SharePoint 2013 Overview
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share

SharePoint 2013 Overview

  • 1,498 views
Uploaded on

Introdução ao SharePoint 2013 e suas principais características. ...

Introdução ao SharePoint 2013 e suas principais características.
- Visão de Produtividade da Microsoft
- SharePoint como Plataforma Corporativa
- Plataforma de Aplicações
- Posicionamento de Mercado
- SharePoint para Sites Internet
- Office Web Apps
- Multi-idioma
- SharePoint como Plataforma de Negócios
- Automatizando Processos de Negócio
- Mobilidade
- Mundo corporativo mais Social (Social Business)
- Produtos e Plataformas
- Requisitos de Hardware e Software

More in: Technology
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
1,498
On Slideshare
1,498
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
61
Comments
0
Likes
2

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide
  • To help IT manage and distribute apps the Internal App Directory provides a central place for business end-users to download and discover IT approved apps. We’re providing administrators with tools to track app requests and manage licenses so you have complete control of which apps can be accessed and set policies around app download and approval to keep you in control.
  • To help IT manage and distribute apps the Internal App Directory provides a central place for business end-users to download and discover IT approved apps. We’re providing administrators with tools to track app requests and manage licenses so you have complete control of which apps can be accessed and set policies around app download and approval to keep you in control.
  • To help IT manage and distribute apps the Internal App Directory provides a central place for business end-users to download and discover IT approved apps. We’re providing administrators with tools to track app requests and manage licenses so you have complete control of which apps can be accessed and set policies around app download and approval to keep you in control.
  • A partir de uma perspectiva da plataforma de aplicação, também é crítico considerar quais novos modelos de consumo estão habilitados, de modo que os clientes possam estar confiantes em seus investimentos a longo prazo. Serviços, Software mais Serviços, Software como um Serviço – tudo isso gerou uma grande repercussão recentemente e já está mudando a maneira dos clientes pensarem sobre a TI.O principal é que nós percebemos uma necessidade continuada de uma plataforma de aplicação com recursos e bem gerenciada. A introdução dos novos tipos de consumo de serviços pode oferecer muitos benefícios, mas as ofertas autônomas “SaaS”, que não se integram com a infraestrutura e os sistemas existentes, rapidamente tornam-se difíceis de utilizar e tipicamente não trazem resultados para as empresas.Consequentemente, a plataforma de aplicação interna precisa ter ativadores nativos do serviço básico – capacidades básicas que sua tecnologia tem que expor, compor e consumir Web Services. Como nós sabemos, colar e substituirnão é uma opção para a maioria das empresas, assim, a integração direta será uma discussão fundamental. Blocos de Construção – As capacidades brutas de bloco de construção para permitir que os desenvolvedores construam serviços interessantes (ou aplicações de composição), por ex., BizTalk Services ou Amazon S3 e SQSAnexado – Serviços que agregam valor nos principais softwares tipicamente sob premissa, por ex., Serviços Hospedados do Exchange (segurança, anti-spam, arquivamento), Windows Live UpdateConcluído – Serviços construídos para a entrega através da Internet, que podem ser consumidos por completo, por ex., Dynamics CRM Live, Salesforce.com
  • A partir de uma perspectiva da plataforma de aplicação, também é crítico considerar quais novos modelos de consumo estão habilitados, de modo que os clientes possam estar confiantes em seus investimentos a longo prazo. Serviços, Software mais Serviços, Software como um Serviço – tudo isso gerou uma grande repercussão recentemente e já está mudando a maneira dos clientes pensarem sobre a TI.O principal é que nós percebemos uma necessidade continuada de uma plataforma de aplicação com recursos e bem gerenciada. A introdução dos novos tipos de consumo de serviços pode oferecer muitos benefícios, mas as ofertas autônomas “SaaS”, que não se integram com a infraestrutura e os sistemas existentes, rapidamente tornam-se difíceis de utilizar e tipicamente não trazem resultados para as empresas.Consequentemente, a plataforma de aplicação interna precisa ter ativadores nativos do serviço básico – capacidades básicas que sua tecnologia tem que expor, compor e consumir Web Services. Como nós sabemos, colar e substituirnão é uma opção para a maioria das empresas, assim, a integração direta será uma discussão fundamental. Blocos de Construção – As capacidades brutas de bloco de construção para permitir que os desenvolvedores construam serviços interessantes (ou aplicações de composição), por ex., BizTalk Services ou Amazon S3 e SQSAnexado – Serviços que agregam valor nos principais softwares tipicamente sob premissa, por ex., Serviços Hospedados do Exchange (segurança, anti-spam, arquivamento), Windows Live UpdateConcluído – Serviços construídos para a entrega através da Internet, que podem ser consumidos por completo, por ex., Dynamics CRM Live, Salesforce.com
  • SharePoint é o lugar para compartilhar ideias, conteúdo e a visão da sua empresa. É escalável o suficiente para organizar e gerenciar todos os seus ativos de informação, mas também é projetado para organizar e armazenar documentos para permitir a produtividade pessoal, manter as equipes "em sincronia, e projetos em execução. É onde você vai descobrir especialistas, compartilhar conhecimento e descobrir as ligações a informações e pessoas. É um hub para os desenvolvedores a criar e implantar aplicativos modernos e para os designers para construir websites atraentes. Pode ser construído na nuvem para profissionais de TI gerenciar custos e atender às exigências de conformidade para gerir o risco. Finalmente, SharePoint 2013 foi construído para lidar com praticamente qualquer coisa que nossos clientes podem deitar-se assim profissionais de TI podem passar mais tempo gestão da informação, oferecendo inovação e gerir o seu tempo de forma eficaz.
