Remanescente 1 - Realidade ou Ilusão?
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Remanescente 1 - Realidade ou Ilusão?

on

  • 2,542 views

 

Statistics

Views

Total Views
2,542
Views on SlideShare
2,542
Embed Views
0

Actions

Likes
1
Downloads
55
Comments
1

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • DEUS, separou um povo das igrejas protestantes e deu-lhes as verdades vindas do ceu,durante cinquenta anos perseveraram na maravilhosa luz que Deus revelou atraves de sua serva EGW ,mas os dirigentes da alta cupula da igreja deixaram que o brilho do mundo os ofuscasse e deixaram o caminho estreito,se enveredaram por caminhos do sucesso do pecado se aliaram aos grandes da terra;mas O Deus dos Exercitos esta levantando homens humildes em todo o mundo ,para proclamar o verdadeiro evangelho eterno a todo povo e toda naçao de que existe somente um Deus o Pai e a JESUS CRISTO a quem foi enviado.Quem tem ouvido ouça o que diz o Espirito Jesus anuncia por toda a escritura Ele diz que e o Espirito mas, diz o meu povo perece por falta de entendimento ...
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Remanescente 1 - Realidade ou Ilusão? Remanescente 1 - Realidade ou Ilusão? Presentation Transcript

  • O REMANESCENTE Realidade Bíblica ou Ilusão sem fundamento?
    • Incesto, adultério, roubo, assassinato ...
    • Será esta uma descrição dos pecados daqueles que abandonaram a Deus nestes últimos dias? Não!
    • Apenas alguns dos pecados que se encontram numa Igreja que se descreve a si própria como sendo a Igreja Remanescente.
    • Apesar da sua nova luz, da sua ênfase nas boas obras, da reforma da saúde, das normas cristãs, da expectativa da chuva serôdia, a Igreja Adventista luta com muitos dos mesmos vícios que condena.
    • A incoerência entre a profissão de fé e a prática, tão penosamente evidente na nossa denominação, faz com que muitos duvidem de que a Igreja constitua o Remanescente!
    • Outros vêm orgulho espiritual, hipocrisia e arrogância nesta pretensão de se ser o Remanescente.
    • Em que é que consiste a verdade?
    • Quem é que faz parte do Remanescente?
    • Pode Laodicéia ser o Remanescente?
    • Há alguma base para acreditar na existência de um remanescente dentro do Remanescente?
  • OCORREU NA IGREJA REMANESCENTE:
    • Uma adolescente de 12 anos é repetidas vezes violada pelo seu pai, membro da Igreja Remanescente, ao passo que a sua mãe, também membro da Igreja Remanescente, nada faz para a proteger.
    • Uma jovem que tinha lido publicações da Igreja Remanescente assiste num Sábado a um culto. Ninguém a saúda, não lhe perguntam pelo seu nome, nem falam com ela... exceto uma santa idosa que a critica pelo colar de pérolas que adorna o pescoço da visitante.
    • Um professor de um colégio da Igreja Remanescente é surpreendido com a esposa de outro homem. O esposo, cegado pela ira, estrangula-o.
    • Um membro da Igreja Remanescente abre a sua loja de venda de motociclos ao Sábado.
    • Um casal encontra-se torturado pelo remorso. Depois de se ter sacrificado durante anos para enviar os seus filhos para instituições educativas da Igreja Remanescente, vê como todos eles abandonam a fé do remanescente.
    • Um pastor de jovens da Igreja Remanescente é acusado de ter tido relações íntimas com uma adolescente.
    • A revista Vanity Fair publicou um artigo sobre certo médico da Califórnia que foi preso por ter assassinado um paciente no seu consultório. A revista disse que o indivíduo havia sido um pilar da sua comunidade e da “Igreja Adventista do 7º Dia”, a Igreja Remanescente.
    • Uma jovem vive consumida pelo ódio contra o remanescente. O seu pai, que é primeiro ancião, monitor da Escola Sabatina e dirigente dos Desbravadores, maltrata violentamente a sua esposa e logo a seguir vai dar estudos bíblicos.
    • Um pastor da Igreja Remanescente – um pastor! – foi preso por ter roubado um banco.
    • Estas sórdidas notícias apenas expressam alguns dos pecados que se cometem no seio da grande família adventista de Deus , cujos membros se preparam para serem trasladados por ocasião da Segunda Vinda de Cristo.
    • Como resultado, muitos se perguntam: como podem encontrar-se todos estes pecados na Igreja Remanescente?
    • Alguns denunciam as doutrinas do Remanescente e acusam-no de heresia. Outros, afirmando que se desviou da doutrina, acusam-no de apostasia.
    • S erá esta, afinal de contas, a Igreja Remanescente?
    • Desde o seu início como um pequeno grupo, os Adventistas do 7º Dia têm-se autodenominado o Remanescente.
    • Em 1849, José Bates usou Apocalipse 12:17 – que fala dos que “guardam os mandamentos de Deus e têm o testemunho de Jesus” – para descrever os Adventistas como sendo o Remanescente.
    • Em 1853 Ellen White referiu-se aos Adventistas que guardavam o Sábado usando o termo “o povo remanescente de Deus”.
    • Em 1857, Tiago White escreveu que a mensagem a Laodicéia era “um chamado especial ao remanescente”, e instou com os adventistas para que obedecessem ao seu conselho.
