controle de versão distribuídoconhecendo o GIT
<eu>
Wilson Guimarães         wegneto@gmail.com                  @wegneto  pensandoalgo.wordpress.com          github.com/wegneto
frameworkDemoiselle
</eu>
“WWCVSND” O que o CVS não faria?
Como funciona?
Fonte: http://commons.wikimedia.org/wiki/File%3AGit_data_flow_simplified.svgBy Cmglee (Own work) [CC-BY-SA-3.0 (http://cre...
Efeitos “colaterais”
Efeitos “colaterais”     Tudo é mais rápido
Efeitos “colaterais”     Tudo é mais rápido     Múltiplos backups
Efeitos “colaterais”     Tudo é mais rápido     Múltiplos backups      Trabalho offline
Para saber mais...     git-scm.com
Conhecendo o GIT
Conhecendo o GIT
Conhecendo o GIT
Conhecendo o GIT
Conhecendo o GIT
Conhecendo o GIT
Conhecendo o GIT
Conhecendo o GIT
Conhecendo o GIT
Conhecendo o GIT
Conhecendo o GIT
Conhecendo o GIT
Conhecendo o GIT
Conhecendo o GIT
Conhecendo o GIT
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Conhecendo o GIT

521
-1

Published on

Lightning talk sobre o GIT, realizado no SERPRO, dentro do II Encontro Ágil, promovido pelo grupo LinguÁgil.