  • SharePoint é o lugar para compartilhar ideias, conteúdo e a visão da sua empresa. É escalável o suficiente para organizar e gerenciar todos os seus ativos de informação, mas também é projetado para organizar e armazenar documentos para permitir a produtividade pessoal, manter as equipes "em sincronia, e projetos em execução. É onde você vai descobrir especialistas, compartilhar conhecimento e descobrir as ligações a informações e pessoas. É um hub para os desenvolvedores a criar e implantar aplicativos modernos e para os designers para construir websites atraentes. Pode ser construído na nuvem para profissionais de TI gerenciar custos e atender às exigências de conformidade para gerir o risco. Finalmente, SharePoint 2013 foi construído para lidar com praticamente qualquer coisa que nossos clientes podem deitar-se assim profissionais de TI podem passar mais tempo gestão da informação, oferecendo inovação e gerir o seu tempo de forma eficaz.
  • SharePoint é o lugar para compartilhar ideias, conteúdo e a visão da sua empresa. É escalável o suficiente para organizar e gerenciar todos os seus ativos de informação, mas também é projetado para organizar e armazenar documentos para permitir a produtividade pessoal, manter as equipes "em sincronia, e projetos em execução. É onde você vai descobrir especialistas, compartilhar conhecimento e descobrir as ligações a informações e pessoas. É um hub para os desenvolvedores a criar e implantar aplicativos modernos e para os designers para construir websites atraentes. Pode ser construído na nuvem para profissionais de TI gerenciar custos e atender às exigências de conformidade para gerir o risco. Finalmente, SharePoint 2013 foi construído para lidar com praticamente qualquer coisa que nossos clientes podem deitar-se assim profissionais de TI podem passar mais tempo gestão da informação, oferecendo inovação e gerir o seu tempo de forma eficaz.
  • A document is only as good as the people who contribute to it. So today, we're introducing a new way for people to collaborate on documents with Office Web Apps. Using real-time co-authoring, colleagues, friends and family can contribute and edit documents simultaneously in the Word Web App, PowerPoint Web App or Excel Web App. New real-time presence helps you see where your co-authors are working in the document so that you don't create conflicts as you edit. Additionally, the new ability to see changes to text and formatting as they happen will help you and your co-authors stay on the same page as your ideas develop and evolve. And because Office Web Apps now save as you go, your team's edits are included and seen as they happenDon't know about Office Web Apps? You should. Office Web Apps are the best free alternative to Office. They are online versions of the core Office applications and extend the Office experience you know and love with anytime, anywhere online editing and collaboration on Excel, Word, PowerPoint and OneNote files.
