Your SlideShare is downloading. ×
0
APRESENTADO POR:
Bianca, Elane, Hingrid,
Ireneide, Larissa, Mayke,
Maysa e Wagner
Possui informações sobre senhas criptografadas
em MD5 OU SHA512 de contas sobre os usuários
e campos de controle de valida...
O arquivo /etc/shadow possui nove campos
(colunas) separados por “:”.
Quando um novo usuário é adicionado no
sistema uma n...
• Usuário: Nome do usuário
válido para login.
• Senha: Senha criptografada
com MD5 ou SHDA512.
“:” = Não é necessário senh...
• Aviso: Número de dias para avisar ao usuário da
expiração da senha. O padrão é 7 dias.
Parâmetro –W do comando chage.
• ...
Possui as senhas criptografadas para cada grupo.
SINTAXE:
#cat /etc/gshadow | grep nome_do_usuário
Os campos desse grupo p...
•1º Nome do grupo
•2º Senha criptografada; ! = usuários que não são
membros do grupo não podem acessá-lo.
•3º Administrado...
#cat /etc/gshadow | grep pedro
Este comando informa a qual
grupo o usuário Pedro pertence.
vendedores:*::pedro,root,ecouto
Adiciona usuários ou grupos no sistema de acordo com
as opções especificadas.
Atualiza as informações. O usuário é criado ...
• -c ou – comment: Utilizado para inserir um
comentário ou o nome completo do usuário no
momento em que estiver criando a ...
• -G ou –groups: O usuário poderá fazer
parte de outros grupos sem alterar o grupo
padrão.
EXEMPLO:
root# adduser -G cpd l...
Useradd é o comando principal para criar
contas de usuários e seus flags.
Este comando cria um novo usuário sem
alocar rec...
• -d: que define o diretório principal das contas de usuários.
• -s, --shell SHELL : define o shell padrão do usuário.
• -...
#useradd -d /home/usuario -m -c “cuidado,usuario” -s
/bin/bash -g users -G audio,cdrom,tape usuário
Ou seja, estamos crian...
O adduser é interativo,ou seja, automático, você
só seleciona login, id , group...
Ex: Cria o usuário “etec” no grupo “ete...
Este comando cria um novo grupo de
usuários.
SINTAXE:
groupadd [opções] grupo
EXEMPLO:
groupadd -r teste
Cria um grupo do ...
Este comando adiciona um grupo ao
sistema. O grupo é criado sem usuários.
SINTAXE:
addgroup [options] grupo
Este comando modifica um grupo de usuários do sistema.
SINTAXE:
groupmod [opções] <groupname>
Opção:
-g - Ao usarmos esta ...
Exemplo 1: Modificando o GID do grupo
"administracao".
# groupmod -g 666 administracao
Exemplo 2: Modificando o nome do gr...
Arquivos de Configuração-Gshadow, adduser, useradd, usermod
Arquivos de Configuração-Gshadow, adduser, useradd, usermod
Arquivos de Configuração-Gshadow, adduser, useradd, usermod
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Arquivos de Configuração-Gshadow, adduser, useradd, usermod

231

Published on

Trabalho sobre Arquivos de configuração do Linux, contendo sintaxes e definições sobre alguns comandos básicos do Linux como adduser, useradd, addgroup e groupadd.

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
231
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Arquivos de Configuração-Gshadow, adduser, useradd, usermod"

