outubro de 2009 Com papeis de parede animados, interface repaginada e novas funcionalidades, o Eclair foi lançado em outubro de 2009 e atualizado em janeiro de 2010. Nesta versão, surgiu o suporte a sincronização de contas, o que permitiu que os usuários adicionassem múltiplas contas em um dispositivo para sincronização de e-mails e contatos. O sistema ganhou também Bluetooth 2.1, expansão de opções ao tocar um contato, busca por maior número de conteúdo e novos recursos de câmera (suporte a flash, zoom digital, macro e modos de cena). Também foi adicionado uma digitação via teclado virtual mais arrojada, suporte a mais resoluções de tela, além de melhorias em apps como browser, calendário e Google Maps. Android 2.2 (Froyo) – Lançado em 20 de Maio de 2010, Froyo abreviatura de Frozen Yogurt Lançado em 2010 com engine Java V8 e compilador JIT, esta versão se tornou a mais rápida do Android até então. Entre suas novas possibilidades estavam o USB Tethering e a possibilidade de usar o smartphone como um hotspot Wi-Fi.
  • 6. 6 Com ele, os usuários também puderam rodar conteúdo Flash, ver miniaturas de fotos em 3D, além de melhorias no desempenho, chamadas por voz, opção para desativar o uso de dados de 3G, troca rápida de idiomas no teclado. O sistema ganhou ainda suporte aos displays de até 320 ppi e 720p. Android 2.3 (Gingerbread) - Lançado em 6 de Dezembro de 2010 Apenas seis meses após o lançamento do Froyo, o Gingerbread manteve as mesmas características visuais do antecessor, com apenas alguns pequenos updates, como na interface de discagem. O sistema ganhou ainda um novo gerenciador de downloads, suporte para múltiplas câmeras, além de mais sensores (giroscópio e barômetro), melhora na autonomia de bateria e compatibilidade com a tecnologia NFC. Lançado em dezembro de 2010, esta foi a mais popular versão do sistema por muito tempo. Android 3.0/ 3.2 (Honeycomb) - Lançado em 22 de Fevereiro de 2011, A primeira atualização Android só de Tablets, o primeiro dispositivo com essa versão, o Motorola Xoom. O Android 3.0, lançado em fevereiro de 2011, ganhou suporte a tablets e nova interface “holográfica”. Foi adicionada as barras de sistema, com acesso rápido a notificações; a de ação, com acesso a opções de aplicativos, além de multitarefas simplificado, teclado redesenhado e navegação em abas na Internet. A edição Honeycomb trouxe também recursos de câmera (time-lapse, exposição e foco), visualização de álbuns em tela cheia na galeria, bate-papo em vídeo via Google Talk, além de suporte para processadores de múltiplos núcleos e criptografia de dados. Android 4.0 (Ice Cream Sandwich) - Lançado em 19 de Outubro de 2011, Google Gabe Cohen declarou que o Android 4.0 foi teoricamente compatível com qualquer Android dispositivo 2.3x em produção na época. O código fonte tornou-se disponível em 14 de Novembro de 2011.