  • In addition to adding co-authoring, we've updated each of the Office Web Apps to bring the Office experience you know and trust to the Web. In Word Web App, you'll get improved formatting controls for polished documents. New features include ability to find and replace words and phrases, apply styles and formatting to tables, and insert headers and footers for more professional reports and papers. Visit the Word blog to see full details of the new work in Word Web App
  • In Excel Web App, the new ability to drag and drop cells and reorder sheets makes it easier to work with spreadsheets online. The Excel Web App will give you a quick analysis of a range of data right in the status bar, including sum, count, and average of a selected range of cells. And we now support more workbook types online, you can now open and interact with spreadsheets that have Sheet Protection. For more details about the updates in Excel Web App, read this post on the Excel Blog
  • In PowerPoint Web App, new picture cropping functionality gives you more control of the visuals in your presentations. And to make managing your files online more streamlined, you can now change the name of your files within the editing window of PowerPoint Web App, and across the other Office Web Apps
  • Something that does not get enough attention in SharePoint is the multilingual feature available. Through my work, I noticed that in the United States it is often not an issue, as most companies will install SharePoint in English only. However, in Canada and in most European countries it is a little more crucial. It’s important for us to understand what is available and how it works.Available multilingual features in SharePointAs mentioned by Microsoft’s Introduction to Multilingual Features, there are two main types of features available.MUI or Multiple Language Interface: This is really just making the general interface available in different languages. So we’re talking about the menus, titles, columns, navigation, etc… Not so much a feature as it is a new interface.Variations: As the name suggests, this essentially allows you to have different variations of a site in other languages. This is only available for Publishing Sites and creates copies of the entire site into each of these variations and published when it is translated. The Introduction article written by Microsoft already does a great job explaining these.These features are available by first installing the Language Pack for the languages needed in your organization. “Do I really need to install the language pack? Even if I don’t plan to use any of these features?” That is an excellent question, and though the answer may vary by company, I follow a basic set of rules. What most don’t realize is that the Language Packs are required for optimal Search Results for documents or content written in other languages. Customers call me, with an English version of SharePoint installed, and ask me why the Search Results works great except when searching French words.You may find this silly but here is an example. A search for the word “Run” gave back results with “Run, Ran, Running” and a search for “Dog” also returned “Dogs”. Essentially what is happening is that because the language is English, the Search understands the verb tenses and the plural of nouns. However, doing the same searches with the French word equivalent only searched for the exact matches, as it did not understand the word. That’s why I strongly recommend you install the Language Packs even if you do not plan on using the MUI or Variations but do have different working languages.Installing Language Packs on your serversTo install the Language Pack of your preferred language, you must install it on every SharePoint Server both Web Front End and Application Servers and run the Configuration Wizard. Over the years with SharePoint, the installation order for patches have been confusing so I asked a fellow MVP, Brian Lalancette to help clarify this. Your Language Pack, just like your SharePoint Server, needs to be patched. So if you install your Language Pack after having applied an eventual SP1 or Cumulative Updates, then you will have to re-install these updates. However, if the Language Pack was installed before any of these updates were installed then you do not have to worry about a thing, these Cumulative Updates have all languages included which is one of the reasons the downloads are so large.What’s different in SharePoint 2013?There is definitely a big visual change your users and definitely your administrators will feel. It makes sense when you think about it but the change will affect adoption if not properly explained. In SharePoint 2013, it is no longer possible to switch between languages at will from the user’s Welcome Menu.This is now managed by the Regional Settings used by the Browser. This makes a lot of sense in the End Users perspective, especially with a growing BYOD policy at work. Connecting from your English tablet at home will not be the same as the French PC you are using at work. Does this mean I have to change my browsers’ regional settings every time I want to switch language? No. Anyone can override his or her language settings from their personal profile settings.However, this is global to every SharePoint Site in the farm associated with the My Profile Setting. So if the user sets a specific language then all the sites he visits that have that language enabled will automatically switch to it.One way to make sure everyone starts with the same language despite their Regional Browser Settings is to set it via the Central Administration in the User Profile Service Application. Of course going through each individual profile could be long, you look into PowerShellTo set the Language Settings for a site, go to Site Settings and click on Language Settings.There, you find the available Alternate Language for the sites. Simply check the ones you want for your site.Managed Metadata and Multilingual FeaturesOne of the great additions to SharePoint since 2010 is the Managed Metadata Column pulling information from the Term Store. In SharePoint 2013, the Term Store still exists with some new features like the Managed Metadata Navigation. When creating Terms in a Term Set, we can specify the Labels associated to the different languages installed. In other words we can write the word equivalent in other available and installed languages.This works great in a Document Library. I have documents tagged with the word Window and Chair and when I switched to French, it shows the correct Term to the visitor.Unfortunately, after a few tests I realized that the Search Results would only include the Default Label and not their synonyms in other languages. Using the example above, searching for Chair worked fine but searching for Chaise (Chair in French) did not yield any results.As for the Managed Metadata Navigation, it completely ignored my Labels. After assigning my Term Set as Global Navigation, it didn’t matter if I visited the site in English, French or any other language… the navigation always stayed in English.Translation Services with SharePoint 2013With the arrival of SharePoint 2013 also came some new multilingual features that were not there before. A new Service Application called Machine Translation Services adds new capabilities to the mix. Bill Baer has done a good article introducing this service.The idea behind the machine translation is for you to press a button and have your content or page translated by a cloud service. If your server cannot connect to the Internet without a proxy then you can configure these settings in Search Service Application itself. Using the Machine Translate will still require someone to look at the translated page before publishing, as it cannot always maintain context. Manual translation involves creating a Translation Package in XLIFF format and have an external agency do the work. Fortunately, with SharePoint 2013 you have the choice between automatic machine translation and manual external translation.Introduction to multilingual featuresIf you are a site collection administrator, you are provided with two types of features to help you support users who speak different languages.Multiple Language User Interface (MUI).    