  1. 1. APRESENTADO POR: Bianca, Elane, Hingrid, Ireneide, Larissa, Mayke, Maysa e Wagner
  2. 2. Possui informações sobre senhas criptografadas em MD5 OU SHA512 de contas sobre os usuários e campos de controle de validação de tempo de validação de senhas. Somente pode ser lido pelo administrador (root). SINTAXE: #cat /etc/shadow Contém os logins dos usuários e suas senhas criptografadas.
  3. 3. O arquivo /etc/shadow possui nove campos (colunas) separados por “:”. Quando um novo usuário é adicionado no sistema uma nova linha é adicionada ao arquivo. Os campos desse arquivo têm a seguinte sintaxe:usuário senha históric o mínimo máximo aviso inativo desabili -tado reser- vado
  4. 4. • Usuário: Nome do usuário válido para login. • Senha: Senha criptografada com MD5 ou SHDA512. “:” = Não é necessário senha de acesso; “*”= Conta esta desabilitada; “!” = A senha não foi atribuída a conta; • Histórico: número de dias (desde 01 de janeiro de 1970) que a senha teve sua última alteração. • Mínimo: Número de dias antes que a senha possa ser trocada: 0 = informa que a senha possa ser trocada a qualquer momento. Parâmetro –m do comando chage. • Máximo: Número de dias após os quais a senha deverá ser trocada: 99999 = informa que a senha não expira ou expira depois de cerca de 270 dias. Parâmetro –M do comando chage.
  5. 5. • Aviso: Número de dias para avisar ao usuário da expiração da senha. O padrão é 7 dias. Parâmetro –W do comando chage. • Inativo: Número de dias depois que a senha expirada fará com que a conta seja desabilitada. • Desabilitado: Número de dias desde 01 de janeiro de 1970, para que uma conta tenha sido desabilitada. Parâmetro –E do comando chage. • Reservado: Este campo está reservado para uso futuro.
  6. 6. Possui as senhas criptografadas para cada grupo. SINTAXE: #cat /etc/gshadow | grep nome_do_usuário Os campos desse grupo possui a seguinte sintaxe: usuário senha GID membros
  7. 7. •1º Nome do grupo •2º Senha criptografada; ! = usuários que não são membros do grupo não podem acessá-lo. •3º Administradores do grupo •4º Membros do grupo
  8. 8. #cat /etc/gshadow | grep pedro Este comando informa a qual grupo o usuário Pedro pertence. vendedores:*::pedro,root,ecouto
  9. 9. Adiciona usuários ou grupos no sistema de acordo com as opções especificadas. Atualiza as informações. O usuário é criado com senha. Sintaxe: adduser [opções] [nome_de_login] EXEMPLO: Adicionar usuário ELANE no sistema. # adduser elane OBS: Para criar um grupo com o comando adduser usamos a opção –group. Para criar o grupo “turismo” usamos o comando, vejamos: $ adduser –group turismo
  10. 10. • -c ou – comment: Utilizado para inserir um comentário ou o nome completo do usuário no momento em que estiver criando a conta do usuário. EXEMPLO: root# adduser -c "Meu nome completo" leocosta • -g ou –gid: Nome do grupo ou GID do grupo que será padrão na criação do usuário. EXEMPLO: root# adduser -g cpd leocosta
  11. 11. • -G ou –groups: O usuário poderá fazer parte de outros grupos sem alterar o grupo padrão. EXEMPLO: root# adduser -G cpd leocosta • -M: Cria o usuário mas não cria o diretório HOME. EXEMPLO: root# adduser -M leocosta
  12. 12. Useradd é o comando principal para criar contas de usuários e seus flags. Este comando cria um novo usuário sem alocar recursos. SINTAXE: useradd [opções] usuário
  13. 13. • -d: que define o diretório principal das contas de usuários. • -s, --shell SHELL : define o shell padrão do usuário. • -h, --help : exibe as opções do comando. • -c: que define o comentário e que deve ser escrito dentro de aspas “” e utilizando de “,” para aderir mais de um comentario como o exemplo -c “usuario,tem,que,morrer”. EXEMPLO: sudo useradd -d /home/aluno -s /bin/bash aluno Cria o usuário aluno e define o nome do diretório home (não cria o diretório) e o shell padrão .
  14. 14. #useradd -d /home/usuario -m -c “cuidado,usuario” -s /bin/bash -g users -G audio,cdrom,tape usuário Ou seja, estamos criando uma conta de usuário cujo o seu diretório padr’ão vai ser /home/usuario , e que apos eu concluir o comando esse diretório vai ser criado automaticamente. Esse usuário possui os comentarios “Cuidado Usuário”e vai usar o shell bash toda vez que ele se logar no terminal local ou remoto com rlogin, ssh ou telnet. Este usuário possui o seu grupo primário definido como users e estará dentro dos grupos audio,cdrom e tape. Veja que o nome de usuário vai no final , que é o nome de login de conta de usuário, o nome completo foi definido no comentário.
  15. 15. O adduser é interativo,ou seja, automático, você só seleciona login, id , group... Ex: Cria o usuário “etec” no grupo “etec” Já o useradd é manual, ou seja, você define a senha. Apenas adiciona um novo usuário ao arquivo /etc/passwd. Não cria um diretório home para este usuário. Portanto, é diferente do comando adduser. Ex: Cria o usuário “etec” (e você escolhe a
  16. 16. Este comando cria um novo grupo de usuários. SINTAXE: groupadd [opções] grupo EXEMPLO: groupadd -r teste Cria um grupo do sistema chamado teste.
  17. 17. Este comando adiciona um grupo ao sistema. O grupo é criado sem usuários. SINTAXE: addgroup [options] grupo
  18. 18. Este comando modifica um grupo de usuários do sistema. SINTAXE: groupmod [opções] <groupname> Opção: -g - Ao usarmos esta opção, podemos modificar o GID do grupo. -n - Para trocarmos o nome do grupo.
  19. 19. Exemplo 1: Modificando o GID do grupo "administracao". # groupmod -g 666 administracao Exemplo 2: Modificando o nome do grupo oragroup. # groupadd -n oracle oragroup
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×