Your SlideShare is downloading. ×
O Sentido Do Matrimônio
O Sentido Do Matrimônio
O Sentido Do Matrimônio
O Sentido Do Matrimônio
O Sentido Do Matrimônio
O Sentido Do Matrimônio
O Sentido Do Matrimônio
O Sentido Do Matrimônio
O Sentido Do Matrimônio
O Sentido Do Matrimônio
O Sentido Do Matrimônio
O Sentido Do Matrimônio
O Sentido Do Matrimônio
O Sentido Do Matrimônio
O Sentido Do Matrimônio
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

O Sentido Do Matrimônio

1,083

Published on

O Sentido Do Matrimônio

O Sentido Do Matrimônio

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,083
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
17
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. S e ntido do Matrimô nio
  • 2. O c afé da manhã que mamãe pre parava e ra maravilho s o ! Embo ra fô s s e mo s uma família humilde , minha mãe s e mpre pre parava c o m muito c arinho a prime ira re fe iç ão do dia . Era o vo frito c o m pão , o utro dia e ra o vo e s c aldado , de po is e ra bife c o m pão , ling üiç a c o m o vo e pão ... Tudo fe ito c o m s implic idade .
  • 3. Ao ac o rdar, naque la manhã , quando re to rne i da " lua -de -me l", para ir ao trabalho , pe ns e i que e nc o ntraria a me s a po s ta , o c afé da manhã pre parado . Co mo e s tava ac o s tumado c o m a c as a da mamã , pe ns e i que ac o rdaria c o m aque le g o s to s o c he irinho que vinha s e mpre da c o zinha lá de c as a .
  • 4. Olhe i para o lado e vi minha e s po s a , S OL, do rmindo pro fundame nte . Fe ito um anjinho - de pe dra ! Ras pe i a g arg anta , fiz barulho te ntando ac o rdá -la . Nada ! Fui para o trabalho irritado , de barrig a vazia . O lo c al do trabalho fic ava a uns c inc o minuto s do apartame nto que alug ávamo s .
  • 5. Ao me s e ntar na me s a de trabalho , s e ntindo a e s tô mag o ro nc ar, abri a Bíblia no s e g uinte tre c ho : "O que que re is que o s ho me ns vo s faç am , faze i-o també m a e le s " (Lc . 6:31). Dis s e pra mim me s mo : " O S e nho r não pre c is a dize r mais nada ". Lá pe las no ve ho ras da manhã , ho ra e m que s e po dia tirar alg uns minuto s para o c afé , de i um je ito de ir até o apartame nto , não s e m ante s pas s ar e m uma padaria e c o mprar alg umas g ulo s e imas . Pre pare i o c afé da manhã e le ve i na c ama para S OL. Ela ac o rdo u c o m aque le s o rris o tão lindo !
  • 6. Es tamo s para c o mple tar Bo das de Prata . Ne s s e s quas e vinte e c inc o ano s de c as ame nto , c o ntinuo re pe tindo e s s e g e s to to do s o s dias . E c o m muito amo r! Es to u lo ng e de s e r um bo m marido , mas a c ada dia me e s fo rç o ao máximo ... Te nho muito a me lho rar, te nho de s e r mais s anto , mais pac ie nte , mais c arinho s o . S into -me ainda lo ng e dis s o , po is o mo de lo que e s to u mirando é Je s us : " Marido s , amai a vo s s as mulhe re s , c o mo Cris to amo u a Ig re ja e s e e ntre g o u po r e la " (Ef 5,25)... O matrimô nio s é um de s afio , po is a to do o mo me nto te mo s que pe rdo ar e pe dir pe rdão .
  • 7. A c ada dia te mo s que bus c ar fo rç as e m Je s us , po is s e m Ele nada po de mo s faze r (Jo 15,5). Quando Paulo s e de s pe dia do s c ris tão s e m Éfe s o , c ito u uma be la fras e de Je s us (que , aliás , não e s tá no s Evang e lho s ): " É maio r fe lic idade dar que re c e be r" (At 20,35). Quando s e de s c o bre is s o no matrimô nio , s e de s c o bre o princ ípio da fe lic idade .
  • 8. Po r que muito s c as ame nto s não tê m ido adiante ? Po rque o e g o ís mo to mo u c o nta do c as al. É o " c ada um po r s i" que vig o ra . Es tamo s na s o c ie dade do de s c artáve l: c o po de s c artáve l, prato de s c artáve l, e tc . Pe s s o as não s ão de s c artáve is , po ré m , o que não é de s c artáve l pre c is a s e r c uidado para s e r duráve l.
  • 9. O mundo pre c is a do te s te munho do s c as ais de que o matrimô nio vale a pe na ! E, para que is s o ac o nte ç a , é ne c e s s ário um c uidado amo ro s o e c arinho s o po r parte do marido e da e s po s a . Ambo s tê m o de ve r de c uidar um do o utro c o m re no vado s g e s to s de c arinho e pe rdão diariame nte .
  • 10. É pre c is o de c larar, to do s o s dias o amo r, e m g e s to s e palavras . A prime ira palavra que s e mpre dig o para minha e s po s a ao inic iar o dia é : " Eu amo vo c ê ". Não é fác il dize r is s o às ve ze s , po is muitas ve ze s ac o rdo de mal c o mig o me s mo . Então , faç o uma o raç ão pe dindo o Es pírito S anto e Ele me dá a fo rç a do amo r para amar aque le dia . Re c e bo de De us a fo rç a do pe rdão . Faç a is s o ag o ra també m . De c lare s e u amo r!
  • 11. Ao s s o lte iro s e ao s que ainda não s e c as aram , que ro dize r o s e g uinte :
  • 12. " S e vo c ê e s tive r pe ns ando e m c as ar para s e r fe liz , não s e c as e ! Fique c o mo e s tá , s o lte iro me s mo ". Mas , s e s ua inte nç ão é c as ar para faze r alg ué m fe liz , c as e -s e e vo c ê s e rá a pe s s o a mais fe liz do mundo ! O s e g re do da fe lic idade é faze r o o utro fe liz ! Que m dis s e is s o fo i Aque le que mais e nte nde de fe lic idade : " JES US ". (autor desconhecido)
  • 13. ...te nha um bo m dia ...
  • 14. ...e uma ó tima s e mana .
  • 15. S e ja Fe liz !...

×