Use the MUI feature to create sites in different languages than the default language for your SharePoint installation. To set up this feature, see Make multiple languages available for your site's user interface. Or to let individual users change the display language for their site’s personal user interfaces, see Change your language and region settings. Variations (Enhanced translation workflow and machine translation services).    Use the variations feature to create a source publishing website and then make copies of its content that can be translated into different languages. (The variations feature only works with publishing sites.)  Important    Neither of these features is a translation tool. MUI changes the display language for the user interface and variations supports creating multiple versions of source content that you can then have automatically translated using machine translation services or manually translated by localization professionals. There is limited support of MUI for custom user interface (UI) elements.Know the difference between a site’s user interface and contentWebsites generally have two parts: The user interface, which is how you interact with the site itself, and the content, which is the information that you keep on the site.The MUI feature works with your site’s user interface, and the variations feature works with your site’s content. User InterfaceThe user interface of your site refers to the elements on your screen that you use to interact with SharePoint, such as the menus, the navigation items, and the recycle bin.With the MUI feature, you can display the following user interface elements in different languages: Web PartsSite title and descriptionSharePoint default menus and actionsDefault columnsCustom columns (list or site)Navigation bar linksManaged metadata services Note    The MUI feature changes only the display language for default UI elements. Custom UI elements that you have added are not translated.ContentThe variations feature works with your site content – the information you store on a site, but not the site user interface. If the language packs are installed, and MUI has been set up, then UI will appear in the selected language.The basic content element that the variations feature works with is the page. When you publish the source site, all publishing pages from the Pages library are copied automatically to the targets and queued for translation and publishing. Document libraries, announcement lists, and image libraries are also copied as part of the variations process. List variations are similar to page variations with one exception: you cannot specify individual items for translation. The complete list will be copied to targets and packaged for translation when using human translation or submitted to Microsoft for machine translation. For more information about variations, see Create a multi-language website. Note    A document library can contain documents in multiple languages without requiring you to create websites or site collections in multiple languages.When to use MUI, variations, or both featuresDecide which multilingual features you are going to use before you begin creating your site collection, for the following reasons:If you’re going to use the MUI feature, you’ll need to have your server farm administrator install the necessary language packs for every language you want to make available. After the farm administrator deploys language packs, site collection owners can create sites and configure the MUI to display the site user interface in different languages. Individuals can choose to view their sites in the language they want.After you have created a site, you cannot change its default user interface language, so it’s important to start in the correct language.If you’re going to use the variations feature, there are specific considerations about how you configure the sites for updating, notification, and other issues that you need to set before you create the sites.Use MUI onlyUse MUI if your site will have users who cannot work in the default language that you plan to use for the site. Use MUI only when you want to allow your users to switch their personal view of a site or web pages after it’s been created in the default language. Use Variations onlyVariations is designed to be used when your content has to be available to people who speak many different languages (or who might need to have specific information that is based on regional differences)—that is, websites that deliver tailored content to suit different cultures, different markets, and different geographic regions. If you are working in an environment where there are no language packs installed you cannot use the MUI feature, but variations still allows you to set up a content distribution system for multiple languages.Use both features togetherWhen you are both publishing content to be translated into other languages, and you have site owners who might need to make changes to the site (but who don’t speak the language that the site was created in), then you can use both features together to make both the content and the UI of your sites available in multiple languages.For example, using the variations feature, you might have created an English source site with a Chinese target. The variations feature sets up the Chinese site based on the language and locale settings. Now, imagine that a US-based site owner who does not speak Chinese needs to make some changes on the Chinese site for maintenance. Using the MUI feature, the English speaker can switch the Chinese site’s UI to English and more easily interact with the site. Note    When you are planning multilingual sites, you should also consider what locales are necessary to support your sites. Locale is a regional setting that specifies the way numbers, dates and times are displayed on a site. The locale setting does not change the language in which the site is displayed. For example, selecting the Thai locale changes the default sort order of list items and uses the Buddhist calendar instead of the default calendar. The locale is a setting that is configured independently of the language specified when a site is created, but unlike the language, the locale can be changed at any time.