  • 7. 7 O Android 4.0 é o divisor de águas entre as primeiras versões e o atual. Lançado em outubro de 2011 e atualizado em março de 2012, passou a permitir uma total customização de launcher, com opção de adicionar apps e widgets simplesmente arrastando-os para a sua tela principal, suporte a pastas, gerenciador de tarefas com screenshots dos aplicativos, recurso de deslizar para fechar, além do Google Chrome embutido. Entre as novidades também estão captura de imagens do display, acesso a apps na tela de bloqueio, desbloqueio do celular com reconhecimento facial e editor de fotos embutido. Houve ainda melhorias na câmera, gerenciamento de bateria, utilização de dados e conectividades sem fio. Androids 4.1, 4.2 e 4.3 (Jelly Bean) - O Google anunciou o Android 4.1 (Jelly Bean) no Google I / O de conferência em 27 de junho de 2012. Baseado no Linux kernel 3.0.31, Jelly Bean era uma atualização incremental com o objetivo principal de melhorar a funcionalidade e desempenho da interface do usuário. A melhora de desempenho envolvidos "Project Butter" ("Projeto Manteiga", em tradução livre do inglês), que usa antecipação de toque, buffer triplo, estendida vsync tempo e uma taxa de quadros fixa de 60 fps para criar um fluido e "amanteigado suave" UI. Android 4,1 Jelly Bean foi liberado para o Android Open Source Project em 9 de julho de 2012, e do Nexus 7 tablet, o primeiro dispositivo a rodar Jelly Bean, foi lançado em 13 de julho de 2012. Google era esperado para anunciar Jelly Bean 4,2 em um evento em Nova York em 29 de outubro de 2012, mas o evento foi cancelado devido ao furacão Sandy. Em vez de remarcar o evento ao vivo, o Google anunciou a nova versão com um comunicado de imprensa, sob o título "Um novo sabor de Jelly Bean" slogan. Os primeiros dispositivos para rodar Android 4,2 foram LG 's Nexus 4 e Samsung 's Nexus 10, que foram lançadas em 13 de novembro de 2012. No dia 24 de Julho de 2013 foi anunciado oficialmente pela Google a atualização do Android 4.3 Jely Bean para a linha Nexus.
  • 8. 8 o Jelly Bean tem três edições. A primeira, 4.1, foi lançada em julho de 2012 com opções de acessibilidade melhoradas, notificações expansíveis, opção de desativar alertas app por app, reorganização automática de atalhos e widgets, transferência de dados de Bluetooth para o Android Beam, melhorias na busca por voz e na câmera, além da adição do auxiliar Google Now. O Android 4.2, que saiu em novembro de 2012, adicionou mais recursos: fotos panorâmicas em 360 graus com o Photo Sphere, teclado com a digitação via gestos, melhorias na tela de bloqueio, multiusuários, novo app de relógio, VPN sempre ligado, mensagens em grupo, além de correções de bugs. Já na 4.3, que saiu em julho deste ano, os destaques ficaram por conta do suporte ao Bluetooth com baixo consumo de energia, resolução 4K e interface de câmera atualizada. Android 4.4 (Kit Kat) - Pela primeira vez com um nome de uma marca e não de um doce em si, o Android Kit Kat foi anunciado em setembro de 2013 pelo Google e pela Nestlé. Esse acordo prevê ainda campanhas de marketing em conjunto, com vale-brindes de aparelhos Nexus 3 e de conteúdo na Play Store. 3. O QUE É ROM (OU fiRMWARE) ? Em eletrônica e computação, firmware é o conjunto de instruções operacionais programadas diretamente no hardware de um equipamento eletrônico. É armazenado permanentemente num circuito integrado (chip) de memória de hardware, como uma ROM, PROM, EPROM ou ainda EEPROM e memória flash, no momento da fabricação do componente. Muitos aparelhos simples possuem firmware, entre eles: controles-remotos, calculadora de mão, algumas partes do computador, como disco rígido, teclado, cartão de memória, muitos instrumentos científicos e robôs. Outros aparelhos mais complexos como celulares, câmeras digitais, sintetizadores, entre outros, também possuem um firmware para a execução de suas tarefas. Não há fronteiras rígidas entre firmware e software, pois ambos são termos descritivos bastante livres. Contudo, o termo firmware foi originalmente inventado
