• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Sistemas de Gestão Empresarial no Agronegócio - Parte 01
 

Sistemas de Gestão Empresarial no Agronegócio - Parte 01

on

  • 7,575 views

 

Statistics

Views

Total Views
7,575
Views on SlideShare
7,560
Embed Views
15

Actions

Likes
2
Downloads
110
Comments
0

2 Embeds 15

http://www.slideshare.net 14
http://wa.w4solutions.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Sistemas de Gestão Empresarial no Agronegócio - Parte 01 Sistemas de Gestão Empresarial no Agronegócio - Parte 01 Presentation Transcript

    • Sistemas de Gestão Empresarial no Agronegócio 1
    • Sistemas de Gestão Empresarial no Agronegócio Apresentação Wariston Fernando Pereira Pós Graduando em MBA em Gestão Estratégica e Inteligência em Negócios; Graduado em Ciência da Computação; Trainee – Centro Universitário do Sul de Minas –Varginha; Análise e Desenvolvimento de Sistemas; Gerência de Redes; Disciplinas: Laboratório e Orientação de Estágio Email: wa@unis.edu.br Site: http://wa.w4solutions.com Tel.: (35) 3219-5124 2
    • Sistemas de Gestão Empresarial no Agronegócio Ementa Sistema de informações. Descrição e análise de processos de negócios. Arquitetura de sistemas informações integrados. Processos de negócios em cadeias agroindustriais. Sistemas informatizados de gestão empresarial (ERP). Sistemas informatizados de suprimento de cadeias de produção (SCM). Aplicações no agronegócio. 3
    • Sistemas de Gestão Empresarial no Agronegócio Objetivos Ajudar o aluno a compreender a organização de uma forma sistêmica, fazendo com que ele visualize como os processos são afetados pelos Sistemas de Informação e como a Tecnologia da Informação pode auxiliar em processos gerenciais e decisórios no agronegócio. 4
    • Sistemas de Gestão Empresarial no Agronegócio Avaliação de Aprendizagem e Pontuação Aspectos à serem avaliados: Comprometimento e interesse com a disciplina; Envolvimento nas discussões e debates acerca do conteúdo ministrado; Pontualidade, correção e participação nos trabalhos em classe e extra-classe. Instrumentos de Avaliação Trabalhos em Classe e Extra-classe; Discussões e Debates; Avaliação Escritas. Distribuição das Notas 1ª. Nota: 50 + 50 pontos; 2ª. Nota: 50 + 50 pontos; 3ª Nota: Apresentação de Trabalhos 70 Pontos 5 + Avaliação Global 30 pontos.
    • Sistemas de Gestão Empresarial no Agronegócio Bibliografia BIBLIOGRAFIA BÁSICA: •LAUDON E LAUDON – Gerenciamento de Sistemas de Informação. Editora LTC, 2001 – 3ª Edição •STAIR, Ralph M. – Princípios de Sistemas de Informação. Editora LTC, 2002 – 4ª Edição •ARAÚJO, N.B., WEDEKIN, I. e PINAZZA, L.A. Complexo Agroindustrial: o quot;agribusiness brasileiroquot;. São Paulo, Agroceres, 1990. •CARVALHO, H.M. Abordagem Operacional da Teoria de Sistemas Aplicada à Produção Agrícola. Bandeirantes, FFALN, 1976. BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR: •MANAS, Antonio V. – Administração de Sistemas de Informação. Editora Érica, 1ª Edição •BATALHA, M. O. (Coord.). Gestão agroindustrial. 2.ed. São Paulo: Atlas, 2001. 2v. •LUCAS, Henry C., Jr. Tecnologia da Informação - Tomada de Decisão Estratégica para Administradores Sites: http://www.portaldoagronegocio.com.br/ http://www.gestaodoagronegocio.com.br/ 6 http://www.agrosoft.org.br/
    • Sistemas de Gestão Empresarial no Agronegócio Dados versus Informação DADOS consistem em fatos não trabalhados como um nome de empregado, endereço, numero de peças em estoque, etc. Dado Nome Dado Escolaridade 7
    • Sistemas de Gestão Empresarial no Agronegócio Dados versus Informação INFORMAÇÃO é a coleção de DADOS organizados de modo a adquirirem valor, ou seja, são DADOS tratados por algum processo de transformação: seleção, organização, etc) Por exemplo, podemos equiparar os dados à pedaços de madeiras, onde os pedaços possuem o valor de um simples objeto, porém se empilharmos os pedaços de uma forma A ou B teremos resultados maior valor. a) degraus; b) caixote; c)escada; d) caixa 8
    • Sistemas de Gestão Empresarial no Agronegócio Dados versus Informação Processo de Dados Transformação Informação ( Seleção, Organização e Manipulação de Dados ) 9