  • partir de uma perspectiva da plataforma de aplicação, também é crítico considerar quais novos modelos de consumo estão habilitados, de modo que os clientes possam estar confiantes em seus investimentos a longo prazo. Serviços, Software mais Serviços, Software como um Serviço – tudo isso gerou uma grande repercussão recentemente e já está mudando a maneira dos clientes pensarem sobre a TI.O principal é que nós percebemos uma necessidade continuada de uma plataforma de aplicação com recursos e bem gerenciada. A introdução dos novos tipos de consumo de serviços pode oferecer muitos benefícios, mas as ofertas autônomas “SaaS”, que não se integram com a infraestrutura e os sistemas existentes, rapidamente tornam-se difíceis de utilizar e tipicamente não trazem resultados para as empresas.Consequentemente, a plataforma de aplicação interna precisa ter ativadores nativos do serviço básico – capacidades básicas que sua tecnologia tem que expor, compor e consumir Web Services. Como nós sabemos, colar e substituirnão é uma opção para a maioria das empresas, assim, a integração direta será uma discussão fundamental. Blocos de Construção – As capacidades brutas de bloco de construção para permitir que os desenvolvedores construam serviços interessantes (ou aplicações de composição), por ex., BizTalk Services ou Amazon S3 e SQSAnexado – Serviços que agregam valor nos principais softwares tipicamente sob premissa, por ex., Serviços Hospedados do Exchange (segurança, anti-spam, arquivamento), Windows Live UpdateConcluído – Serviços construídos para a entrega através da Internet, que podem ser consumidos por completo, por ex., Dynamics CRM Live, Salesforce.com
  • Com a próxima versão do SharePoint temos focado na criação de uma marca nova experiência de usuário simplificada e para que as tarefas comuns, como o compartilhamento de documentos, listas de edição em linha e criar sites em apenas alguns cliques são mais fáceis do que nunca, mas ainda mantendo-o firmemente no controle de seu conteúdo.
  • O SharePoint é focado em fazer a partilha simples nesta versão. Você pode arrastar e soltar o conteúdo diretamente em suas bibliotecas de documentos e passando o mouse sobre um documento que você pode ver ao vivo e pré-visualização de documentos em um piscar de olhos ver que você está compartilhando com e quando o documento foi editada por último. Sem deixar a biblioteca que você pode editar seus documentos usando o Office Web Apps, e em um clique compartilhá-lo com um colega. Nós estamos tomando compartilhamento e armazenamento de documentos um passo adiante com a introdução do SkyDrive Pro
  • Pro SkyDrive é um serviço que estamos introduzindo com a próxima versão do SharePoint que permite às organizações provisionar e gerenciar o armazenamento em nuvem pessoal para seus empregados. Agora você pode sincronizar o conteúdo do SharePoint para o seu desktop com o SkyDrive Pro, por isso, se você está trabalhando remotamente ou prestes a saltar de um avião seus documentos são apenas um clique de distância.
  • Com a última versão do SharePoint e Project, você pode organizar tudo, desde tarefas pessoais, o grupo leve ou projetos de equipe ou organização projectos de mudança de largura.
  • Estamos introduzindo um novo recurso de gerenciamento de tarefas leve em SharePoint para ajudar tarefas coordenadas em toda a equipe. Sites torná-lo tão fácil para as equipes trabalhem juntas, compartilhando conteúdo, organizar tarefas, edição de listas e é projetado para funcionar com o Microsoft Project por isso é fácil para agregar todas as suas tarefas do projeto em toda a equipe ou toda a organização dando os gerentes de projetos ampla visibilidade para a prioridades e iniciativas as pessoas estão trabalhando.
  • Esses recursos de tarefas são é totalmente integrados com as suas próprias tarefas pessoais para num relance você pode ver as tarefas que você precisa realizar. Suas tarefas são também agregar tarefas do Outlook, Projeto e SharePoint e publicá-los para o seu modo de tempo e porque estamos proporcionando uma experiência conectada as tarefas que aparecem aqui também aparecerá no Outlook então não importa onde você está, você pode gerenciar o seu para lista de tarefas e chegar em casa a tempo.
  • Existe uma nova abordagem à forma como permitir a criação de conteúdo e organização para as equipes, organizar todos os seus ativos de informação e aplicar uma estratégia de governança da informação para gerenciar o seu conteúdo corporativo e registros (gestão de normativas), são partes estratégicas e únicas de oferta do SharePoint. Através de melhorias na pesquisa que estamos tornando mais fácil para descobrir e gerenciar conteúdo corporativo em toda a organização. Para ativar a gestão do conhecimento e descoberta temos investido muito nesta versão. Assim, grande parte do conteúdo que produzimos hoje inclui elementos interativos como vídeos e quando você combina isso com os ricos recursos sociais do SharePoint, você tem uma solução de gestão de conhecimento de ponta, que pode ser feito especificamente para suas necessidades de negócio.Fizemos investimentos adicionais em gerenciamento de registros e e-discovery (que vai falar sobre mais breve) . Conteúdo do SharePoint pode ser classificada como um registro no local a partir de qualquer biblioteca de documentos e gerentes de registros podem definir políticas e programas de retenção para tipos de conteúdo ( e bibliotecas / pastas ) para garantir a conformidade com os requisitos de governança corporativa e regulatória. Tudo pode ser gerenciado centralmente a partir da Central de Registros do SharePoint e relatórios embutido vai ajudar os gestores e administradores de organizar seus ativos de informação .
