Lei_Momento_do_Frevo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Lei_Momento_do_Frevo

on

  • 5,110 views

Nesta terça-feira (9), às 17h, será sancionada pelo prefeito do Recife o Projeto de Lei 4/2013, batizada de Lei Momento do Frevo. Ela entra em vigor na data de sua publicação no Diário Oficial ...

Nesta terça-feira (9), às 17h, será sancionada pelo prefeito do Recife o Projeto de Lei 4/2013, batizada de Lei Momento do Frevo. Ela entra em vigor na data de sua publicação no Diário Oficial do Recife, o que deve acontecer na quinta-feira (11), já que não ha publicação do DO na quarta-feira. O Projeto de Lei, aprovado na Câmara dos Vereadores do Recife no dia 19 de março, é de autoria do vereador Marco Aurélio Medeiros (PTC). O PL institui que as rádios do Recife deverão tocar ao menos um frevo por dia, no horário entre 8h e 12h ou entre 14h e 18h.

Statistics

Views

Total Views
5,110
Views on SlideShare
543
Embed Views
4,567

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

7 Embeds 4,567

http://jc3.uol.com.br 4528
http://blogs.ne10.uol.com.br 18
http://blogdocaxorrao.blogspot.com.br 14
http://200.147.54.33 2
http://blogdopaulinhodosindicato.blogspot.com.br 2
http://m.blogs.ne10.uol.com.br 2
http://blogdocaxorrao.blogspot.com 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Lei_Momento_do_Frevo Lei_Momento_do_Frevo Document Transcript

  • RU CAMARA MUNICIPAL DO R ECIFE RUA PRINCESA ISABEL, 410 - BOA VISTA - CEP 50050-450 - RECIFE - PE PROJETO DE LEI Nº /2013 Institui o Momento do Frevo nos programas das rádios recifenses.ARTIGO 1º - Fica instituído o Momento do Frevo nas rádios recifenses a ser realizadona programação das rádios recifenses.ARTIGO 2º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação.Sala das sessões da Câmara Municipal do Recife, em 31 de janeiro de 2013. MARCO AURÉLIO MEDEIROS Vereador do RecifeJUSTIFICATIVAEste Projeto de Lei tem por objetivo a promoção da mais autêntica cultura recifense epernambucana. Com a instituição do Momento do Frevo verifica-se o incentivo do frevona programação das rádios recifenses.Caberão as rádios escolher dentro de sua programação um espaço para a divulgação dofrevo, que hoje é Patrimônio Imaterial da Humanidade pela Unesco.Surgido na cidade do Recife no fim do século XIX, o frevo caracteriza-se pelo ritmoextremamente acelerado. Muito executado durante o carnaval, eram comuns conflitosentre blocos de frevo, em que saíam à frente dos seus blocos para intimidar blocos rivaise proteger seu estandarte.Pode-se afirmar que o frevo é uma criação de compositores de música ligeira, feita parao carnaval. Os músicos pensavam em dar ao povo mais animação nos folguedos. Nodecorrer do tempo, o frevo ganhou características próprias.Da junção da capoeira com o ritmo do frevo nasceu o passo, a dança do frevo.Até as sombrinhas coloridas seria uma estilização das utilizadas inicialmente comoarmas de defesa dos passistas que remetem diretamente a luta, resistência ecamuflagem, herdada da capoeira e dos capoeiristas, que faziam uso de porretes oucabos de velhos guarda-chuvas como arma contra grupos rivais. Foi da necessidade deimposição e do nacionalismo exacerbado no período das revoluções Pernambucanas quefoi dada a representação da vontade de independência e da luta na dança do frevo.
  • RU CAMARA MUNICIPAL DO R ECIFE RUA PRINCESA ISABEL, 410 - BOA VISTA - CEP 50050-450 - RECIFE - PEA dança do frevo pode ser de duas formas: quando a multidão dança, ou quandopassistas realizam os passos mais difíceis, de forma acrobática durante o percurso. Ofrevo possui mais de 120 passos catalogados.Ocorre que com o passar dos anos, outros ritmos foram tomando os espaços culturaisem nossas comunidades muitas vezes influenciados pelas músicas que tocam muitasvezes mais músicas de outras culturas do que ao nosso frevo. Não trata esse projeto dequerer impedir que outros ritmos façam parte do nosso cotidiano, mas temos queestabelecer as condições mínimas para que novos artistas das novas gerações tenham odesejo de criar, desenvolver novos frevos e que encontrem espaço nas rádios da nossacapital.Sala das sessões da Câmara Municipal do Recife, em 31 de janeiro de 2013. MARCO AURÉLIO MEDEIROS Vereador do Recife