    • Sistemas de Gestão Empresarial no Agronegócio Conhecimento Representa a percepção e compreensão de um conjunto de informações, e como estas informações podem ser úteis para um tarefa específica. Por exemplo, ao se construir um escada, é necessário o conhecimento de que os degraus da escada precisam ser colocados na horizontal e as pernas na vertical. O conjunto de dados, regras, procedimentos e relacionamentos que precisam ser seguidos para agregar valor ou alcançar resultados constituem a base do conhecimento. Informação A Base Informação B de Conhecimento Informação C 10
    • Sistemas de Gestão Empresarial no Agronegócio Importância da Informação A informação hoje é de vital importância no processo decisório, e para exercer seu valor deve ser precisa, clara e completa, pois do contrário poderá levar os gerentes e gestores à uma decisão errônea. Algumas características da informação valiosa: Precisa: A informação precisa não contém erros; Completa: Contém fatos importantes; Econômica: Deve ser viável economicamente; Flexível: Pode ser usada numa variedade de propósitos; Confiável: Depende de algum outro fator; Relevante: Essencial; Simples: Não complexa; Pontual: Obtida quando necessária; Verificável: Pode ser conferida; Acessível: Facilmente acessível aos usuários autorizados; Segura: Acessível somente aos usuários autorizados; 11
    • Sistemas de Gestão Empresarial no Agronegócio Introdução à Sistemas Em estudos entre 1950 e 1958, o biólogo Ludwig von Bertalanffy, propós a denominada “Teoria dos Sistemas” , após observar que qualquer organismo vivo mantinha sempre algumas características: Identidade do Organismo – Seu Objetivo (Propósito) Desses estudos e observações Bertalanggy definiu como um sistema sendo um conjunto estruturado ou ordenado de partes ou elementos que se mantêm em interação (em ação recíproca) na busca de um ou vários objetivos. Se caracteriza pela influência que cada componente exerce sobre os demais e pela união (globalismo), no sentido de gerar resultados que levam ao(s) objetivo(s) buscado(s) Resumidamente, Um Sistema é um conjunto de elementos ou componentes que interagem para cumprir metas. A maneira como se relacionam estes elementos/componentes determinam como o sistema funciona. 12
    • Sistemas de Gestão Empresarial no Agronegócio Modelo Geral de Sistemas 13
    • Sistemas de Gestão Empresarial no Agronegócio Modelo Geral de Sistemas Entrada: Capta do ambiente o necessário para o seu perfeito funcionamento. Saída: Devolve ao ambiente o resultado e o restos do seu processo. Processamento: Transformação desejada da matéria-prima em produto ou serviço. Armazenamento: Acúmulo de material ou produto no aguardo de utilização. Retorno: indicação do nível de resultado obtido. 14
    • Sistemas de Gestão Empresarial no Agronegócio Modelo Geral de Sistemas Lava Jato 15
    • Sistemas de Gestão Empresarial no Agronegócio Modelo Geral de Sistemas Meta: Lavar o carro Entrada: Veículo Sujo, Água, Ingredientes de Limpeza, Tempo, Energia. Processamento: Tipo de Limpeza ( Lavagem, Lavagem com Cera, etc) Saída: Carro limpo Feedback: Avaliação do Cliente 16
    • Sistemas de Gestão Empresarial no Agronegócio Modelo Geral de Sistemas Exercício 01 Sistema Elementos Meta Entradas Processamento Saídas Lava Rápido Veículo Tipo de Limpeza ( Carro Lavar o carro Sujo, Água, Lavagem, Lavagem Limpo Ingredientes com Cera, etc) de Limpeza, Tempo, Energia 17
    • Sistemas de Gestão Empresarial no Agronegócio Modelo Geral de Sistemas Entrada: Capta do ambiente o necessário para o seu perfeito funcionamento. Saída: Devolve ao ambiente o resultado e o restos do seu processo. Processamento: Transformação desejada da matéria-prima em produto ou serviço. Armazenamento: Acúmulo de material ou produto no aguardo de utilização. Retorno: indicação do nível de resultado obtido. 18
    • Sistemas de Gestão Empresarial no Agronegócio Classificação dos Sistemas Simples Completo Possuem alguns componentes, sendo o Possuem alguns componentes, sendo o relacionamento ou a interação entre os relacionamento ou a interação entre os elementos simples e direto. elementos simples e direto. Aberto Fechado Interage com seu ambiente. Não possui interação com o ambiente. Estável Dinâmico Sofre pouquíssimas mudanças ao longo Sofre rápidas mudanças e constantes do tempo. mudanças ao longo do tempo. Adaptável Não-Adaptável É capaz de mudar em resposta a Não é capaz de mudar em resposta a mudanças do ambiente. mudanças do ambiente. Permanente Temporário Existe por um período de tempo Existe por um período relativamente curto. relativamente longo. 19