  • Estamos lançando uma série de novos recursos sociais permitem que você compartilhe o que você está trabalhando, fazer perguntas e acompanhar o que seus colegas estão fazendo com atualizações contextuais entregue ao seu feed de atividade.O coração da experiência social no SharePoint 2013 é o newsfeed - é um resumo de todas as interações sociais de seus microblogs e conversas da comunidade, para os sites , conteúdos, e as pessoas que você segue.O newsfeed dá às pessoas a capacidade de postar, responder a outros comentários , gostar. Se você está seguindo uma hashtag, ou alguém postar um comentário em uma comunidade do site de toda essa atividade irá aparecer no seu feed de notícias . O feed de notícias também podem ser filtrados para mostrar informações direcionadas diretamente para você, incluindo @ mentions , para ajudar você a se envolver na conversa.Há vários feeds , como parte da experiência social, o seu newsfeed pessoal, uma empresa de alimentação que é usado para compartilhar informações com todos e se alimenta site individual .Seguindo SharePoint 2013 inclui não só as pessoas , mas os documentos , sites e tags e você ainda pode mostrar marcas de tendências com base em análises sociais destinadas a ajudar a todos na organização, manter um olhar atento sobre o que está acontecendo em toda a sua organização e ficar conectado em qualquer lugar.
  • Quando se trata de ficar conectado, você precisa mais do que características sociais isoladas com base em tecnologias de consumo. Você ainda precisa de criardocumentos, ir às reuniões, executar projetos e responder aos e-mail. Principais recursos do SharePoint como social e pesquisa fornecem um recurso que une essas experiências para que as pessoas possam descobrir especialistas, respostas e conexões com pessoas e informações.Você pode encontrar as pessoas em toda a organização que podem responder a perguntas e fornecer feedback instantâneo sobre os documentos ou tarefas do projeto que você está trabalhando.
  • SharePoint 2013 ajuda você a encontrar respostas para as perguntas e se conectar a especialistas que você nunca soube que existia. Segue-se uma grande tendência deadoção social, com o SharePoint é muito fácil seguir uma pessoa, local, hashtag, ou mesmo documento. É uma ótima maneira de ficar atualizado sobre temas que estão interessados, sem ter que enviar e-mails todos os dias para alguém pedindo updates. SharePoint também faz recomendações sobre quem ou o que você deve estar seguindo. Nunca foi mais fácil para expandir a sua rede social.
  • Busca de pessoas no SharePoint permite que você encontre pessoas na rede baseado não só no seu perfil, mas no trabalho que produzem e em conhecimentos específicos. Isso significa que encontrar um especialista em um assunto se torna muito mais fácil e muito mais eficiente. A experiência de busca de pessoas é dedicada a tornar mais fácil encontrar as pessoas e compreender como essa pessoa pode ajudar. Neste exemplo, o resultado mostra não só a informação do perfil, mas também mostra que o conteúdo corresponde a pessoa que podem ser de interesse. Com um único clique, você pode seguir essa pessoa, enviar-lhes uma mensagem instantânea, ou falar com ele noLync.
  • A nova plataforma de pesquisa do SharePoint 2013 unificada leva a navegação das informações para o umnível acima de detalhes. É um motor de busca inteligente, como resultado está sempre melhorando, sempre procurando maneiras de melhorar a relevância dos resultados de busca, o motor de busca pode olhar para além da consulta e “entender”o significado,pode ser integrado com seus próprios aplicativos de negócios para ajudar você a descobrir resultados e obter respostas mais relevantes.
  • Foi criada uma experiência totalmente nova de busca com o SharePoint 2013, encontrando informações que de outra forma poderia ser difícil de encontrar. Foi habilitado um thunbmail de vídeo nos resultados de busca e criada uma grade com opções de refinamento comuns, para tornar a busca mais eficiente e fácil de encontrar e assistir a vídeos de treinamento interno ou descobrir conhecimento sobre um determinado assunto que pode não ter sido acessível no passado.
  • Você pode ver uma lista de discussões ativas que ajuda a entender o que as pessoas estão falando, interagindo, ou buscando dentro de uma comunidade específica ou tópico de discussão. Com um único clique, você pode criar uma nova discussão e estatísticas como ade novos membros, exibições ou mensagens, ajudando a análisede quais os temas mais relevantes ou quem está participando ativamente. Comunidades são projetados não apenas para facilitar a comunicação, mas recompensam as pessoas que contribuem trazendo visibilidade. Estes tipos de recompensas são fundamentais para garantir que as pessoas permanecem ativos e engajados. Comunidades do SharePoint são suportados por novas ferramentas para gerenciar classificações e reputação, tornando mais fácil para descobrir especialistas e compartilhar o conhecimento e as melhores práticas em toda a organização.
  • Foram realizadas uma série de mudanças interessantes para a maneira como construir SharePoint e aplicativos do Office. O novo modelo de aplicativo é projetado para trabalhar na nuvem e tira proveito de tecnologias web amplamente adotados como JavaScript e HTML5, e. NET. Tirando proveito de serviços web, podemos fornecer aos desenvolvedores uma maneira segura, escalável e flexível para criar aplicativos.
