Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
Ferramentas Colaborativas
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Ferramentas Colaborativas

  • 1,593 views
Published

Apresentação para a Mostra de trabalhos desenvolvidos nos laboratórios de informática da Rede Municipal de Ensino de Vitória em 2009

Apresentação para a Mostra de trabalhos desenvolvidos nos laboratórios de informática da Rede Municipal de Ensino de Vitória em 2009

Published in Education , Technology
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
  • Este trabalho está inscrito na Mostra de trabalhos desenvolvidos em escolas da Rede Municipal de Ensino de Vitória em 2009.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
  • apresentação em 15 de dezembro 2009
    Are you sure you want to
    Your message goes here
No Downloads

Views

Total Views
1,593
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4

Actions

Shares
Downloads
17
Comments
2
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Ferramentas Colaborativas (Fotolog e Blog) Washington Felix Rocha Vitória-ES 2010
  • 2. Ferramentas Colaborativas “ As ferramentas colaborativas são concebidas para auxiliar na interação de grupos distantes ou não geograficamente. Pode ser utilizado para fortalecer a comunicação, colaboração e cooperação” Blog “ Um weblog ou blog é uma página web com notas colocadas em ordem cronológica inversa, de forma que a anotação mais recente é a que primeiro aparece.” Fotolog “ Um flog (também fotolog, fotoblog ou fotoblogue) é um registo publicado na World Wide Web com fotos colocadas em ordem cronológica, ou apenas inseridas pelo autor sem ordem, de forma parecida com um blog”
  • 3. Justificativa Nosso projeto traz para o debate a necessidade da participação efetiva de toda a comunidade escolar na utilização de recursos do computador, conectado à Internet, e máquina fotográfica digital. A utilização, nos dias de hoje, das ferramentas colaborativas tais como fotolog, blog e outras atividades em rede, passa a ser um dos meios viáveis de comunicação entre os participantes e de baixo custo. Nesse sentido, para os pais, permite o acompanhamento diários das atividades proposta no interior da escola; para os professores, vem servir como ferramenta de entretenimento, registro e até de avaliação profissional e dos alunos; para os alunos, o protagonista em questão, trabalha a relação dos que estão à sua volta, permitindo o exercício da escrita e demais habilidades realizadas no ambiente escolar na perspectiva da inclusão digital; para o professor de informática educacional, uma ferramenta de trabalho e de interação com a comunidade escolar. A idéia aqui posta é permitir a elaboração de um meio de divulgação e de registro na perspectiva do processo histórico por que passam os envolvidos no projeto.
  • 4. Segundo Santoro et al (2002), há pessoas que não sabem e até mesmo não desejam trabalhar em equipe, segundo esses autores não sabem por falta de orientação ou por experiências anteriores ruins ou, ainda, por características e preferências pessoais que fazem com que o trabalho individual seja mais atraente. Diante disto, torna-se necessário utilizar estratégias motivadoras para incentivar o trabalho colaborativo e oferecer facilidades para este tipo de aluno ou, ainda, pensar em atividades flexíveis, nas quais seja possível também o trabalho individual.
  • 5. “ As atividades colaborativas reestruturam as relações sociais e os papéis dos sujeitos no processo educativo, pois os alunos passam a serem responsáveis pela organização do trabalho, buscam fontes alternativas de pesquisas e têm o foco nas contribuições dos integrantes do grupo. O professor, por sua vez, passa a ser fundamental no planejamento da atividade e na concepção da proposta, pois durante o desenvolvimento da atividade orienta os alunos e os auxilia na resolução de suas dúvidas. Contudo, cabe ao grupo definir a sua trajetória.”
  • 6. … Conforme observado por Valente (1993): “ [...] o computador não é mais o instrumento que ensina o aprendiz, mas a ferramenta com a qual o aluno desenvolve algo, e, portanto, o aprendizado ocorre pelo fato de estar executando uma tarefa por intermédio do computador. (p.8)”
  • 7. Fontes: FOTOLOG http://www.fotolog.terra.com.br/emefcaa http://www.fotolog.terra.com.br/emefol BLOG http://www.informaticaeducacional.zoomshare.com/ http://www.professorwashington.zoomshare.com/ http://professorwashington.no.comunidades.net/ http://vixinformaticaeducacional.blogspot.com/ OUTROS http://www.google.com.br http://www.youtube.com/watch_popup?v=m5qcvKPd2QQ http://www.youtube.com/watch?v=f0E0V6d2OAs&feature=player_embedded http://www.youtube.com/watch?v=0xMaK3TqGyQ&feature=player_embedded Software Educacional Gcompris
  • 8. Referências Bibliográficas: Cadernos de Pesquisa em Educação / Universidade Federal do Espírito Santo, Centro Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação. V. 12, n. 23 (dez.) 1995). Vitória: PPGE, 1995 Coscarelli, Carla Viana, org. Novas tecnologias, novos textos, novas formas de pensar / organizado por Carla Viana Coscarelli. - 32ª ed. - Belo Horizonte: Autêntica, 2006. SANTORO, F. M.; BORGES, M. R. S.; SANTOS, N. Um modelo de cooperação para aprendizagem baseada em projetos com foco no processo cooperativo e workflow. In: Simpósio Brasileiro deInformática na Educação, 12, 2002, Porto Alegre. Anais XII Simpósio Brasileiro de Informática na Educação. Porto Alegre> UNISINOS, 2002. P. 358 – 367. VALENTE,José Armando. “Diferentes usos do computador na educação. “ Em aberto, Brasília, ano 12, n.57 p. 3-16, jan./mar. 1993.