  • 9. 9 para contrastar com software de alto nível que poderia ser alterado sem a troca de um componente de hardware, e o firmware está normalmente envolvido com operações muito básicas de baixo nível das quais sem um dispositivo seria completamente não-funcional. Como o Android é um sistema mais aberto, certas “peças integrantes” dele, que não são centrais ao sistema operacional, podem ser trocadas causando profundas alterações, como é o caso dos launchers, que mudam completamente a interface do sistema. Apesar de darem uma aparência nova ao Android, a troca de um launcher não altera o sistema operacional. Trata-se apenas de um app que substitui a interface gráfica original. Passar de uma versão para outra do sistema operacional, no entanto, apenas com a substituição do firmware do aparelho. A rom ou firmware é o software do aparelho, o sistema dele. Quando se fala em atualização da rom ou firmware, significa atualizar o sistema operacional dele. Esse tipo de atualização e dividida em dois jeitos diferentes: Full = atualização que apaga todos os dados do seu aparelho. Service =atualiza somente seu sistema, mais não apaga nada. 4. O QUE É CUSTOM ROM? É uma ROM Alterada / Melhorada / Customizada por comunidades sem ligação com os fabricantes ou relacionadas indiretamente. Essas customizações personalizam as ROMs das fabricantes visando acrescentar e liberar funcionalidades que os usuários acreditam ser pertinentes para uso frequente. Há versões feitas a partir de modificações do sistema do fabricante, ou ainda as construídas do zero, com base no código fonte original do Android, fornecido pelo Google no Android Open Source Project (AOSP). Elas podem ser instaladas em smartphones e tablets, substituindo o sistema operacional original fornecido pelo fabricante.
  • 10. 10 5. O QUE É ROM RETAIL? A rom retail é basicamente a rom sem configurações de operadoras telefônicas. 6. O QUE É FAZER WIPE? Isto significa apagar os dados do telefone, e divide-se em 4 partes: Wipe Cache: limpa o cache do sistema. Wipe Data/Factory Reset: Limpa todo o sistema operacional do aparelho (também pode ser chamado de Hard Reset) Wipe Dalvik Cache: Limpa o Cache Dalvik do sistema (cache dos aplicativos). 7. O QUE É FAZER ROOT? Root é acesso ao sistema como super usuário, assim como no Linux. A partir do momento que você tem root, você pode remover aplicativos do sistema, mexer em pastas do sistema em si, utilizar alguns programas, como o Titanium Backup (bastante utilizado para backup dos dados do aparelho) e fazer várias outras coisas que um usuário comum não pode. Sim, é seguro, quando feito corretamente. Ele pode ser desfeito tão facilmente quanto é feito. Para quem tem um Android com root estão a possibilidade de fazer backup e rastreamento do sistema, realizar o overclocking do processador - o que faz com que o hardware do aparelho dê o máximo de sua potência -, além de instalar versões mais recentes do Android que não foram liberadas oficialmente. Atualmente temos 3 aplicativos muito bons para conseguir root: z4root, Universal Androot e SuperOneClick.
  • 11. 11 8. BIBLIOGRAFIA  Histórico de Versões do Android. Wikipédia. Disponível em :<http://pt.wikipedia.org/wiki/Anexo:Hist%C3%B3rico_de_vers%C3%B 5es_do_Android>. Acesso em: 28/05/2014  Cinco anos de android, relembre a história e todas as versões do sistema. Tech Tudo. Disponível em:<http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2013/09/cinco-anos- de-android-relembre-historia-e-todas-versoes-do-sistema.html>. Acesso em: 28/05/2014  Custom ROMs no Android: Sai o Android de fábrica, entra outro com a sua cara. Disponível em:<http://www.techtudo.com.br/artigos/noticia/2011/11/custom-roms- no-android-sai-o-android-de-fabrica-entra-outro-com-sua-cara.html>. Acesso em: 28/05/2014  Firmware. Wikipédia. Disponível em:<http://pt.wikipedia.org/wiki/Firmware>. Acesso em: 28/05/2014  Glossario de tremos do Android. Mestre do Android. Disponível em :<http://www.mestreandroid.com.br/glossario-de-termos-android/>. Acesso em: 28/05/2014  O que significa fazer Wipe no meu android?. Disponível em:<http://www.usuariox.com.br/perguntas/2514/o-que-significa-fazer- wipe-no-meu-android>. Acesso em: 28/05/2014

×