  • Para ajudar a TI a gerenciar e distribuir aplicativos, o Diretório de App Interno fornece um local centralizado para os usuários baixar e descobrirem apps disponibilizados. É oferecido aos administradores ferramentas para controlar as solicitações de aplicativos e gerenciar licenças para que você tenha total controle de quais aplicativos podem ser acessados ​​e definir políticas de download de aplicativos e aprovação para mantê-lo sob controle.
  • Para construir sites de design atraentes nas últimas versões do SharePoint, era necessário treinar sua equipe para usar o SharePoint Designer ou engajar os desenvolvedores especializados. Com o SharePoint 2013, está mais fácil para criar aplicativos de intranet e sites da internet que são multi-idiomas e para uma grande variedade de dispositivos.
  • Aplicações e serviços do SharePoint e do Office pode ser hospedado remotamente e usar os serviços REST você pode expor esses aplicativos por meio do SharePoint e do Office API. O protocolo OAuth 2.0 permite a comunicação segura entre SharePoint e qualquer fonte de dados externa ou aplicação remota se ele é construído sobre Azure, Linux, e muitas outras plataformas. Isso lhe dá a liberdade de escolher como você vai desenvolver e hospedar seus aplicativos. Você pode escrever seus aplicativos uma vez e executá-los em qualquer lugar e nós estamos dando-lhe a flexibilidade para criar aplicativos nas ferramentas e linguagens de desenvolvimento mais confortável.

Transcript

  • 1. 1 Introdução Hybrid On Premises Melhor experiência entre diversos dispositivos Instant Message Voz e Video Gestão de Conteúdo Online Ambientes On Premises e na Nuvem Redes Sociais Integrando o melhor das Relatórios & Analíticos
  • 2. 1 Introdução Clientes Internet Funcionários Intranet Parceiros Extranet Formatos padrão Acessibilidade (XML, XHTML…) (WCAG 2.0) Plataforma única e integrada
  • 3. 1 Introdução Processamento de Documento Áreas de Trabalho Integração de negócios (LOB) Fluxo de Trabalho Humano Relatório e Análise Sites da Web
  • 4. 1 Introdução Responda Rapidamente às Necessidades de Negócio Soluções de Colaboração Corporativa Processos de Contratação Portais de Cidadãos Painéis de Execução Portais Divisionários Relatório de Vendas Rastreamento de Projeto Análise de Preços Sites de Perfil Pessoal Planejamento de Conferência Portais de Serviços de TI Gestão de Conhecimento Sites de Análise de Conformidade Gerenciamento de Folha de Pagamento Agendamento de Entrega Ferramentas de Desenvolvedor Integradas Amplo Suporte aos Extensibilidade Padrões Avançada
  • 5. 1 Introdução Compartilhe e Colabore
  • 6. Introdução • +20k clientes, +130 milhões de licenças, 2/3 Fortune 1000; • Plataforma em constante inovação; • 5,000+ parceiros atuando com Colaboração, Gestão de Conteúdo, Busca Corporativa e Business Intelligence; • +12 anos de história; • Líder no Gartner® Magic Quadrants; • U$1+ bilhão em receita, U$ 6+ bilhões em receita para parceiros. 1
  • 7. 1 Introdução O SharePoint é o único produto disponível hoje incluído dentro de 5 dos quadrantes “Líderes da Gartner, incluindo; Sites / Portais Comunidades / Social Busca Percepções / BI Composições
  • 8. 1 Introdução • SharePoint 2013 como Produto  Está pronto para Internet (desde a versão 2010)  Só a Microsoft tem todas as funcionalidades em um produto. Sites Composites Communities Insights Content Search
  • 9. Introdução 1
  • 10. Introdução • Office Web App     • Word; Excel; PowerPoint; OneNote; Principais Features  Co-autoria;  Sensor de Presença;  Suporte a browsers mobile e tablets; 1
  • 11. Introdução 1
  • 12. Introdução 1
  • 13. Introdução 1
  • 14. Introdução • MUI (Multi language Interface)  Menus, títulos, colunas, etc... • Variations  Diversos tipos de sites, disponível apenas para sites de publicação. • Translation Services • Definição do idioma  Definição feita pelo Browser;  A configuração de idioma pode ser sobrescrita pelas configurações pessoais. 1
  • 15. Introdução 1
  • 16. Introdução WF no Visual Studio Ações Personalizadas em SPD Fluxos de Trabalho Declarativos do SharePoint Designer Fluxos Personalizados OOB Fluxos Nativos Diagramas de Processo do Visio 1