    • Através dos anos, a palavra r emanescente ou a frase a Igreja Remanescente , converteu-se na marca definitiva autoproclamada dos Adventistas do 7º Dia.
    • A denominação estabeleceu oficialmente o conceito de remanescente como doutrina quando a sessão da Conferência Geral de 1980 , realizada em Dallas (EUA), proclamou que o adventismo era o “ remanescente [que] foi chamado para guardar os mandamentos de Deus e a fé de Jesus”.
    • O seguinte enunciado passou a constituir a duodécima das 27 crenças fundamentais:
    • “ A Igreja Universal compõe-se de todos os que verdadeiramente creem em Cristo; mas, nos últimos dias, um tempo de ampla apostasia, um remanescente tem sido chamado para fora, a fim de guardar os mandamentos de Deus e a fé de Jesus. Este remanescente anuncia a chegada da hora do Juízo, proclama a salvação por meio de Cristo e prediz a aproximação do Seu segundo advento. Esta proclamação é simbolizada pelos três anjos de Apocalipse 14; coincide com a obra de arrependimento e reforma na Terra. Todo o crente é convidado a ter uma parte pessoal neste testemunho mundial.”
    • Os adventistas pretendem que o título “o remanescente” ou “a igreja remanescente” pertence exclusivamente a eles. A Igreja não crê que nenhuma outra instituição ou igreja seja o remanescente.
    • Contudo “não creem que sejam, só eles, os verdadeiros filhos de Deus – que sejam os únicos cristãos verdadeiros – presentes no mundo hoje.”
    • A igreja adventista ensina, isso sim, que todas as outras denominações se encontram num certo grau de apostasia teológica, que somente o adventismo possui a “verdade presente” , e que “por intermédio da igreja remanescente, [Deus] proclama uma mensagem que se destina a restaurar o verdadeiro culto, chamando o Seu povo a sair da apostasia e a preparar- se para a segunda vinda de Cristo.”
    • Contudo, os adventistas não são os únicos que fazem declarações exclusivas acerca deles próprios:
    • Os mórmones proclamam que eles são a igreja verdadeira e restaurada (profeta e mensagem de saúde incluídos), os únicos que proclamam “o evangelho eterno” de Apocalipse 14 na sua forma pura e original.
    • As “testemunhas de Jeová” ensinam que eles são os únicos que possuem a verdade, e que todas as demais denominações são Babilónia.
    • A Igreja Católica crê que é a igreja mãe, a original, e que os protestantes se desviaram da fé que uma vez foi dada aos santos.
    • Mas, como escreveu Bruce Moyer: “um grupo não é um remanescente simplesmente por se autodenominar assim. Apenas é um remanescente quando se comporta conforme ao que se espera de um povo remanescente e profético.”
    • Em anos recentes, alguns membros de igreja questionaram a identificação que os adventistas fazem deles próprios como sendo o remanescente:
    • Um artigo da Revista Adventista dizia: “nos nossos dias Deus busca um remanescente. Nós podemos ser esse remanescente”, o que implica que a igreja, na sua condição atual, não o é.
    • Muitos, vendo a mundanidade, as transigências teológicas e a leviandade com que muitos consideram a nossa mensagem de verdade presente, sentem-se tentados a duvidar da nossa condição de remanescente.
    • Outros argumentam que a frase é triunfalista, exclusiva, e promove o orgulho espiritual e a arrogância.
    • Outros ainda, especialmente os jovens, veem o pecado, o legalismo, a frieza, a falta de amor e as dissensões que abundam na igreja. Compreende-se então que perguntem: “ Como pode ser esta, a igreja remanescente? ”
    • Mas nós, adventistas, para além de pretendermos ser “a igreja remanescente das profecias bíblicas” identificamo-nos igualmente com a igreja de Laodicéia. Seremos as duas coisas?
    • Por certo que “Laodicéia” parece descrever a realidade melhor que o termo “Igreja Remanescente”.
    • Laodicéia, a igreja que diz: “estou rico e abastado, e não preciso de coisa alguma”, e que na realidade é “infeliz, sim, miserável, pobre, cego, e nu”, parece ser uma descrição mais apropriada do adventismo.
    • A auto identificação do povo adventista com Laodicéia parece contradizer a sua própria perceção de ser o remanescente da profecia bíblica.
    • O Senhor ameaça “vomitar” da sua boca a Laodicéia (Ap 3:16), mas ao remanescente promete que, aqueles que forem “vencedores da besta, da sua imagem e do número do seu nome” estarão sobre o “mar de vidro, tendo harpas de Deus”(Ap 15:2).
    • Como podemos ser ambas as coisas?
    • Ao longo das próximas semanas iremos examinar o remanescente sob o ponto de vista bíblico, desde o começo até ao fim do tempo, com a intenção de responder às seguintes perguntas:
    • O que é o remanescente?
    • Que fatores caracterizam o remanescente?
    • Tem alguém que ser santo para fazer parte do remanescente?
  • Pode o remanescente incluir os não convertidos com os convertidos? Tem alguma validade a ideia de um “remanescente dentro do Remanescente”? Pode o remanescente apostatar? É Laodicéia o remanescente? É o movimento adventista o remanescente? Ou, tendo em consideração a nossa condição atual, necessitaremos fazer um novo exame das nossas pretensões?