Published in: Technology
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
521
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
6
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • Boa tarde! Estou aqui hoje para bater um papo sobre controle de vers&amp;#xE3;o distribu&amp;#xED;do, mais especificamente, sobre o GIT...\n
  • Antes de mais nada, deixe eu me apresentar....\n
  • \n
  • De brincadeira, arrisco umas notas por a&amp;#xED;...\n
  • e pra viver sou analista de sistemas do SERPRO e trabalho na equipe respons&amp;#xE1;vel pela manuten&amp;#xE7;&amp;#xE3;o e evolu&amp;#xE7;&amp;#xE3;o do Framework Demoiselle. Mas isso &amp;#xE9; outra hist&amp;#xF3;ria. O papo aqui &amp;#xE9; outro...\n
  • Agora chega de falar de mim. Vamos ao que interessa e falar sobre controle de vers&amp;#xE3;o...\n
  • Quem trabalha com c&amp;#xF3;digo fonte provavelmente utiliza isso diariamente. ClearCase, Perforce, CVS e sua (evolu&amp;#xE7;&amp;#xE3;o?) Subversion s&amp;#xE3;o alguns exemplos. Se voc&amp;#xEA; n&amp;#xE3;o trabalha assim, ent&amp;#xE3;o... deixa pra l&amp;#xE1;. E o GIT? Bem, o GIT &amp;#xE9; sistema de controle de vers&amp;#xE3;o distribu&amp;#xED;do...\n
  • ... Open source ...\n
  • ... projetado e desenvolvido, inicialmente, para o desenvolvimento do kernel do Linux. Um dos grandes motivadores para a sua cria&amp;#xE7;&amp;#xE3;o foi a insatisfa&amp;#xE7;&amp;#xE3;o de Linus Torvalds com os sistemas de controle de vers&amp;#xE3;o existentes. Por isso, algumas premissas b&amp;#xE1;sicas foram definidas como, por exemplo....\n
  • ... tomar o CVS como exemplo do que N&amp;#xC3;O fazer. Na d&amp;#xFA;vida, fa&amp;#xE7;a exatamente o oposto. Segundo ele, nos primeiros 10 anos de desenvolvimento do kernel, a colabora&amp;#xE7;&amp;#xE3;o era feita atrav&amp;#xE9;s de patches, que &amp;#xE9; algo muito superior ao CVS. A preocupa&amp;#xE7;&amp;#xE3;o com a colabora&amp;#xE7;&amp;#xE3;o deu origem a outra premissa...\n
  • ... que tivesse suporte &amp;#xE0; distribui&amp;#xE7;&amp;#xE3;o. Nesse modelo, acaba aquela hist&amp;#xF3;ria &amp;#x201C;Commit access&amp;#x201D;. N&amp;#xE3;o &amp;#xE9; preciso solicitar autoriza&amp;#xE7;&amp;#xE3;o para ningu&amp;#xE9;m para dar commit no seu reposit&amp;#xF3;rio. Daqui a pouco voc&amp;#xEA;s v&amp;#xE3;o entender porque falei SEU reposit&amp;#xF3;rio. Al&amp;#xE9;m disso, existe uma s&amp;#xE9;rie de outros benef&amp;#xED;cios como, por exemplo, a exist&amp;#xEA;ncia de ciclos concorrentes de desenvolvimento/teste/release.\n
  • Fato, precisaria ser algo que possibilitasse uma forte garantia contra dados corrompidos, seja de forma acidental ou intencional. As tr&amp;#xEA;s caracter&amp;#xED;sticas citadas at&amp;#xE9; aqui j&amp;#xE1; eliminavam quase todas as solu&amp;#xE7;&amp;#xF5;es existentes. Mas o golpe de miseric&amp;#xF3;rdia foi a &amp;#xFA;ltima...\n
  • ... alta performance. Este realmente &amp;#xE9; o calcanhar de Aquiles da maioria dos sistemas de controle de vers&amp;#xE3;o. O fato &amp;#xE9; que qualquer coisa que dependa de tr&amp;#xE1;fego de rede ser&amp;#xE1; lenta. A performance n&amp;#xE3;o deve ser considerado como algo secund&amp;#xE1;rio: afeta como voc&amp;#xEA; trabalha e a qualidade do seu trabalho. Imagine esperar 30 segundos para baixar um c&amp;#xF3;digo simples...\n
  • O mais legal em rela&amp;#xE7;&amp;#xE3;o aos SCM&amp;#x2019;s distribu&amp;#xED;dos, como o GIT, &amp;#xE9; o fato deles serem DISTRIBU&amp;#xCD;DOS. Isso significa que, ao inv&amp;#xE9;s de fazer o checkout de um c&amp;#xF3;digo do reposit&amp;#xF3;rio, voc&amp;#xEA; ir&amp;#xE1; guardar todo o reposit&amp;#xF3;rio localmente. Isso &amp;#xE9; feito atrav&amp;#xE9;s de um conceito chamado de...\n
  • ... clonagem do reposit&amp;#xF3;rio. Dessa forma, n&amp;#xE3;o h&amp;#xE1; necessidade de submeter todo e qualquer commit ao servidor. CONTROLE DE VERS&amp;#xC3;O N&amp;#xC3;O &amp;#xC9; BACKUP. Algo s&amp;#xF3; ser&amp;#xE1; submetido ao reposit&amp;#xF3;rio central quando for de interesse para os outros colaboradores do projeto. Tudo o que voc&amp;#xEA; faria remotamente, como a utiliza&amp;#xE7;&amp;#xE3;o de branches, por exemplo, pode ser feito localmente.\n
  • Uma vez feito o clone, voc&amp;#xEA; ter&amp;#xE1; uma estrutura como essa. Lembra quando falei SEU REPOSIT&amp;#xD3;RIO? Pois &amp;#xE9;, era sobre isso que eu falava. Nessa estrutura, voc&amp;#xEA; faz mis&amp;#xE9;ria: branches, merge... tudo isso localmente...\n
  • \n
  • \n
  • \n
  • Alguns sites que oferecem hospedagem gratuita para reposit&amp;#xF3;rios GIT.\n
  • Alguns sites que oferecem hospedagem gratuita para reposit&amp;#xF3;rios GIT.\n
  • Alguns sites que oferecem hospedagem gratuita para reposit&amp;#xF3;rios GIT.\n
  • Alguns sites que oferecem hospedagem gratuita para reposit&amp;#xF3;rios GIT.\n
  • Alguns sites que oferecem hospedagem gratuita para reposit&amp;#xF3;rios GIT.\n
  • Alguns sites que oferecem hospedagem gratuita para reposit&amp;#xF3;rios GIT.\n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • Conhecendo o GIT

    1. 1. controle de versão distribuídoconhecendo o GIT
    2. 2. <eu>
    3. 3. Wilson Guimarães wegneto@gmail.com @wegneto pensandoalgo.wordpress.com github.com/wegneto
    4. 4. frameworkDemoiselle
    5. 5. </eu>
    6. 6. “WWCVSND” O que o CVS não faria?
    7. 7. Como funciona?
    8. 8. Fonte: http://commons.wikimedia.org/wiki/File%3AGit_data_flow_simplified.svgBy Cmglee (Own work) [CC-BY-SA-3.0 (http://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0) or GFDL (http://www.gnu.org/copyleft/fdl.html)], via Wikimedia Commons
    9. 9. Efeitos “colaterais”
    10. 10. Efeitos “colaterais” Tudo é mais rápido
    11. 11. Efeitos “colaterais” Tudo é mais rápido Múltiplos backups
    12. 12. Efeitos “colaterais” Tudo é mais rápido Múltiplos backups Trabalho offline
    13. 13. Para saber mais... git-scm.com
    1. A particular slide catching your eye?

      Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

    ×