  • 17. 1 Introdução Maior sofisticação Aplicações corporativas sofisticadas Visual Studio Maior equipe de desenvolvimento ALM Integração de aplicação corporativa Integração de firewall Web Services e componentes Gerenciabilidade Habilita Soluções declarativas, alguns códigos SharePoint Designer InfoPath Access Integração declarativa para os dados externos Fluxos de trabalho relativamente sofisticados Ricas aplicações baseadas em formulários Design da Web Alguns itens do VS (atividades do WF, web parts) Relatórios da unidade de negócios, rastreamento de banco de dados Access Habilita Soluções sem códigos Navegador Sites personalizados do usuário Soluções Ad-hoc Definição de dados do SharePoint baseada em navegador Usando galerias de Web Parts Maior capacitação
  • 18. 1 Introdução Usuários Finais Conectados e Capacitados Navegador Office Offline Móvel Cenários de Aplicação do SharePoint Ferramentas Desenvolvimento Colaborativo Navegador Áreas de Trabalho Processamento de Documentos Integração de Negócios (LOB) Fluxo de Trabalho Humano Relatório e Análise Sites da Web Capacidades Nativas do SharePoint SharePoint Designer Visual Studio Sites Portal Personalização Web Parts Comunidades Wikis - Blogs - Tags My Sites - Classificações Conteúdo Conj. de Docs Conformidade Diretivas IRM Composições Conectividade Corporativa Experiência Office - Silverlight Formulários – Fluxo Trabalho Visio Services e Access Services Percepções KPIs Relatórios Scorecards Painéis Pesquisa Pesquisa de Pessoas Pesquisa Corporativa Pesquisa de BI Gerenciamento Retendo a flexibilidade e o controle Online ou Sob Premissa Serviços Compartilhados Soluções Sandbox Principais Serviços de Plataforma do SharePoint Programabilidade Modelo de Modelos de Objeto Objeto Servidor Cliente Eventos SOAP REST Modelo de Aplicação Estrutura de Interface de Usuário da Web Listas e Bibliotecas Tipos de Conteúdo Empacotamento Empacotamento Unificado Modelo de Formulários e Estrutura de Site / Página Fluxo Trab. Busca Implantação Interoperabilidade Modelos Recursos Soluções WSRP APIs Dados Externos CMIS Segurança Declarações Federação Gerenciabilidade PowerShell Monitoramento Backup e Recuperação Configuração Atualização A Plataforma de Aplicação Microsoft (SQL Server, Windows, .NET) Aplicações ERP, CRM, BUIT Sua linha de negócios corporativos, sistemas externos e serviços da nuvem Serviços da Nuvem Administração
  • 19. 1 Introdução Portal Corporativo Portal Departamental Espaço da Equipe Site Pessoal
  • 20. Introdução 1
  • 21. Introdução 1
  • 22. Introdução 1
  • 23. Introdução 1
  • 24. Introdução 1
  • 25. Introdução Organize a comunicação entre os times em um único lugar 1
  • 26. 1 Introdução Gerencie Permissões
  • 27. Introdução 1
  • 28. Introdução 1
  • 29. Introdução 1
  • 30. Introdução 1
  • 31. Introdução 1
  • 32. Introdução 1
  • 33. Introdução 1
  • 34. Introdução 1
  • 35. Introdução 1
  • 36. Introdução 1
  • 37. Introdução 1
  • 38. Introdução 1
  • 39. Introdução 1
  • 40. Introdução 1
  • 41. Introdução 1
  • 42. Introdução 1
  • 43. Introdução 1
  • 44. Introdução • Escreva apps para executar em qualquer dispositivo • Desenvolva aplicativos flexíveis • Reutilização de aplicativos 1
  • 45. Introdução • Memória RAM  8GB ~ 24 GB; • Processador (CPU)  64 bits, 4 cores; • Espaco em Disco  80 GB para unidade do sistema; Mais informações em: http://technet.microsoft.com/pt-br/library/cc262485.aspx 1
  • 46. Introdução • Edição de 64 bits do Microsoft SQL Server 2012;  Edição de 64 bits do SQL Server 2008 R2 Service Pack 1. • Edição de 64 bits do Windows Server 2012;  •Edição de 64 bits do Windows Server 2008 R2 Service Pack 1 (SP1) . • Estações cliente     • Internet Explorer 8, 9 e10; Google Chrome (última versão lançada); Mozilla Firefox (última versão lançada); Apple Safari (última versão lançada). Mobile  Windows Phone 7.5 ou versões posteriores;  iOS 5.0 ou versões posteriores;  Android 4,0 ou versões posteriores. 1
  • 47. Introdução SharePoint Server 2013 for Internet Sites, não requer licença adicional. 1
  • 48. Informações do produto http://sharepoint.microsoft.com/ Download de versões de avaliação http://office.com/preview Visite o SharePoint Conference Las Vegas, Nevada. 03-05 de Março, 2014
  • 49. Wagner Amorim @WaAmorim wagner@doneit.com.br